Roteiro de 3 dias em Dubai: o que fazer, onde comer, preços e mais

Planejar o melhor roteiro de 3 dias em Dubai não é uma tarefa fácil, mas ter seus dias organizados irá proporcionar as melhores experiências e otimizar seu tempo. Veja aqui o que fazer em cada dia da viagem, quais atrações visitar, passeios, ingressos e quanto você vai gastar.

Quando falamos em uma viagem para Dubai, é muito comum que o destino esteja no roteiro como uma conexão ou stopover para outros lugares – como Maldivas ou países do Sudeste Asiático. O destino é, realmente, um excelente hub de conexão.

Além disso, a Emirates, principal companhia aérea que chega a Dubai, oferece facilidades para que você permaneça algum tempo na cidade – seja uma conexão de 1 dia ou mesmo um stopover prolongado.

Eu mesmo, sempre que viajei com a Emirates passando por Dubai, consegui aproveitar essas facilidades para conhecer um pouco mais da cidade. Já fiz tanto conexões de 24 horas, passando um dia inteiro na cidade, quanto stopovers de 3 diasque já considero um tempo legal para você conhecer os principais atrativos.

Roteiro 3 Dias em Dubai

Recentemente voltei para Dubai tendo a cidade como o meu principal destino. Foi a primeira vez que viajei até os Emirados Árabes sem que estivesse apenas de passagem para outro lugar. Além disso, foi o maior período que passei na cidade: 10 dias completos para explorar e conhecer Dubai com outros olhos.

Confesso que amei a experiência e, por conta dessa viagem, decidi iniciar um conteúdo especial de Dubai aqui no blog – para você que chegou agora, recomendo dar uma olhada nos posts que já estão no ar e podem ser super úteis para a sua viagem.

Quando me perguntam sobre o melhor roteiro de Dubai, o que é imperdível e, em especial, quantos dias ficar ficar em Dubai, sempre digo que 3 dias é tempo mínimo para uma viagem ideal. Dubai é um destino que se transforma constantemente e sempre aparece algo novo para você conhecer.

Roteiro de 3 Dias em Dubai

Por não ser uma opção de roteiro onde você terá tempo de sobra, é muito importante se planejar com antecedência e definir exatamente como será a sua programação. Com um roteiro de 3 dias em Dubai bem organizado, você conseguirá visitar os principais atrativos e aproveitar bem a cidade. Sem essa organização, os três dias, acredite, vão passar voando e você pode não dar conta de conhecer o básico do lugar.

Vale ressaltar ainda, claro, que o ritmo que você aproveita uma viagem é super pessoal. Enquanto alguns viajantes tentam fazer o máximo de coisas em pouco tempo, outros já preferem aproveitar os dias disponíveis para curtir o destino da melhor forma possível – mesmo que alguns passeios fiquem para outra oportunidade.

Hoje me encaixo muito no segundo perfil. Acredito que otimizar o tempo é, sim, muito importante. Mas é ainda mais importante que, o que vá fazer seja da melhor forma possível sem ter que correr ou ver um lugar apenas superficialmente. E é pensando dessa forma que vou ajudar a organizar o melhor roteiro de 3 dias em Dubai de acordo com o seu perfil e interesses de viagem.

Roteiro 3 dias em Dubai: o que fazer na viagem

Apesar de não ser muito tempo, explorar Dubai em 3 dias é super viável e pode render experiências incríveis na sua viagem. Mas, para que você realmente aproveite e otimize seu tempo, fazer um bom planejamento é essencial.

Como comentei, Dubai é um excelente hub de conexão para vários outros destinos. Levando isso em consideração, apesar de 3 dias ser um tempo legal, você não precisa conhecer tudo da cidade em uma única viagem. Eu mesmo, que cheguei em Dubai pela primeira vez em uma conexão, já tive a oportunidade de passar por lá mais de quatro vezes.

Pensando em um roteiro de 3 dias, o que você irá fazer em cada dia vai depender muito dos seus interesses e, também, de alguma oportunidade que tenha durante a viagem. Um exemplo nesse sentido, é a Expo 2020que tive a oportunidade de visitar na minha última viagem.

  • No roteiro que vou sugerir para você, não vou colocar a Expo 2020 dentro da programação pois esse é um evento datado e eu não sei exatamente quando será a sua viagem. Caso vá viajar a tempo de visitar a Expo, aí sim recomendo que você ajuste o roteiro para dois dias completos em Dubai + o terceiro dia para a Expo (ou até mesmo para um bate-volta para Abu Dhabi).

Considerando esses pontos, de maneira geral, vou abrir aqui um leque de opções que podemos levar em conta de início:

  • Opção A: 3 dias completos em Dubai
  • Opção B: 2 dias em Dubai + 1 dia para visitar a Expo 2020
  • Opção C: 2 dias em Dubai + 1 dia para Abu Dhabi
  • Opção D: 2 dias em Dubai + 1 dia para as crianças

Falando da primeira opção, que é a que vou detalhar aqui, você tem os 3 dias em Dubai para conhecer os principais atrativos da cidade. Uma opção perfeita para quem quer fazer a viagem com mais calma e aproveitar melhor cada dia dela.

Para as demais opções, vou passar um ajuste para acelerar um pouco os seus dois primeiros dias e assim, você teria o terceiro dia livre para uma opção extra: seja a Expo 2020, um dia em Abu Dhabi ou mesmo, para quem vai viajar para Dubai com crianças, aproveitar um dia no Parque Aquático Aquaventureque eu já tive a oportunidade de conhecer e é incrível!

Aquaventure Dubai - Parque Aquático

Com esse leque de opções vai ficar muito mais fácil organizar o dia a dia da sua viagem. Lembrando que todas as opções são apenas sugestões e você pode ajustar totalmente esse roteiro de acordo com os seus interesses e, também, com as atrações que podem surgir com o tempo em Dubai. Agora vamos ao dia a dia do roteiro!!

Roteiro 3 dias em Dubai: dia a dia da programação

Para o roteiro de 3 dias em Dubai, vou considerar que você vai seguir a Opção A que comentei acima: 3 dias de viagem completos na cidade. Vou considerar ainda que você chegou em Dubai no voo da noite e terá o primeiro dia da viagem começando pela manhã assim como o seu voo de partida será no quarto dia de viagem pela manhã, para que você tenha os 3 dias completos no destino.

E para ajudar ainda mais na sua organização e planejamento, vou comentar também sobre os ingressos, meio de transporte, onde ficar e, para finalizar, preparei um mapa com os pontos desse roteiro. Aproveite o menu abaixo para navegar pelo conteúdo e ir diretamente ao ponto de interesse:

Dia 1: Souks, Al Seef, Frame e Burj Khalifa

Para o primeiro dia do roteiro, vamos começar bem cedo. Recomendo que você tome seu café da manhã por volta das 7h, para que consiga terminar e chegar na região do Deira, onde ficam os souks, perto das 9h da manhãque é o horário em que as lojas estão abrindo.

Mercados Antigos de Dubai
  • É importante levar em consideração o tempo de deslocamento do seu hotel até essa região. Na minha última viagem, por exemplo, um dos hotéis que fiquei em Dubai foi o Al Seef Heritage by Hilton, que fica super perto e nem precisa de transporte público – apenas peguei um barco para atravessar o creek e já cheguei na região dos mercados.
  • No caso do Mercure, que foi outro hotel que fiquei em Dubai, levei aproximadamente 50 minutos de metrô para chegar aos souks. Pegando a Linha Vermelha, tive que descer na estação Burjuman e fazer a baldeação para a Linha Verde, seguindo depois até a estação Al Ras a mais próxima dos souks.

Gold e Spice Souk: Mercado do Ouro e Mercado das Especiarias

Recomendo muito que você comece seu roteiro por essa região mais antiga de Dubai. Tanto essa área da Deira, onde ficam os souks, quanto o outro lado do rio – Al Fahidi – são lugares que representam a história antiga de cidade.

Mercados Antigos - Roteiro Dubai

Chegar aos mercados perto das 9 horas da manhã é uma boa sacada para você aproveitar os souks com mais calma. Você vai perceber que o movimento vai aumentando e, com isso, os vendedores também ficam mais insistentes – chegar cedo vai te dar um pouco mais de tranquilidade para passear pelos mercados.

Ainda assim, é importante ir com paciência e bom humor para brincar com os vendedores que reconhecem brasileiros a 5km de distância. Enquanto você anda, eles vão dizendo:

“Brasileiro?? Tudo bom? Tudo bom?? Aqui é bom, bonito e barato!! Shakira Maria…. Brasileiro é muito pão duro, e por aí vai…”

Como você vai perceber, cada souk é focado em um tipo de produto: assim como o Gold Souk é repleto de lojas com joias em ouro, no Spice Souk você encontra todo tipo de temperos. Também existem as ruas que vendem tecidos, outras que vendem panelas e outras repletas de bugigangas. Se tiver tempo, aproveite para se perder pelas ruelas dos souks e descobrir tudo o que está escondido por ali.

Mas a dica que você não pode deixar de usar: pechinche!! Muito!! Os árabes gostam de negociar e são os mestres em fazer isso. Algo que custa 150 dirhams pode sair por 40 e você ainda vai ficar na dúvida se não poderia ter ido mais longe.

Cruze o Dubai Creek em uma abra

Depois de desbravar os mercados antigos de Dubai, chegou a hora de cruzar o Dubai Creek da forma mais tradicional possível: embarcando em uma abra. Marque no seu mapa a Deira Old Souk Abra Station, para você encontrar depois dos mercados.

Cruze o Dubai Creek em uma abra
  • As abras são embarcações de madeira super antigas e que permanecem como o principal transporte para cruzar o rio. A travessia custa apenas 1 dirham (pouco menos de 2 reais) para embarcar junto com os locais que usam o transporte – também é possível negociar um transporte privativo, mas o melhor é fazer da forma tradicional.

A travessia, apesar de durar poucos minutos, vai te mostrar Dubai em um ângulo diferente. Aproveite esse tempo para curtir e admirar a região. Na última vez que passei pelo Creek, inclusive, foi o horário da reza dos muçulmanos, quando todas as mesquitas tocam uma música, e foi quando eu realmente me senti no Oriente Médio.

Al Fahidi, Al Seef e o Museu de Dubai

Após atravessar o Dubai Creek, você estará em Al Fahidie aqui terá algumas opções que vão depender da sua disposição. Essa é uma das áreas mais antigas de Dubai e onde vivem muitos imigrantes. É aqui também que fica o Museu de Dubai, um atrativo imperdível para sua viagem que você pode conhecer logo após o almoço.

  • Infelizmente, por conta da pandemia, quando visitei Dubai pela última vez, o museu estava fechado. Apesar de já ter conhecido em minha primeira visita à cidade, gostaria de ter entrado novamente. Verifique se estará aberto na sua viagem e, se estiver, não deixe de fora da programação.
Al Seef Dubai

Como estará no horário do almoço, essa é a hora em que você vai estar sonhando em parar para comer em algum lugar. Aqui vou te dar duas opções: uma se estiver com mais tempo e outra se estiver com pouco tempo.

Caso você tenha mais tempo, recomendo muito que você vá até o Al Fahidi Historical District. Nesse espaço cultural, eles servem um almoço típico árabe: você vai comer com um grupo de pessoas, todos sentados no chão e apenas com pratos mais típicos da cultura árabe.

Toda a experiência é guiada por dois anfitriões. Eles vão explicar as tradições e os costumes, não só em relação a comida, mas também a vida em Dubai. É realmente muito interessante pois eles, após o almoço, abrem a possibilidade para perguntas e um bate-papo sobre a cultura – achei a experiência incrível.

Esse almoço custa cerca de AED 160 dirhams, o que dá, dependendo da cotação atual, aproximadamente, $ 60 dólares. Pra quem busca mais informações sobre a cultura dessa região e quer realmente viver uma experiência diferente, recomendo demais. O almoço pode ser reservado diretamente no GetYourGuide.

Vale a pena também passear pelo Al Fahidi Historical District e observar tudo o que ele guarda e conta a história de Dubai – ali fica também o Coffee Museu, que eu queria muito ter visitado.

Se você não tiver muito tempo, minha sugestão é seguir direto para o passeio pelo Al Seefonde vai ter várias opções de lugares para almoçaralém de ser lindo para fazer fotos.

Al Seef é um bairro de Dubai e um dos mais recentes atrativos turísticos da cidade. As construções de arenito, onde torres de vento se espalham pelos telhados, nos permitem viajar no tempo e nos sentir dentro de um cenário de filme.

É nesse espaço, inclusive, que fica uma loja da Starbucks que viralizou um tempo atrás nas redes sociais por ter uma arquitetura totalmente diferenciada – vale a pena passar lá para fazer algumas fotos.

Já para o almoço, minha sugestão é o Khofo Restaurantele fica de frente para o Dubai Creek e tem um deck delicioso para você curtir o visual da região. Caso esteja muito quente na época da sua viagem, eles também têm uma área interna com ar condicionado.

Dubai Frame

Depois de ter visitado o Museu de Dubai e terminado o seu passeio por Al Seef, minha sugestão é seguir para o Dubai Frameque não só é um dos principais atrativos de Dubai como também a maior moldura já construída no mundo.

Dubai Frame

Para chegar ao Dubai Frame, você deve pegar o metrô e descer na estação Al Jafiliya ou ADCB. Infelizmente, nenhuma delas está tão próxima do atrativo – e caminhar em Dubai não é uma opção tão fácil e, posso dizer, que chega a ser impossível em algumas épocas do ano.

A melhor alternativa, na minha opinião, é usar um táxi/Ubere é por isso que esse é melhor momento de visitar o Dubai Frame. O percurso de carro, saindo do Al Seef, é de aproximadamente 3kmvocê vai levar menos de 10 minutos para chegar lá.

  • Dica: veja o no aplicativo Uber, mas é possível que a corrida de táxi, por ser perto, saia mais barata do que o Uber. Vale a pena fazer o teste.

O Dubai Frame é um atrativo que realmente impressiona. Com 150 metros de altura e uma estrutura dourada que brilha a quilômetros de distância, é impossível não ficar de boca aberta ao chegar perto dele.

Mesmo que você não tenha tempo para entrar, a visita pelo lado externo já é incrível. Mas, se conseguir encaixar na programação, super recomendo que você faça a visita completa. Lá dentro, um elevador panorâmico irá te levar ao topo do Frame e você poderá caminhar por um piso de vidro a 150 metros de alturaé sensacional!

  • A entrada para o Dubai Frame custa AED 50 dirhams por pessoa. Crianças de 3 a 12 anos pagam AED 20 dirhams e menores de 3 não pagam para entrar.

Fonte de Dubai: Burj Khalifa e Dubai Mall

O seu primeiro dia de viagem não poderia deixar de fora uma visita ao principal atrativo de Dubai, o Burj Khalifa: com 828 metros de altura, o edifício reina soberano no skyline de Dubai e segue, até hoje, como o prédio mais alto do mundo.

Fonte de Dubai: Burj Khalifa e Dubai Mall

Para chegar lá, saindo do The Frame, a opção mais barata é pegar um táxi até a estação de metrô Al Jafiliya e, de lá, seguir direto até a estação Burj Khalifa/Dubai Mall. Aproveite para ficar atento ao lado esquerdo do metrô e observe a arquitetura incrível do Museu do Futurocaso já tenha inaugurado, pode ser uma ótima pedida para incluir na sua programação.

  • Dica: por ter muitos passeios externos e que exigem caminhadas, somados ao calor de Dubai, é possível que você já esteja esgotado nessa hora do dia. Dependendo de onde for o seu hotel, se não consumir muito tempo de deslocamento, uma passada para um banho pode ser uma ótima pedida antes de seguir para o Burj Khalifa/Dubai Mall – onde você vai jantar nesse dia. 

A minha sugestão é que você aproveite o final do seu primeiro dia do roteiro da melhor forma possível, por isso não vou colocar o At The Topque é o mirante do Burj Khalifa – nesse primeiro dia. 

A ideia principal desse primeiro dia é conhecer a área externa do Dubai Mall, ver toda grandiosidade do Burj Khalifa por fora e jantar, se possível, com vista para a fonte e para o maior prédio do mundo.

  • Dica: vale lembrar que as apresentações da Fonte de Dubai começam às 18h30 e seguem a cada 30 minutos até às 23h. Em cada apresentação a música muda, por isso é sempre um show diferente que você pode assistir – e é lindíssimo.

Para você ter uma experiência completa, recomendo muito que faça o passeio de barco na fonteapesar de ser algo que eu sempre deixei passar, depois de fazer nessa última viagem eu simplesmente amei o passeio.

Os barcos começam o passeio pela fonte sempre uns 15 minutos antes de cada apresentação das águas dançantes. Você vai percorrer boa parte da fonte, que é bem grande, depois irá parar para assistir ao show do barco – e a dica é sentar no lado direito, onde você vai ter a melhor visão para fonte.

Eu comprei o ingresso para o passeio de barco direto no site da GetYourGuide, que é um sistema super seguro para você comprar todos os seus passeios e atrativos de Dubai. Bastar chegar no Dubai Mall, ir até a bilheteria do At The Top e trocar o seu ingresso – com ele comprado antecipadamente você não precisa pegar a longa fila de compra, então isso ajuda muito!

Aproveite o passeio de barco, depois caminhe por essa área externa com vista para o Burj Khalifa. Não deixe de reparar na Ópera de Dubai que é linda e tem um lustre maravilhoso – que pode ser visto de longe.

Para o jantar desse primeiro dia, existem vários restaurantes ao redor da Fonte de Dubai. Vou dar uma sugestão para quem quer algo mais descolado: o Time Out Dubai. Ao sair do Dubai Mall, basta cruzar a ponte principal da fonte e você vai estar de frente para a entrada do Time Out Dubaibasta entrar e subir as escadas para acessar.

  • O Time Out é um espaço super famoso e que existe em várias cidades do mundo. Funciona como uma praça de alimentação, com várias opções de restaurantes e bares – lembrando que bebidas alcoólicas têm um preço surreal em Dubai. Você vai receber um cartão onde pode creditar seus dirhams para usar nos restaurantes.

Sugestão: eu comi uma burrata no restaurante indiano MASTI que foi a melhor que já comi na vida!  O molho com curry e frango que acompanhou me dá água na boca só de lembrar – sem falar no pão enorme que acompanha o prato. Serve tranquilamente duas pessoas e o preço é ótimo! Se pedir uma porção de arroz para acompanhar, fica ainda mais perfeito.

Dia 2: Palm Jumeirah, Dubai Marina e Ain Dubai

Um dos principais cartões postais de Dubai é a incrível Palm Jumeirah: a ilha artificial construída em formato de palmeira. Apesar de ser um dos pontos mais famosos da cidade, ver a ilha em si e todo seu desenho não é uma das tarefas mais fáceis, por isso o começo do segundo dia do roteiro vai depender do quanto de aventura você quer na viagem.

Caso queira viver uma das maiores aventuras da sua vida em Dubai, o salto de paraquedas sobre a Palm Jumeirah pode ser, acredite, o ponto alto da sua viagem. Eu falo por experiência própria: sempre tive vontade de saltar de paraquedas e realizei esse sonho em Dubai na minha primeira viagem aos Emirados Árabes.

  • O Skydive Dubai é, sem dúvidas, um dos saltos de paraquedas mais famosos do mundo e tem tudo para ser a estrela do seu roteiro. Esse foi o meu primeiro e, até hoje, único salto que fiz na vida – então não existe desculpa para não viver essa aventura pela primeira vez em Dubai. Quem já saltou em outros lugares, claro, nem precisa ser convencido a cogitar essa experiência.

Mas, caso você realmente não tenha interesse em se jogar de um avião em movimento e voar em queda livre sobre a ilha mais famosa do mundo, pode ficar tranquilo que existe uma alternativa bem mais sossegado e que é uma super novidade em Dubai: o The View At The Palm.

The View At The Palm

Ver a ilha em formato de palmeira sempre foi o desejo de muitos viajantes que chegavam em Dubai. A questão é que essa vista privilegiada não era acessível a todos, até que, finalmente, foi inaugurado um mirante sensacional onde você terá uma visão 360º de Dubai e, claro, da ilha mais famosa dos Emirados Árabes.

Localizado na base da palmeira, o The View At The Palm está no 52º andar do edifício The Palm Tower. A 240 metros de altura, bem de frente para a ilha, esse é o melhor lugar para você ver toda a magnitude dessa obra que, até hoje, deixa pessoas do mundo inteiro de boca aberta.

Eu visitei esse observatório no final da tarde, durante o pôr do sol. Porém, no caso desse roteiro, priorizei o pôr do sol na nova roda gigante de Dubaicaso você preferir inverter a sequência dos passeios, fique à vontade.

  • O The View At The Palm abre, na maior parte do ano, às 10h da manhã. Eu recomendo que você chegue no primeiro horário para ter menos movimento e aproveitar mais o seu dia. O ingresso custa AED 100 dirhams por pessoa e você pode comprar com desconto, em dólares, no Viator.

Depois de visitar o mirante, ou se jogar de paraquedas, uma boa alternativa nessa região é o Madinat Jumeirah Souk. Apesar de ter outros shoppings na programação, esse é um espaço diferenciado e que vai render ótimas experiências – além de ser uma boa pedida para uma pausa no almoço.

O Madinat Jumeirah Souk é um shopping totalmente temático e inspirado nos mercados antigos de Dubai. A arquitetura do shopping e das lojas é lindíssima, com um teto de madeira e vários pontos que rendem ótimas fotos.

Vale destacar ainda que ali você tem uma vista privilegiada para o Burj Al Arab, outro prédio que é um ícone de Dubai: com formato de uma embarcação à vela, é considerado até hoje como o único hotel 7 estrelas do mundo.

Quantos dias ficar em Dubai - Emirados Árabes

Dubai Marina e pôr do sol na Roda Gigante de Dubai

Depois do almoço no Madinat Jumeirah Souk, a próxima parada do roteiro é a famosa região da Dubai Marinaonde você vai ver vários prédios famosos e passear entre iates e embarcações luxuosíssimas.

Dubai Marina
  • A Marina de Dubai é uma das mais famosas do mundo e vale a pena incluir no seu roteiro. Se tiver tempo sobrando na viagem, vale, inclusive, programar um passeio de barco ou até de jetski para ter uma outra perspectiva da cidade.

Por fim, depois de caminhar pela Marina, vamos seguir para um dos mais novos e incríveis atrativos de Dubai: com 250 metros de altura, a Ain Dubai se tornou a maior roda girante do mundo.

Ain Dubai - Maior Roda Gigante do Mundo

Eu tive a oportunidade dar uma volta na Ain Dubai e garanto que é mais uma experiência incrível para sua viagem. As cabines são enormes e a vista lá do alto é simplesmente de tirar o fôlego – mesmo para quem já visitou outras rodas gigantes, garanto que nada se compara a essa de Dubai.

  • Importante: organizei a sequência dos passeios desse roteiro de 3 dias em Dubai levando em consideração os atrativos que mereciam estar no horário do pôr do sol. O The View At The Palm também seria interessante nesse horário, porém, entre escolher o Mirante e a roda gigante, eu acho melhor ter a roda gigante no final o dia.
  • Dica: para aproveitar e conseguir ver o pôr do sol na roda gigante, é importante chegar lá com um pouco de antecedência. Como a fila é grande, o ideal é já ter o seu ingresso comprado antes e chegar lá com tempo de folga.

A minha visita na Ain Dubai foi durante a noite e e achei incrível ver a cidade iluminada. Independente do horário, garanto que vale a pena incluir a experiência no seu roteiro de 3 dias em Dubai.

O valor do ingresso para a Roda Gigante de Dubai vai depender do horário que você pretende fazer a visita. Os ingressos partem de AED 130 dirhams e chegam a AED 250 dirhams. Você também pode comprar seu ingresso diretamente no GetYourGuide.

The Pointe – Show da nova fonte

Para fechar o segundo dia de viagem, vamos até o The Pointeque fica dentro da Palm Jumeirah. Esse também é um espaço novo, onde você tem várias opções de restaurantes e uma vista privilegiada para o Atlantiso hotel mais emblemático que fica no topo da palmeira.

Fechar o seu dia no The Pointe tem outro ponto super positivo: lá também existe uma apresentação de águas dançantes, no estilo da que você viu no Burj Khalifa. Mas, acredite, essa do The Pointe superou a fonte do Burj Khalifa e tem, registrado no Guiness, o record de maior fonte com show de águas do mundo.

  • Com isso, Dubai tem não apenas um, mas os dois maiores shows de águas dançantes do mundo – por isso vale super a pena visitar o The Pointe à noite.
  • Dica: nada de esticar muito sua noite pois seu último dia de viagem começa antes do nascer do sol.

Dia 3: Voo de Balão, Shoppings e At The Top

Pra quem tem 3 dias em Dubai, eu não tinha como não recomendar o incrível voo de balão sobre o deserto. Vivi essa experiência na minha última viagem e foi simplesmente sensacional.

A equipe do balão cuida de todos os detalhes, incluindo o transporte de ida e volta do seu hotel até a área de voo. No passeio que eu fiz, além de voo de balão, fizemos um passeio de Land Rover pelo deserto e tiver um café da manhã temático: tudo perfeito!

Confesso que já fiz outros voos de balão, em outras partes do mundo, e achei a experiência em Dubai incrível. O deserto de lá é lindo e acho que enriquece muito a viagem. Sei que esse, claro, não é um passeio barato – ainda mais dependendo da cotação do dólar e da nossa moeda como está. Porém, se você tiver condições, eu recomendo de verdade!

Café da Manhã no Deserto de Dubai
Café da Manhã no Deserto de Dubai

Existem alguns opções de voos de balão disponíveis em Dubai e os valores iniciam perto dos AED 1.300 dirhams e, dependendo dos adicionais, pode ficar mais caro. Vou deixar um link de uma ótima opção, super bem avaliada, no GetYourGuide.

Retornando a Dubai, você deve estar na cidade por volta das 11 horas da manhãtalvez até um pouco antes. Nesse caso vou deixar algumas opções para você decidir – conforme estiver a sua disposição nesse último dia.

Mall of The Emirates

O Mall of The Emirates é um shopping muito famoso de Dubai e, confesso, o meu favorito. Apesar de ser menor que o Dubai Mall, acho o Mall of The Emirates mais bonito e mais gostoso de passear e fazer algumas compras.

Mall of the Emirates - Shopping Dubai
  • Dica: no Mall of The Emirates fica a maior pista de patinação indoor do mundo. Mesmo que você não vá acessar a pista, vale a pena passar lá perto para dar uma olhada.

Seu almoço desse dia pode ser ali no Mall of The Emiratesexistem vários restaurantes muito bons, incluindo o Din Tai Fung que é o meu favorito na Ásia.

Depois de visitar o Mall of The Emirates você pode pegar o metrô e seguir para o Dubai Mall, sua última parada do dia. Dessa vez, não apenas para ver o Burj Khalifa, mas para visitar o mirante mais alto do mundo.

Dubai Mall: At The Top – Burj Khalifa

Eu não coloquei o At The Top no primeiro dia de viagem pois o ideal, na minha opinião, é que você suba enquanto ainda está de dia – o que seria muito corrido no primeiro dia da viagem.

Apesar de o horário do pôr do sol ser o mais famoso no At The Top, eu acho o movimento de pessoas descontrolado. Fica muito cheio e é até um pouco difícil de aproveitar a vista e fazer fotos da cidade.

A melhor dica é chegar mais cedo, subir e aproveitar com calma. Caso você tenha disposição, vale a pena esperar anoitecer lá no alto – assim você terá tanto a vista durante o dia quanto à noite, com as luzes iluminando a cidade.

At The Top - Burj Khalifa

E assim você fecha o seu roteiro de 3 dias em Dubai de uma forma que, na minha opinião, terá aproveitado tudo de melhor que a cidade tem para oferecer. 

2 dias em Dubai e o terceiro dia alternativo

Como eu comentei lá no começo, você pode ajustar o seu roteiro para 2 dias em Dubai e um terceiro dia mais alternativo. Vou comentar um pouco sobre essas opções:

Dia para visitar a Expo Dubai 2020

Caso você faça a viagem enquanto ainda estiver rolando a Expo Dubai 2020, eu recomendo muito que você tire um dia completo da sua programação para dedicar a exposição. Eu fiz essa visita é uma experiência realmente sensacional.

  • Dica: se você chegou em Dubai voando Emirates, pode acessar o site da companhia aérea para pegar ingressos de cortesia para visitar a Expo 2020. Vale super a pena!

Dia para um bate e volta para Abu Dhabi

Conhecer a Mesquita de Abu Dhabi era um sonho que eu tinha e pude realizar na minha última viagem. Como tive que fazer a viagem de bate-volta em um dia e estava sozinho, a melhor alternativa que encontrei foi o passeio guiado.

Fiz a compra do tour direto no GetYourGuide e achei o passeio ótimo. O guia explicava cada detalhe, enriquecendo muito a experiência do passeio. Em um dia consegui visitar, além da Mesquita, o Palácio Presidencial e o Emirates Palace, que é o hotel mais famoso dos Emirados Árabes.

Você pode fechar seu tour direto nesse link, o mesmo que eu fiz, e, além de ter uma ótima experiência, vai contribuir com o blog – sem gastar nada a mais com isso.

Dia para curtir Dubai com crianças

Caso esteja viajando com crianças, que tal aproveitar um dia da viagem para curtir um dos mais famosos parques aquáticos do mundo? Claro que esse não é um passeio exclusivo para crianças – eu mesmo incluí esse atrativo na minha primeira viagem para Dubai e ameei passar o dia por lá.

O Aquaventure Waterpark fica junto ao Atlantis, na Palm Jumeirah. O parque é incrível e tem desde piscinas exclusivas para os pequenos, quanto opções mais radicais para quem curte aventura – vai ser um dia de diversão garantida.

  • Dica: é possível, inclusive, começar o dia fazendo o passeio de balão, como eu sugeri no terceiro dia do roteiro, e seguir para o Aquaventure para passar o dia por lá. Nesse caso você vai, provavelmente, chegar mais tarde para subir ao At The Top – já que não valeria a pena sair antes do parque aquático.

Ingressos e preços

Para que você tenha uma ideia dos custos desse roteiro, preparei uma tabela com tudo o que mencionei nessa programação. Obviamente você não precisa fazer tudo que está nessa lista, é apenas para ficar mais fácil de selecionar e escolher o que fazer na sua programação.

Almoço típicoAED 160 dirhamsReserve aqui
Dubai FrameAED 50 dirhamsReserve aqui
Passeio de barco na fonteAED 80 dirhamsReserve aqui
The View at the PalmAED 100 dirhamsReserve aqui
Roda Gigante Ain DubaiAED 130 a AED 250Reserve aqui
Vôo de Balão no desertoAED 1.300 dirhamsReserve aqui
At The Top – Burj KhalifaAED 154 dirhamsReserve aqui
DayTour para Abu DhabiAED 400 dirhamsReserve aqui
Aquaventure Park AquáticoAED 269 dirhamsReserve aqui

Onde ficar em Dubai: 3 hotéis selecionados

Por fim, para fechar esse super guia de viagem para Dubai, quero recomendar três hotéis que já fiquei na cidade e posso indicar com segurança para a sua estadia:

Al Seef Heritage by Hilton

Esse é um hotel mais temático e que oferece uma ótima experiência. A estrutura do Al Seef Heritage Hotel é linda e os quartos são super confortáveis. O único ponto negativo é que não tem piscina e a estação de metrô não fica tão próxima quanto os outros hotéis. Veja aqui minha avaliação detalhada do hotel.


Ibis World Trade Centre

O Ibis World Trade Centre é um achado em Dubai. A localização é ótima e a estrutura do hotel é muito boa. Também me hospedei nele e só tenho elogios. Fica ao lado de uma estação de metrô e bem próximo ao Museu do Futuro. Super recomendo!


Mercure Dubai Barsha

O Mercure Dubai Barsha foi outro achado em Dubai e onde tiver uma das minhas melhores estadias na cidade. Além de ter conseguido um preço super especial pelo Booking.com, ainda recebi um upgrade de quarto gratuito quando cheguei – maravilhoso!

O hotel fica grudado na estação Internet City, então é muito fácil sair dele para ir para qualquer lugar na cidade. Os quartos mais altos têm uma vista incrível, sem falar que você tem uma cafeteria ótima dentro do hotel e até um mini mercado – que me salvou na viagem! Recomendo muito!

  • Preciso destacar, como sempre comento, a minha indicação para você reservar sua estadia no Booking.com. Além de ser um dos sistemas de reservas mais seguros e recomendados no mundo, você garante sua reserva com segurança e ainda ajuda o blog – sem gastar nada a mais com isso.

Mapa de Dubai para esse roteiro

Para ficar ainda mais fácil de organizar a viagem, preparei um mapa com todos os pontos desse roteiro. Assim você consegue visualizar a cidade e entender melhor como os atrativos estão distribuídos em cada dia. Veja o mapa:


Seguro Viagem para Dubai com desconto

É imprescindível que você só viaje para fora do Brasil com um Seguro Viagem com cobertura para Covid-19. Independente do destino e da obrigatoriedade, a questão de Seguro Viagem se tornou um ponto ainda mais importante desde o início da pandemia.

Eu recomendo duas opções para você: o seguro da Allianz, que foi um dos primeiros a incluir a cobertura de Covid, e também o sistema do Seguros Promo para quem quer fazer uma cotação e encontrar os melhores preços.

Nas duas empresas eu consigo um desconto especial para você que é leitor do blog. Basta acessar os sites através dos links do blog e você verá o desconto disponível. 


Guarde esse post no seu Pinterest!

Curtiu o melhor roteiro de 3 dias em Dubai? Pine uma dessas imagens e guarde esse post na sua coleção do Pinterest! Aproveite e me acompanhe por lá também, basta seguir a conta Um Viajante nesse link.

Se você tiver dúvidas sobre Dubai ou sobre o roteiro, fique à vontade para deixar uma mensagem nos comentários. Espero que esse conteúdo ajude no seu planejamento de viagem!

Escrito por

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.