Reservando sua hospedagem com antecedência no Booking.com

Fazer uma reserva com antecedência pode te safar de muita dor de cabeça. Já cansei de ver história de gente que chegou em algum destino sem reserva e acabou penando para achar um lugar para ficar (alguns tiveram que dormir até na praça da cidade, fato!). As vezes pode ser fora de temporada e nem ser feriado, mas quando você chega no seu destino descobre que é a semana de um festival ou evento do gênero, pronto, tudo lotado e/ou com preços bem salgados.

Wombats, Munique

Uma ótima opção para você fazer sua reserva é o Booking, o principal site de reservas de hotéis do mundo. Nele, além de hotéis, você pode reservar também albergues. A lista de opções é enorme, desde os hostels mais simples até os hotéis mais luxuosos, basta você encontrar a melhor opção para você.

A reserva é simples, rápida e segura. Não precisa se preocupar, se você fez a reserva seu lugar está garantido. Mas, se você for um pouco neurótico como eu, depois de fazer a reserva, mande um e-mail para o hotel / hostel que você reservou pedindo uma confirmação. Até hoje sempre fiz dessa maneira e nunca tive problemas.

Outro ponto positivo do Booking é que na maioria das vezes você não precisa pagar nada para reservar com antecedência. Você apenas precisa preencher no cadastro o número do seu cartão de crédito, mas é só por uma questão de segurança para eles, nada será debitado no cartão. A política de cobrar um valor antecipado é do hotel/hostel, mas isso é informado antes da reserva.

StayOkay Vondelpark

Reservar com antecedência vai com certeza facilizar sua vida e garantir uma boa economia. Em algumas cidades o número de hostels é reduzido e sempre tem um que se destaca e é o mais concorrido, nesse caso não tem como fugir da reserva antecipada. Sempre lembrando que se a sua viagem for em alta temporada, a reserva antecipada é quase uma obrigação. Não deixe pra contar com a sorte, isso pode se tornar um perrengue daqueles que não é muito divertido de lembrar.

Aqui no blog você encontra todas as hospedagens que eu já utilizei, algumas já com o review completo.

Quando você entrar no Booking você vai ver que os hotéis e hostels apresentam notas geradas por avaliações de quem se hospedou naquele lugar. Você também pode ler os comentários deixados por essas pessoas. Assim não tem como errar na hora de escolher um lugar, se a reputação for boa, pode ir sem medo.

E se você é leitor do blog e vai fazer uma viagem, mesmo que não seja para um dos hostels que eu mencionei, utilize assim mesmo um dos links do booking que estão espalhados pelo blog, pode ser qualquer um. Isso porque o blog é um parceiro afiliado e mesmo você não gastando nada a mais por isso, o blog ganha uma comissão pela sua reserva. Bacana né?!? Assim você acaba ajudando a manter o blog na ativa o/ o/

Aproveite e faça agora a busca de um hotel ou hostel para sua próxima viagem e lembre-se, qualquer dúvida é só usar e abusar da caixa de comentários

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

18 Comentários

  1. Lisli Paula

    Robson tudo certo??? Primeiro quero te falar que vc é sensacional…

    Agora minha dúvida: Olha só estou juntando minha graninha pra eurotrip do ano que vem… agora eu tenho R$ 3.000,00. Como devo guardar esse dinheiro? Na poupança mesmo ou já devo trocar por euro e recarregar aquele cartão que vou utilizar por lá?? Qual o melhor momento de trocar meu dinheiro? Desde já obrigada!

    Reply
    1. Robson

      Oi Lisli, tudo bom? Então, o ideal é ir trocando aos poucos. Eu normalmente calculo o total que vou precisar na viagem e divido em umas 3 trocas que vou fazer antes de embarcar. Assim você acaba fazendo uma média do valor.

      Se você trocar tudo agora, pode ser que o valor diminua depois ou o contrário, você acaba deixando pra comprar no fim e acaba pegando uma alta. Então o ideal é ir trocando aos poucos.

      Qualquer dúvida estou a disposição

      Reply
  2. Valentina Genova

    Robson bom dia, já falei em uma mensagem anterior que adorei seu blog, a indicação das reservas de hospedagem pelo Booking achei ótimo, mas tenho dúvidas com relação a comprar passagens de trem. Vc compra antes pela internet ou nas estações locais? Vou entrar por Munique, pegar o trem para Salzburg, Viena, Budapeste, Praga até Dresdem onde pretendo alugar um carro e descer até Munique, mas minha dúvida maior é como comprar os tickets, se por trecho ou aqueles em grupo já que somos em 3 pessoas.
    Grata

    Reply
    1. Robson

      Oi Valentina, tudo bom? Que legal que continua acompanhando o blog. Então vamos lá… bom, eu já fiz das duas maneiras: já comprei pela internet e também já deixei pra comprar direto na estação.

      Se você for viajar fora da alta temporada não vai ter problemas em comprar direto na estação. O ideal é você já comprar a passagem no dia que chegar na cidade. Chegou em Munique, já compra a passagem pra Salzburg… Em Salzburg já compra para Viena e assim por diante.

      Confesso que já fiz mais de uma vez a viagem de Munique para Salzburg e sempre foi tranquilo conseguir passagem. O tem saí com frequência, então era bem vazio..

      Bom.. Você pode tentar comprar algumas passagens on-line, mas nem todas vão ser simples. A operadora oficial de trens da Alemanha não permite a venda de passagens de trens internacionais (que estão entrando ou saindo da Alemanha) pela Internet.

      Uma vez eu que queria comprar antecipado de qualquer maneira e a único jeito foi pelo site da RailEurope (www.raileurope.com.br).

      Existem opções de passagem que você pode imprimir direto em casa. Outras eles vão fazer o envio pra você. Mas te digo, comprar na estação é tranquilo e não precisa de muito desespero pra comprar aqui no Brasil.

      Calcule se o passe de trem da Eurail não vale a pena pra vocês. Já fiz a compra duas vezes com eles e recebi tudo certo aqui no Brasil – http://www.eurail.com

      E quando for fazer suas reservas, lembre de usar um dos links do booking aqui do blog. Mesmo que seja para um hotel que eu não listei. Usando qualquer link você ajuda a manter o blog, pois sou afiliado do booking.

      Qualquer dúvida estou a disposição.

      Abraços!

      Reply
      1. Valentina Genova

        Robson muito obrigada pela atenção, fiquei feliz com as informações, só fiz uma viagem de trem de Coimbra a Lisboa, por isso não tenho muita informação de como funciona naquela região da Europa. Minha viagem é final julho/agosto e pra ter uma ideia consultei aquele hostel que vc indicou em Munique e diz que não tem mais vaga para o período. Vou fazer as reservas através do seu blog e continuarei acompanhando vc pelo Facebook e pelo blog.
        Abração

        Reply
  3. Carlos Eduardo

    Olá Robson! Tudo bem?

    Eu irei viajara para Europa em Dezembro e passarei 60 dias por lá. O seu blog está me ajudando MUITO a planejar a minha viagem!!!! Parabéns pelo blog.
    Percebi que o Euro está oscilando muito nas ultimas semana devido as eleições e, caso a Dilma vença, a tendencia é que o mercado não reaja muito bem e o Euro e o Dólar disparem. Por isso, fiz o meu VTM e já comprei um terço do que pretendo levar na viagem.
    Com isso, gostaria de começar a realizar algumas reservas e comprar algumas passagens. Porém, não possuo cartão de crédito. Gostaria de saber se é possível realizar essas operações via VTM.

    Obrigado pela atenção!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Olá Carlos.. tudo bom? Fico feliz em saber que o blog está ajudando na programação da sua viagem. Bom, se eu não me engano o VTM funciona como um cartão de débito… Você precisa preencher com os dados de um cartão de crédito pois é uma segurança para o hotel, caso você não apareça eles vão descontar as diárias no cartão. Agora se você colocar ali um cartão de débito sem crédito, eles estariam se arriscando. Mas de qualquer forma vale tentar…. mas acho que você vai precisar mesmo de um cartão de crédito.. Você pode tentar com algum amigo, pois se você pagar diretamente no hotel, nada será cobrado no cartão… é apagar uma garantia para eles.

      Reply
      1. Carlos Eduardo

        Entendi. Caso faça a reserva pelo cartão do meu pai, por exemplo, eles poderão exigir o qual foi realizado a reserva?

        Reply
  4. Taise

    Oi Robson! Estou com passagens compradas para uma eurotrip em janeiro e achei seu blog só agora, mas estou achando as dicas ótimas, parabéns! Tenho algumas dúvidas ainda que queria saber se você poderia me ajudar:
    1. Você tem cartão VTM? Se sim, qual deles? Pois escuto muita gente falando que as vezes eles não são tão vantajosos por não serem aceitos em alguns lugares e não existirem muitos caixas eletronicos para sacar.. Mas acho que, pegando uma bandeira conhecida (como Visa e Master) isso não é um problema, certo?
    2. Já havia optado pelo YHA para me hospedar em Londres, mas tinha pensado no Oxford. Ví que você ficou no London Central quando esteve lá. Gostaria de sua opinião sobre se há uma melhor opção entre os dois por causa das localizações. E tbm levando em consideração free wifi, armarios para as mochilas, limpeza etc.
    3. Ainda no quesito hostel, sobre o Oops! em Paris e o StayOkay ví que vc fez posts sobre eles. Não sei se eu não li direito ou não foi comentado, mas vc saberia me dizer se eles tem wifi free, armários com cadeado, limpeza, aquecimento etc?
    4. Alguma dica de lugares legais de vida noturna em Londres, Amsterdã e Paris?
    5. Já visitou a Europa no inverno? Alguma dica prática para não congelar e ainda assim aproveitar a viagem? Haha
    Muitas perguntas! Hahahaha Desculpe!
    Agradeço desde já!
    Beijos

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Taise… tudo bom? Desculpa a demora em responder.. o tempo está curto.. vamos lá:

      1. Eu tenho um VTM de uma corretora de Curitiba. Mas depois da mudança do IOF eu não acho mais vantagem nele. Prefiro levar o que posso em espécie e o restante passo no cartão de crédito mesmo. Claro que corro o risto de ter uma variação no dólar para quando a fatura fechar, mas ainda assim eu prefiro… e também aproveito para acumular pontos

      2. Então.. eu fiquei no London Central e achei a localização ótima… eu ficaria por lá de novo!

      3. O Oops tem wifi sim, mas eu fiquei em um quarto no final do corredor onde não pegava muito bem, mas nem senti falta. No StayOkay também tem free wifi!

      4. Paris eu não sai muito a noite. Londres eu indico sempre ir em Pubs, tem muitos na cidade. Vá em algum de Camden Town, o bairro mais louco de Londres. Em Amsterdam eu andei pela Red Light a noite, é legal pois o lugar é completamente diferente. Mas não fui em balada em Amsterdam.

      5. Nunca fui no Inverno, mas tenho muitos amigos que foram. A melhor dica é se vestir em camadas. Para que fique fácil de tirar a roupa quando você entrar em algum lugar, já que todos tem calefação e é bem quente.

      Então é isso.. espero ter ajudado!! Aproveito pra te dar uma dica sobre o Seguro Saúde – obrigatório na Europa. Eu tenho uma parceria com a Mondial e você recebe 15% de desconto na contratação do seu seguro. Lembre de entrar no site da Mondial através dos links do blog, e acesse esse post para pegar o código de desconto: https://www.umviajante.com.br/guia-viajante/176-seguro-viagem-europa/

      Qualquer dúvida é só perguntar

      Reply
  5. Katarina

    Olá, Robson! Parabéns pelo blog! Ele é simplesmente fantastico!
    Estou programando minha primeira viagem à Europa para julho de 2015. Como marinheira de primeira viagem, tenho um universo de dúvidas. Já fui tirando algumas em seu blog, mas gostaria de sua orientação para duas coisas:
    1. Com que antecedência devo reservar os hoteis? Principalmente para não correr o risco de ficar sem um lugar bem localizado, já que vou na alta estação.
    2. Pretendo visitar 4 ou 5 paises: França, ITalia, Alemanha, Inglaterra e Espanha. Escolhi viagens de avião, principalmente por conta das bagagens, mas ainda fica aquela pequena dúvida se não seria melhor de trem. Como vai ser minha viagem dos sonhos, não estou pensando muito nos valores das passagens e sim na comodidade e segurança. O que você sugere?
    Desde já muito obrigada e parabéns por sua dedicação e atenção ao responder a todos os posts.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ka… tudo bom? Bom, vamos ver se posso te ajudar…

      1. Eu gosto de reservar os hostels com uns 4 meses de antecedência…. logo depois de ter as datas definidas já faço a pesquisa.
      2. Bom, veja se realmente vale a pena.. as vezes a comodidade do trem é melhor que a do avião. O trem não precisa despachar bagagem, nem sempre tem raio-x e você também já chega no centro da cidade. Acaba ganhando tempo com isso.

      Qualquer dúvida é só perguntar

      Reply
  6. Gian

    Oi, pessoal! Vou em novembro pra Europa (para Milão especificamente), e pretendo comprar os voos para conhecer as outras cidades apenas lá, pois me disseram que sai mais barato. O que vcs têm a dizer a respeito?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Gian, tudo bom? Então, na Europa existem as companhias Low Cost. As promoções são imprevisíveis. Eu particularmente prefiro pegar um preço bom antecipadamente, pra já ir garantido. As vezes deixa pra comprar na hora e não rola promoção, aí tem que pagar uma facada. E tudo vai depender do seu destino também.

      Lembre que você pode estar indo para alguma cidade que estará recebendo algum evento, ou rolando alguma programação especial… isso pode subir o valor das passagens.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  7. Wellington

    Fala Robson, beleza?
    Cara me diga uma coisa, fiz algumas reservas pelo booking e lá nas especificações diz, “você pagará quando se hospedar na acomodação”. Eu já dei o número do cartão de crédito, o valor da reserva será cobrado no cartão de crédito durante o período que eu estiver lá ou eu vou pagar lá mesmo na recepção do hostel?
    Estou com essa dúvida porque eles falam em diversos lugares que o cartão de crédito é só por uma questão de segurança mas nada será cobrado nele.
    Obrigado desde já!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Wellington, tudo beleza!?! Então, o cartão de crédito é apenas para a segurança mesmo. Nesses casos você vai pagar quando chegar no hotel, na recepção. Tirando os hotéis que pedem algum pagamento antecipado….

      A segurança que eles dizem é: digamos que você faça uma reserva e não apareça no dia.. e nem cancele a reserva… aí eles descontam o valor do seu cartão de crédito.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *