Surpresas da cozinha brasileira

Quem é brasileiro está acostumado à uma série de pratos e quitutes que muitos estrangeiros provavelmente nunca viram antes na vida. Sabe aqueles docinhos e salgadinhos de padaria que você vê todos os dias e nem presta mais atenção? Pois é, esses mesmos podem ser considerados iguarias para quem é de fora. Está com um turista em casa? Então, é melhor dar uma conferida nessa lista:

Brigadeiro

O brigadeiro é o rei de qualquer festa. Um doce brasileiro que é bem básico – só leva leite condensado, manteiga e chocolate – e pode ser bem difícil de encontrar em outros países, apesar de estar conquistando o coração dos gringos já faz um tempo. Nunca sai de moda, e pode ser encontrado em tudo quanto é lugar no Brasil. Aliás, brigaderias gourmet estão abrindo as portas tanto aqui quanto lá fora. Tem leite condensado em casa? Aprenda a fazer um brigadeiro básico aqui.

Churrasco

Os turistas, quando pensam em comida brasileira, geralmente têm em mente caipirinha e feijoada. Mas quando chegam aqui, acabam se apaixonando por um outro prato: o nosso churrasco. As churrascarias brasileiras são famosas, e ninguém faz um churrasco como nós. Não é à toa que os estrangeiros gostam tanto de churrasco – nós mesmos votamos no churrasco como a nossa comida favorita. Picanha sempre é a carne mais pedida.

Pizza de strogonoff

É de bife com batata frita, de sushi, de feijão com arroz… Olha, criatividade para pizza como a gente tem, você não vai achar em nenhum outro lugar do mundo. Também temos diversos sabores de pizzas doces impossíveis de encontrar em outros países. Pizza de Romeu e Julieta (goiabada e queijo minas)? Só no Brasil.

Linguiça Calabresa

Por mais que o nome nos faça pensar que essa linguiça é italiana, não se engane, ela é bem brasileira. Apesar de Calábria, na Itália, ser um lugar com várias carnes suínas deliciosas, a linguiça calabresa nasceu e ficou por aqui.

Aipim Frito

Achar aipim frito em outros países pode ser bem difícil, pois é definitivamente um prato brasileiro. Geralmente, é servido sozinho, assim como batatas fritas, ou acompanhado de carne seca, que é outra iguaria brasileira.

Coxinha de Galinha

coxinha

De todos os salgadinhos de festa, a coxinha, sem sombra de dúvidas, é o quitute mais importante. Pode ser super básica para os brasileiros, mas pode ter certeza: é novidade para quem é de fora, e os turistas adoram.

Acarajé

Feijoada é o único prato brasileiro de feijão conhecido lá fora, mas a gente daqui sabe que o feijão faz mais do que apenas uma aparição na nossa culinária. O acarajé, bolinho de feijão frito em óleo de dendê (outra iguaria brasileira, por falar nisso), é comum no nordeste do país e pode ser encontrado em tendas baianas nos grandes centros do sudeste.

Tutu de feijão

Prato de origem mineira, também feito de feijão, batido no liquidificador, formando uma pasta, que é refogado com linguiça e bacon. Olha essa receita rápida e fácil de tutu.

Panqueca de tapioca (ou biju)

Até pouco tempo só era famosa no norte, mas agora chegou nas outras regiões do país, e definitivamente veio para ficar. Tapioca (que vem da mandioca) é uma iguaria brasileira, assim como o aipim. O biju de tapioca pode ser encontrado em qualquer esquina do Rio e de São Paulo, com vários recheios – recomendo o de queijo com presunto.

Cuscuz de tapioca

Outro quitute completamente desconhecido pelos estrangeiros e bem brasileiro é o cuscuz de tapioca – não confundir com o cuscuz marroquino, que é feito de semolina e é salgado. Nosso cuscuz é doce, feito com leite de coco, leite condensado, tapioca e coco ralado. É uma delícia, e não é encontrado facilmente lá fora. Aliás, tem lugares que é quase impossível encontrar tapioca.

Cocada

Já que estamos falando de coco, a cocada também é outro doce super brasileiro. Os estrangeiros sabem que temos água de coco, mas não conhecem a cocada. Doce típico do norte e muito bem conhecido em todo o país, pode ser só de coco ou com sabores como maracujá, leite condensado ou doce de leite.

Palha Italiana

A palha italiana de italiana não tem nada. Pode ir lá na Itália que você não vai achar de jeito algum, até porque um dos ingredientes principais é o doce mais brasileiro que existe: o brigadeiro. A palha italiana é uma mistura de brigadeiro com biscoito de maisena, coberto com açúcar.

Biscoito de polvilho

Outra iguaria brasileira, na verdade é quase um patrimônio da cultura carioca, junto com chá mate gelado. Se você está no Rio de Janeiro, compre um biscoito de polvilho Globo, um copo de Mate Leão e vá para a praia.

Pão de queijo

pao-de-queijo

Pode ser o último na nossa lista, mas com certeza não é o último no coração dos brasileiros. Adorado por muitos, o pão de queijo tem origem mineira e pode ser encontrado em qualquer esquina, em qualquer canto do país. O pão de queijo é 100% brasileiro e não existe nada semelhante a ele. É feito de tapioca e queijo, o que deixa a massa completamente diferente dos pães feitos de farinha de trigo.

Gostou? Faça uma lista com esses pratos e quitutes e comece um tour gastronômico do Brasil.

selo-a

mondial-pos-2016

Meu Primeiro Mochilão

About The Author

Robson Franzói é um curitibano de 27 anos, formado em design e obcecado por descobrir coisas novas. Em 2012 decidiu correr atrás dos seus sonhos e no seu primeiro mochilão descobriu sua grande paixão: viajar! Amante também da fotografia, o garoto criou esse blog para compartilhar suas histórias, aventuras e clicks pelo mundo. Suas fotos já estão ficando conhecidas, aproveite e acompanhe o Instragram @blogumviajante

Related posts

6 Comments

  1. Guilherme

    Pelo jeito o blog acabou?! 2 viagens pendentes de relatos/dicas =//
    Já to cansado de olhar semanalmente e nada..
    (desabafo) heheh

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gui.. juro que não acabou não!! Só estou um pouco enrolado com alguns projetos novos. Em breve vou abrir o Café do Viajante, aqui em Curitiba. E olha, nunca imaginei que uma obra pudesse dar tanto trabalho

      Estou em falta com o blog, mas se tudo der certo, na semana que vem a obra termina, o Café inaugura e eu finalmente sigo com tudo por aqui.

      Desculpa mesmo esse tempo sem postar…. Já está convidado para conhecer o café e tomar um Cappuccino do Viajante

      Reply
  2. Juliana

    Oi Robson,
    Estou morando em NY desde janeiro e MORRO de saudades dessas coisas. Outro dia fiz pão de queijo pra uns amigos gringos e eles amaram
    To pensando em montar um blog já que estou morando aqui com meu marido e meu visto não me permite trabalhar. Quando vi seu blog pensei: “se eu fizer vou me espelhar nesse cara” rsrsrs. Adorei o seu blog, parabéns.

    Reply
  3. Lorena

    Querido Robson, fui recentemente ao Canadá pra fazer um intercambio. Ouvi váaaaarias vezes os gringos perguntarem por “Feijoada” e “Capirinha”. Acho que vale a pena incluir na lista! Beijos e adoro seu blog.

    Reply
  4. Layana

    Robson, bom dia!!! Pretendo passar 8 dias no Chile em julho de 2017 ( 4 em Santiago e 4 no Atacama), será que vc tem uma média de quanto devo levar pra gastar la? ( tirando hospedagens, aéreos etc)
    Já ouvi relatos de valores exorbitantes rs. Será que pode me ajudar?

    Te agradeço muito.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lay, tudo bom? Olha, tudo vai depender do seu estilo de viajante e quais passeios pretende fazer. Eu vou elaborar um post com mais detalhes, para poder ajudar nessas dúvidas. Mas não é nada tão exorbitante assim. Dá pra fazer essa viagem sem gastar muito sim!

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *