Perguntas frequentes na imigração da Europa

Um dos grandes medos de quem viaja pela primeira vez à Europa é passar pela imigração, principalmente em países como Espanha e Inglaterraos mais temidos. Vou confessar que eu também tinha esse medo e pesquisei tudo que pude para ficar tranquilo em relação a isso.

Hoje eu posso garantir que a imigração não é nenhum bicho de sete cabeças, basta você fazer tudo certo, manter a calma e em poucos minutos vai ter seu passaporte carimbado para realizar uma das experiências mais extraordinárias da sua vida.

Pra te ajudar nisso eu vou comentar um pouco sobre as minhas experiências na imigração da Europa e também algumas coisas que pesquisei. Mas antes de mais nada é legal você dar uma olhada no post Documentos para Viajar à Europa, onde eu descrevo todas as obrigatoriedades para ingressar no velho continente – fazendo o que eu comento nesse post você já vai estar praticamente com um pé na Europa.

Agora falando sobre a imigração, vou listar algumas coisas que acho legal você saber:

A simpatia dos fiscais

Muitas pessoas comentam que ser atendido por um fiscal que ‘aparenta’ ser mais simpático é melhor. Claro, não vou negar… mas nem sempre você consegue fazer essa escolha. A imigração é um procedimento rápido. A fila normalmente é única e eles vão chamando assim que terminam de atender um passageiro. Então não fique com essa ideia de buscar um fiscal simpático… você sim deve ser educado, sem exageros, com qualquer um que te atender.

Em qual língua serei atendido?

Isso vai depender do país que você vai ingressar… Em Portugal é claro que pode falar em português, assim como na Espanha pode falar em Espanhol. Mas o que vale para todos mesmo é o inglês. Pelo que eu pesquisei, caso você não consiga se comunicar, você pode solicitar alguém que fale sua língua. Mas é aconselhável que você tente se comunicar por conta própria – afinal você vai ter que se virar no país deles né?!

E afinal, quais perguntas são feitas na imigração?

Eis o que a maioria dos marinheiros de primeira viagem querem saber. Bom, primeiro que não existe uma lista com essas perguntas. O fiscal pode simplesmente olhar pra você e não perguntar nada, apenas carimbar seu passaporte e pronto, você já está dentro. Outros podem fazer várias perguntas… eu mesmo já respondi algumas, que foram mais ou menos assim:

1. Quantos dias você vai ficar?

Resposta: Tantos dias nessa cidade e tantos dias na viagem completa.

2. Onde você vai se hospedar?

Resposta: Em hostels. Aqui na cidade ficarei no hostel tal.

3. Quanto dinheiro você tem?

Resposta: Tenho mais ou menos tantos euros em espécie, mais cerca de tantos euros no travel money e mais um cartão de crédito. (não apresentei comprovantes pois não foi solicitado).

4. O que você faz no Brasil.. sua profissão?

Resposta: Sou designer.

4.1 O que faz um designer?

Resposta: Trabalho com a criação de materiais gráficos para empresas.

Basicamente as perguntas que eu respondi foram essas. Mas pesquisando um pouco mais eu ví que eles podem perguntar coisa do tipo:

1. Qual o motivo da sua viagem?

2. O que pretende visitar na cidade?

3. O que é tal atração? (caso você responda a pergunta anterior com: vou visitar a London Eye – Ele pode te perguntar: o que é a London Eye).

4. Você conhece alguém na Europa? (nesse caso é aconselhável dizer que não, a não ser que você tenha a carta convite de alguém de lá).

5. Você está viajando sozinho? (caso você esteja viajando com amigos, eles não vão estar com você nesse momento – basta então dizer que está viajando com amigos que também estão na fila da imigração.)

Em questão de perguntas, normalmente são essas. Sobre documentos é muito comum que eles solicitem: sua passagem de volta, seu seguro viagem e seu comprovante de reservas.

Tendo tudo isso em mãos, se mantendo calmo e respondendo tudo sem mentir ou enrolar, você não terá problemas. No mais é só curtir a viagem!

mondial-pos-2016

Meu Primeiro Mochilão

About The Author

Robson Franzói é um curitibano de 27 anos, formado em design e obcecado por descobrir coisas novas. Em 2012 decidiu correr atrás dos seus sonhos e no seu primeiro mochilão descobriu sua grande paixão: viajar! Amante também da fotografia, o garoto criou esse blog para compartilhar suas histórias, aventuras e clicks pelo mundo. Suas fotos já estão ficando conhecidas, aproveite e acompanhe o Instragram @blogumviajante

Related posts

194 Comments

  1. Amanda

    Oi Robson! Muito bom seu blog, parabéns!

    Sobre a imigração, vou com minha mãe no próximo ano para a Europa e entraremos por Londres. Nossas reservas estão todas juntas e ela não fala nada em inglês. Minha dúvida é se podemos passar juntas pela imigração ou é de forma individual.

    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Eu já vi algumas pessoas passarem juntas, as vezes casais e até pais com filhos. Talvez a regra diz que você deva passar sozinha, mas hora você podem ir juntas até o fiscal… o máximo que pode acontecer é ele pedir para uma de vocês aguardar ao lado. Mas acredito que vai ser bem tranquilo

      Reply
  2. Silvia Santos

    Oi Robson! Muito legal você esclarecer esse ponto!
    Também temia a primeira vez e a segunda também rs Mas fui preparada com todos os documentos em ambas e as perguntas foram mais ou menos essas mesmo. Passei por imigração de França, Irlanda, Inglaterra, Portugal, Holanda.
    Um detalhe sobre passar sozinho, caso esteja com amigos/grupo, em todas as situações passamos juntos, inclusive aqui, só na saída que nos separamos.. Nos outros, eles mesmos falavam “Estão juntas? Podem ir juntas.” Creio que eles ganham tempo, pois falam com uma pessoa só em nome do grupo. No raio-x sempre ficava perto do meu grupo pois só eu falava inglês, interferia quando falavam com elas e sempre fui bem tratada
    Na Holanda, por exemplo, vi que eles faziam perguntas mesmo sendo embarque de volta ao Brasil, e quando passei já falei “Tem mais 5 pessoas comigo que não falam inglês.” Ele perguntou se éramos amigos, eu disse que era minha família, perguntou para onde íamos e só carimbou os passaportes deles.
    Irlanda e Inglaterra fizeram bastante perguntas, onde ia ficar, o que ia ver, quantos dias, quem estava comigo, como nos conhecíamos, quem eu conhecia na cidade, mas tudo de forma muito amistosa e no fim sempre desejavam boa estadia.
    Penso que tendo tudo certinho e estar calmo, é muito tranquilo mesmo

    Reply
  3. Jorge Henrique

    Cara, mais uma vez parabéns pelo post. Acredito que até o dia da minha viagem terei de visitá-lo várias vezes. Em outro post ainda estava reunindo a coragem para ir sozinho mas finalmente a encontrei e já estou com as passagens compras e as reservas efetuadas, uhuu, rsrs. Estou indo para Londres em maio e um pouco assustado com os vários comentários a respeito da imigração, mas este post realmente é tranquilizador, obrigado. Tenho uma dúvida quanto à comprovação da situação financeira, visto que, em outro blog e no site da embaixada eles afirmam que devo levar o comprovante da minha renda mensal ou que comprove o vínculo e que tal documento deve ser traduzido, é realmente necessário? Vários blogs que já li dizem que basta os comprovantes de hospedagem, passagens e talvez vouchers de atrações a serem visitadas, mas fico um pouco temeroso por estar indo sozinho. O que você acha?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Jorge, tudo bom? Fico feliz que o blog está ajudando. Então, eu tive a mesma dúvida que você na minha primeira viagem. Bom, o que eu levei comigo foi: um extrato impresso do meu VTM (hoje não sei se você vai utilizar o VTM pois depois do aumento do IOF ele ficou meio caro). Também levei a fatura mais recendo dos meus dois cartões de crédito, onde constava o meu limite disponível. Eu tinha também um valor em espécie comigo. Bom, foi isso… nenhum dos documentos foi solicitado, apenas me perguntaram quanto dinheiro eu tinha… apenas respondi quanto tinha em espécie + o valor do VTM e também falei que tinha dois cartões.

      Eu cheguei a levar a cópia do contrato social da minha empresa, para provar vínculo. Algumas pessoas levam uma carta (em inglês) que é solicitada a empresa para dizer que você está de férias. Nada disso foi solicitado e eu acho muito difícil alguém pedir algo assim. Já não levo mais essa parte…

      Espero ter ajudado

      Reply
  4. Helder jean

    Fala, amigo, parabéns pelo blog, top!

    Também sou de Curitiba e estou indo para a Europa pela primeira vez. Na realidade é a primeira vez que ando de avião e de cara vou para a Alemanha. Para economizar acabei comprando pela Ethiopian que foi um ganho de quase 5 mil reais, a desvantagem é que é necessário fazer conexão na Etiópia. Diante disso tenho algumas perguntas, veja se pode me ajudar:

    1) Eu sei apenas o básico do Inglês. Você acha melhor eu tentar com o que sei ou pedir um intérprete?
    2) Vou ficar na casa de uma amigo. Ele está fazendo meu seguro lá na Alemanha mesmo, será que terei algum problema?
    3) Estou indo com a mala vazia porque vou comprar roupas lá, por conta do frio, isso pode gerar algum problema ou é vantagem pois irei gastar lá?

    Obrigado

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Helder… que bacana cara… minha primeira viagem também foi assim… Primeira vez que andei de avião foi pra Europa – sozinho!

      Então… não precisa de interprete não, vai com seu inglês básico mesmo. Só se eles te fizerem muitas perguntas, ou te levarem para alguma sala (o que acho praticamente impossível acontecer) e você não entender nada.. aí sim… Mas no mais, pode ir tranquilo pois é bem susse!

      Olha, não sei dizer como é esse seguro feito lá.. nunca ouvi falar.

      Sobre a mala pode ficar susse, na imigração você ainda nem pegou sua mala.

      Reply
  5. Regiane

    Olá Robson, parabéns pelo seu blog!!! Desde o dia em que decidi fazer um mochilão achei seu blog no Google e desde então estou montando minha viagem pelas suas dicas. Minha duvida é a seguintes, estou indo pra Europa com o meu namorado e vamos levar dinheiro em espécie e apenas um travel money, isso pode nos complicar na imigração ou não haverá problemas.

    Obrigada!!!

    Reply
  6. Iago Barbosa

    Oi Robson! Muito bacana seu blog. Curti as dicas.
    Já tive visto negado na Inglaterra, pois estava despreparada e na época estava desempregado aqui no Brasil, uma experiência horrível. Queria ter conhecido seu blog antes haha
    Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Nossa.. sério? Que punk.. é, se você não cumpre com o básico pode acontecer mesmo. Um exemplo é o Seguro Viagem. Tem gente que acha que pode ser bobeira, mas não é, é uma regra deles.. tem que fazer! Aproveita que no blog tem o link com 15% de desconto e ainda economiza. Mas não dá pra deixar nada de lado, pois a entrada nunca é 100% garantida.

      Reply
  7. Débora Nogueira

    Olá, td bem? Estou adorando as dicas! Tenho umas dúvidas de marinheira de primeira viagem na Europa: o seguro que o cartão de crédito oferece serve para a imigração, ou, pelo menos ajuda? Os comprovantes das reservas de hotéis, passagens, estrato do cartão de crédito etc tem que estar em q línguas? E, o meu cartão de crédito é um dos cartões de uma conta conjunta, como faço?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Débora, o seguro do cartão vale sim.. porém normalmente funciona da seguinte maneira: caso você precise de atendimento vai ter que pagar com seu cartão, dentro do seu limite ou mesmo em dinheiro, e quando voltar ao Brasil será reembolsada. Normalmente é assim, mas vale a pena confirmar com sua operadora do cartão.

      OLha…. comprovante de hotel pode ser o do booking mesmo. O comprovante do cartão eu levei a minha fatura em português mesmo. O que você conseguir em inglês ok, mas se não leva isso em português mesmo. Acredito que você não vai ter problema por ser conta conjunta não…

      Reply
  8. Sarah

    Oi Robson! então, vou passar dois meses na Suiça. Fiz um seguro de duas semanas e já está tudo certo com o financeiro, além de que já traduzi toda a documentação. Só não fiz reserva de hotel pois vou ficar na casa de uma amiga, acha que vou ter problemas?

    Reply
  9. simone

    olá, robson. vou para a alemanha e italia em junho. vc disse que o recomendável é dizer que nao conheco ninguém na europa. o problema é que a família toda do meu pai e britânica, inclusive ele o era, e meu sobrenome não me deixa mentir. melhor dizer a verdade nesse caso? alem disso, vou encontrar com meu namorado na alemanha, para passarmos as férias (ele mora na inglaterra a trabalho).

    nesse caso, o q devo fazer? fico mais tranquila pq na alemanha mesmo nao conheco ninguem e a inglaterra é fora de schengen.

    tenho todos os demais comprovantes, inclusive de trabalho aqui no brasil (cargo comissionado no Estado, que nao tem estabilidade, mas ja estou ja desde 2013 no mesmo cargo).

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Simone.. como eu falei, é melhor dizer sempre a verdade… porque na hora de mentir sempre acaba se enrolando. Nesse caso só veja a questão da carta convite e diga só a verdade. Pode ser que eles façam perguntas e tal… ai você tem que responder…. Agora, quando a pessoa conhece só um amigo por lá ou algo assim, a vezes é mais fácil entrar falando que não conhece ninguém… No seu caso, como é uma família e tal… não vejo problema… Mas todos são legalizados por lá, certo? Se forem, acredito que não vai ter problemas..

      Reply
  10. mirna_candido@hotmail.com

    Boa noite Robson, estou indo pela primeira vez pra Europa, Cannes vou ficar 15 dias com meu namorado, estou preocupada. Por favor me ajude preciso saber o que devo fazer e como fazer, ele vai me mandar a carta convite, sou totalmente leiga as outras coisas, esse seguro viagem fazemos qnd compramos as passagens, estou preocupada em me deportarem,rs.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mirna, calma!!! Não precisa ficar preocupada… é difícil ser deportada tá… Apenas fale a verdade e organize a documentação. Você já tem o seguro e tem a carta… Você tem dúvida em alguma outra coisa? Tem sua passagem de volta?

      Reply
  11. Melyssa Nunes

    Ola Robson, achei seu blog super interessante , aproveintando pra tirar uma duvida, meu namorado mora em valencia , passarei pela imigração de Portugal, é a primeira vez que viajo, ele comprou as passagens e me enviou junto com o seguro viagem e as reservas do hotel, o unico problema, sera que eles vão me pedir comprovantes de renda? Sou universitária só tenho mesada kkk, me ajude ! Parabens novamente .

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Melyssa, tudo bom? Então, seguinte.. Na verdade eles não te perguntar sobre a sua renda.. Não é o importante pra eles.. O que eles podem perguntar e é mais comum, é sobre quanto dinheiro você está levando. Apenas diga quanto tem em espécie e diga se tem algum cartão de crédito e tal… Beleza?? Qualquer coisa dá um grito! Valeu pela mensagem!!

      Reply
  12. Angela Basile

    Robson embarco para munique dia 28/04, tenho a cidadania italia e meu esposo não perguntas
    1- podemos passar junto na imigração no guiche para europeus
    2- não falamos nada de ingles, queria fazer uma cartinha que responde-se as perguntas basicas, como voce sugere

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Angela, desculpa a demora para te responder… eu estava em viagem pelo Sudeste Asiático… Espero que tenha dado tudo certo na sua imigração… Desejo que faça uma viagem incrível, sou apaixonado por Munique

      Reply
  13. Francine

    Olá Robson…
    E a primeira vz que vou a Europa na Italia, como que tem q ser essa carta convite? Pois vou ficar em hotel e tbm na casa de um amigo Italiano, não uso cartão de crédito oq fazer?
    Posso so levar carta convite + passagem de volta + Seguro viagem + comprovante de Hotel+€ 600 Euros ja seria o suficiente?
    Atenciosamente,
    Fran

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Francine, tudo bom? Olha, com hospedagem reservada você nem precisa da carta convite, eu acho que ela só complica na verdade.. Estou preparando um post sobre isso… Mas se você tem tudo isso que mencionou, pode ir tranquila, acredito que não vai ter problemas

      Reply
  14. Jonatas

    Oi Robson, bom dia!

    No caso da declaração do trabalho ela precisa ser uma tradução juramentada para que tenha efeito legal no exterior no caso da Inglaterra Robson ou posso fazer uma tradução simples mesmo ? Estou indo a primeira vez a Europa e sozinho e confesso a ansiedade está a mil por hora huhauhau

    Obrigado e parabéns pelo site

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Jonatas, tudo bom? Olha, juramentada seria o mais correto de tudo… massss eu acho que não é necessário não… se levar ela traduzida já está mais do que suficiente. Mas se você se sentir mais tranquilo com a juramentada, manda bala… o que importa é você chegar lá tranquilo e só responder o que eles perguntarem…

      Qualquer dúvida dá um grito e muuuuito obrigado pela mensagem

      Reply
  15. Julia

    Olá Robson,
    Irei a Budapest com o meu companheiro, que tem passaporte húngaro.
    Ele provavelmente não passará na fila de imigração como eu.
    Estou apreensiva quanto a isso. Queria que ele passasse junto comigo.
    Será que pode?
    Valeu!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Julia, tudo bom? Então, eu acredito que ele não vai passar junto com você. Normalmente o controle para quem tem passaporte Europeu é separado. É legal você já ir confiante e pensando que vai passar sozinha mesmo, se por acaso lá a fila for única aí ele vai junto com você e você vai acabar mais feliz ainda. Mas é legal não ir contanto com isso.

      Qualquer dúvida é só dar um grito

      Reply
  16. Veronica

    Olá Robson !! Vou fazer minha primeira viagem pra Irlanda em Agosto e lendo os comentarios me surgiu algumas duvidas. Nao falo nada em ingles e creio que nao vou conseguir chegar no basico até lá. Posso pedir sem problemas um interprete logo de cara ? Pelo o que entendi se eu falar que conheço alguem na Europa eu preciso apresentar a carta convite certo ? Vou me hospedar na casa de um amigo. Obrigada desde já!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Veronica… tudo bom? Então, eu acho que você tem que chegar lá e tentar entender o que ele vai te perguntar…. antes de pedir um interprete. As vezes eles nem fazem perguntas e você já passa de cara…. Caso você não entenda a pergunta, responda: Sorry? Aí ele vai repedir… normalmente mais devagar. Caso ainda não entenda você diga “Sorry” novamente.. rsrsrs Aí você pode tentar dizer que não fala inglês e aí sim tentar um interprete…

      Não digo que é obrigado a ter a carta convite por você conhecer alguém lá…. mas eu nem mencionaria que você tem um amigo por lá… Mas aí teria que ter uma reserva de hotel. Caso você não vá fazer a reserva, então a carta é obrigatória.. você precisa dizer onde vai ficar (caso eles perguntem).

      Espero ter ajudado

      Reply
  17. Nayara

    Oi Robson, tudo bem? Primeiramente, parabéns pelo blog!
    Minha prima está estudando na Alemanha e agora em agosto eu irei para a Europa encontrá-la, pois o curso dela vai acabar e iremos ficar um mês viajando. Não sei por que, mas sempre acho que eles desconfiam de uma pessoa viajando sozinha, então posso falar que vou encontrá-la? Irei primeiro para Berlim com conexão em Amsterdã. Nunca viajei assim sozinha e por isso fico um pouco apreensiva!

    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Nay… tudo bom? Olha, eu nem falaria sabe… é só algo a mais pra eles te perguntarem. Melhor dizer que não conhece ninguém, que tem sua reserva de hospedagem e tal…. fica mais simples… Pelo menos é o que eu faço e deu certo pra mim

      No mais é normal ficar apreensiva, tente ficar tranquila que tudo vai dar certo!

      Qualquer dúvida é só dar um grito

      Reply
      1. Nayara

        Tudo bem sim! Muito obrigada pelas dicas! Hoje faltam 11 dias pra eu ir e tenho fé que tudo vai dar certo. Caso apareça mais alguma dúvida, eu te grito!

        Obrigada mesmo!

        Reply
  18. Paty

    Olá vc pode me ajudar?
    Então vou para Holanda na próxima semana estou com todos os documentos e o termo de responsabilidade que meu namorado me enviou. Mas apenas 200,00euros consigo passar pela imigração?
    Obrigada

    Reply
  19. Juliana

    Robson, boa tarde!
    Viajarei para França e Londres agora dia 24/08. Ficaremos 3 dias em cada país e estou meio recusa quanto a entrada. Eu trabalho e atualmente não estudo, vou viajar com a minha avó.eu extrato não é muito alto, porém a poupança tem algo guardado e a dela também. Além disso levaremos uma quantia alta em dinheiro, fora o cartão. Você acha que precisamos levar algo a mais? Eles podem perguntar sobre parentesco e etc? Acha necessário carta da empresa informando que estou de férias?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ju… então… eu até levei carta da empresa uma vez, mas eles nunca pediram isso pra mim… Eu acho que você tem tudo para entrar sem problemas…. Pode ir tranquila!! Acho que não vão perguntar sobre parentesco… mas eles normalmente perguntam se você conhece alguém ou tem parente morando na Europa… só responder que não…

      Não se esqueça do seguro viagem!!! Ele é obrigatório e por ser solicitado!! Aqui no blog você tem o cupom com 15% de desconto, pode pegar aqui: http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito…

      Reply
  20. Thays Cristina

    Olá Robson !

    Finalmente achei um blog confiável para sanar minhas duvidas.

    Vou viajar pela primeira vez para Europa e vou levar minha mãe junto, entraremos pela Holanda, falo o básico do inglês e minha mãe não fala nem o básico. Como seria essa situação ? Pedimos um interprete ou eu posso tentar falar por nós duas ? Outra duvida é que alugamos casas pelo site airbnb, apenas o recibo de pagamento com a data de locação do imóvel é o suficiente ou terei que pedir ao dono da casa essa “carta convite”?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Thays, tudo bom? Então, tenta ir no básico sim…. interprete é só se forem muitas perguntas e você realmente não conseguir se comunicar com eles… mas acho que no básico você dá conta sim!

      Eu nunca fiz reserva pelo airbnb, mas acredito que você não vai ter problemas…. é um comprovante de hospedagem como outro qualquer… Não precisa de carta convite não!

      Qualquer dúvida é só dar um grito por aqui

      Reply
  21. Marcus Azevedo

    Ola Robson,
    Parabens pelo blog.
    To indo dia 13-08 para Europa. Eu e minha esposa estamos levando seguro viagem do cartao, comprovante de hospedagem, passagens de volta
    , comprovante de vinvulo empregaticio, dinheiro em especie e cartoes de credito.
    O que vc sugere levar mais?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Marcusss… tudo bom?? Cara, te respondendo só hoje.. no dia do seu embarque.. Desculpe não responder antes, não consegui.

      Vai tranquilo que vai dar tudo certo…. você está levando tudo que precisa… Desejo uma viagem incrível para vocês… aproveitem muuuuuuito!!

      Depois passa aqui pra contar como foi… um grande abraço!!!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Marília.. tudo bom?? Eu sempre penso em 60 euros por dia + o dinheiro da hospedagem e das passagens entre as cidades… tudo depende do seu roteiro também…

      Qualquer dúvida dá um grito aqui

      Reply
  22. Andreza

    Boa noite Robson, muito legal você dar estas dicas para que vai viajar pela primeira vez. Tenho uma dúvida, pretendo ir para a Alemanha ainda este ano fazer um curso de Alemão, porém vou contratar o curso só quando chegar lá, porque é muito mais barato.
    Você acha que seria melhor eu contratar algumas semanas de curso e já ir com o visto de estudante encaminhado e depois achar um outro curso para extender meu visto, ou ir com visto somente de turista e depois começar o curso lá? Tenho medo de ser barrada na imigração, além do que tenho conhecido e ficarei na casa dele.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Andreza, tudo bom? Que legal sua ideia…. mas então, eu nunca viajei como estudante… não sei exatamente como proceder nesse caso… Eu acho que sim, é possível entrar como turista e achar um curso por lá…. Mas aí você precisa reservar algum hotel/hostel para dizer pra eles que tem onde ficar – como qualquer turista. Se falar que vai ficar na casa de um amigo, vai precisar de carta convite. Lembrando que a pessoa que vai te enviar essa carta convite deve estar legalmente no país.

      Eu confesso que acho meio chato o esquema dessa carta convite, as vezes é melhor reservar um hotel que tenha o cancelamento sem custos só para passar pela imigração… depois você pode cancelar….

      Os amigos que eu tenho, que viajaram para estudar, já foram com tudo certo…. será que você não consegue entrar em contato com alguma escola de lá? para tentar agilizar o processo por conta própria? E ter uma ideia de valores também…

      Bom, espero ter ajudado.. desculpa não saber mais detalhes…

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  23. Elizeu

    Olá Robson, primeiramente preciso parabeniza-lo pelo blog é uma ótima ajuda para marinheiros de 1 viagem.
    Eu e minha esposa estamos indo para Itália e França em outubro, não falamos nem o português direito, hehehe, será que teremos problemas?
    Estou seguindo algumas dicas suas, e gostaria de saber sobre hospedagem, ficaremos em Roma 4 dias (temos hospedagem) e iremos para Toscana só que nessa ainda não temos, eu estou pensando em alugar um carro e parar onde der na telha, você acha que isso é problema?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Elizeu, tudo bom? Muuuito obrigado por sua mensagem…. fico feliz em saber que o blog está te ajudando no planejamento.

      Então, o segredo é passar na imigração com calma… tente entender o que foi perguntado… dificilmente vai ser algo diferente do que coloquei no post. Caso você realmente não consiga entender ou responder e eles insistirem em perguntar, você pode solicitar um interprete (mas é bem raro isso acontecer).

      É importante você chegar lá com pelo menos uma reserva garantida… depois você pode alugar o carro e ficar mais tranquilo… parar onde der e tal…. Pode acontecer de parar em um lugar que esteja lotado, mas aí é só procurar outro…

      No mais é isso… espero ter ajudado… qualquer dúvida é só dar um grito!!

      Reply
  24. Kelin

    Oi Robson, tudo bem? estou indo com meu namorado para a Alemanha em outubro, ficaremos 7 dias em Munique e 7 em Berlin. Para o período em Munique fizemos uma reserva através do site airbnb, e portanto dividiremos apartamento de um morador locar, já em Berlin ficaremos em um hostel. Você acha que pode ser um problema essa parte da reserva do airbnb?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Kelin, tudo bom? Olha, leve com você os dois comprovantes.. tanto da airbnb e também do hostel. Eu acredito que você não vai ter problema… mas eu também nunca viajei com reserva da airbnb… como é um comprovante de hospedagem, teoricamente estaria tudo certo… de qualquer forma você tem um hostel garantido em Berlim. Eu vou tentar conseguir mais informações sobre o airbnb, já que você não é a primeira que me pergunta sobre ele.

      Espero ter te ajudado.. qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
  25. Agatha

    Olá!
    Robson, tenho algumas duvidas se puder me ajudar fico agradecida
    – Primeiramente vou realizar minha primeira viagem e sou menor de idade (17), vou sozinha! Fiz o passaporte conforme a nova atualização já vem impresso no próprio passaporte a autorização para o menor viajar sozinho. E estou munida da autorização caso eles me peçam lá em Paris(documento em francês).
    – No caso, o euro esta muito caro aqui no Brasil no momento, você acha que compensaria eu levar em reais e trocar lá? A minha tia mora lá a 10 anos e já estou com a carta convite, seguro, a minha ideia é transferir para ela a quantia que iria levar comigo e lá nós trocamos o real para o euro, teria problemas na imigração? obs: Tenho medo de levar comigo o $$ … rsrsrs
    – E outra, sou leiga no Inglês, porém estou estudando algumas coisas em Francês para não passar carão, acha que terei algum problema?

    Aguardo um retorno, desde já agradeço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Agatha, tudo bom?? Bacana sua organização, acho que está com tudo bem adiantado… Sobre a grana, o ideal é você trocar por aqui mesmo… por euros. O dólar está muito alto, não vale a pena trocar por dólar para depois trocar novamente por euro por lá…. Eu nunca levei reais para lá, acho bem difícil você conseguir trocar… não é uma moeda de interesse para eles… então ela dificilmente vai ser aceita em alguma casa de câmbio…. Melhor trocar tudo por aqui…. Caso você não queira ficar na dependência de um cartão de crédito, você ainda pode fazer um VTM e carregar ele com euros… Não é a forma mais barata, mas é mais seguro que carregar tudo em espécie..

      Sobre o idioma, eu também não sou fluente… mas com o básico e um pouco de esforço dá pra se virar sim… não vai ter problemas, ainda mais se está estudando algumas coisas em francês…

      Espero ter ajudado.. qualquer dúvida dá um grito!!

      Reply
  26. Verinha

    Olá,
    Vou para a Europa mês que vem.
    Sim, entrarei pela Espanha e tenho amigo que mora lá onde ficarei.
    Minha duvida é … irei em outros países da Europa de avião (Brasil Espanha, Espanha Paris, Paris Alemanha, Alemanha Espanha, Espanha Brasil) … Passagens já compradas. Corre o risco de ser parada pela imigração dos países?
    Na Espanha e na Alemanha vou ficar na casa de amiga e em Paris em Hotel.
    Grata

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Verinha, tudo bom? Então, quando viajamos de trem entre esses países nós não precisamos passar pela imigração…. Eu viajei da Espanha para a Suíça de avião e também não precisei passar… Mas acho que isso talvez posso acontecer, dependendo do vôo talvez… Um controle de passaporte e tal…. Mas como você já vai estar com seu passaporte carimbado pela primeira entrada, dificilmente terá algum problema… então pode ir tranquila…

      Qualquer coisa é só dar um grito

      Reply
  27. Anna Carolina

    Olá Robson!

    Estou indo para a Alemanha pela segunda vez, a primeira fui para um intercâmbio e dessa vez vou à turismo. No caso, ficarei hospedada na casa do meu namorado.. Você aconselha eu levar a carta convite? E sobre o dinheiro, estou levando um pouco em espécie e meu cartão de crédito.. É suficiente? Quando fui pela primeira vez fiz conexão em Madrid e o cara só me perguntou o que eu ia fazer na Alemanha e me desejo boa viagem! hehe

    Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Anna, tudo bom?? Então, o seu namorado faz intercâmbio por lá… ou ele cidadão europeu mesmo? Eu sempre acho a carta um pouco mais complicada, prefiro reservar um hotel e ter o comprovante para passar, e depois cancelar, do que fazer todo o processo da carta…. mas aí depende de você… só tem que ver certinho se ele pode fazer essa carta….

      Sobre o dinheiro, depende muito do seu perfil…. mas para a imigração, ter dinheiro e cartão é uma boa sim….. Ahhh, e cada vez que você entra é de uma forma, as vezes não perguntam nada… nem olham pra você direito hahah

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
  28. Anne

    Oi Robson, muito esclarecedor seu blog. 😊😊
    Mas tenho uma dúvida com relação ao dinheiro. Estou indo visitar meu namorado na Alemanha, mas vamos nos encontrar em Roma e vou passar pela imigração em madri. Na carta convite ele pode mencionar que estarei sob responsabilidade dele inclusive meus gastos? Isso me isentaria de ter que apresentar quantia em dinheiro suficiente para os 15 dias que estarei lá?
    Me ajuda, estou morrendo de medo rsrs já me assustaram bastante com a imigração de madri.
    Obrigada!!!

    Reply
    1. Anne

      Aaah, e ficarei 3 dias em Roma e ele está fazendo as reservas nos hostels, na reserva pode conter o meu nome e o dele? E ele pode me mandar o comprovante por email para eu imprimir e apresentar na imigração?

      Reply
      1. Robson Franzói

        Oiii… pode ter sim….Pode imprimir em casa tranquilamente.. Só apresente se eles pedirem… As vezes eles perguntam tipo: onde você vai ficar.. ai você fala o nome do hostel…. caaaaso eles falem sobre o comprovante, aí você apresenta

        Reply
    2. Robson Franzói

      Oi Anne… olha… eu acho que poderia colocar na carta…. eu nunca vi eles pedirem para ver o dinheiro… você pode dizer que tem cartão… e que seu namorado, que está te convidando, vai pagar boa parte das coisas….. Acho que vai ser tranquilo…. é mais fácil do que parece…

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
  29. Jaquelini

    Olá Robson parabéns pelos posts, está me ajudando muito no roteiro da viagem que vou fazer em Novembro/2015 – 14 dias. Vou direto para Madri e de carro passarei por varias cidades até chegar no destino final – Vigo. Tenho a carta convite pois vou ficar na casa de um amigo, a passagem de ida e volta, seguro viagem e cartão de credito internacional. Porém não possuo dinheiro em especie pois estou zerada… meu amigo irá me ajudar por lá. Já fui para Valencia uma vez e na hora de passar pela imigração em Portugal foi tranquilo. Será que eles pedem para ver o dinheiro que estou levando?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Jaque, tudo bom??? Olha, eu acho difícil eles pedirem para ver o dinheiro em si… nunca pediram pra mim pelo menos… Se você levar alguma cartão já ajuda, aí qualquer coisa você fala que tem o cartão também…. Mas se puder levar algum valor com você, até por segurança mesmo… é sempre bom….

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
  30. Antonia

    Alguma novidade sobre reserva pela Airbnb ? Estou indo para Portugal e fiz reserva por eles . Sou microempreendedora ,estou com seguro do visa platinum, euros comprados , cartões de crédito internacional ,acha que preciso levar cartão cnpj?e minha primeira vez ,estou muito ansiosa pois vou fazer conexão em Madri , não falo espanhol apenas português .socorro?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oii Antonia.. olha… o que eu consegui descobrir é que já teve gente que passou pela imigração com reserva da Airbnb sim.. então acho que você não vai ter problemas…. Sobre a lingua… eu achei bem mais fácil me virar em Madrid do que em Barcelona, então acho que na imigração é meio que a mesma coisa… vai da pra entender sim!! A melhor dica é para você ir tranquila…. não tem com o que se preocupar

      Reply
      1. Antonia

        Arrasou 👏🏼confesso que achei que não iria me responder …adorei e adoro seu blog …parabéns …te conto na volta como foi a viagem …te sigo até no Instagram …brigaduuuuu

        Reply
  31. Lívia

    Olá Robson, primeiramente, parabéns pelo seu blog!
    Pretendo ir para a casa do meu namorado, que é francês no final do ano que vem e tenho algumas duvidas:
    Preciso da carta, seguro viagem, passagens e o dinheiro por dia? Há algo a mais que deveria levar? Pois não tenho cartão de crédito, e ficarei na casa dele.
    Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lívia, tudo bom? Então, se você não vai ficar em hotel… é preciso uma carta convite sim.. Se quiser facilitar o processo você pode reservar uma hospedagem para ter seu comprovante e depois cancelar ela… as vezes é mais fácil… mas o correto no seu caso é a carta sim..

      Também precisa do Seguro Viagem sim…. da passagem de volta e de algum dinheiro para provar que consegue se manter… Uma cartão de crédito internacional é sempre bem-vindo.

      Ahh.. lembre de fazer o seu seguro viagem aqui pelo blog!! Você tem um desconto de 15% e ainda dá uma força sem gastar nada a mais com isso… http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Se tiver qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
      1. Livia

        Muito obrigada Robson, minhas dúvidas seriam mesmo sobre o que levar pra entrar hehe.
        Pode deixar, assim que for ver passaporte, etc eu passo aqui pra ver o seguro!

        Reply
  32. Priscilla Neves

    Olá, muito bom o seu blog! Estou indo para paris dentro de 10 dias, tb irei à Londres, porém não sei falar nada de inglês, muito menos francês, qual as minhas chances de comunicação na imigração, eles sempre tem interprete? Se não tiver eu posso ser deportada? Os documentos, como compravante de passagem, hotel devem estar em lingua local? Estou temerosa enquanto a isso.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Pri… tudo bom?? Nossaa.. sua viagem está super chegando… o coração deve estar a mil né!??

      Então, vamos lá…. Aqui no blog eu deixei essas dicas pra facilitar ao máximo… As perguntas não são complicadas… O segredo é ir com calma.. você está indo passear e não fazer nada de errado.. Tem tudo a seu favor!

      A passagem eu sempre imprimo o e-ticke que recebo no e-mail… Nunca esteve em Francês…. Pode ser da forma que você receber…

      Hospedagem também, o comprovante do Booking já está ótimo.

      Caso você realmente não esteja conseguindo se comunicar de forma nenhuma… peça desculpa pelo inglês… fale que você não está entendendo muito bem…. e se esforce mais um pouco… Só em último caso eu pediria um interprete.. dizem que tem um sim, mas eu nunca vi ninguém utilizar…

      Lembre de fazer o Seguro Viagem!! É muito importante e obrigatório!!

      Aqui no blog você tem um desconto de 15% e ainda dá uma força pro blog sem gastar nada a mais com isso… http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Se tiver qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
  33. Frekick

    Bom dia ! Estou indo para Portugal começo de dezembro, meu voo tem escala na Suíça, porém estou preocupado, não sei falar em inglês . O que devo fazer, pois escolhi Portugal como minha primeira viagem a Europa pelo idioma , e após a compra da passagem que fui saber que passarei pela imigração na Suíça.
    Eu trabalhava em dois empregos, sendo um registrado e outro autônomo, e fui mandado embora do registrado a dois meses, agora trabalho apenas com o autônomo, tem algum documento que posso fazer que comprove que eu tenho um trabalho no Brasil?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Frekick, tudo bom? Então.. você não tem nenhuma empresa aberta no seu nome? Na verdade assim, eu acho muuuuuito difícil eles te pedirem para comprovar o que você faz… Na minha primeira viagem me perguntaram qual era a minha profissão no Brasil… eu respondi… então perguntaram o que era a minha profissão… respondi isso também e pronto, foi tudo certo.

      Dá uma estudada nessas perguntas que tem aqui no blog…. e usei o tradutor do google só pra te dar uma segurança nas suas respostas.. É mais simples do que parece, mas estudar um pouquinho as perguntas pode te ajudar…

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  34. Patrik

    Fala Robson! Mais uma vez parabéns pelos relatos!
    Uma opinião, eu voltei do México em abril deste ano mas no aeroporto de Cancún não há imigração na volta, ou seja, só carimbaram meu passaporte na chegada ao país. Acha q posso ter problemas com isso quando eu for para a Europa?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Patrik… tudo bom? Olha.. eu acho que não tem problema não.. nunca ouvi falar em problemas referentes a isso… Tenho uma amigo que também não teve o passaporte carimbado quando voltou da Argentina e nunca teve problemas… Enfim, acho que nem precisa se esquentar com isso…. E eles nunca carimbam certinho… no meu passaporte o carimbo de entrada de um país está em uma folha e de volta em outra…. tudo misturado… eles não ficam olhando isso não… pode ficar susse

      Reply
  35. Leandro

    Na verdade minha preocupação é essa situação na Europa e meu Inglês que não me ajuda muito. hehe
    Mas eu já fiz a reserva no booking , seguro saúde e claro a passagem de volta.. agora é só esperar chegar o dia e embarcar !!
    Mesmo com medo.. rsrsrsrss

    Reply
  36. Henrique

    Olá Robson, quero agradecer pelo seu site. Ele tem sido minha companhia nas últimas semanas para organizar a minha viagem haha
    Estou indo para a França e Alemanha no próximo dia 10. Ficarei em Nantes, Paris e Berlim por 38 dias.
    Meu itinerário é: ficar em Nantes na primeira semana, passar o Natal em Berlim, o Réveillon em Paris e o resto dos dias em Nantes novamente.
    Organizei as seguintes coisas para a imigração:
    – comprovante de hotel em Nantes (por ser o local que passarei mais tempo, preferi um hotel)
    – reserva Airbnb Paris
    – reserva Airbnb Berlim
    – seguro viagem
    – carteirinha internacional de estudante
    – comprovante matrícula na UNICAMP (não está em inglês)
    – comprovante estágio (sou professor estagiário em uma escola)
    – dinheiro: 900 euros no VTM, 1600 em espécie e dois cartões de crédito com suas respectivas faturas
    – passagem de volta
    – passagem de avião para Berlim e Nantes

    Você acha que está bom ou que falta algo? É que fico inseguro de estar indo sozinho e tals
    Obrigado pela atenção e por esse ótimo blog!
    Abraço!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Henrique, que viagem maneira hein!?!?! Acho que você tem tudo que precisa.. agora é só ir tranquilo e aproveitar sua viagem.. Vai ser IRADA!!!

      Depois volta aqui pra me contar como foi

      Grande abraço!!!!

      Reply
  37. Ismael

    Boa tarde Robson.

    É incrível a sua eficiência, clareza e prestatividade nas respostas. Parabéns pelo seu blog, sei que já esta acostumado a receber inúmeros feedbacks excelentes, e este é mais um pra sua prateleira. Continue assim, pois seu blog me passa muita confiança, que por sinal, é isso que precisamos hoje em dia quando se trata de sair do nosso país.

    Vamos la então com a minha duvida, qual talvez possa ser a de outra pessoa:

    Eu to vendo aqui revisando os itens necessários para fazer a viagem.

    Más sobre o seguro viagem, não tenho duvidas, que farei o que você indicou em seu blog, (Mondial).

    Agora, o que me deixou com duvida foi o seguinte:

    – Sobre a quantia que se deve ter por dia em euros. Vi que deve ser em média de 45 a 60 euros por dia. Esse valor eu realmente tenho que comprovar em espécie ou em cartão de credito caso o oficial da alfandega pergunte?

    – Sobre eu ir como visto de trabalho por exemplo. Eu terei que apresentar essa garantia em valor por dia também?

    – Existe alguma diferença nas exigências de quem vai com o visto de turista ou com o visto de trabalho?

    – Terei também que apresentar a reserva de hostel onde irei ficar caso for a trabalho?

    Por que no que se trata de valor, vou mostrar pra você o que mais ou menos presumo que seria, se tiver alguma coisa errada ou desnecessário, me corrija, tomara que tenha rsrsrs ai o valor baixa kkkkk

    Vamos lá!!

    – Passagem ida e volta para 3 meses: R$ 4.700,00 (Seria relativo por conta das tarifas e do dia que for comprado a passagem).
    – Seguro viagem para o mesmo período: R$ 1050,00
    – Valor da estada durante o período: R$ 3,390,00
    – Valor a ter como garantia por dia, 45 a 60 euros. Vou colocar 50 euros por dia. Ficando 4500,00 euros no período e num total de ***R$ 18,000 *** o.O
    Ficando num total de R$ 27.140,00????? Jesus amado.

    Me corrigi Robson baixa esse valor rsrsrsrsrs

    Um abraço e desde já, muito obrigado amigo.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Ismael… tudo bom? Desculpa a demora pra te responder…. estava em Nova York e só agora estou conseguindo responder os comentários aqui…

      Então, vamos lá…. primeiro muito obrigado pela confiança… fico muito feliz que é um leitor do blog e que está programando sua viagem com as dicas que escrevo aqui…

      Vou tentar te ajudar… sobre a comprovação de valores…. eu acredito que eles não vão contar todo o seu dinheiro… nada disso. Apensar tenha algum valor em espécie e um cartão de crédito internacional, isso vai mostrar que você tem como se manter lá… o problema é quem não leva nada em espécie e nem cartão… aí complica…

      Sobre visto de trabalho, confesso que não sei como funcionado… Eu sempre entrei lá como turista…. Nem é um visto que temos né, apenas passamos pela imigração e temos o passaporte carimbado…

      Acho que ter um comprovante de reserva de hotel é interessante sim…. independente se for trabalho ou não, você precisa ter onde ficar…

      Agora sobre os valores… vamos lá… Eu gostei na minha primeira viagem, que durou 1 mês.. cerca de 10 mil reais… isso foi em 2012. De forma bem prática poderíamos deduzir que 3 meses chegaria perto de 30 mil…. mas não é bem assim…

      Tudo vai depender de diversos fatores…. A passagem, eu consegui por 2.700 mais ou menos… acredito que você consiga algo nesse nível…. O seguro é de acordo com o tempo, então acredito que o valor é esse mesmo (lembre de usar o cupom que tem aqui no blog).

      O valor da hospedagem.. vai depender do lugar que você vai ficar… por ser isso… mais ou menos também…

      Claro que hoje o Euro está mais caro do que em 2012…. mas você pode tentar jogar um pouco menos por dia… Tudo vai depender do que você vai fazer… Talvez, como sua viagem é a trabalho, você não gaste os 50 euros no dia… Talvez você gaste mais nos finais de semana… e menos durante a semana…. Eu acho que dá pra baixar isso sim, mas vai depender do seu perfil de viajante…

      Bom.. espero ter ajudado… é uma grande viagem…. então, tem que se programar bem pra não se assustar com a conta…

      Se tiver qualquer dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
      1. Ismael

        Perfeito meu amigo, mais uma vez, o meu mega obrigado.
        Vou continuar acompanhando sempre seu blog.

        Sucesso e tudo de bom.

        Um abraço

        Reply
  38. Pedro

    Robson,
    Estou indo para a Dublin visitar uma pessoa que esta estudando lá (inclusive ela irá fazer uma carta), durante a viajem irei visitar alguns países (tenho comprovante das passagens de volta de Dublin e hospedagem dos outros países), porem não falo nada de inglês. Durante a imigração entrego toda a documentação de uma só vez? Se escrever um bilhete informando que não falo inglês pode me ajudar?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Pedro, tudo bom? Olha, eu confesso que não sei exatamente como é a questão da carta feita por alguém que apenas está estudando lá. O seu conhecido vai ter que registrar essa carta.. não é muito simples. Veja se vale realemente a pena ir com uma carta…

      Sobre a imigração…. não entregue tudo não…. só o que eles pedirem…. Tente dar uma estudada nessas perguntas comuns… normalmente não sai disso… Tente responder como pode…. Pede pra ele repetir, se for o caso… e apresente apenas os documentos que ele solicitar… No mais tem que ir calmo, é o principal segredo… Não sei se o bilhete ajuda não… caso você realmente não esteja entendendo o que ele está falando, apenas diga que não fala inglês…

      Se tiver qualquer dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  39. Anderon Quintino

    Boa tarde Robson!
    Olha , dia 1 de Março de 2016 estarei indo pra República Tcheca com minha esposa. Tenho escala em Portugal (certamente irei passar lá na imigração né ? ) Ficarei os 5 primeiros dias em Praga e depois vou para Ostrava , uma cidade Tcheca quase na divisa com a Polônia, para ficar 8 dias na casa de um amigo. Já paguei o Hotel em praga , e vou fazer o seguro viagem por aqui (mondial)
    A Minha pergunta é , devo falar na imigração que vou ficar na casa do amigo esses 8 dias ? Tipo, eu preciso de uma carta convite?
    A uns dias perguntei a ele , e ele me disse que não precisarei da carta convite. Mas e se em Portugal eles me pedirem?
    Aliás , sou empresário aqui no Brasil . Preciso levar comprovantes?

    Obrigado por ter feito um site tão incrível quanto o seu. Foi Crucial para esclarecer minhas perguntas

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Anderson, tudo bom? Então… olha… o que sempre dizem é que: se você vai ficar na casa de alguém, precisa da carta convite… Se for ficar em um hotel, apensar a reserva do hotel basta. É por isso que eu acho a questão de chegar com uma reserva feita, e depois cancelar, ainda é mais fácil…. a carta convite é meio chata…

      Eu também tenho empresa no Brasil e nas duas primeiras vezes eu levei o contrato social… nunca pediram! Aí eu não levo mais…. mas é um documento que prova seu vínculo com o Brasil. Se for fácil pra você, leve…. mas acho bem difícil eles pedirem…

      Espero ter te ajudado um pouco….. Se tiver qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  40. Mariela

    Boa noite, Robson. Eu estou indo para Berlin em fevereiro e vou passar 9 dias lá e visitarei Praga em um desses dias mas voltarei no mesmo dia, pois minha ideia é Berlim mesmo. Já tenho as passagens de trem compradas para Praga (ida e volta), bem como comprovante de reserva de hostel em Berlim e de alguns passeios, é claro, passagens de ida e volta para o Brasil. Você acha que devo mencionar que vou visitar Praga ou não precisa? Obrigada.

    Reply
    1. Robson Franzói

      oi Mariela, tudo bom? Olha, acho que não precisa não… Quando eu fui pra Europa eu passeio por mais de 10 cidades e alguns países…. nunca tive que falar todos os lugares.. Eles nem tem paciência de ficar ouvindo. Só diga se eles perguntarem se você vai pra outra cidade também… aí você fala

      Se tiver qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  41. Renata Aparecida

    Olá Robson encontrei seu blog que está me ajudando muito a tirar minhas dúvidas, em abril irei viajar com a minha filha ela tem 11 anos faz ballet desde os 3 anos de idade e a escola vai levar algumas bailarinas pra um festival em Portugal que vai durar 3 dias, depois seguimos de trem (acho q é isso RS) até Madri onde terá outra festival de dança no qual ela participará ficamos mais 3 dias e depois de trem de novo vamos a Paris onde a professora dela terá um curso pra fazer e iremos acompanhar e conhecer tbm mais 3 dias, iremos viajar pela CVC onde iremos comprar um pacote que já contenha a passagem de ida e volta o seguro viagem (estou em dúvida tbm se esse seguro viagem da cvc é aquele que pede nos países europeus o tratado de Shagesen não sei se é assim que escreve kkk) pois nesse festival onde minha filha vai dançar a organização pedi o documento de seguro saúde uma apólise não sei se é essa que a CVC oferece, e hospedagem nos 3 países que iremos visitar, minhas dúvidas, não trabalho somente meu esposo ele não vão só eu e minha filha e a turma do ballet, terei algum problema na imigraçao quanto a não trabalhar ? Levarei um valor em espécie em euro que será em menos quantidade pois ficarei só 3 dias e outro valor em dólar que será um pouco maior pois ficarei 6 dias quanto você recomendaria eu levar em euro e em dólar?? Não levarei cartão de crédito, pois só tenho cartão nacional, posso levar as faturas do cartão pra comprovar alguma coisa?, estou com medo pelo fato de não trabalhar posso levar um comprovante da escola da minha filha onde ela estuda desde a primeira série ? Ainda não tiramos o passaporte eles pedem oq?Obrigado pela atenção já estou te seguindo no insta e no snap, por favor me ajuda kkkk.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Renata, tudo bom? Então.. vamos lá, por partes….

      • Cartão de Crédito…. se você não tem o internacional, não adianta levar os que tem e nem as faturas, pois você não vai conseguir usar eles lá. Se conseguisse algum internacional seria bom, mas não é obrigatório!
      • Seguro Viagem…. Eu acredito que a CVC vai conseguir isso pra você… ele é obrigatório. Veja com eles, provavelmente vão te passar.

      Bom, na imigração você vai falar que está acompanhando sua filha em uma apresentação… eu acredito que não vai ter problemas.

      Tente deixar tudo organizado…. veja todos os detalhes com a CVC e também com a escola da sua filha…

      Acho que isso já vai te ajudar.. e lembre de manter a calma

      Reply
  42. Renata Ap

    Robson muito obrigado, vi pelo snap VC passeando com os cachorros e comentou que tinha respondido os comentários do blog aí corri aqui pra ver só uma dúvida quanto ao valor em euro que preciso levar, serão 9 dias ao todo passarei por Portugal, Madri e Paris, Obrigado pela atenção.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rê, tudo bom?? Então… olha… uns 50 euros por dia é o ideal… tem gente que gasta menos e tem gente que gasta mais. Eu levei 60 por dia e foi tranquilo.

      Qualquer outra coisa é só me dar um grito aqui

      Reply
  43. Zanira P. Vinharski

    Oi, Robson. Achei muito interessante a leitura em seu Blog.
    Voce [e muito encorajador, e claro em suas respostas/ o que me deixou a vontade para escrever. Estou indo para Italia, em mar;o de 2016, tenho 62 anos, sou aposentada e vou viajar sozinha. Estou levando comprovantes de passagens aereas, com destino Brasil-Mil’ao, ida e volta. Nunca viajei antes, e, por isso estou muito apreensiva. Tenho uma sobrinha na Italia, que recebeu a naturaliza;’ao italiana, quem me convidou para estar na casa dela em Floren;a. Por[em, ela n’ao vai me buscar no aeroporto porque pretendo ir no mesmo dia de chegada para Sui;a, Berna, onde j[a aluguei quarto para 2 dias em um hotel de l[a. S[o depois que vou para casa dela. Tenho seguro de 30,000 euros e cart’ao de cr[edito/d[ebito internacional. Estou levando tambem 1000,00 euros em esp[ecie e no cart’ao. Fico muito apreensiva, porque falo pouco o ingles, mas tenho conhecimento do b[asico. E estou estudando ingles para viagem.
    J[a comprei viagem para Gr[ecia, Hotel em Atenas e voos ida e volta para Milao. E agora o susto o que fazer. N’ao quero dizer que n’ao tenho ninguem na Italia, por isso pedi a minha sobrinha uma carta convite. Ela pode constar dias intercalados. Qual vai ser o perigo Que devo fazer

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Zanira, tudo bom? Que bom que me escreveu.. fico muito feliz em saber que gosta do blog e que estou passando confiança.

      Primeiro de tudo, você está fazendo tudo absolutamente certo…. Não tem como que se preocupar.. Ficar tranquila é o mais importante agora.

      Assim, se você não vai ficar na casa da sua sobrinha, nem precisaria da Carta, já que você tem as reservas de hotel.. Leve tudo isso impresso.. suas reservas e as passagens que já comprou.

      Você não precisa de nada além do básico de inglês para passar na imigração. Apenas lembre de responder apenas ao que eles perguntarem, só mostre algum comprovante se for solicitado e dê respostas breves e tranquilas… Você tem tudo que precisa para entrar tranquilamente.

      Espero que faça uma viagem incrível…. curta muito, a Europa é um sonho!!!

      Qualquer coisa me dá um grito aqui

      Reply
  44. Denner

    Olá estou indo pra Espanha esse final de semana, esta tudo certo, irei ficar 3 meses lá, tenho carta convite, comprovante de quanto estou levando, passagem ida e volta, só não tenho seguro, minha tia que mora lá, disse que não precisa, mais to lendo muito comentarios aqui que pode ser barrado se não tiver, gostaria de saber se é verdade? Porque minha prima foi pra lá sem o seguro, e dizem que o seguro daqui dependendo não vale lá.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Denner, tudo bom? Olha, tem gente que arrisca ir sem o seguro sim…. Mas existem duas coisas que você precisa considerar: 1. Ele é obrigatório! Se ninguém te pedir, ótimo… vai passar de boa. Agora se ele pedir e você não tiver, aí você pode ter sérios problemas. Segundo Ponto: o que você deve pensar sobre o seguro nem é a questão de ser obrigatório ou não, eu faço seguro pela minha segurança mesmo. Faço para qualquer viagem internacional… independente de ser obrigatório ou não.

      Veja, se alguma coisa acontecer com você por lá: coisas simples, tipo: torcer o pé, cair, quebrar algum membro, ter uma intoxicação alimentar ou qualquer outra coisa e você precisar de um médico, sem o seguro você vai estar em um situação super complicada, já que a conta do hospital não vai sair nada barata.

      Recentemente eu fiquei sabendo de um caso de um senhor que viajou pra lá e ter que fazer uma cirurgia! A conta do hospital ficou tão alta que ele teve que passar o cartão dos amigos para poder pagar tudo. E, claro, cartão de crédito à vista, que é como funciona fora do Brasil. Pelo que fiquei sabendo as pessoas vão ajudar ele a pagar, mas pensa nessa situação?!?!

      Na minha opinião não vale a pena arriscar em viajar sem seguro…. é a dica que eu te dou. Espero que você realmente não precise usar…. mas pense bem no que te falei…

      No mais te desejo uma ótima viagem… curta muuuuito!!! A Europa é um lugar incrível!!!!!!!! Grande abraço!!

      Reply
  45. Guilherme

    Olá, quero fazer uma viagem à Portugal, Espanha, Itália, França, Alemanha e Amsterdã.

    Oque devo falar para o policial da imigração ? (Portugal)

    -Que vou ficar em Portugal por 20 dias (Daí posso ir pros demais países nesses 20 dias ou dizer que vou ficar 4 dias em Portugal e depois o destino que quero ir ?)

    -Se eu disser só 4 dias e depois irei para Espanha. (Passarei pela imigração na Espanha ?)

    -Para retornar ao Brasil devo voltar para Portugal ou partir de Amsterdã ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gui, tudo bom? Então… eu já tive essa dúvida e o que eu faço é o seguinte:

      Se ele te perguntar sobre a quantidade de dicas, vai ser algo como: Quantos dias você vai ficar?

      Aí você responde: vou ficar 4 dias em Lisboa.

      Pronto, apenas isso. Caso ele pergunte o que vai fazer depois, aí sim você fala que vai viajar pela Espanha, Itália, etc.

      Eles não são de ficar de papo e nem querem perder muito tempo ouvindo todas as cidades que você vai conhece. Só diga mesmo caso ele pergunte.

      Você não vai mais passar por outras imigrações, apenas na primeira cidade. Para voltar… depende do seu vôo, se comprar a volta direta, sem escala, não precisa passar por Portugal não. Não tem problema sair por outro país, nesse seu caso.

      Enfim, espero ter ajudado… Qualquer outra dúvida é só me dar um grito!

      Reply
  46. Livia

    Oi Robson! Tudo bom? Estava lendo o blog e os comentários, estou adorando!
    Vou para Barcelona mês que vem, quero passar uns 12 a 15 dias, é minha primeira viagem internacional e irei sozinha, estou com medo da imigração embaçar com isso! Estou com medo até de comprar um vôo direto e isso gera desconfiança. Pensei em pegar algum com conexão em Lisboa, pois falam que lá é mais tranquilo. O que VC acha?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Livia, tudo bom? Olha, eu acho que você tem que pegar a passagem que for mais em conta pra você… acho que é melhor pensar no financeiro do que na imigração.

      Assim.. se você estiver com tudo certo… passagem, hospedagem, seguro, dinheiro… não tem porque eles te barrarem… Veja a mais em conta e vai tranquila, vai dar tudo certo!!

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  47. Karla

    Oi Robson tudo bem ?
    Então eu estive na Europa em outubro , fiz conexão em Madri l, fui pra Paris e depois Dublin . Voltei pro Brasil um mês depois . Agora estou indo novamente pra Europa . Estou com medo de ter algum problema na imigração , Pq estou indo 3 meses depois que eu voltei de lá . Será Q tem algum problema ? Até pensei em fazer outro passaporte , então não teria carimbos nenhum . O que vc axa ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Karla, tudo bom? Imagina… isso não é problema não… é até mais tranquilo pra você.. pois mostra que já foi um vez e voltou… Não faça outro passaporte não!! Pode ir tranquila!! É mais fácil pra você que já foi do que pra quem nunca foi

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  48. Carolina

    Oi Robson,
    Tudo bem?
    Então, estou indo para França no dia 27/02, vou fazer um intercâmbio de 6 semanas.
    Vai ser minha primeira viagem internacional e sozinha, estou muito nervosa. Sem contar que sou menor de idade (17 anos).
    Estou levando comigo a carta de aprovação da escola, a carta da Host family, seguro de viagem e 500 euros em espécie + 1500 no VTM. Você acha que consigo passar pela imigração? Falta algo?
    Obrigada e parabéns pelo blog 👏👏👏

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Carol!! Nossa, que sonhoooooo!!! Tá super perto hein!?!? Imagino a sua ansiedade.. me desculpa a demora para te responder, acabei viajando na semana passada e só agora estou conseguindo colocar os comentários em dia.

      Ahhh eu acho que você está com tudo certo! Não precisa de mais nada não!!! Agora tem que aproveitar bastante!! Vai ficar em Paris? EU vou passar em Paris em abril… vai estar por lá?

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  49. lilia

    Oi, achei muito interessante o seu blog, parabéns. Vou viajar agora em março para França, eu tenho a nacionalidade francesa, passaporte e identidade francesa, mas me ocorreu uma dúvida por ser brasileira será que preciso de carta convite e seguro saúde? Minha filha mora lá e meu ex marido também, aliás tem meu nome nos comprovantes de residencia da casa dele pois morei la por oito anos. Desde ja agradeço pela ajuda.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lilia, tudo bom? Hummm.. aí já é uma dúvida bem específica… Eu tentei contato com a empresa de seguros para perguntar isso, mas eles não souberam informar… O mais certo é ligar direto no consulado e confirmar essas informações.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  50. Camila

    Bom dia Robson, estou com uma dúvida.

    Como será a minha imigração na Croácia. Meu voo e SP-Paris-Croacia.

    Passo pela imigração nos dois paises? Ou só na França? Ou só na Croacia?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cami.. tudo bom? Olha, isso depende de alguns fatores. Tempo de escala e tal…. Pode ser que você passe na imigração em Paris sim… mas as vezes você fica apenas em uma área de giro e aí faz imigração direto na Croácia.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  51. Lais

    Oi, Robson, tudo bem? Parabéns pelo blog e pela disposição em ajudar.
    Fiquei com algumas dúvidas.
    1 – Com relação ao valor em dinheiro, li em alguns blogs que é necessário uma quantia diária ($45-60) e $600 por período. Não consegui compreender se era uma ou outra opção ou, se além do valor diário, preciso desse valor por período.
    2 – A carta convite precisa ser autenticada/registrada no país de origem? Quais os custos associados aproximadamente?
    3 – Preciso apresentar os comprovantes de hospedagem/passagem para todos os meus roteiros durante a estadia?
    Muito obrigada, desde já.
    Abraços.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lais, tudo bom? Desculpe a demora para te dar um retorno… meus últimos dias foram bem corridos…

      Então… a média é essa mesmo… entre 45 e 60… eu nunca ouvi falar nessa questão do período. Mas assim, pode ser uma opção… mas vai te ajudar ter um cartão de crédito ou cartão pré-pago. Você não precisa ter todo o dinheiro em espécie… apenas tem que mostrar que tem como se mater por lá.

      A carta convite tem que ser registrada sim e precisa ser feito pela pessoa que vai te mandar ela. Cada país tem um exigência diferente, então é interessante pesquisar no seu caso específico.

      Não precisa dos comprovantes para todas as cidades… quanto mais, melhor! Mas ter apenas o comprovante da cidade que você vai chegar já é suficiente… e a passagem de volta!

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  52. João Pedro

    Olá Robson,tudo bem? estou indo viajar dia 23 pra casa dos meus tios e ficarei 16 dias lá,gostaria de saber se é obrigatório levar uma carta convite,não sabia nem da existência dessa carta convite até ontem uhasuhsa.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala João.. tudo bom e você? Cara, precisa sim.. Se você vai ficar em casa de família tem que ter a carta … e eles que vão ter que fazer pra você, registrar e tal…

      O que você pode fazer também, que seria mais fácil.. é reservar algum hotel.. que tenha cancelamento gratis… ai vai pra lá e cancela logo no primeiro dia. Talvez você tenha que pagar alguma por porcentagem ou a primeira diária… mas já é uma garantia. Reserva um hostel baratinho pra não ter erro!

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  53. Pedro

    Oi Robson, tudo bem? Primeiramente parabéns pelo blog, me ajudou muito! Farei minha primeira viagem internacional e tem uma coisa me deixando um pouco nervoso. Viajarei para Bélgica fazendo conexão em Portugal e essa conexão dura 2 horas e meia. Esse tempo é suficiente para a imigração? Agradeço desde já, um abraço! (Desculpa se já mandei essa mensagem, houve um problema com a Internet e não sei se foi enviada)

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Pedro, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então, é suficiente sim… se o vôo não atrasar, claro! Mas vai dar certo… não é um processo demorado, ainda mais que a sua bagagem vai para o destino final. Não sei se a sua viagem já aconteceu, mas se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui!

      Grande Abraço!!

      Reply
  54. Caroline Oliveira

    Oi Robson, boa noite!! Primeiramente parabéns pelo blog, sua planilha me ajudou muito a organizar meus custos!!

    Veja só.. estou indo para Lisboa na próxima semana (até aí tudo bem, vai ser minha segunda vez por lá). Estou levando carta convite da tia do meu namorado, que é onde vou me hospedar (ele já está por lá, mas como turista). Dessa vez resolvi visitar a Irlanda, vou encontrar uma amiga (minha cunhada, que está fazendo intercâmbio) por lá, e irei sozinha partindo de Lisboa para Dublin pela Ryanair.

    Meu maior medo nesse momento está sendo a imigração, pois não falo inglês, embora tenha boa compreensão do que eles falam. Vou ficar num hostel… por minhas pesquisas eu vi que não seria interessante citar essa minha amiga, e sim dizer que estou viajando sozinha. Minha permanência por la vai ser bem curta, chego numa sexta e na segunda de madruga já estou indo embora, totalizando apenas 3 dias de passeio. Meu maior medo é que não estarei indo para lá direto do Brasil sabe? Estou com um pé atrás com isso. Para entrar em Portugal estou tranquila, já separei toda a documentação. Mas e em Dublin, será que se eu apresentar a passagem de volta para Lisboa (onde passo mais uma semana, depois volto para o Brasil), a de volta para o Brasil, minha reserva no hostel em Dublin, o seguro viagem e uma carta convite em inglês de onde vou ficar em Lisboa eu poderia ter algum problema?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Carol!! Tudo bom?? Muito obrigado pelo comentário…. Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Acho que agora não adianta mais te responder, sua viagem já começou… espero que tenha dado tudo certo… aproveite a viagem!!! Depois volta aqui pra me contar como foi!!

      Reply
  55. Gabi

    Ola, em 17 julho estarei indo para Alemanha ficar na casa de um amigo cidadão europeu, ele fez a carta convite pra mim, vou levar o equivalente a 60 euros para cada dia que eu ficar por la e mais o cartão de credito.
    Como vou ficar na casa dele, nao possuo comprovante de reservas na Alemanha, mas nos vamos para Áustria 26/07 e Londres 2/8 e para ambos tenho comprovante de reserva do hotel. Voce acha necessário apresentar esses comprovantes quando eu chegar na europa? acha que seria valido mesmo os comprovantes de reservas sendo de 8 dias apos minha chegada na Europa?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gabi, tudo certo?? Então, como você tem a carta convite, aí não precisa comprovar a hospedagem, já que você foi convidado… vai ficar na casa da pessoa. Provavelmente nem vai precisar apresentar os comprovantes de Áustria e Londres.

      Ahhh… na verdade quando você for pra Londres, e passar novamente na imigração, aí eles podem perguntar onde você vai ficar na cidade…. eles normalmente fazem algumas perguntas… Londres é a mais chatinha no controle…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  56. Jessica

    Oi Robson, apesar de tantos comentários ainda tenho dúvidas hehehhe
    Vou para Malaga dia 29/5, com conexão na Alemanha, nesse caso vou passar apenas na imigração da Alemanha?
    Vou ficar na casa de um amigo na Espanha, mas já li em varios lugares que reservar hotel ou hostel é muito melhor do que a carta convite, li tbm (inclusive no site da emabixada) que não basta só a reserva, tem que apresentar o comprovante de pagamento, mas tá me dando uma dor no bolso gastar R$400,00 numa hospedagem que não vou usar, no site da Expedia dá pra cancelar a reserva, porem teria q ser feito até dia 28/5. 2 duvidas:
    Vc acha q dá pra passar só com o comprovante de pagamento de 10% que alguns hostels cobram?
    Se eu pagar a reserva, imprimir o comprovante de pagamento e depois cancelar, eles vão ter como verificar isso? (não quero fazer nada errado, mas tá caro demais isso)

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Jé, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então…. vamos por partes.. A questão de passar na imigração apenas na Alemanha pode variar… depende do tempo da conexão, ou como eles organizam… as vezes você vai para uma área do aeroporto que nem precisa passar por imigração e aí só passa no seu destino final mesmo.

      Sobre o carta convite… eu acho realmente mais complicada, também prefiro a reserva…. Agora sobre o valor… eu já li algo sobre isso também… que precisa ser uma reserva paga e tal… mas isso eu nunca fiz, sempre reservei no Booking, com opção para pagar depois e já apresentei.. eles aceitaram na boa.

      Então o que você pode fazer é reservar no booking algum lugar que tenha cancelamento grátis, assim você não precisa gastar essa grana. Mas deixa pra cancelar depois que passar na imigração….eu acho que eles não vão verificar isso não… MAAAAASSS.. vai que te pegam pra cristo, resolvem olhar e aí vêem que foi cancelada, pode dar problema pra você… então melhor cancelar depois da imigração…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  57. marcos

    oi robson tudo bem, irei pra italia , porem perdi meu Rg, sera que terei probema, pois tenho todosos outros dovumentos, passaporte, carteira de trabalho e etc.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Marcos, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Não tem problema não.. o que vale lá é o passaporte! Eu nem levei RG nesse viagem…. pode ir tranquilo!

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  58. Rodrigo

    Boa noite!! Eu e minha filha temos dupla nacionalidade minha esposa só tem a brasileira, na imigração ele pode passar com minha filha por qual guichê ? Será que poder barrar ela por algum motivo?.obrigado

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rodrigo, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então… você tem uma dúvida bem específica… Eu não posso te responder com 100% de certeza.. Eu acho que vocês podem até ir todos juntos para o lado de quem tem cidadania, que tem o passaporte europeu, mas acho que talvez ela tenha que ir para outro guiche…

      Infelizmente vou ficar te devendo a resposta 100%…

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  59. Katia

    Olá Robson, pretendo planejar uma viagem para a Europa para depois de junho de 2017, vou reservar dinheiro até lá e tanto eu como o meu marido estamos trabalhando, eu sou funcionária pública, isso pode ajudar?, minha dúvida é que com tanto tempo para planejar a viagem, por onde começar? E se para uma primeira viagem, duas semanas na Europa dá para visitar dois ou mais países com calma? É necessário possuir visto para todos os locais que eu for visitar? Enfim qual seu conselho, por onde devo começar? Desde já muito obrigada, fiquei encantada com o seu blog, parabéns!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Katia, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então.. que legal que você está se programando com antecedência… mostra que realmente quer realizar seu sonho e vai se dedicar pra isso.

      Assim, não sei se você chegou a ver que eu tenho um guia chamado Meu Primeiro Mochilão? Ele na verdade não é só para quem vai fazer mochilão, mas para qualquer pessoa que quer planejar uma primeira viagem e não sabe por onde começar. O valor do guia é bem acessível e acho que pode ser uma boa ajuda para vocês…

      Dá uma olhada no link: http://www.umviajante.com.br/guia-mochilao

      Tenho certeza que vai te ajudar muito … Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  60. Gabriela

    Vou para londres com um amigo europeu, vou encontrar ele na alemanha. E sei que quando chegar em londres vamos passar pela imigração separados, pois ele é cidadao europeu. Os comprovantes de hotel estão todos no nome dele, entao nem adianta eu levar os compravantes comigo porque nao vao valer, ja que estao no nome dele né? O que me recomenda fazer neste caso?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gabi, tudo bom? Hummm.. olha.. não tem bem um regra para isso. O que eu faria: levaria os comprovantes no nome dele mesmo… e explicaria na imigração, caso alguém pergunte. Você fala que vai ficar com ele e que ele está em outra fila, pois ele é cidadão europeu.

      Não teria muito porque dar problema… o segredo é sempre falar a verdade. Então acho que daria tudo certo.

      Nessa minha última viagem perguntaram se eu ia ficar em “hostel”. Eu apenas confirmei.. não chegaram a pedir o comprovante.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  61. Gabriela

    Oi Robson, tenho mais um duvida haha
    Meu amigo já me enviou a carta convite assinada, porem não esta registrada, acho que ele se esqueceu disso. rs
    Acha que pode da algum problema? Estou pensando em fazer reserva em hotel e desistir da carta convite, para evitar de pedir pra ele me enviar outra carta só que agora registrada. O que voce acha?
    Meu voo pra Berlin tem conexão em Roma (FCO).. sabe se la eles são mais exigentes?
    Obrigado!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gabi.. tudo bom? Então… é bem complicado te responder se vão aceitar a carta assim ou não. Tem a forma correta, que é registrada e tal… realmente não tenho como dizer se vai passar.

      Eu sempre acho que a reserva de hotel é uma opção bem mais simples do que a carta.

      Sobre a exigência do fiscal… isso vai muito de pessoa pra pessoa. Agora em Londres eu peguei um fiscal muuuuuito simpático! Ele fez várias perguntas, mas de uma forma tão tranquila que mais parecia uma conversa e que ele estava animado com a minha viagem. E olha que a imigração de Londres tem uma péssima fama.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  62. Andre Ribeiro

    Olá.. como já vou fã e leitor assíduo desse blog, decidi deixar meu comentário porque pode de alguma forma ajudar ou encorajar pessoas que talvez ainda tenham alguma cisma com a imigração europeia. Fiz meu primeiro mochilão pela Europa em 2012 e decidi entrar por Londres (estávamos em quatro amigos), e apesar de estar com todos os documentos, não tinha como não estar com aquele friozinho na barriga, maaaaaaass, para surpresa geral fomos recebidos por um agente sorridente, super educado e simpático e nos recebeu os quatro juntos, sim, entramos os quatro no guichê. Ele simplesmente perguntou para onde iríamos e de onde vínhamos, como dissemos que éramos brasileiros, ele perguntou se não passaríamos por Portugal, e eu até sorri e comentei: “maybe next time”, ele também sorriu e amigavelmente soltou aquele tão esperado: Welcome… Tá, depois de rodar a Europa inteira, o volta para o Brasil tb seria por Londres, de modo que na viagem de volta (Paris-Londres) teve imigração inglesa novamente, mas dessa vez a coisa foi meio diferente, pois eu simplesmente não estava esperando isso (e foi de madrugada), de modo que todos os documentos estavam embolados numa pasta, tentamos entrar os 4 juntos e nos barraram, peguei uma mulher bem mal encarada, fez um monte de perguntas, pediu pra ver a passagem de volta, a reserva de hospedagem. No final deu tudo certo. Enfim, imigração não é bicho de sete cabeças não.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Boaaa Andre!! Que show que veio aqui compartilhar sua experiência… muito legal mesmo. Realmente, não é um bicho de sete cabeças… vai muito da sorte de pegar um agente legal também.

      Agora em Londres, que tem uma fama de ser complicada, eu peguei um agênte muito simpático e que fez perguntas pra mim numa boa… quase uma bate papo informal.

      Show o seu comentário…. Muito obrigado por lembrar do blog e vir aqui compartilhar com a gente

      Grande abraço!!

      Reply
  63. Mary

    Ola. Robson estou me programando para ir para Italia, França e gostaria de ir para Irlanda em Dublin,ms em 2008 fui para Londres e fui barrada e mandada de volta ao Brasil , sera que terei problema na imigraçao ja que dizem que tem ligaçao entre os paises mesmo ja fazendo tanto tempo.
    E se resolver ir para Inglaterra da Irlanda do Norte terei que passar na imigraçao novamente.

    Reply
  64. Leandro

    Olá Robson ! Valeu pelas dicas , passei pela imigração em Amsterdã sem nenhum problema , só pediram passaporte e mais nada..
    E não fizeram nenhuma pergunta . muito tranquilho !!! :))))

    Reply
  65. Luciana

    Olá boa noite, ai que bom que achei seu Blog me tranquilizou muito eu estava aqui desesperada e morrendo de medo de passar pela imigração na Itália, viajo dia 24/6 e ficarei 3 meses na casa do meu namorado, farei Rio/Frankfurt/Roma e depois um voo interno para a cidade próxima a casa dele, ele já me mandou a carta convite por e-mail se responsabilizando pela estadia e pelas despesas durante o período, estou com todas as passagens Ida e volta, passaporte. Dúvida como serão 3 meses quanto vc acha que deveria levar em dinheiro e quanto de limite no cartão? Meu único medo é não passar pela imigração e perguntarem muitas coisas e eu não entender, não falo inglês e bem pouco Italiano… Os já li vários Post seu hj e isso me tranquilizou muiiiiito essa viagem é uma sonho e não quero se se torne um pesadelo e me mandem de volta pro Brasil, estou fazendo tudo certinho pra não ter erro.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lu, tudo bom? Que bom que chegou aqui e já ficou mais tranquila.

      Assim, não tem uma regra exata…. O problema maior seria alguém chegar lá com tipo… 100 euros no bolso e nenhum cartão…. Aí essa pessoa ainda vai lá e fala que não conhece ninguém na Europa.. Pronto, tem coisa estranha aí… afinal, como ela se manteria na viagem?

      Nessa minha última viagem eu levei tudo em espécie, por questão de economia mesmo… não ter que gastar com taxa de cartão.

      Leve o quanto você achar segura levar em espécie… o restante deixa para o seu cartão. Pense que é ideal que você tenha uma quantia de mais ou menos 50 euros por dia… com isso já pode ficar tranquila.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Vai dar tudo certo!!!! A sua viagem vai ser incrível!!!

      Reply
      1. Heloisa Carmo

        Boa Tarde Robson!

        Irei com meu namorado para Madrid em Setembro, tenho lido sobre a dificuldade da imigração em Barajas, eu ja tenho visto americano e carimbo de viagem internacional e o dele está em branco. Vamos com reserva de hotel, com mais de 65 euros por dia para cada ume em espécie e levaremos cartão de crédito, levaremos também o seguro viagem, minhas dúvidas são:

        Eles podem implicar com a gente porque só falamos em português? sei falar intermediario Ingles e Espanhol básico, mas prefiro usar somente se necessário.
        Podemos ir juntos na hora da imigração?
        Como demonstro a questão do cartão de crédito? saldo de crédito e contas já pagas?

        Desde já, muito obrigada.

        Excelente seu blog.

        Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Helo, tudo bom? Olha, eu entrei por Madrid na minha última viagem e foi suuuuuper tranquilo. Se você fala intermediário em inglês, vai conseguir responder bem de boa as perguntas deles. Com um portunhol também dá pra passar. Nas primeiras vezes que fui eu levei a conta do cartão, onde constava o limite, mas eles nunca pediram. Ter o cartão em si já é suficiente eu acredito.

          Eu acredito que vocês não terão nenhum problema…. Pode ir tranquila, é o que mais importa

          Aproveite a viagem!! Depois volta aqui pra me contar como foi

          Reply
  66. Lindinalva

    Por favor, me informe quanto terei que levar em dinheiro para Portugal. Pretendo ir em Dezembro. Sou aposentada e tenho mais de 60 anos. Irei para a casa de minha filha que é casada. Que documentos preciso levar, principalmente em relação à minha renda? Tenho direito à desconto na passagem? Minha filha que comprará!

    Obrigada pela atenção, aguardo respostas!

    Salvador-Bahia, 30/05/2016

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lindinalva, tudo bom? Então, eu recomendo levar o equivalente a 50 euros por dia de viagem + o valor da hospedagem + valor das passagens (caso você vá viagem para outras cidades).

      Portugal não é uma cidade muito cara. Na passagem aérea eu acho que você não vai ter descontos, mas pode conseguir alguma coisa na entrada das atrações. Teria que confirmar…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  67. Marcos

    Oi, Robson. Eu vou à Europa em julho/2016 e comprei a passagem com cartão de crédito Mastercard Platinum. Liguei para a Mastercard a respeito de um benefício que é um seguro de viagem grátis. O atendente informou que vai me enviar por e-mail o comprovante do seguro no valor de 25.000 dólares por 31 dias. Ele me garantiu que poderei entrar na Europa tranquilo com este seguro viagem.
    Minha dúvida é: O seguro exigido na imigração é de 30.000 euros. Mas, vou ficar apenas 10 dias. Será que este seguro da Mastercard é aceito na imigração?

    Aguardo seu parecer.

    Abraço,

    Marcos

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Marcos, tudo bom? OIha, normalmente eles oferecem um seguro que é válido sim. A exigência é 30 mil euros. Não sei porque eles falaram menos, mas é para oferecer algo válido sim.

      A diferença maior entre o seguro do cartão e o contratado é que no caso do cartão você precisa pagar as suas despesas médicas, caso necessários, e depois pedir o reembolso no Brasil. Já o contratado você não precisa pagar nada. Então eu prefiro esse, e aí vou mais tranquilo.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  68. Michelly Martins Cavalcante

    Meu nome é Michelly. Estou pretendendo ir com meu esposo no próximo ano, poderia me tira uma dúvida? Meu marido é albino teria chance de parar na imigração por causa dar cor? será que ele sofreria algum constrangimento?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Michelly, tudo bom? Olha, eu acredito, e espero estar certo, de que seu marido não terá nenhum problema na imigração não. Pode ir tranquila!

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  69. Bianca

    Ola Robson parabens pelo blog. Tenho acompanhado algumas perguntas e suas respostas tem me ajudado bastante a mim preparar para uma viagem que eu meu esposo nosso filho e os pais do meu esposo estamos querendo fazer a Lisboa.
    Minha duvida é a segunita..
    Moramos em vitoria mas compramos passagens de vitoria ao rio e do rio direto pra Lisboa porque saii mais em conta.
    A passagem de volta é para o rio e no caso nao compramos de volta do rio a vitória, VC acha que tem algum problema em mao nao ter a passagem de volta do rio a vitoria?
    E acha que tem algum problema viajar com 5 pessoas assim da mesma familia para de uma vez so?
    Se caso a imigração nos parar eles irão nos entrevistar separadamente?
    Aê esqueci de falar que estaremos com a carta convite da irma do meu esposo que no ha 2 anos esta com o visto de residência la. E com o seguro viagem .eu e meu esposo iremos com 500€ e o meu sogro e minha sogra com mais 500€. Mas nao temos cartao de crédito e e mei esposo e meu sogro sao autônomos .acha que tem algum problema? Acha que o dinheiro é pouco? Me ajude lor favor.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bianca, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… Estou desde julho sem conseguir dar uma atenção aos comentários do blog… No meu último post eu comentei um pouco sobre isso…

      Não sei exatamente em que pé está a sua viagem ou se ela já aconteceu. Não entendi se a irmã do seu esposo tem o visto lá ou não. É importante que ela tenho isso certinho. Sobre a passagem para Vitória, não tem problema algum não. A passagem que você precisa ter de volta é para o Brasil, não importa a cidade.

      Como não sei se a sua viagem já passou, depois me conta se deu tudo certo ou se você ainda vai viajar. Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  70. Manoela Jared

    Olá, Robson!!
    Vou para Portugal em Dezembro e também pretendo ficar na casa de um amigo que está morando lá para estudar (vi que a carta convite pode ser também para quem estuda pois enquanto ele está lá, tem visto de cidadão).
    Vi que você tem respondido que a carta é bem mais chatinha e complicada na hora da imigração. Você teve alguma experiência ou sabe de algo que tenha acontecido com alguém para ter essa opinião?

    PS. Vi em outros lugares que é complicado fazer a reserva e cancelar depois, pois eles podem ligar para o lugar para confirmar.

    Obrigada!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Moanoela, tudo bom? Então, desculpa a demora para te responder… Estou desde julho sem conseguir dar uma atenção aos comentários do blog… No meu último post eu comentei um pouco sobre isso…

      Já conseguiu definir essa questão da carta? O que eu digo de ser mais chatinha é que você vai dar um pouco de trabalho para quem está lá, pois é a pessoa que tem que fazer a carta e os procedimentos necessários (cada país tem o seu). Aí eu acho mais prático reservar algum lugar.. e você só cancelaria depois que já estivesse lá, no caso.

      Bom, espero que dê tudo certo na sua viagem. Tranquilidade é fundamental.. depois você vai ver que não é um bicho de sete cabeças

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  71. Domenico

    Bom dia, meu nome e Domenico.
    Eu tenho o passaporte italiano e no final do ano vou para a Itália, essas perguntas também se aplicam no meu caso, já que tenho o passaporte italiano ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Dominico, tudo bom? Olha, no seu caso é diferente… você tem o passaporte de lá… nem passaria pela mesma imigração. Pelo que eu sei, passaria apenas pelo controle do passaporte lá…

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  72. Pablo

    Robson, obrigado pelo blog!
    Já vi vários posta.

    Quero fazer um mochilão de 3 a 6 meses começando no final do ano que vem.
    Falo poucas coisas em inglês e gostaria de dormir alguns dias em rodoviária ou aeroporto por exemplo, pra economizar.
    Nesse caso, posso apresentar os comprovantes dos dois primeiros dias e ver depois se fico mais dois ou três dias?
    Se eu falar que vou ficar 5 dias, mas ficar uns 8 ou 9, vou ter problemas na hora de sair do país ou algum outro?

    Muito obrigado novamente!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Pablo, tudo bom? Normalmente não tem problema não.. você precisa apresentar, caso eles peçam, apenas o comprovante de onde você vai ficar quando chegar. Muitas pessoas vão reservando as hospedagens no decorrer da viagem. O que é mais comum de pedirem é a passagem de volta e o seguro viagem.

      Bom, se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  73. Marcelo

    Olá Robson, também sou de Ctba, minha pergunta: Estou indo para Barcelona ficar 10 dias, posso levar um comprovante de reserva do Airbnb de apenas 2 dias? Será que a imigração vai embacar?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Marcelo, tudo beleza!?! Desculpa a demora para te responder… Estou desde julho sem conseguir dar uma atenção aos comentários do blog… No meu último post eu comentei um pouco sobre isso…

      Não sei exatamente em que pé está a sua viagem ou se ela já aconteceu, mas assim.. conheço pessoas que foram com comprovantes do Airbnb e foi tudo certo. Acho que você não terá problemas… mas aí nos dias restantes você iria para outro hotel, é isso!?

      Bom… Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  74. Daniela

    Robson, boa noite.
    Primeiramente, parabéns pelo blog.
    Tenho uma dúvida referente à imigração.
    Comprei uma passagem pela CVC para Roma, com escala em Madri.
    Será a minha primeira viagem.
    Pela CVC, eles lhe encaminham apenas o voucher da passagem.
    Gostaria de saber se é o suficiente para a imigração ou preciso de um bilhete de volta “físico”?
    Desde já, agradeço a ajuda.
    Abs.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Dani, tudo bom? Não sei se a sua viagem já passou… mas só voucher já é suficiente sim. Ele deve ter algum código, número dos vôos e tudo mais, certo? Imprima isso e leve com você

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
      1. Daniela

        Muito obrigado pela resposta! Estou mais tranquila agora heheheh
        À propósito, estou no aeroporto aguardando o meu vôo
        Abs.

        Reply
  75. luciana

    boa noite,
    bom eu nao trabalho fixo no brasil, se me perguntarem o que faço o que eu deveria de fato responder?
    eu moro com meus pais, faço trabalho freela e meu pai tem empresa aqui.
    o que me aconselharia a dizer?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lu, tudo bom? Então… pode dizer a verdade. Eles vão te perguntar o que você faz no Brasil… Se você faz freela em design, por exemplo, você diria que é designer…. aí eles podem perguntar o que um designer faz? Aí você responde as suas atividades: desenho anúncios, campanhas, embalagens… enfim… algo assim. Dificilmente eles vão exigir algo que comprove isso. O melhor é ser sempre transparente.

      Grande Gui, tudo beleza!?! O Café está fazendo sucesso!! Estamos bem animados…. muitos viajantes passando por lá

      Então, sobre a sua dúvida. Assim, deu tempo de visitar a cidade? Deu… Foi um pouco corrido? Foi… Ficaria mais tempo por lá? Com certeza.

      Eu reservei um trem de volta para umas 17h mais ou menos, mas o ideia seria sair ainda mais tarde da cidade. Nós tivemos que sair correndo, literalmente, de uma atração para pegar um taxi e voar para a estação de trem. Foi uma correria no final. Uma aventura que valeu a pena, sem dúvidas, mas precisaria de mais tempo.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  76. Leticia Cabral

    Oi Robson! Tudo bem? Estou adorando as dicas e anotando tudo por aqui, achei muito legal que você responde a todos no seu blog, demonstra muita atenção.
    Deixa eu tirar uma dúvida com você, eu vou para a Europa, agora no final do ano e vou ficar 3 meses e meio lá.
    Ficando: 1 mês viajando e o restante do tempo na casa de uma amiga na Ucrânia (que é Ucraniana), onde vou fazer umas aulas de ucraniano.
    Por ser muito tempo fico com medo deles encherem o saco. Mas tenho dinheiro suficiente para todo o tempo, e não vou ficar mais do que 3 meses em nenhum dos países.
    O que você acha? Comprovando renda, mostrando todas as minhas passagens, hospedagens, mostrando a carta convite, eles irão encher o saco?
    Vou na verdade inclusive visitar mais duas amigas nesse período também, não sei se devo apresentar mais de uma carta convite.
    Espero que consiga me responder também! Obrigada, abraços!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Le, tudo bem e você?! Então, assim.. quando você entra lá você recebe o direito de ficar 3 meses, dentro dos países que fazem parte do tratado de schengen. Digamos assim.. não é por país… 3 meses na Alemanha, mais 3 meses na França, etc. Três meses seria o período total. O que me preocupa um pouco é que você está programando 3 meses e meio. Você tem que ter a sua passagem de volta e eles podem constatar isso nela.

      Veja certinho…. o pessoa qua fica mais tempo normalmente entra para estudar e aí consegui uma liberação diferente. Tenta se informar um pouco melhor, eu não sei muito a fundo sobre isso para te ajudar com mais detalhes.

      Tirando essa questão do tempo, no mais o que você comentou é tranquilo.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  77. Lindinalva

    Olá, Meu nome é Lindinalva!

    Posso tirar algumas dúvidas? Viajarei em Dezembro e gostaria de levar algumas ervas na minha viagem, ex.: Chia, gergelim, alecrim, farinha de linhaça, stévia e outras ervas desidratadas, pois, tenho diabetes e as uso para controle da glicemia, assim como, as medicações necessárias! Terei problema com a revista? É proibido? Tenho as Orientações da Nutricionista e receita médica dos remédios que levarei. Outra dúvida: Preciso levar algumas lembranças que não cabem na mala, ex: berimbaus, sacolas de praia e bichinhos de pelúcia, acondicionados em um sacolão descartável que carregarei nos ombros, além da mala de mão. Terei algum problema?
    Obrigado pela atenção!

    Reply
  78. Marcos

    Oi Robson tudo bom?aqui é o Marcos parabéns pelo blog. Robson estou viajando no próximo dia 15 de novembro para Madri e estou na dúvida sobre o seguro viagem, estou pensando em contratar a “porto seguro” que e aqui do Brasil mesmo, o que acha dessa seguradora será que ela e bem aceita la fora ou será que terei problemas! No mais um grande abraço.valel

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Marcos, tudo bom!? Olha, eu nunca utilizei a Porto Seguro, não tenho como te dizer se é boa ou não… Eu sempre recomendo a Mondial, que é parceria aqui do blog e sempre tenho recebido bons comentários sobre ela. Inclusive tem um desconto especial para para os leitores… Para pegar o desconto basta acessar esse link: https://www.mondialtravel.com.br/?SalesAgentId=2296

      Faça a cotação e na tela de resultado utilize o cupom: AFILI2016

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  79. Rodrigo

    Boa tarde Robson, tudo certo?

    Parabéns pelo blog.

    Tenho uma dúvida, sou cidadão italiano, e estou indo com minha esposa em abril pra Pisa, vamos desembarcar em malpensa, gostaria de saber mais ou menos se mesmo ela sendo casada comigo, e ja tendo nossos documentos traduzidos e apostilados, se vão fazer todas essas perguntas pra ela?
    Na real vamos pra ficar, mas no caso dela, será que ela fala a real que veio para morar comigo ou fala que está de viagem por x periodo?

    Abraços

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Rodrigo, tudo bom? Mas ela já te passaporte europeu? Se já tiver, acredito que é tranquilo…. vocês vão entrar por outra área inclusive.
      Qualquer outra dúvida só me dá um grito aqui, abraços!

      Reply
      1. Rodrigo

        Não não, ela tem somente o passaporte Brasileiro, eu que tenho o Europeu, mas temos os docs de casamento que ela vai levar, já traduzidos e legalizados.
        Vamos entrar por Milão.

        Reply
  80. Laís

    Oi! Parabéns pelo blog

    Eu estou indo pela segunda vez pra Londres, a primeira fui sozinha, mas agora vou com a minha namorada. Ela não fala inglês muito bem. Será que tem problema ela passar comigo no fiscal da imigração ou vão pedir pra separar?

    Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Laís, tudo bom? Acho que não tem problema não… já vi amigos e famílias passando juntas…. acho que não terá problemas

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  81. Lindinalva

    Olá, Meu nome é Lindinalva!
    Posso tirar algumas dúvidas? Viajarei em Dezembro e gostaria de levar algumas ervas na minha viagem, ex.: Chia, gergelim, alecrim, farinha de linhaça, stévia e outras ervas desidratadas, pois, tenho diabetes e as uso para controle da glicemia, assim como, as medicações necessárias! Terei problema com a revista? É proibido? Tenho as Orientações da Nutricionista e receita médica dos remédios que levarei. Outra dúvida: Preciso levar algumas lembranças que não cabem na mala, ex: berimbaus, sacolas de praia e bichinhos de pelúcia, acondicionados em um sacolão descartável que carregarei nos ombros, além da mala de mão. Terei algum problema?
    Obrigado pela atenção!
    Reply

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lindinalva, tudo bom? Então, sobre os alimentos que pretende levar… como você vai levar receita médica, eu acredito que não tenha problema. Mas eu não mencionaria sobre os itens, a não ser que perguntem especificamente sobre eles.

      Sobre as lembranças que pretende levar, acho que você não vai conseguir embarcar com eles, pois parece que vai ficar uma sacola grande. Você teria que despachar esses itens… é melhor já ir preparada para isso. Conseguir uma mala que possa despachar eles de forma protegida, pois só na sacola eu acredito que não terá como.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  82. Rosana

    Olá Robson, muito bom o seu blog, parabéns pela iniciativa! Gostaria de tirar algumas dúvidas contigo porque é a primeira vez que viajo e estou muito nervosa. Estou indo no dia 13 de dezembro para Frankfurt na Alemanha onde passarei apenas 3 dias lá e depois seguirei de carro com meu namorado para a Itália, só retornando a Alemanha uma semana antes da minha viagem de regresso ao Brasil. Estamos juntos há 3 anos e é sempre ele que vem ao Brasil, mas dessa vez sou eu que irei encontrá-lo para conhecer a sua família que vive na Itália. Então, ele mora em Frankfurt há mais de 20 anos e me mandou a carta convite, estou fazendo o seguro viagem, não terei muito dinheiro em espécie e o meu cartão não é internacional e trabalho como professora contratada do estado. Você acha que se eu levar contracheques e uma declaração da escola será mais fácil? Outra coisa, na imigração eu devo dizer que estou indo para encontrar o meu noivo e que só passarei lá 3 dias, seguindo depois para a Itália? Ah, em termos de documentos pessoais, posso levar só o passaporte ou é necessário levar outros documentos?
    Muito obrigada pela atenção!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rô, tudo bom!?! Então, vamos lá. Se você já tem a carta convite certinha, já é um ótimo começo. Seguro viagem e passagem de volta são itens super importantes, e pelo que vi você já tem.

      Bom, normalmente eles perguntam: “quanto tempo você vai ficar?” É uma pergunta que sempre gera dúvida, nunca sei se querem saber sobre a viagem inteira ou só na cidade. Nesse caso eu respondo o básico, que no se caso seria: Em Frankfurt, 3 dias. Se ele estender as perguntas, você completa dizendo que depois vai pra Itália.

      Como a carta foi feita pelo seu namorado, pode ser que eles perguntem pra você: Quem é fulano? Aí você diz… é meu namorado.

      Sempre lembrando de ficar tranquila e responder naturalmente o que eles te perguntarem.

      Na minha primeira viagem eu levei montes de documentos… extrato do banco, fatura do cartão, declaração da empresa (em inglês, dizendo que eu estava de férias). Enfim, um monte de coisas… não pediram nada nesse sentido.

      Se eles perguntarem sobre o dinheiro, diga que tem um parte em espécie.. Se não tiver nada, aí não fale isso – sempre diga a verdade. =

      Sobre documentos, seu passaporte é o mais importante e só ele é suficiente.

      Bom, espero ter ajudado. Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  83. Laila

    Boa noite,

    Pretendo ir a Alemanha e não entendo bem em relação ao comprovante financeiro; são 60 euros por dia o que daria para mim quase 5 mil reais, porém desejo economizar e temo a se eu trocar por euros, na volta, perder dinheiro ao trocar novamente por reais. Qual a melhor opção no meu caso? E outra coisa, fui demitida recentemente, isso é um problema, caso eles perguntem?
    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Laila, tudo bom? Então, você não precisa ter necessariamente todo esse valor em espécie. Pode ter uma parte disso apenas… e levar algum cartão de crédito ou VTM. Assim você consegue dizer que tem como se manter por lá.

      Sobre seu trabalho… pois é… é um pouco complicado saber como eles lidam com cada informação. O que é sempre recomendado é dizer a verdade e sempre de forma simples. Dar muitas voltas ou querer contar muitas histórias cheias de detalhes, nunca ajuda.

      Eu também não posso aconselhar que você minta… talvez eu, no seu lugar, responderia algo do tipo: não estou trabalhando no momento. Ou estou estudando algo…. mas se eles pedirem mais detalhes, lembre que tem que dizer… estudando isso… trabalhando com aquilo.

      Infelizmente não consigo te dar informações mais precisas que essas, realmente não tem como saber qual a posição deles em cada caso.

      Mas o mais importante é ir tranquila, não ficar nervosa e dizer a verdade. Com isso você tem grandes chances de evitar qualquer problema.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  84. Ana

    Olá bom dia! gostaria da sua ajuda pois farei uma viagem com meu marido em Abril entrando por Paris (antes terá conexao em Frankfurt), depois Londres, depois Berlim e por fim Amsterdan. Estamos com tudo comprado, e aconteceu dele perder o emprego agora. Estou com medo por que nao teremos como provar vinculo empregatcio dele, e nem a conta terá dinheiro entrando mensalmente…Estou com medo dele ser barrado por estar desempregado. Levarei dinheiro suficiente além de transferir uma quantia para a conta dele, e também cartoes. Mas será que teremos problemas? estou quase desestindo da viagem =(

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ana, tudo bom? Olha, eu não desistiria da viagem não!?! Você tem emprego aqui? Se tiver, como vocês pode ir juntos no fiscal da imigração, já é algo mais simples. Se eles perguntarem o que vocês fazem no Brasil, você diz a sua profissão e ele diz a dele. Talvez eles até perguntem o que vocês fazem na profissão de vocês… uma descrição. é difícil ir além disso. E como é uma viagem para casal, vocês tem dinheiro, cartões… eles nunca vão olhar se está caindo dinheiro mensalmente na conta… isso nem importa pra eles.

      Acho que você pode ficar tranquila. Não desista da viagem não!!! Vão e aproveitem bastante esse momento para vocês!

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  85. Letícia

    Oi, Robson. Tudo joia? Então, eu pretendo viajar para Madrid por cerca de 15 dias em setembro e ficar na casa de uma amiga apenas. Você sabe me dizer se isso é um problema? Eu teria que ter a carta convite feita pela minha amiga? Como é essa carta? Além disso, eu sou servidora pública, preciso ter uma declaração do meu trabalho informando que estou em férias, contracheque e tal?
    Uma segunda questão que talvez você possa me ajudar: sou deficiente física e devo fazer a viagem sozinha (plus: nunca fiz uma viagem internacional). Você saberia me dizer se o tamanho do banheiro do avião é relativamente bom pensando no uso para deficientes físicos? (não uso cadeira de rodas, mas uso muletas) E os aeroportos espanhóis costumam ter bons serviços para deficientes (como saída do avião sem escadas, por ex)?

    Adorei muito achar seu blog! Valeu!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lê, tudo bom e você?? Desculpa a demora para te responder, estava de férias no final de ano… dando uma descansada..

      Então… quando você vai ficar na casa de alguém por lá, a pessoa vai ter que fazer uma carta convite sim. Na imigração eles costumam perguntar onde você vai ficar.. no caso de hotel, aí basta apresentar a reserva… como é na casa de uma amiga, aí precisa da carta. Existem alguns exemplos na internet… eu não tenho pois nunca utilizei… mas assim, sua amiga vai ter que fazer e talvez até autenticar por lá… é meio chatinho… cada país exige de uma forma diferente.

      Eu ainda acho mais tranquilo reservar um hotel… mesmo que depois de entrar no país você cancele. É bem mais prático…

      Sobre a sua outra questão…. assim.. os banheiros não são muito grandes não, mas acho que no seu caso você vai conseguir usar. Tente ficar em um poltrona no corredor, vai facilitar a sua vida casa tenha que levantar (antes eu gostava da janela, agora prefiro o corredor). Talvez uma poltrona com mais espaço seja uma boa opção pra você, mas aí depende da sua necessidade.

      Sobre os aeroportos espanhóis, eu não cheguei a me atentar nesses detalhes… acabam passando despercebidos… mas tenho quase certeza que você não terá problemas… eles já estão muito a frente nesse sentido.

      Bom… Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  86. Cristina

    Oi,
    Vou passar 13 dias na Alemanha . Minha imigração será em Paris onde faço a conexão.
    Levo comigo: passaporte, seguro viagem, euro em espécie pra ter valor de €60 por dia .
    Meu namorado está na Alemanha estudando e vou ficar hospedada com ele. De que forma posso comprovar essa estadia( local) ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cris, tudo bom? Assim, o que eles pedem quando você vai ficar na casa de alguém é uma carta convite, que eles teria que providenciar pra você. Não sei como funciona isso se ele só estiver estudando e não for um cidadão europeu. De qualquer forma, o que muitas pessoas fazem é: reservar um hotel e depois da imigração cancelar… algumas pessoas já comentaram que fizeram isso não tiveram problemas.

      O mais indicado é sempre falar a verdade… mas aí você precisaria da carta convite…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  87. Cristina

    OLa,
    Vou passar dez dias na Alemanha e minha imigração será em Paris.
    Levo comigo o passaporte, seguro viagem e uma quantidade em euro para dez dias ( €60 diários)
    Vou ficar hospedada onde meu namorado está, num apartamento de uma faculdade . Ele está lá fazendo um curso de 10 meses e então nesse caso a residência não é fixa .
    Como eu poderia confirmar essa hospedagem ? Somente com uma cópia do endereço com telefone dele ou ele precisa fazer uma carta explicando que vou ficar hospedada com ele e que as despesas de alimentação e acomodação estão incluídas ?
    Desde de já agradeço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cris, tudo bom? Assim, o que é informado pelas autoridades na Europa é que você precisa ter um comprovante de reserva, caso vá ficar em um hotel/hostel, ou então uma carta convite, caso vá ficar na casa de alguém.

      Sua dúvida é bem específica…. ao que eu entendo, seria necessário uma carta convite, mas ele teria que ser cidadão europeu para conseguir uma para você.

      O que algumas pessoas fazem, nesse caso, é reservar um hotel e depois da imigração cancelar a reserva…. não é o mais correto, mas é o que algumas pessoas já comentaram aqui.

      Assim.. o recomendado mesmo é sempre falar a verdade… então, no seu lugar, eu tentaria contato com alguma embaixada, apenas por precaução e para saber o que você deve fazer.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  88. Lícia Santos

    Olá, Robson, vou para europa em março desse ano. Vamos meu namorado e eu, já estamos com as passagens compradas e hospedagem confirmada. Minha dúvida é sobre apresentar na imigração comprovante empregatício aqui no Brasil, meu namorado tem como confirmar pois ele é funcionário público, mas eu não, trabalho com vendas mas não tenho como comprovar. Isso será uma problema pra mim?
    Parabéns pelo blog. Didático e muito interessante.

    Abraços!!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lí, tudo bom? Então, você provavelmente vão passar juntos na imigração… pode ir juntos! Eu acho difícil eles pedirem esse comprovante de emprego. O que pode acontecer é eles perguntarem o que vocês fazem no Brasil, o que é o emprego de vocês e tal… algo assim. Então acho que você não vai ter problemas.

      Não deixe de fazer o Seguro Viagem, esse é obrigatório!! Se eles pedirem e vocês não tiverem, aí podem ter problemas. Aqui no blog eu tenho uma parceria com a Mondial, que é uma das principais empresas de Seguro Viagem, e ela oferece 15% de desconto para os leitores…. dá uma olhada nesse post onde eu falo sobre o seguro e tem o cupom de desconto: http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  89. Rita Gonçalves

    Olá Robson, tudo bem!!

    Eu e meu marido estamos programando uma viagem para Europa em março, mais necessariamente Paris. Minha dúvida é sobre a
    comprovação de renda, tenho apenas uma conta corrente simples (não é conjunta), que serve apenas para cair meu salario, não tenho cartão de crédito (nem adicional, já tive e me enrolei muito com isso e evito para não me enrolar de novo, entende?) ou seja, quem tem essas coisas é o meu marido, todos os custos serão no cartão dele, o dinheiro vai sair da conta dele e tal.
    Como eu faço? Levo dinheiro em especie e faço um VTM por vias das duvidas? Não quero ter que fazer um cartão de crédito…
    Conheci seu blog hoje e estou amando!
    Parabéns!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rita, tudo bom? Que legal que está programando essa viagem e que chegou aqui no blog. Então, vocês vão poder passar juntos na imigração…. então não tem muito problema, já que ele tem cartão e tal. Não é sempre que eles perguntam isso… para mim já perguntaram sobre o dinheiro. Eu apenas disse que tenha uma parte em espécie, mais um cartão de crédito (nas últimas vezes não levei mais o VTM). Foi super tranquilo e não precisei dar mais detalhes.

      Acredito que vocês não terão problemas. Lembre apenas de levar certinho a sua passagem de volta, comprovante de hospedagem e o seguro viagem, que são obrigatórios

      Aqui no blog eu tenho um desconto de 15% para quem precisa contratar o seguro viagem, você pode pegar o cupom e ver mais informações nesse post:

      http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  90. Barbara Dias

    Olá Robson, boa noite! Estou planejando uma viagem sozinha para Madrid e Barcelona com conexão em Porto, porém admito que estou bem preocupada em relação a imigração pois sou apenas universitária. Possuo vínculo empregatício como estagiária apenas, logo estou com muito medo de isso não ser suficiente, mesmo tendo a quantia necessária para viajar. Alguma dica?
    Ah, parabéns pelo blog! Já dei uma olhada em outras matérias e todas são muito boas!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Barbara, tudo bom? Então, assim… se você levar tudo que é exigido: passagem de volta, seguro viagem, reserva de hotel, etc… dificilmente você vai ter problemas. Basta falar a verdade, explicar como vai ser a sua viagem e provavelmente vai dar tudo certo.

      O segredo é ir tranquila e falar a verdade!

      Bom, espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  91. Cleitom

    Olá robson estou indo para portugal entrarei pela França tenho a carta convite quais os documentos q terei q levar comigo ficarei um mês na casa de meum primo preciso declarar renda e levar dinheiro em espécie ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cleitom, tudo bom? Então, você precisa levar a passagem de volta e o seguro viagem, que são obrigatórios. Sobre o dinheiro, eles podem perguntar quanto você tem (já me perguntaram isso). Eu apenas disse quanto tinha em espécie e também tinha o cartão de crédito. Não é obrigatório levar comprovante de renda….. e como você tem carta convite, também não precisa de nenhuma comprovante de hospedagem.

      No mais é só ir tranquilo! Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *