Planejando sua viagem de trem pela Europa

Quando decide viajar de trem pela Europa o viajante acaba tendo diversas dúvidas, principalmente em relação aos Passes de Trem. Nesse artigo eu vou dar umas dicas de pré-viagem, depois que eu voltar eu conto como foi a experiência nos trens lá na Europa.

Bom, antes de mais nada você já deve estar com as cidades do seu roteiro definidas e ter ordenado as cidades de uma maneira que você não perca tempo indo pra um lado, depois voltar e ir de novo. Use e abuse dos mapas. Com isso na mão, é hora de pesquisar os trens entre uma cidade e outra. Para fazer isso você pode usar a Timetable, disponível no site da Eurail.

A Timetable é uma tabela com praticamente todos os horários e trens que circulam na Europa. No começo da tabela você encontra uma explicação bem completa de como usar e tem versão em português. Não tem muito segredo, é encontrar a cidade de origem e ver todas as opções de destino que existem disponíveis. Você vai ver os horários de partida e de chegada, tempo da viagem (bem importante considerar isso), o tipo de trem e se tiver um (R), na linha que você desejar, significa que este trem você é obrigado a fazer uma reserva, como é o caso da maioria dos trens noturnos e onde eu tive algumas dificuldades que vou falar no próximo post. Desbrave a timetable, ela tem muito mais do que eu falei aqui e vai te ajudar muito.

Vale uma dica: essa tabela mostra praticamente todas as viagens possíveis de trem pela Europa, mas isso não quer dizer que todos os trechos que constam ali são cobertos pelo Passe de Trem. O Reino Unido não está incluso no passe, por exemplo, e mesmo assim você consegue encontrar rotas para Londres e tudo mais. Então fique atento quanto a isso, pesquise e veja se todos os países que você vai passar são cobertos pelo passe.

Beleza, já viu quantas viagens você pretende fazer e qual a duração das viagens, lembre que o tempo que você vai passar lá vale ouro. Então para viagens longas veja se tem disponível um trem noturno, assim você não gasta o tempo do seu dia e ainda economiza uma diária de hospedagem. Definiu tudo isso, fez as contas? Agora você tem que escolher qual passe é o melhor pra você. Sim, existem vários tipos e você tem que escolher o que mais se enquadra para sua viagem.

Basicamente são 4 tipos de Passe:

Global Pass: Que inclui todos os países que o passe pode cobrir.
Select Pass: Que você pode viajar em 3, 4 ou 5 países que você escolher.
Regional Pass: Que inclui dois países vizinhos.
One Country Pass: Que é para quem vai fazer viagens dentro de um único país.

Dentro de cada um desses passes você tem diversas opções de quantidades de dias de viagens que vai querer. Sendo divididos basicamente assim:

Dias corridos: exemplo de 15 dias: você pode viajar o quanto quiser durante 15 dias começando a contar na primeira utilização do passe.

Dias contatos: exemplo 6 dias em 2 meses: cada viagem que você fizer vai consumir 1 dia de viagem do passe. Você pode fazer quantas viagens quiser dentro desse dia marcado no passe. E você tem um prazo de 2 meses para utilizar todos os seus 6 dias de viagem.

Resumindo bem, é isso….

Ahh, e pra galera mais jovem, os passes tem vantagens: Menores de 26 anos podem comprar o passe para a segunda classe, que é bem mais barato. Depois dos 26 você só pode comprar o passe válido para a primeira classe, ai é mais salgado.

Bom, tudo isso que eu falei foi só um resumo de como começar uma viagem de trem na Europa. Não estou dando nenhuma fórmula de garantia de que tudo vai dar certo, mas é um caminho pra quem ta um pouco perdido no começo. No site da Eurail, que tem versão em português, você encontra muitas outras informações sobre os passes: como viajar, valores e tudo mais.

Agora sim vem a dica que quero deixar pra você:

Compre seu passe de trem e/ou passagens avulsas na Rail Europe. Reservas de assentos também podem ser feitas no site.

Seguros promo com desconto

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

7 Comentários

  1. Silena

    Olá Robson! Por favor, gostaria de ver se voce pode me ajudar, ou tem alguma sugestão… Eu e meu marido compramos o One Country Pass para uma viagem de 15 dias pela Itália, de 29/06 a 13/07. Já recebemos o passe, tudo certo, mas não estamos conseguindo fazer as reservas das viagens… Voce tem alguma dica? Será imprescindível reservar? Obrigada!

    Reply
  2. Robson

    Oi Silena, bom… você deve verificar na timetable se consta o (R) dizendo que a viagem exige uma reserva. Se sim, você precisa fazer a reserva pois ela é obrigatória. Eu gosto de fazer essas reservas ainda no Brasil, mas também é possível fazer direto na estação de trem na lá Europa.

    Eu sempre viajei em baixa temporada, então deixar para reservar lá é bem tranquilo nessa época. Você está indo em uma época um pouco mais movimentada, mas eu acho que ainda assim você consegue reservar lá mesmo. Se você deixar para reservar lá, sempre faça a reserva assim que você chegar na cidade para garantir. Só não deixe para reservar no mesmo dia da viagem, pois aí você pode ter algum imprevisto.

    Caso você queira tentar reservar aqui no Brasil, uma boa opção é o site http://www.raileurope.com.br. Você entra nele e já vai ver a opção de Reservar Assento no box a esquerda. Eu fiz duas reservas nesse site no ano passado e recebi elas em casa aqui no Brasil.

    Espero ter ajudado. Abraço!

    Reply
  3. Camila

    Olá, Robson! Achei incrível o seu site e me identifiquei muito com sua vontade de ser um viajante. Já fiz algumas viagens, mas estou com um dúvida a respeito da questão de Londres, se eu tiver um Pass que consta París e quiser ir para Londres, como faz? Não poderei utilizar o Pass? Pagarei a mais? Desde já, agradeço.

    Reply
  4. Robson

    Oi Camila!! Isso, o Reino Unido não faz parte dos países cobertos pelos passes de trem. Nesse caso a sua viagem de Paris para Londres terá que ter um ticket separado. Você não vai utilizar o passe.

    As passagens entre Londres e Paris podem ser compradas pelo site http://www.eurostar.com.

    No meu primeiro Mochilão eu fiz Paris – Londres – Amsterdam – Munique….

    Então eu não incluí no meu passe nem França e nem o Reino Unido. Tive que comprar dois tickets separados: Paris – Londres e Londres – Amsterdam. E aí sim eu comecei a usar o passe… da Holanda pra frente.

    Espero ter ajudado. Abraço!

    Reply
  5. Eli Vieira

    Olá Robson!

    Cada dia descobrindo mais e mais seu blog e curtindo as dicas…
    Dúvida. Vi no site da Eurail, os destinos dos trens, quero fazer a seguinte rota:
    Roma > Viena / Viena > Praga / Praga > Berlim / Berlim > Paris. A questão é, a maioria desses trajetos, exceto Berlim > Paris, está em contrapartida, como por exemplo, o Euronight Metropol opera sentido Berlim > Viena / Berlim > Budapeste, quero fazer esse roteiro ao contrário. É possível?

    Espero ter sido mias claro possível na minha dúvida, fico no aguardo.

    Abraços!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Aline… então, os passes incluem os trens noturnos sim… o que você tem que ficar atenta é que todos os trens noturnos exigem um reserva de lugar, então você precisa comprar essa reserva separada do passe.

      Qualquer coisa é só dar um grito

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *