Laguna Cejar, Ojos del Salar e Laguna Tebinquinche – Mochilão Chile, Segundo dia – Tarde

Depois de curtir a beleza das Lagunas Altiplânicas e o Salar de Atacama na primeira parte do dia, o segundo tour nos levou para conhecer a Laguna Cejar, os Ojos del Salar e a Laguna Tebinquinche. Como eu falei no outro post, nosso primeiro tour levou mais tempo do que o programado, o que deixou nosso tempo curto em San Pedro de Atacama.

Laguna Cejar

Chegamos em San Pedro já passava das 15h00 e o passeio para a Laguna Cejar saía as 16h00. Foi o tempo de trocar o jeans por uma bermuda, a bota por um chinelo e conferir os itens na mochila: toalha de banho, bermuda reserva e blusa pro fim do dia. Sim, roupa de banho!! Nesse passeios podemos mergulhar em duas Lagunas…

A viagem até a Laguna Cejar não é demorada, o percurso até lá tem cerca de 25 km. O carro da agência foi lotado e chegando lá vimos vários carros de outras agências já estacionados, certamente por ser um dos passeios que mais atrai viajantes.

Laguna Cejar

Além de ser um lugar bonito e exótico, como quase todos que visitamos no Atacama, o grande diferencial da Laguna Cejar é que nosso corpo não afunda! Sim, isso mesmo! A concentração de sal na água é tão grande que nos faz flutuar sem nenhum esforço. Uma experiência que sem dúvidas você não pode desperdiçar.

Mas antes de mais nada, pela primeira vez, vou ter que pedir desculpas pelas fotos. Acho que a empolgação para entrar na Laguna Cejar era tanta que não dei tanta atenção para as fotos. As poucos que tirei foram com a GoPRO e elas estão mais cômicas do que bonitas….. mas tudo faz parte, então vamos lá…

Laguna Cejar
Eu entrando na Laguna Cejar – com água no olho, é…. ardeu!
Laguna Cejar
Olha a cara de quem estava adorando!! Eu estava mesmo, juro!!

Confesso que achei que a água estaria mais gelada, então não foi tão difícil entrar na laguna. A sensação ao entrar é muito engraçada. Você realmente não consegue afundar, mesmo que se enforce pra isso.

Laguna Cejar
Eu tentando sorrir contra o sol e o Rafael com água no olho, eu imagino….

Fiquei um bom tempo lá boiando e curtindo a experiência. Ah, deixo como dica: evite o contato da água com os olhos, cabelo e com os lábios (principalmente se eles estiverem rachados pelo clima seco). A água é extremamente salgada… caiu um pouco no meu olho e na minha boca e ardeu bastante…. mas sem dúvidas valeu muito a pena entrar!

Laguna Cejar
Depois do mergulho, mais branco do que já sou… coberto de sal…

Quando saí da água pude ter uma noção ainda maior da concentração de sal que existe ali. Conforme fui secando com o sol, meu corpo foi ficando coberto de sal….. todo branco. Pelo que fiquei sabendo a concentração de sal nessa laguna é maior que a do Mar Morto, ou seja, é muuuuuuuuuito sal!

Mas não vamos criar caos!! Ao lado da lagoa existem chuveiros de água doce para tirar o sal do corpo.

De volta ao carro, seguimos para nossa próxima parada: os Ojos del Salar. Que na verdade são duas crateras com água não tão salgada (não sei dizer se chega a ser doce), onde se pode mergulhar.

Ojos de Sal

Ojos de Sal

Ojos de Sal

Lembrando que nesse caso o corpo afunda e o buraco é fundo! Só entre se souber nadar… Eu deixei esse mergulho passar, só fiquei de olho no povo se jogando na água. Olha o pulo do Rafael, quase um salto ornamental.. ehhhhh…. maaaaiss ou meeenosss.. mais ou menosss…

salto-rafael

Confesso que não descobri a origem desses dois buracos enormes no meio do deserto. Se alguém tiver alguma teoria deixa um comentário aqui no post. Bom, depois de curtir um pouco por ali, voltamos para o carro e seguimos para nossa última parada do dia, a Laguna Tebinquinche. Quando cheguei lá achei que ia encontrar uma laguna como as outras, mas essa é na verdade um gigantesco lago de sal.

 Laguna Tebinquinche

Laguna Tebinquinche

Para quem não for esticar a viagem até o Salar do Uyuni, na Bolívia, essa é a chance de ter um gostinho do que ele oferece. Claro que em escala reduzida, mas mesmo assim muito bonito. A vista era linda e todo mundo tentava tirar fotos engraçadas… e eu pulando!

Laguna Tebinquinche

Laguna Tebinquinche

Durante o pôr do sol o pessoal da agência Ayllu serviu um lanche para o grupo. Tivemos a oportunidade de provar o pisco sour, uma bebida tradicional da região. Dizem que existem algumas versões desse tal Pisco, eu tenho esperança que sim, pois essa que provei achei horrível!! Hahaha, mas pode ser apenas um gosto pessoal meu… quando for, experimente!! (boa sorte)

Laguna Tebinquinche

Laguna Tebinquinche

O dia terminou assim… brindando no meio do deserto. Com o friozinho gostoso e a lembrança de tantos lugares lindos que ví nesse dia.

Quando embarcamos no carro de volta para San Pedro já era noite e as estrelas brilhavam no céu. Não teve um que não desmaiou de sono dentro do carro (só o motorista que ficou acordado, claro!).

Acordei chegando em San Pedro… Desejando um banho e uma cama!

Informações gerais sobre o passeio:

O passeio foi realizado com a Ayllu Expediciones. Veja informações sobre agências em San Pedro.

Valor do tour (atualizado 2015): $28.000 + $2.000 pesos chilenos para entrar na reserva onde estão as lagunas.

Dicas: Leve roupa de banho, bermuda reserva, protetor solar, óculos, chapéu/boné e pode ir de chinelo. Cuidado ao andar descalço ao redor da Laguna Cejar, o sal cristalizado por cortar o pé.

Acompanhe aqui os posts que já rolaram sobre o Deserto do Atacama:

San Pedro de Atacama, o ponto de partida para explorar o deserto.

Valle de la Luna e Valle de la Muerte.

Lagunas Altiplânicas e Salar do Atacama – Segundo Dia.

• Vai para o Chile? Faça sua reserva e garanta os melhores preços.

Read this post in English: Cejar Lagoon, Ojos Del Salar and Tebinquinche Lagoon

 

Mundo Aberto

Mundo Aberto é um projeto dos blogs The Way Travel e Um Viajante para explorar o mundo por mais de um olhar e detalhar cada experiência vivida nas expedições, de pontos turísticos e belezas naturais a informações sobre hospedagem, transporte, alimentação e dicas para aproveitar a viagem.

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

45 Comments

  1. Lays

    A cada postagem sua sobre o deserto do Atacama, mais empolgada e ansiosa eu fico para conhecer este lugar!
    Quanto ao pisco sour, tomei em Santiago e o de lá estava bem gostosinho! Tanto é que tomei todos os dias da minha viagem de uma semana, hahahaha. Mas com certeza cada lugar prepara de um jeito: uns com mais clara de ovo, outros com mais licor e assim vai.

    Tenho acompanhado o blog há cerda de dois meses e no dia que o descobri, peguei para ler ele inteiro! Acho a qualidade dos textos muito boa, o blog é bastante informativo! Parabéns e sucesso!

    Reply
    1. Robson

      Oi Lays, ahhh que legal receber um comentário como esse. Com certeza é o que dá força para continuar sempre com o blog!

      O Atacama é um lugar incrível…. não fica tão longe e tão diferente de tudo que conhecemos… uma experiência de vida incrível!!

      Fico super feliz que você está acompanhando o blog!!! Quero ver recados seus em outros posts também hein!!!

      Obrigadão!!! bjs

      Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Tamiles, tudo bom?? Obrigado!! Que bom que gostou

          Em mais já vai estar mais friozinho… mas acho que rola de visitar sim!!

          Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

          Reply
  2. Emerson

    Cara, que mistura de sensações.
    Deserto, sal, mergulho…
    Essa viagem ta mto fera…
    Com certeza ta na minha lista agora.
    Valeu mesmo pelas dicas.

    Reply
  3. Tatiani

    Robson,

    Adorei seu post sobre o Atacama. Estou com passagem comprada para janeiro, mas infelizmente só terei dois dias úteis. Estou pensando em fazer o passeio do salar de Atacama + Lagunas Altiplânicas + Laguna de Cejar em um único dia e no outro dia os geysers del tatio. O que você acha?

    Preciso dicas… rsrsrs

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Tati.. tudo bom? Então… aiii tempo curto hein?? O ideal é você conversar direto com a responsável da agência para ver o que ela recomenda… Aproveite e fale com a Flávia, da Ayllu Expediciones (diga que conheceu a agência no blog Um Viajante e ela te dá um desconto – Feche todos os passeios na mesma agência, assim você pode se programar melhor, já que seu tempo é mais curto…

      Ahhh, se o tempo estiver limpo, não deixe de fazer o tour astronômico… é um passeio incrível!!!!

      Reply
      1. Tatiani

        Olá Robson.Ta

        Muito obrigada pelo retorno.

        Você tem o @ dessa Flávia (ela fala português?…rsrsrs) Qria deixar as coisas mais ou menos esquematizadas para não perder muito tempo lá.

        Mais uma vez obrigada pelas dicas e parabéns pelo blog.

        Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Tati…. pode entrar em contato com o e-mail contacto@ayllu.cl – que é divulgado no site da agência. Envia aos cuidados da Flávia, ela é brasileira. Lembre de mencionar que você conheceu a agência no blog Um Viajante

          Ahh, deixa eu aproveitar e te dar uma dica, já que você está com viagem marcada… sobre o Seguro Viagem. Eu tenho uma parceria com a Mondial e você recebe 15% de desconto na contratação do seu seguro. Lembre de entrar no site da Mondial através dos links do blog, e acesse esse post para pegar o código de desconto: https://www.umviajante.com.br/guia-viajante/176-seguro-viagem-europa/

          Qualquer dúvida é só perguntar

          Reply
          1. Tatiani

            Robson,

            Muito obrigada pelas dicas. Reservei o Hostal Campo base…com banheiro compartilhado pq não tinha mais privativo….não gosto muito…vou acreditar na sua indicação.

            Valeu.

            Depois te conto como foi nossa experiência.

            Obrigada

  4. Cezar Cingano

    Olá, a informação que tive hj no passeio foi que as águas do ojo de salár vem através de túneis da condilheira do Andes por baixo da terra, onde a profundidade dos Lagos podem atingir 100 metros. Fonte: Guia Marcelo da agência LATCHIR.Um abraço.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Opa… valeu por compartilhar Cezar… nossa, 100 metros!?!?! Tem que saber nadar mesmo, não tem colete salva-vidas por lá não… Preferi ficar só olhando haha

      Reply
  5. Livia Macedo

    Oi Robson!

    Parabéns pelo Blog! Está muito bem organizado e explicou muito bem o que faltava pra completar o planejamento de minha viagem.

    Estou começando a escrever roteiros de viagem para montar o meu blog também e com certeza vou tirar algumas ideias do seu, pois ficou muito organizado!

    Abraço!

    Reply
    1. Livia Macedo

      Ah, esqueci de comentar…

      As fotos ficaram muito boas!! ótimo fotógrafo com uma câmera que deve ser de qualidade hauha

      Até!

      Reply
      1. Robson Franzói

        Ahhh muito obrigado…. Como fiz minha mãe: não é porque você tem uma panela boa que você vai ser um cheff de cozinha… Na fotografia é a mesma coisa… Obrigado então pela mensagem, fico super feliz quando vejo que os leitores gostam das fotos

        Reply
    2. Robson Franzói

      Oi Lívia.. que bom que gostou do blog, fico muito feliz em saber! Que legal que pensa em montar um blog, não é fácil cuidar e manter o blog… mas receber mensagens de tantos viajantes que se inspiram com os posts é muito gratificante, faz tudo valer a pena.

      Reply
    1. Robson Franzói

      Nossa Alexandre… que triste mesmo.. Um aumento meio absurdo, de cerca de 9 para quase 150 reais.. Vou tentar confirmar se isso está valendo e atualizo o post.

      Obrigado por compartilhar

      Reply
      1. Robson Franzói

        Alexandre.. confirmei com a agência e parece que teve muito bafafá por conta dessa história.. o preço sim, acabou subindo, mas foi para 15.000. Estou preparando um post geral sobre os gastos no Atacama. Fica de olho, deve entrar na semana que vem

        Abraço!!

        Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Brunno… beleza? Eu coloco a minha no modo time lapse e deixo ela tirando algumas fotos…. não uso o controle não… Qualquer dúvida dá um grito, grande abraço!!

      Reply
  6. Brunno

    Fala Róbson, blz?
    Cara, muito obrigado pela ajuda.

    Outra coisa, o post sobre os gastos no Atacama, você já fez? Gostaria de saber quanto levar já que pelo que vi os passeios são caros..ficarei 6 dias.

    Além disso, você poderia me indicar locais para comer em Santiago e alguns outros passeios ou locais para conhecer, que podem ser feitos fora os dos seus posts anteriores? Ficarei 4 dias lá.

    Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Brunno… vou tentar finalizar ele o quanto antes.. tem bastante gente pedindo…. Mas como voltei agora da viagem ainda to me organizando…

      Eu não conheço muuuuuitos lugares em Santiago… mas vá para o bairro Bellavista, lá tem o Pátio Bellavista e também vários restaurantes nas ruas… é o melhor lugar para comer na cidade.. Tente se hospedar por lá, pois é lindo!!

      Grande abraço, qualquer coisa dá um grito!!

      Reply
  7. andreia

    Oi Robson, vou para o Atacama em setembro e no dia que chegar lá terei a tarde livre. O que você acha de fazer o passeio para a Laguna Cejar no primeiro dia? Será que posso ter problema com a altitude ou esse passeio é tranquilo?
    Obrigada.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Andrea, tudo bom? Então, é legal ver se você vai ter ritmo pra fazer isso logo que chegar…. Eu acho que você poderia deixar essa tarde para conhecer San Pedro e fechar seus passeios pelo deserto… assim você faz as coisas com calma e recupera as energias que vai precisar nos próximos dias. O que você pode tentar fazer já no primeiro dia é Tour Astronômico ou talvez algum passeio de bike…. Fica aí a minha sugestão

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
  8. Graciele

    Robson, acabei de voltar do Atacama! Cheguei ao Rio há poucas horas e precisava vir aqui escrever pra você. Fiquei em Santiago por 5 dias e depois mais 5 em San Pedro! Tô encantada!!! Chorava todos os dias de emoção e só agradecia pela oportunidade de estar em um lugar mágico como aquele. Fiquei no Campo Base, conheci pessoas incríveis, Fechei os passeios com a Ayllu e tive como guias o Luis, o Danny e o Elias! Conheci a Flavia também, pois acabamos fazendo um lanche lá, porque não teve como fazer na Lagoa. Quando vi suas fotos, sabia que precisava conhecer aquele paraíso na Terra, e assim eu fiz !!! Saí de lá com o coração partido, chorava no ônibus de volta pra Calama… Vivi dias de sonho lá e certamente os guias da Ayllu fizeram a diferença!!! Valeu pelas dicas! Só não fiz o Salar de Tara porque a estrada ficou interditada por conta da neve e não tive tempo hábil pra reagendar já que eu iria embora no dia seguinte… Mas TUDO valeu a pena! Acabamos conhecendo o Valle do Arco Íris que também é incrível e acabamos almoçando à beira de um rio em um povoado quase fantasma… Não é o Machuca, não tô conseguindo me lembrar do nome agora… Rs. Mas foi maravilhoso!!! Fica aí mais um motivo pra eu voltar o quanto antes pra lá… Seus posts são bem completos e isso me ajudou bastante… Parabéns pelo trabalho!!! Beijãooo!!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Graci, tudo bom?? Nossa, você não sabe como me deixou feliz com seu comentário… É tão bom ler algo assim…. Saber que sua viagem deu certo, que as ficas foram boas… nossa.. difícil te dizer o quanto fiquei feliz com seu comentário. Muuuuuito obrigado mesmo, de verdade! Espero que continue sempre aqui, curtindo minhas aventuras e se inspirando para conhecer novos lugares. Um grande beijo

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Paula!! Hahahha então, na verdade a minha câmera faz fotos em sequência, aí depois eu junto elas e faço um GIF – dá pra fazer gif no PhotoShop ou em alguns sites por aí, de graça mesmo…

      Reply
  9. Kel

    Oi, Robson, suas dicas são ótimas! Estou planejando ir no final deste ano e tô aproveitando pra ler todos os seus post sobre o Atacama. Uma pergunta, qual câmera/lente você costuma usar nas suas fotos?

    Abraço!

    Reply
  10. José Lima

    Deserto do Atacama que me aguarde>>>>> Muito Ansioso… hehehehehe

    Sabe muito obrigado, suas dicas, experiências me ajudaram bastante a escolher meu roteiro a dedo.
    Setembro estarei lá com Fé em Deus !!!
    Vou passar por Santiago, Farellones, Vina del Mar, e Atacama. E foi tudo daqui que tirei meu roteiro.
    Grande abraço!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande José!! Que bom saber que o blog ajudou na sua viagem! Tenho certeza que será uma viagem incrível!! Aproveite muuuuito! Depois volta aqui pra me contar como foi

      Grande abraço!!

      Reply
  11. Andreia Linda e Maravilhosa

    Descobri seu site e estou achando que é obrigatório dar uma explorada nele antes de viajar pra o deserto do Atacama! Cada clique uma uma surpresa empolgante! Show!

    Reply
  12. Tatiana

    Oi Robson tudo bem?

    Sabe me dizer se as lagunas escondidas seria repetitivo em relação à Laguna cejar? Você chegou a conhecê-las? Estou na dúvida entre elas ou ir em ambas.

    Obrigada!

    Abs

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Tati, tudo bom?! As Lagunas Escondidas é bem diferente… é um passeio mais novo, pouco explorado… mas elas são lindas! Eu fiz com a agência Ayllu em junho desse ano, foi incrível!!!

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  13. Flavio

    Fala Robson,
    Bom, somos vizinhos de cidade já que moro em SJP. Sou um grande consumidor de blogs de viagem e devo dizer que o seu já me chamou a atenção logo de cara pela parte visual que é excelente, com uma boa distribuição de publicidade (não incomoda o leitor) e, principalmente, belas pelas fotos, além das informações relevantes que você dá. Realmente muito bem montado. Na verdade a dúvida que eu tinha no início era quais lentes e câmera você usou, mas você acabou falando das lentes no seu vídeo. Estou para comprar uma DSLR e já vi que vou ter que esperar para fazer essa viagem até o Atacama. Seria um desperdício fazer com minha atual câmera e o dólar subiu muito para eu ousar comprar uma agora, com as lentes e tudo mais vai sair uma paulada. Então basicamente passei para dar os parabéns. Já adicionei aos meus blogs favoritos (e olha que são poucos). A propósito, vi que tem paisagens muito bonitas para os lados de Parinacota. Talvez eu dê uma esticada até lá. Já ouviu falar?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Flavio, tudo bom? Que legal saber que curtiu o blog e favoritou… é uma honra pra mim estar na sua lista… de verdade. Esse reconhecimento é o que me dá muito alegria e motivação para continuar.

      Ainda não conheço Parinacota, vou dar uma pesquisada! Ahhhh, já que está em SJP, quando puder visite o Café do Viajante… um café que abri no Centro Cívico, quem sabe eu esteja por lá e tomamos um cappuccino juntos!

      Grande abraço e obrigado pela mensagem! Abraços!!

      Reply
  14. Rafael

    Cara, confesso que nem sei como vir parar no seu blog, mas cheguei por aqui e fiquei kkk. Estou programando uma viagem para o Chile em julho/2017 e estou me informando de tuuudo. Estou fascinado nos seus posts e curtindo muito cada dica. Parabéns !!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Valeuuuu Rafa!!! Espero que continue sempre por aqui…. tenho certeza que sua viagem será incrível.

      Se precisar de qualquer coisa me dá um grito!! Abraçoooooo!! Valeuuu

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *