Zaanse Schans, uma vila tipicamente holandesa

Acordei bem cedo e tomei mais uma vez o excelente café da manhã do hostel. Peguei o bonde até a estação de trem e era hora de descobrir como chegar na vila de Zaanse Schans. Eu já tinha pesquisado e sabia que teria que comprar um bilhete de trem para Koog-Zaandijk. Não foi muito difícil lidar com a maquina de bilhetes e ainda pude contar com a ajuda de uma simpática mulher que estava na fila.

Perguntei qual era a plataforma do trem e ela me informou que era a 5 e que o trem estaria ali em 5 minutos. Era o que eu tinha entendido pelo menos. Fui pra plataforma e tinha um trem lá. Mas quiz dar um de esperto e achei que aquele trem ia sair e o meu chegaria em 5 minutos. Masss, em exatos 5 minutos aquele trem saiu. Era o meu e eu fiquei ali… Parado.. Vendo o trem partir. Bom, olhei na tabela e o próximo seria em 25 minutos. Resolvi comprar algo pra beber e um doce. Fiquei perambulando pela estação até meu trem chegar. Dessa vez não perdi ele não. O destino final não era muito longe, foi bem rápido.

Quando desci na estação já reconheci o lugar e me localizei. Obrigado Google street view!!! Bom, saindo da estação caminhando até a vila leva cerca de 10 minutos. Passo por uma ponte bem bacana de onde já posso ver os moinhos e a clássica paisagem da Holanda.

Zaanse Schans

Pronto, estava em Zaanse Schans. Pra quem não sabe, Zaanse Schans é uma vila de Zaadam, próximo de Zaandijk no monício de Zaanstad.. na Holanda. Sério, eu anotei isso pois não sei porque eu sempre lembro do Senhor dos Anéis com essa localização.

Zaanse Schans

Zaanse Schans

Zaanse Schans

A vila é super simpática. Você pode entrar nos moinhos, casas de queijos e tamancos de madeira. Da pra experimentar todos os queijos, hummmmm… Um melhor que o outro. Tinha um que derretia na boca… Quase to babando só de lembrar. Você também pode ver um artesão fabricando os tomancos, super legal.

TicketBar Amsterdam

Zaanse Schans

Zaanse Schans

Zaanse Schans

Em uma manhã você consegue ver toda a vila. A tarde eu já estava de novo em Amsterdam. Fui comprar umas coisinhas e iria fazer o canal tour, mas o tempo não tava bom e eu não poderia descer onde eu queria. Deixei pra lá e fui andando. Parei no hostel e depois segui para o Rijksmuseum. Em frente a esse museu fica o letreiro I amsterdam. Lugar complicado de tirar fotos boas. Muita gente disputando espaço, mas encontrei duas brasileiras e nos ajudamos a tirar as fotos.

I'amsterdam

Nesse dia era pro museu ficar aberto até as 22hs, mas não ficou não. Então esse também ficou pra próxima visita. No dia seguinte eu iria ao parque das tulipas e a noite pegaria o trem noturno pra Munique. Pra não correr risco de me perder, pois o parque é meio longe, eu comprei um tour. Veja nesse post como comprar o ticket e como chegar ao Keukenhof. Tem varias lojas deles na cidade. E como eu sou muito sortudo, a atendente que me vendeu o tour era italiana e falava português. Ela falava muuuuuuuuito bem!! E aprendeu estudando em casa e sozinha!!! Fiquei impressionado. Elogiei muito ela. Bom, tour comprado… Agora era voltar pro hostel e arrumar as malas pra fazer o check-out antes de ir pro parque no dia seguinte.

Melhor Seguro Viagem InternacionalAluguel de Carros: Reserve agora!Booking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

1 Comentário

  1. Ana Flávia B. Carneiro

    Parabéns pelo blog, Robson!!
    Já tenho passagens compradas pra passar quase 1 mês na Europa fim do ano e to tirando muitas dicas daqui!! Meus pais visitaram esse vilarejo em 2006, mas não sabiam me dizer o nome, fiquei surpresa quando vi que ele fez parte do seu roteiro 6 anos depois.
    Já inclui nas opções de passeio perto de Amsterdam, parece muito legal.
    Enfim.. Gostei muito daqui, principalmente das fotos, são lindas!

    Ana

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *