Roteiro Mochilão Chile – Bolívia

Bom pessoal, minha próxima viagem está quase chegando. Finalmente começo minhas aventuras pela América do Sul, sendo o Chile o meu destino inicial. A viagem vai ser curta, apenas 15 dias. Tempo que vou dedicar para visitar Santiago, Viña del Mar, Valparaíso e o Deserto do Atacama. A ideia é dar uma esticada até a Bolívia, para visitar o Salar de Uyuni.

Outra novidade para essa viagem é que vou fazer o mochilão acompanhado de um amigo: o Rafael Leick, do blog The Way Travel. Estamos com várias ideias legais para essa viagem e aos poucos vocês vão ficar sabendo das novidades.

Com certeza essa vai ser uma viagem diferente de todas as outras que já fiz. O espirito aventureiro já está a flor da pele e tudo que tenho certeza é que vou me apaixonar pelos lugares que vou conhecer.

Mondial Seguro Viagem

Nosso roteiro já está pronto e vou compartilhar aqui com vocês. Espero receber dicas e pitacos dos leitores que já conhecem esse destino

Bom, minha viagem começa em Curitiba, onde sigo de avião até São Paulo para encontrar o Rafael. De lá seguimos direto para Santiago, onde pegamos um outro vôo até Calama, cidade com aeroporto mais próxima do deserto. De Calama vamos de ônibus até San Pedro de Atacama, nossa cidade base por 5 dias.

San Pedro é o ponto de partida para todos os passeios pelo Deserto do Atacama. Vamos tentar fazer todos os passeios possíveis.

Depois desses dias no deserto vamos embarcar em uma aventura de 4 dias, em um 4×4, até o Salar de Uyuni na Bolívia. Já faz muito tempo que tenho o desejo de visitar esse salar e com certeza será um dos pontos TOP da viagem.

Por fim voltamos para Santiago, onde vamos dedicar os últimos dias da viagem para conhecer a capital do Chile e também Viña del Mar e Valparaíso.

Esse então é o roteiro da minha próxima viagem. Claro que tudo pode mudar no decorrer da viagem e com as dicas que vou receber até lá.

Estamos fazendo nossas reservas de hospedagem pelo booking, ótima opção para você também realizar sua reserva.

Aguardo dicas e pitados de vocês pessoal!! Aquele abraço!!!

Atualizado!!

Veja aqui os posts com as informações de cada passeio que realizei no Deserto do Atacama e dicas para a viagem:

Tudo sobre o Deserto do Atacama

Conheça San Pedro de Atacama

Escolha sua agência em San Pedro de Atacama

Valle de la Luna e Valle de la Muerte

Lagunas Altiplânicas e Salar do Atacama

Laguna Cejar, Ojos del Salar e Laguna Tebinquinche

Geysers del Tatio – Parte 1 e Geysers del Tatio – Parte 2

Tour Astronômico em San Pedro de Atacama

Guia Salar de Uyuni - Um Viajante Mondial Assistence - Seguro Viagem Meu Primeiro Mochilão

mondial-pos-2016

Meu Primeiro Mochilão

About The Author

Robson Franzói é um curitibano de 29 anos, formado em design e obcecado por descobrir coisas novas. Em 2012 decidiu correr atrás dos seus sonhos e no seu primeiro mochilão descobriu sua grande paixão: viajar! Amante também da fotografia, o garoto criou esse blog para compartilhar suas histórias, aventuras e clicks pelo mundo. Suas fotos já estão ficando conhecidas, aproveite e acompanhe o Instragram @blogumviajante

Related posts

82 Comments

      1. Robson

        Oi Celmar, tudo bom? A viagem vai ser entre março e abril…. Eu e o Rafael estamos elaborando um projeto com os dois blogs, então a viagem vai ter um foco nisso… pra gerar conteúdo aqui para os leitores.. Já temos algumas coisas combinadas com parceiros.. tudo ligado aos blogs…

        Mas fica a vontade pra tirar suas dúvidas e montar seu roteiro.

        Se quiser fazer essa viagem com mais pessoas, dá uma olhada nesse link….

        http://www.mochileiros.com/america-do-sul-companhia-para-viajar-f444.html

        Nele tem várias pessoas buscando companhia para viajar pela América do Sul!

        Qualquer coisa é só dar um grito.

        Abração!!

        Reply
  1. Osvaldo Souza

    Olá Robson, acabei de voltar do Chile e meu roteiro acabou sendo modificado de ultima hora pq peguei o Atacama com chuva (O.O) kkkkkk
    Não fui pra Bolívia visitar o salar de Uyuni, mas acabei tendo mais tempo pra fazer conhecer e curtir o Atacama e confeço que mesmo assim curti demaaaais! Conheci muita gente legal e fiz muitos passeios q n tinha programado mas q foram ótimos(como o tour astronômico) por exemplo.
    Um passeio q ficou marcado na minha cabeça como o melhor dos melhores foi o Salar de tara. Simplesmente perfeito – fiz com o marcos q falam q eh um dos melhores guias pra fazer esse passeio. Ele tinha trilha sonora pra kada parte do roteiro do salar o que pra mim tornou a experiência muuuuito melhor. Chegando até a me emocionar em alguns pontos.
    Aluguei bicicletas e fui até a laguna cejar… Pedalar no deserto tb foi ótimo(principalmente pra mim q gosto de pedalar)
    Bom, o Atacama foi ótimo e confeço q nem senti falta do salar de Uyuni XD

    Ahhh, tb fui pra Pucón ao sul de Santiago. Fui ao topo do vulcão villarica, fiz rafting…conheci mais um monte de gente maneiraça. Ahhhh qnts memórias

    Em Santiago um passeio q curti muito foi Sewell(acampamento minerador na cordilheira dos andes a 2h de Santiago – saídas somente nos finais de semana)

    Bom, desculpa o relato gigante mas curti demais o Chile e queria ter tido mais uma semaninha ou algo assim pra visitar Puerto varas por exemplo e outras cidades incríveis. Nem tive tempo de ir a valparaíso/viña del mar Acredita?!

    Kkkkkk

    Espero pelas suas belas fotos e continuarei acompanhando o blog.
    Abraço

    Reply
    1. Robson

      Oi Osvaldo, muuuuuito obrigado pelas dicas.. vou dar uma pesquisada sobre Pucón e também sobre o vulcão… Eu estou muito empolgado com a viagem… não vejo a hora de embarcar.

      O Salar de Uyuni é um sonho pra mim, então desse não abro mão.. haha…

      Vou terminar meu roteiro por Santiago / Viña de Mar / Valparaíso e vou ver o que consigo colocar a mais…

      Não vejo a hora de encher esse blog com fotos do Chile!!

      Grande Abraço!!!!

      Reply
  2. Juliana Kneipp

    Amo seu blog! Eu gostei muito quando fui ao Chile e minha próxima viagem inclui Salar de Ayuni, com certeza! Mas admito que quando vejo roteiros pro Chile que só incluem Santiago e locais próximos, me dá um aperto no coração… Eu falaria para você mudar o roteiro e ir para o extremo sul do Chile, de preferência, Torres Del Paine. É simplesmente o lugar mais maravilhoso que já fui… Na minha opinião, o roteiro Patagônia chilena e argentina é o mais top! Foi esse roteiro que fiz e não me arrependo nunca de ter mudado!

    Reply
    1. Robson

      Oi Juuu… primeiro obrigado por acompanhar o blog.. fico super feliz com comentários assim.

      Então… decidi focar essa viagem ao norte… Atacama, Uyuni… o Sul com certeza deve ser muuuito lindo. Pesquisei sobre a região da Patagônia e fiquei pirado com as fotos que encontrei… mas tive que escolher: ou ia para o norte ou ia para o sul. Decidi conhecer o norte primeiro por ser um lugar completamente diferente de tudo que já conheci.

      E quem sabe em breve visito o sul… se duvidar ainda esse ano. Pode ter certeza que vou conhecer!!

      Obrigado pelas dicas!!!

      Reply
  3. Osvaldo Souza

    Opa Robson, mais algumas informações sobre Pucón pra você.. já que parece q curtiu.

    Eu peguei um nightbus de Santiago pra Pucón pela Turbus por 16.000 pesos em média, 12h de viagem + ou -.

    Em Pucón existem muitas atividades por lá, a cidade é quase uma Queenstown da Nova Zelândia só que na América do sul
    O “must do” por lá é a subida ao Vulcão Villarica q é estupenda, vista absurda e pra mim que sou relativamente ativo(ando de bike uns 20-30km 3x por semana[por isso andar de bike no deserto do atacama foi tão especial pra mim], apesar de não ser o esporte que mais ajudaria na subida do vulcão, diria que corrida e caminhada te preparam melhor) classificaria a subida como difícil(mas não paguei pelo teleférico tb …ele facilita a subida viiu…). Mas além disso existe rafting e hydrospeed no rio trancura, tour por la zona + termais, canoagem, passeio à cavalo… eu tb queria ter tido mais tempo por lá pra fazer mais atividades, mas o que fiz me deixou encantado pela cidade, atividades, e pessoas!
    Ahh, Puerto Varas fica a 5h de Pucón tb ehehhe. É outra cidade incrível do chile e já tá ali batendo na porta da Patagônia Chilena.
    Recomendo fortemente Pucón…

    Reply
    1. Robson

      Nossa.. Pucón parece realmente incrível… estou olhando as fotos e é um lugar lindo, mas acho que vai ficar complicado pra fazer essa visita…. não vou conseguir tempo pra ir ao sul do Chile… mas tenho planos de em uma segunda viagem visitar a região da Patagônia Chilena e Argentina. Nessa viagem com certeza vou passar por Pucón…

      Talvez essa segunda viagem ainda role esse ano… vamos ver..

      Mesmo assim muito obrigado por compartilhar essas dicas!

      Grande abraço!!!

      Reply
  4. Cynthia

    Oi Robson! Que ótimo que conseguiu incluir o post sobre sua viagem ao Chile. Não vi vc informar qual a data provável da sua viagem… Como sempre, vou acompanhando o seu blog e irei postando dúvidas e ajudinhas, do que eu já obtive nas pesquisas.

    bjus

    Reply
    1. Robson

      Oi Cynthia, então… vai ser entre março e abril….. já já vai ter vários posts sobre a viagem…… mas vou usar esse post para trocar dicas de pré-viagem com os leitores…

      Bjss

      Reply
  5. Erick Stengrat

    Olá Robson, tudo bem?
    Dos lugares que você planejou já tive oportunidade de ir para Santiago e SPA. Tenho certeza que você e o Rafael (já encontrei com ele algumas vezes aqui em SP) vão adorar…
    Eu concordo com o Osvaldo Souza quanto ao Salar de Tara…é um passeio longo, demora o dia todo mas vale muito a pena ! Além disso, o passeio das Lagunas Altiplanicas e o Valle de la Luna/La Muerte também são os melhores…
    O tour astronômico também vale a pena…mas procure pela agência SPACE pois ela é a mais recomendada. O único problema é que ela não faz este tour astronômico em período de lua cheia (infelizmente quando fui era lua cheia e tive que fazer com outra agência q nem curti muito – Vision Atacameña).
    Se vocês tiverem fôlego nos últimos dias, procurem por alguma agência que faça uma subida ao Cerro Toco ou ao Vulcão Lascar…mas tem que estar preparado pois a subida é cansativa…mais por causa da altitude do que pela dificuldade técnica !
    É isso…rs…no meu blog tem uns posts se precisar
    Abraços

    Reply
    1. Rafael Leick

      Erick!!!!
      Valeu pela dica das agências. Pique se depender de mim, vamos ter certamente hahahaha
      Vamos ver se conseguimos conversar depois do próximo Encontro de Viajantes sobre isso? Temos outros assuntos a tratar tb
      Abs

      Reply
      1. Erick Stengrat

        Fechou Rafael. Eu ia te falar a mesma coisa sobre a conversa depois do Encontro dos Viajantes ! Até lá se você tiver mais dúvidas também quanto ao Atacama já colocamos na conversa
        Abraços

        Reply
  6. Ivana Podolan

    Robson, fiz uma viagem para o CHile a pouco tempo tbm. Visitamos Santiago, Valparaiso e Vina del mar e o atacama. Optamos por nao ir ao Uyuni pois nos tomaria muitos dias e encareceria demais a viagem, então aproveitamos mais o deserto.
    Vou te descrever o que gostei e o que faria diferente, senta q la vem historia. Bom, primeiramente, se tivesse recebido dicas para a viagem teria começado diferente já. Fiquei frustrada de nao poder ir ao salar boliviano, apesar de ter ido à Bolivia ver o licancabur, e as lagoas que o circundam de pertinho. Se fosse para ir ao Uyuni, começaria a viagem pela Bolivia, direto no salar e o roteiro tradicional das lagoas e cemitério de trens que engloba o passeio, terminando no atacama o que tomaria 4 dias, passaria mais uns 6 dias – pelo menos – no deserto (já adianto q nao é suficiente para fazer nem metade dos passeios possiveis). Ah, em San Pedro, jamais compre os serviços da Chile adventure, existem milhares de agencias, certifique-se de que os veiculos tem qualidade e segurança para realizar os trajetos,muitos são perigos, como os geisers e o salar de tara.Então, mesmo que saia um pouco mais caro, vá em segurança, passei uns perrengues q outra hora te conto. No deserto recomendo o passeio do salar de tara, laguna cejar, os geisers tatio, altiplanicas, Lagoa tebinquiche, vale da morte e observatorio, esses foram alguns dos que fiz e adorei, teria feito mais se tivesse tempo… continua

    Reply
  7. Ivana Podolan

    Depois seguiria para Santiago, a visita a vina dela mar e valparaíso, nao recomendo que seja feita com aquelas agencias tipo pacotao, perde-se muita coisa, sugiro q va de onibus e faça os passeios a pé ou bicicleta, vale a pena gastar um dia em cada, andar de funicular é sensacional e visite a casa do Neruda em Valparaíso, só atente para os dias em que está aberta, se nao me engano os museus fechas as terças por lá. Não conseguimos, mas teria ido tbm a isla negra visitar uma das casas do Neruda, dizem q é a mais linda de todas. Em Santiago, nao deixe de andar de funicular, ir ao zoo e ver a cidade de cima, visitar a casa do neruda (a terceira), comer no mercado central e fazer o passeio a pé pelo centro histórico, aliás, recomendo que comece por este para justamente ja conhecer a cidade de modo geral e assim definir os demais passeios possiveis. A visita ao vale nevado é furada, nao se ve neve esta época do ano, fail total, mas ir a um vinhedo vale a pena, passeio curto e barato. Por fim a volta ao Brasil. Este trajeto começando pela bolivia, atacama e por ultimo santiago, teria nos poupado quase 1000 reais em passagem e hospedagem. De qualquer forma que o faça, o trajeto é lindo, vc terá recordações memoráveis, eu até me emocionei e me empolguei escrevendo pra vc. Acho até que fui meio chata, mas são tantas recordações, afff… faria tudo de novo!!!
    Ufa, entao é isso! Agora so posso desejar que faça uma viagem maravilhosa e poste fotos incríveis. Bjos

    Reply
    1. Robson

      Wowwww. Adorei seu relato e dicas Ivana… De verdade mesmo.. Vou anotar tudo. Com certeza será uma viagem incrível e que vai ficar registrada na memória… E nas fotos.

      Obrigadão por acompanhar o blog e deixar essas dicas aqui. Fiquei super feliz!!!!

      Bjss,
      Robs

      Reply
  8. Jota

    Meu roteiro para abril ou maio; será possível?
    Poa – Lima – Cusco – Poroy – Machu Picchu – Oliantaytambo – o – Aguas Calientes – Cusco – Puno – Copacabana – La Paz – Uyuni – São Pedro de Atacama – Salta – Assuncion – Foz do iguaçu – POA

    Reply
  9. Cynthia

    Olá Pessoal!!! Como já havia dito ao Robson, estou planejando um roteiro pra agosto/14 (10 dias) e tenho muitas dúvidas que gostaria de dicas a respeito. Começando:
    1- Indo no inverno, ainda assim vale a pena ir conhecer Valparaíso e Vinã?
    2- Sobre o dinheiro, qual a melhor moeda a se levar? Já ouvi dicas de todo tipo, ainda não consegui chegar a um resultado.
    Abraços a todos…

    Reply
    1. Robson

      Oi Cynthia, bom.. sobre o que eu pesquisei…

      1 – Vale a pena sim… mesmo no verão as vezes você não vai conseguir pegar uma “praia” em Viña… então não se limite pela estação.

      2 – Olha… depois dessa mudança do IOF as coisas ficaram mais chatas. Mas se for levar, leve em Pesos Chilenos. Não vale a pena levar em dólar, você vai chegar lá e vai ter que converter de novo…. então pagaria mais uma taxa de conversão. E se não tiver escapatória, use o cartão de crédito….. pelo menos ainda vai acumular milhas.

      Reply
  10. Cynthia

    Mais dúvidas:
    3- Indo tipo mãos de vaca mesmo, o que visitar ao redor de Santiago e como ir, por conta própria? Tipo: Isla Negra, como ir saindo de Santiago?
    4- Para Sewell, vale a pena ir no inverno, e como ir de Santiago?
    5- Já comeram algum tipo de comida típica e que não bateu muito legal?
    6- Sobre hospedagem: Andei pesquisando e decidi que se ficar em apartamento, com a opção de ter cozinha, acho que sairá mais barato. Achei um apto, novo, no Centro, com piscina (apesar do frio, tem vista), e tipo quarto e sala conjugada com cozinha, por R$ 1490,00(Departamentos Amoblados Paz I), o que acham?
    7- Li muito a respeito de se pegar táxi e acontecer surpresas de todo o tipo, estou até com medo de pegar táxi. Inclusive com meu filho, que foi em 2012 pra lá. O táxi muito solícito levou ele para o hostel, vindo do aeroporto, antes foi com ele ate uma agencia pra troca de moedas, tomaram uma cervejinha juntos, tipo em pé mesmo, e no final o carinha cobrou dele pela corrida uns 200 reais, como tinha muitos zeros e eufórico com a viagem, nem se ligou e pagou. Quando entrou no hostel e foi calcular direito, viu que tinha sido lesado mesmo. Já aconteceu alguma com alguém ai?
    Aguardem novas dúvidas…

    Bom dia galera.

    Reply
    1. Robson

      Essas perguntas por enquanto vou ficar te devendo as respostas… se eu descobrir mais alguma coisa te aviso…

      Se alguém aí puder ajudar, aguardamos mais dicas!!

      Reply
  11. Priscilla

    Oi Robson!

    Fui para o Chile em novembro de 2012, no feriado da Consciência Negra, com mais 6 amigos. Ficamos apenas em Santiago, com uma bate-volta em Viña e Valparaíso. Fizemos a bate-volta por conta, indo de onibus, chegando pela rodoviaria de Valparaíso e voltando pela de Viña. De Valpo para Viña fomos de “metro”, que vai pela orla. O único problema é que a rodoviária de Valpo é longe da parte histórica da cidade, então prepare-se para andar. Outra coisa que tem que se ligar são as passagens de volta. Quando fomos compramos a passagem de volta no momento da ida, pois o vendedor nos disse que elas esgotavam se fossemos comprar lá e foi isso que aconteceu. Vimos muita gente perdida na muvuca, tentando comprar passagem… uma confusão. Ah, e na rodoviária tem varios agentes de turismo tentando vender passeios em Valpo e Viña. Optamos por não fazer. Tirando os cerros, a cidade de Santiago é plana e dá para fazer muita coisa a pé. Quando fui, não achei as coisas muito baratas não, tirando o vinho. Quase os mesmos preços que pagaria em SP.
    Do aeroporto, pegamos um onibus que parou bem numa estação de metro e de lá fui de metro para o meu hostel:

    http://www.aeropuertosantiago.cl/english/medios-de-transporte-desde-y-hacia-scl/buses-y-minibuses.html

    Ah, levei reais e troquei lá. Comprei só alguns pesos no Brasil, para a chegada na cidade. O onibus só aceita pesos.

    Quando fomos, o funicular do Cerro San Cristobal estava fechado, daí subimos a pé. Foi uma loucura, pois estava muito quente e seco, mas valeu cada minuto! A vista é incomparavel.

    O agito é na Pio Nono e na Bellavista. Tomem um certo cuidado a noite. Um rapaz do nosso hostel foi assaltado a noite na Dardignac. Evitem lugares meio ermos. Mas creio que isso não é comum lá. A gente queria ter ficado no H Rado, mas por falta de disponibilidade, ficamos no Casa Mosaico. Por questões de localização, ficaria no H Rado, que também é super bem avaliado.

    Reply
  12. Priscilla

    Como já falaram, o centro histórico, o mercadão, são ótimas pedidas… Não deixe de caminhar pela Costanera, pelo parque florestal em Bellavista e ir a feirinha artesanal em Los Domenicos… Todos esses lugares são bem atendidos pelo metro.
    Poxa, tem muito mais coisa, mas não vou lembrar agora. Estou mandando o mapinha que sempre faço nas minhas viagens. Espero que ajude. =)

    http://goo.gl/maps/SQYZd

    Reply
  13. Cynthia

    Legal Priscilla! Serviram pra mim tambem, essas dicas, valeu…
    Vamos lá amigos colaboradores, estamos precisando de maiiiisss informaçoes. A maioria dos posts que tem por ai são mais antigos. Gostaria tambem de ter noçao de preço das coisas, tipo comidas, qualquer coisa. E aquelas coisas de lapis lazuli, alguem comprou algo? E qual foi a base de preço?

    Brigadinha Robson! Por ter aberto este espaço que tambem está servindo pra mim.
    bjus

    Reply
    1. Priscilla

      Bom dia Cynthia!

      Então, independente do lugar, o perfil da pessoa e o motivo da viagem influencia muito nos gastos que ela terá. Eu, por exemplo, costumo não fazer compras em viagens que não sejam para os EUA. É muito difícil achar algo que se compare aos outlets americanos, principalmente se você for em cidades menos turísticas. Daí, já é um gasto que eu tenho a menos. Também não sou de levar muitas lembrancinhas. Levo alguns chaveiros, às vezes. Quando fui ao Uruguai, trouxe um pote de doce de leite. Depois descobri que era proibido.

      Tem gente que só gosta de opcções “low-cost” para comer. Eu gosto de balancear. Separo um dia para comer uma besteirinha na rua e outro para ir em algum dos melhores restaurantes da cidade. Normalmente eu olho o Tripadvisor. Viagens mais curtas, por normalmente serem mais baratas (menos dias, menos dinheiro), permitem com que você gaste mais à vontade. Uma dica interessante é criar um método na sua cabeça para entender o câmbio da cidade onde está, para fazer um comparativo na sua cabeça e ver se realmente algo está caro ou barato.

      Quando eu fui com meus amigos para o Chile, éramos em 7 e dividimos um quarto de 6 no hostel e o nosso amigo ficou em outro quarto. Pagamos 17 dólares por pessoa, por dia (4 dias). Para nós, isso representou uma ótima economia, o que nos permitiu gastar mais depois. Pagamos R$650,00 reais num vôo direto pela Lan, mas depois que esta comprou a TAM, tem sido difícil achar bons vôos e bons preços.
      Em Valparaíso, nós fomos em um dos melhores restaurantes da cidade, o “La Concepcion”. Comemos bem (camarões, filé, sucos naturais, refrigerantes, mas não tomamos bebida alcoólica). Nossa conta, com os 10%, deu 125.400 Pesos Chilenos, o equivalente a R$ 535,83 (na taxa da época), que deu R$ 76,55 por pessoa. Mas teve um dia que comemos um sanduba numa lanchonete perto do hostel, onde os sandubas variavam de 4 a 9 reais. Então, vai depender muito do seu orçamento e do seu perfil.

      Reply
  14. Cynthia

    Bom Dia Amigos!

    Oi Priscilla! Valeu por mais informações. Eu vou com meu marido, será a primeira viagem internacional dele, agora eu, viajo direto desde 2008, já rodei meio mundo, hehehe. Segundo o Tripadvisor, em linha reta, ja conheci 10% do mundo, ufa… Mas sempre fazemos (eu e minhas filhas)o nosso proprio roteiro. Bom, eu ando muito, gosto de conhecer bem a vida dos locais, gosto de ir a mercados, castelos, museus, nada de noitadas, somente restaurantes mesmo, e procurando ser economica nos gastos, andar a pe ou de metro, nada de excursao. O café geralmente faz parte do hotel, mas como dessa vez estou pretendendo ir pra um apto, sera feito por mim, o almoço geralmente sao coisas mais baratas e o jantar vai depender de onde estejamos, pode ser um jantar legal ou apenas uma pizza. Compras, gosto de comprar alguma coisa que eu goste(uma ou outra) e ache barato em relação ao Brasil, mas no geral, compro imãs, hehehe, sou colecionadora e compro sempre. Para amigos, trago meia duzia de lembrancinhas bemmm baratas, tipo ate uns 10 reais cada. Esse negocio de lapís lazulli, se nao for caro, quero comprar sim. Bom, gostaria de saber mais, tipo, se tem algum lugar interessante, nos arredores, e que nao faça parte do circuito turistico.

    Ah! Meu orçamento é contado, hehehe…

    Obrigada e abçs

    Reply
    1. Priscilla

      Olá Cynthia,
      Sou como você. Gosto de andar muito! O problema é que às vezes o corpo não acompanha nossa vontade. Eu raramente uso taxi, pois sempre sinto que eles vao nos passar para trás. Só uso quando não tem jeito mesmo. Não sei se já alugou seu ap, mas uma amiga tem um blog e ela fez um post sobre alugar aps em Santiago: http://www.softblog.com.br/chile-trocando-hotel-por-apartamento/
      Eu nunca aluguei um, quer dizer, aluguei um ap em Paris e um em Zurich pelo Airbnb, para uma eurotrip que farei em abril. No ap de Paris seremos 4 pessoas e serão 4 dias. O valor total da estadia, por pessoa, ficou em125 EUR (Já com IOF). Achei o valor acessivel, principalmente por estar no Le Marais, um excelente bairro da cidade. Mas como ainda não fui, não tenho como te dar muitas dicas.
      De qualquer forma eu consideraria ficar num quarto privativo num hostel. Existem muitos hostels que são tranquilos. Como falei no comentário anterior, o H Rado Boutique Hostel parece ser uma ótima escolha. Ele é super bem qualificado no Tripadvisor, não tem nenhuma avaliação ruim ou horrível. E falam bem do café damanhã também, que seria menos um custo que você teria. Dê uma olhada no quarto matrimonial deles: http://www.radohostel.com/index.php/servicios/habitaciones
      http://www.tripadvisor.com.br/Hotel_Review-g294305-d1910213-Reviews-H_Rado_Hostel-Santiago_Santiago_Metropolitan_Region.html

      Reply
    2. Priscilla

      (Continuando…)
      Existe ainda um preconceito contra hostels, mas te garanto que temhostel que põe muito hotel no chinelo.

      Infelizmente, pelo pouco tempo que tivemos (foram apenas 3 dias inteiros), pelas época (novembro), ficamos apenas em Santiago, com a bate-volta em Valparaíso e Viña del Mar, então não terei opções de passeios nos arredores para te passar.
      Sei que nesse site (http://www.chileofftrack.com/ )eles mostram varios passeios disponíveis a partir de Santiago, separados em categorias. Dependendo da dificuldade de chegar ao local, o tempo, às vezes vale a apena contratar passeios com empresas especializadas. Quando fui ao Uruguai, tive como cidade base, Montevideo. Fiz um day trip para Colonia e no outro dia para Punta, com uma empresa, e valeu muito a pena. Seria possivel fazer por conta, mas consumiria um tempo que não tínhamos. E o preço foi acessivel.
      Boa viagem Cynthia!

      Reply
  15. Cynthia

    Eu novamente Priscilla! Parece que so vc pra nos ajudar, os demais devem estar só apreciando as conversas. Espero que o Robson não se importe. Obrigada.
    Bom! Já fiquei em todo o tipo de acomodação: Hostel em Bolonha, Barcelona e Edinburgh. Apt em Lisboa, Edinburgh e Frankfurt. B&B em Inverness(Escocia), York (Reino Unido. Hotel nas diversas cidades como: Canada, Usa, França, Inglaterra, Escocia, Irlanda, Italia, Holanda, Belgica, Portugal, Espanha, Alemanha, Venezuela. Marrocos foi de barco. Como disse, eu já andei bastante (minha ultima foi pra europa agora em novembro).
    Continuando, eu ja fiquei em todo tipo de acomodação, mas cada uma, sendo a primeira vez nela, sempre é uma surpresa. Quanto a hostel, meu marido acho que não irá gostar.
    Desculpem-me ter colocado tantas informações, mas é para terem um pouco mais de base sobre minhas andanças, hehehe.

    E vc Robson, o que já tem de informações pra passar pra gente? (se eu estiver perturbando, me avise…)

    bjus

    Reply
  16. Robson

    Gente, estou adorando vocês trocarem dicas aqui no blog…. esse final de semana vou dar mais uma pesquisada sobre a viagem e posto aqui pra vocês mais coisas que eu achar legal…

    Continuem!!!!!!

    Ahhh…. deixei maior o número de caracteres nos comentários…. assim da pra falar bastante!!

    Bjoss

    Reply
    1. Priscilla

      Muito legal o video Cynthia! Se tiver a oportunidade, não deixe de ver o capitulo do programa “O Mundo Segundo os Brasileiros”, que fala sobre o Chile -http://www.youtube.com/watch?v=tGIOVoHpPpk

      Reply
  17. Miguel Aguiar Perez

    Oi Robson. Mochilei pelo Atacama e pelo Salar de Uyuni numa viagem que começou pelo Peru.
    As lagunas do lado boliviano, no deserto de Siloli, são imperdíveis. Passamos por elas no terceiro dia do tour pelo salar, que foi contratado em Uyuni. Dá pra fazer bate e volta a partir de San Pedro de Atacama. As paisagens são insólitas, parecem de outro planeta. Pesquise sobre a Laguna Roja, a Laguna Verde e a Laguna Azul, na Bolívia. Pra quem gosta de fotografia, o lugar é um prato cheio. Na época que eu fui havia centenas de flamingos nessas lagoas. É possível ver muitos guanacos também.
    Além dos passeios mais tradicionais em San Pedro de Atacama (valle de la luna, valle de la muerte, Geiseres del Tatio, Lagunas, Toconao…), recomendo muito o tour astronômico. Como é noturno, não atrapalha a programação diária. Não adianta muito eu tentar descrever… Quando vc estiver lá na propriedade do astrônomo, no meio do deserto, observando aquele céu inacreditável e ouvindo coisas super interessantes sobre o universo, com telescópios à sua disposição, vai entender do que estou falando.
    Pra sair um pouco do roteiro mais convencional, sugiro que pesquise sobre a “cidade fantasma” de Humberstone. Não consegui visitar porque estávamos em grupo e foi difícil conciliar interesses.
    Se estiver com bastante tempo e a fim de dar um toque urbano à viagem, Iquique foi muito bem recomendada. De um lado o Pacífico, do outro o deserto. Também não conheci.
    Espero ter ajudado. Se quiser ver algumas fotos dessa viagem tenho um álbum no face.
    Abraço

    Reply
    1. Robson

      Oii Miguel, caraa valeuu pelas dicas!! Fiquei super interessado em visitar essa cidade fantasma… vou tentar colocar no roteiro…

      Iquique eu acho que vai ficar um pouco complicado… por contato do tempo mesmo.

      Muuuito obrigado pelas dicas!!! Abração!!

      Reply
  18. wellington

    Oi Robson! chego dia 08 de abril em Santiago(3 dias)pois ja conheço depois vou pro deserto atacama e de la compro um pacote de dois ou três dias para o salar na bolivia, depois vou para o peru, cusco ( 4dias) e retorno ao Brasil por lima, farei tudo isso de ônibus. exceto ida e volta pro brasil e ficarei em hostel. Quando vc vai?quer trocar informações? abraços!

    Reply
  19. Heloisa

    Olá Robson! Em agosto vou pra Europa então estava buscando ‘ajudas’ na internet para meu roteiro qdo me deparei que está indo para o Chile.
    Em Dezembro fui com meu marido 10 dias pra lá (3 em Santiago, 6 em San Pedro e o último em Calama).
    Em principio achei que tinha pouco tempo para santiago e ‘muito’ no deserto, pois pensei que não teria muita coisa pra ver no deserto, que seria tudo a mesma coisa.
    Ha ha ha que inocência a minha!!!

    Santiago é muito legal, mto bonito, mas é uma ‘cidade grande’ como quantas que temos!!! lá não deixe de assistir a troca da guarda, que ocorre a cada 2 dias, as 10h na frente ao ‘La Moneda’. Todo o centro histórico é muito legal. O sistema de metrô na cidade é muito legal, rápido, limpo. As passagens tem valores diferentes dependendo do horário da viagem, então vale a pena comprar um cartão e colocar créditos…. a medida que for gastando vai colocando mais…. porquê se comprar passagens individuais vai precisar saber qual horário que vai utilizar (horario normal, de pico ou de vale)…
    Ah, e vale a pena procurar um hotel proximo a alguma estação! como a cidade é muito movimentada, andar de taxi/onibus se perde muito tempo! muita coisa da pra fazer a pé! aproveite isso também!

    Enfim, a única coisa que fizemos lá que não indico é visitar as vinícolas…. achei relativamente caro e a gente não conhece o processo produtivo. Como você é de Curitiba, é bem mais fácil pegar um feriadão e conhecer a Serra Gaúcha (lá a explicação sobre os vinhos é mais completa e a degustação também!).

    O Atacama…. ahhhh o Atacama!!!! Começamos pelo tour astronômico, pela SPACE. Tem outras que fazem e são mais baratos, mas a Space tem astronomos de verdade e uns telescopios super potentes. Recomendo pegar a lua nova que dai o céu está mais escuro. Se o tempo nublar o passeio não sai! Ah, e lembre-se que a temperatura no deserto cai bastante a noite…. então leve um casaco, manta, gorro para esse passeio…..

    Todos os outros passeios nós compramos de outra agencia (o nome era Likan tour ou algo assim). Em geral todas as agencias dao descontos se você comprar mais do que um com eles….. Os preços nao variam tanto, mas esse cara deu desconto por sermos brasileiros. Gostei muito do guia que fez 2 dos passeios com a gente, ele tinha uma ‘topic’ que na realidade era um caminhao adaptado que encarava super bem as estradas não tão boas e as subidas (em um passeio chegamos a 5mil de altitude….).

    O passeio mais lindo na minha opinião é aos geiseres (a pesar de já ter encontrado pessoas que não gostaram). O passeio começa cedão da manhã (te pegam na pousada pelas 4h) ai qdo chega no campo tu vê os geiseres fumaçando, borbulhando….. é muito lindo. Dizem que quanto mais frio mais bonito é! nós pegamos uma temperatura ‘boa’ lá era uns -5….. De novo: leve roupa ‘especial’ para esse passeio! inclusive luvas e gorro! tem possibilidade de tomar banho numa piscina termal ali….. mas como continuava mto frio abri mão disso… preferi ficar observando os geiseres……….

    Então a tua mala vai ser bem esquisita: vai levar bermuda pra banho e blusão, casaco e luvas! Não custa lembrar: filtro solar, bastante! o ceu lá é muito limpo e a radiação ‘bomba’! Mas por estranho que pareça não é tão quente como possa parecer!
    Importante beber muito liquido (la como é muito seco a gente não sua, então não sente que está desidratando), e recomendo levar soro fisiológico para pingar nos olhos e nariz. Eu acordava no meio da noite com ‘secura’, precisava pingar. Isso que bebia muita agua o tempo todo!

    A cidade de San Pedro não é muito grande, mas tem varias pousadas que sao bem mais afastadas….. tente pegar alguma que fique perto da igreja +/-… os restaurantes e agencias de viagens ficam todas por ali, dai tu tem mais opçoes!

    Sobre restaurantes: existe muitos, e uma boa dica e pegar o ‘menu do dia’ que é uma opçao de entrada, um prato principal (com carne e acompanhamento) e uma sobremesa. Esse ‘kit’ sai bem mais em conta do que pedir alguma coisa especifica no cardápio.

    E só pra finalizar, já que vocês são obrigados a passar por Calama, já ouviu falar na mina de chuquicamata????? É um tuor que sai de Calama, é bem cultural, bem diferente. A cidade de Calama não tem nada! mas se conseguir conciliar os horarios e passar na mina é bem legal. O tour é gratuito, quem organiza é a propria empresa da Mina (uma estatal Chilena), mas é preciso reservar. Ao fim do passeio eles pedem uma doação para as crianças carentes.
    Enfim! creio que para 2 mochileiros de carteirinha não devo ter falado muita coisa ‘nova’, mas estou a disposição se quiser mais detalhes. Já que voltei a tao pouco tempo ta tudo bem fresquinho na memória! e vou continuar estudando a Europa agora!

    Abração e boa viagem!!!!

    Reply
    1. Robson

      Oi Heloisa, tudo bom??

      Nossa… estou muito feliz com o comentário que você deixou… super completo e cheio de dicas bacanas… juro, estou muito feliz mesmo…. várias dicas anotas… muito obrigado por compartilhar.

      A viagem está chegando… em breve você vai poder acompanhar aqui no blog tudo sobre a viagem…. espero que tudo dê certo!!

      Muito obrigado de novo.

      Abraçooo!!

      Reply
  20. wendelsantos

    To indo no final do mês para o PERU/Cusco, quero conhecer Machu Picchu e de la ir para a Bolivia e ir tb ate o salar uyuni… alguem ai tem um dica legal de transporte de Cusco ate Lapaz… Lapaz ate Uyuni?????

    Reply
  21. André Ortega

    ola Robson, em quantos dias vcs fez essa viagem? Comprei passagens para Santiago para setembro, com retorno 15 dias apôs a chegada. Gostaria de fazer esse mesmo roteiro mas estou com medo de não dar tempo. Vc acho q consigo? obrigado, abs

    Reply
  22. Vivian

    Oii..estou organizando o roteiro da minha viagem para julho. Eu ficarei 15 dias viajando. Chegarei por Santa Cruz e voltarei por ali também. Quero fazer La Paz, Atacama e Uyuni. Mas estou com dificuldades de achar uma forma de ir de La Paz para o Atacama. De ônibus são 3 dias ( e não tenho este tempo). De avião encontrei vôos de La Paz para Calama, mas os preços ficam em torno de R$2.000. Você sugere uma outra forma?

    Reply
    1. Robson

      Oi Vivian… então na verdade eu não fiz esse caminho La Paz > Atacama… mas sei que tem muitas pessoas que fazem e normalmente é de ônibus… mas como você disse é longe… não sei se teria alguma opção para parar no caminho… outra cidade para visitar… talvez fique mais tranquila a viagem… Vou tentar descobrir e respondo aqui

      Reply
  23. nicholas

    Olá Robson e demais.
    Tenho bastante curiosidade de fazer um mochilão pela america do sul, mais especificamente ao Chile, no deserto e nos salares. Fiz um mochilão pela europa e adorei a sensação!
    Eu queria perguntar sobre minha principal dúvida, a que faz ser ou não viável o mochilao. os preços! cada passeio deve ser pago separadamente e tem seu preço. isso deve ser praviamente reservado/pago ou devo ir ate santiago e de lá organizar tais passeios?

    Aguardo notícias.

    muito obrigado.

    Reply
    1. Robson

      Oi Nicholas…. tudo bom? Então.. vale a pena fazer o mochilão sim… o bom é que é uma viagem incrível e você não gasta muito. Os passeios pelo deserto você tem que fechar com uma agência lá em San Pedro mesmo… existem várias.. muuuuuitas na verdade. Eu indico a Ayllu Expediciones, super legal o atendimento e a estrutura….

      Grande abraço!!

      Reply
  24. Andre

    Poô, Robson, o ruim é que tenho férias uma vez por ano, já queria fazer os roteiros Europa e América do Sul HAHAHAHAHA
    E o próximo destino, quando sai? Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Andre… também queria ter mais férias por ano hahaha…. Estou preparando um roteiro bem legal para 2015…. Em breve vou contar as novidades!!

      Reply
  25. Brenda

    Robson, estou tentando encontrar algum lugar que me diga qual rota traçar e quanto mais ou menos custaria para sair de Machu Picchu para ir a Bolívia, de preferência La Paz ou Santa Cruz de La Sierra. Sabe onde encontro ou consegue me ajudar?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Brenda…. vou ver se descubro e te aviso. Na minha viagem eu não passei por La Paz e nem Santa Cruz de La Sierra….

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Jéssica, fui com transfer… da empresa Licancabur. Achei que valeu super a pena. Saí do aero direto pro meu hostel. Para pegar ónibus você precisa sair do aeroporto e ir até o centro de Calama.. e só de lá seguir até San Pedro.

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Patricia… não acho arriscado não. Claro, tome todos os cuidados que você deve tomar em qualquer lugar do mundo e aproveite a viagem. Você vai fazer amigos em todos os lugares. Caso faça também a viagem ao Uyuni, ela é feita com um grupo de pessoas… então você não vai ficar sozinha.

      Que bom que gostou

      Reply
  26. Angélica

    Olá Robson,
    Adorei seu blog e suas dicas para o Salar Uyuni (estão sendo muito utéis). Tenho planejado minha viagem ao Salar desde o meu último mochilão em El Chalten (quando conheci uma argentina que tinha visitado o lugar).
    Também vou em março e espero escapar um pouco do inverno altiplanico. Você foi em março, certo?
    Não tinha planos de ficar muito tempo em San Pedro, pensei em chegar de Calama – ficar uma noite – ir para o Salar – voltar e dormir outra noite lá. Mas vi que vocês fizeram vários passeios legais lá e, como estou aceitando sugestões, você acha que vale a pena curtir os outros passeios também?
    abs.,

    Reply
  27. Daniel

    Olá Robson. Também sou de Curitiba e pretendo fazer uma viagem para Chile/Bolivia/Peru em Junho/Julho de 2015.
    Gostaria de trocar ideias com vc pois esse será meu primeiro mochilão e como vc deve saber o frio na barriga e as dúvidas são várias.
    Será que rola trocarmos email ou mensagem pelo Facebook? Te mandei há algum tempo, mas deve ter ido para a pasta das não lidas.
    Desde já agradeço e te parabenizo pelo blog, já mostrei pra todos os amigos que vão junto e todos gostaram muito, vai ser praticamente nosso roteiro. Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Podemos falar sim Daniel… pode perguntar por aqui também. Vou dar uma olhada no facebook, as vezes não dou conta de responder todo mundo…. Mas sempre tento fazer o possível

      Reply
  28. Ingrid

    Olá, estou adorando ler sobre a sua viajem e estou pensando em fazer esse roteiro em Junho/Julho, acha que é uma data boa? ou deixo para fazer em Janeiro? Abraço

    Reply
  29. Marcella

    Oii Robson

    estou pensando em fazer um mochilão pela américa do sul, chile, peru, bolívia, e estamos pensando se subirmos para o equador e venezuela ou, argentina e uruguai. Tem alguma dica que possa me dar a respeito desse mochilão mais longo? Dicas de onde ficar, como ir….
    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Marcella… tudo bom? Pois então, eu já vi que é nem comum o pessoal fazer Chile + Bolívia + Peru. Mas claro, você pode estender essa viagem por outros lugares. Infelizmente como não conheço esses outros vou ficar te devendo essas dicas.

      Mas para Chile e Bolívia tem bastante coisa aqui no blog… se precisa de alguma dica é só gritar!!

      Reply
  30. Rayane

    Robson, você comprou passagem de ida e volta pra Calama?
    Quero fazer o mesmo roteiro que você e tô na dúvida se eu volto de Uyuni pra Calama – Santiago e SP, ou se é melhor voltar pro Brasil da Bolívia. Como você fez?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rayane, tudo bom? Então, eu voltei pois já tinha minhas passagem de ida e volta para o Brasil por Santiago. Quando você for comprar a passagem, vale a pena fazer a cotação de ida e volta por Santiago e de ida por Santiago e volta pela Bolívia.. Essa segunda opção é normalmente mais cara, então tem que ver se vale a pena.
      Desculpa a demora pra te responder, estava viajando pela Ásia

      Reply
  31. Bruno Fiori

    Boa noite Robson,

    Eu e minha namorada estamos programando uma viagem parecida com a sua, para conhecermos Chile + Bolivia. Já programamos até Santiago, Valparaíso e Viña Del Mar. Agora neste momento estamos programando SantiagoxCalama, CalamaxSan Pedro do Atacama, San Pedro do AtacamaxSalar de Uyuni. Como acredita que seja a melhor forma de transporte pensando em custo benefício. Também gostaríamos de após o Yyuni irmos até Lá Paz.

    Na sua viagem, após o Salar de Uyuni, como fez para voltar até Santiago?

    Obrigado.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bruno, tudo bom? Então.. Legal que está se programando assim… Desculpe a demora para te responder, mas eu estava em viagem pela Ásia. Bom, eu acho que a melhor forma de ir de Santiago até Calama é de avião. Por terra é muito demorado, cerca de 24 horas viajando. Uma dica que vários leitores deixaram aqui é para comprar a passagem no site chileno da Lan, assim você consegue o melhor preço. De Calama para San Pedro existe um transporte saindo do próprio aeroporto. Sobre a volta para Santiago, como eu falei no blog, eu comprei o passeio para o Uyuni com ida e volta para San Pedro, assim voltei pra Santiago pegando um vôo em Calama. Sobre Lá Laz eu vou ficar te devendo mais infos pois não fui pra lá… Bom, acho que é isso… Qualquer dúvida dá um grito..

      Reply
  32. isabela viero

    Oi robson vou para bolivia e chile em janeiro. Inicio em la paz- isla del sol- la paz- uyuni – chile ( san pedro ) – santiago. Qual dinheiro voce me recomenda levar? como o dollar ta muito alto, pensei em sacar pelo cartão diretamente la os dinheiros de cada país e do brasil levo um pouco de dollar pra ”quebrar o galho” . Que voce acha?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Acho que essa é uma boa opção sim Isa… é o que eu faço normalmente!! Se você fosse passar no início por Santiago, eu diria para você trocar por lá… pois eles tem um câmbio bom… agora começando em La Paz, eu acho sua opção é uma boa mesmo! Eu não tenho muita certeza de como é o câmbio em La Paz….

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito!!

      Reply
  33. Denis Leonardo

    Robson, adorei seu blog e ajuda muito mesmo.

    Olha programação dos passeios que decidi ficar lá 6 dias ae.

    8 lugares da excursão pela FlaviaBia Expediciones

    LAGUNAS ALTIPLANICAS + PIEDRAS ROJAS
    VALLE DE LA LUNA
    GEYSER EL TATIO
    LAGUNA CEJAR
    SALAR DE TARA
    VULCAO LASCAR
    TREKKING DE GUATIN + PURITAMA

    O que acha ae?

    Logo vou conhecer tudo isso para realizar as oportunidades em Atacama, meu deus vou pirar essas aventuras he he he.

    Se ja foi lá Cratera de Meteorito? fiquei sabendo tem la e nem sabia disso, seria muito bacana mesmo para conhecer isso vai ser loucura da viagem risos.

    Aguardo seu retorno..Adoro trocar ideias pelas viagens ae

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Denis, que legal que está tudo caminhando para a sua viagem!! Seu roteiro está ótimo!!! Muito show mesmo!!! Que bom que fechou os passeios com a Flávia, fico muito feliz!!!

      Eu não conheço a Cratera de Meteorito, vou dar uma pesquisada!!

      Continue acompanhando o blog que ainda tem muita coisa pela frente

      Reply
  34. Débora

    Olá! Gostaria de saber qual câmera voce utiliza para tirar suas fotos. achei todas elas lindas, porém acredito que voce não use qualquer câmera de celular né? e quanto a gopro, é boa? a resolução das fotos ficam maravilhosas quanto as suas?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lívia, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então… foram 4 dias… deu pra aproveitar bastante a cidade!

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  35. Anuncia

    Olá Robson, adorei seu blog.mpretendo ir para o Atacama agora em julho. Sabe se a Ayllu ainda está com a promoçao de 30%? Não vi vc comentar sobre o Vale do Arco Iris, o que vc acha? E a excursão arqueologica, vale a pena? Obrigada. (Acho que vou te importunar mais….hahahaha)

    Reply
    1. Robson Franzói

      Olá!!! Então, eu acho que eles estão mantendo a promoção sim, mesmo com a data encerrada. Eles fazem esse passeio sim, que eu saiba, mas eu nunca fui… parece ser bonito, mas acho que tem lugares mais legais… eu só colocaria no roteiro se estivesse com dias sobrando.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  36. Gilmara

    Boa noite!! Estava hoje procurando dicas a respeito do Salar de Uyuni e encontrei seu Blog. Simplesmente amei suas dicas dessa viajem e quero fazer o mesmo roteiro que você fez com Chile no pacote. Amei suas fotos! !! Meu marido e eu queremos ir em 2017. Estou em dúvida do mês. Penso em marcar minhas férias entre maio a julho e serão de 15 dias também. Obrigada por compartilhar suas experiências!

    Reply
  37. Tatiana Alves

    Oi Robson, estou querendo fazer mochilão em agosto com uma amiga e pensei em fazer uma viagem d 15 dias, tinha pensado em Bolívia, Chile e Patagônia, o q vc acha? Achei interessante o deserto, vc acha q consigo acrescenta-lo nesse tempo q estou programando?
    Qual roteiro você sugere amigo?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Tati!!! Tudo bom??? Então…. curti muuito a ideia do mochilão!! Tenho certeza que será uma aventura incrível… o que não sei é sobre o roteiro.

      Bolívia e Patagônia estão em localizações opostas. Talvez o ideal seja escolher um dos lados. Patagônia é uma região que precisa de tempo. Minha sugestão seria:

      1: Santiago + Atacama + Uyuni
      2: Santiago + Patagônia (ou apenas Patagônia).

      Mesmo que você pense em Atacama + Patagônia, eu acho que pode ficar pesado e pouco tempo.

      Pensa bem nisso!! Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *