Maya Bay, como é dormir na praia mais famosa da Tailândia

Já imaginou dormir na praia mais desejada da Tailândia? Maya Bay, o paraíso que foi cenário do filme A Praia, com Leonardo DiCaprio, atrai viajantes de todas as partes do mundo.

Pense em uma praia dos sonhos, que parece um paraíso desenhado à mão por um artista apaixonado pelo mundo… Uma praia com águas coloridas, onde diferentes tons de verde se misturam e enchem nossos olhos… Uma praia escondida em uma ilha, cercada por paredões rochosos que transformam o lugar em um refúgio secreto… assim já foi Maya Bay, pelo menos antes do filme A Praia.

Maya Bay, Tailândia

O filme lançado no ano 2000, estrelado por Leonardo DiCaprio, Virginie Ledoyen e Guillaume Canet, exibiu Maya Bay para o mundo… e hoje o mundo todo quer conhecer esse paraíso.

A grande fama tem seu lado bom e seu lado ruim. A praia ficou tão famosa que existem horários que é difícil arrumar um espaço na areia, tamanha é a quantidade de pessoas que chegam por lá – pode acreditar, até congestionamento de barcos para chegar na praia acontece.

De qualquer forma ainda existem opções para você ter o gostinho de ter a praia totalmente para você. Uma delas é contratar um passeio privativo e combinar com o barqueiro um horário alternativo, antes da grande muvuca de barcos chegar por lá. Outra opção é o Sleep Aboard, um único barco que tem autorização de passar a noite em Maya Baye é essa experiência que eu vou compartilhar com você nesse post.

Viagem de Railay para Phi Phi Island

Depois de dias incríveis em Railay, eu segui minha viagem pelas praias da Tailândia, dessa vez rumo a Phi Phi Islanduma das ilhas mais famosas e visitadas do sul do país.

A viagem de Railay até Phi Phi dura pouco menos de duas horas e é bem tranquila. Às 9h45 eu peguei um long tail que me levou até um barco maior – que é o que faz viagem. O long tail + o ferry fazem parte de um mesmo ticket – você pode ver mais informações sobre horários e preços dos barcos da Tailândia nesse post.

* * * * *

Cheguei no Pier de Phi Phi às 11h30 da manhã, acompanhado da Mari e do Diogo. Ah, e foi graças a eles que eu decidi comprar o ticket do Sleep Aboard e passar essa noite em Maya Bay

Phi Phi Pier, Tailândia

Eu não estava muito animado em fazer esse passeio sozinho, mas com a companhia deles a história mudou… felizmente!

Sleep Aboard, dormindo em Maya Bay

Esse passeio sai do píer principal de Phi Phi às 15h, mas antes disso você precisa ir até a agência que oferece o passeio para fazer o seu cadastro e deixar as suas coisas – sim, se você estiver com uma mala grande ou mochilão, vai ter que deixar ele guardado nessa agência enquanto faz o passeio, por isso é importante levar um cadeado e deixar sua mala fechada.

Andar pelo centrinho de Phi Phi no começo parece super confuso, mesmo com mapa é fácil se perder. Nesse mapa eu sinalizei o local onde você vai deixar suas coisas.

Mapa Phi Phi, Tailândia

O horário marcado para o grupo se encontrar no píer é às 14h45 – mas é bom chegar um pouco antes disso.

Quando chegamos no barco vimos que a parada era bem roots, nada de conforto por ali. A proposta do passeio é diversão, praia e diversão.

Estávamos em cerda de 35 pessoas no barco, incluindo os guias. Era um grupo bem jovem, uma galera animada, festeira e que só queria curtir o passeio e beber umas biritas

Beber umas biritas...

Eu, a Mari e o Diogo éramos os mais de boa no barco – só curtindo a paisagem e dando risada do povo doido do grupo.

Primeira parada do passeio: Viking Cave

Depois de uns 30 minutos navegando chegamos na primeira parada do passeio, a Viking Cave.

Viking Cave, Phi Phi - Tailândia

Um caverna que mais parecia a morada de um pirata aposentado ou de um homem das cavernas

Viking Cave, Phi Phi - Tailândia

Vai dizer que não dá pra imaginar o Jack Sparrow saltitando por essas pedras!?!?!

Não dá não

Infelizmente já não é mais possível visitar a caverna, então essa pausa é apenas para fotos. De qualquer forma é algo legal, a caverna se destaca e chama bastante atenção.

Segunda parada do passeio: Phi Leh Bay

Mais alguns minutos navegando e então chegamos em Phi Leh Bay, uma área perfeita para mergulho e snorkelling.

Phi Leh Bay

Pense em uma água cristalina e cheia de peixes. Foi o melhor lugar que mergulhei nessa viagem.

Fotos dos peixes?!?! Vou ficar devendo de novo pois o cartão da minha GoPRO, como eu já contei antes, sumiu… nem São Longuinho conseguiu me ajudar a encontrar

O que posso dizer é que foi incrível!! Consegui ver peixes de diversas cores, alguns até vinham dar umas bicadinhas na gente rsrs

No fundo haviam muitos ouriços – alguns bem grandes inclusive, então é preciso ter cuidado.

Eu já comentei em outro post, mas não custa repetir: como essa área não é muito profunda, é muuuito comum rolar acidentes com ouriços – a pessoa se distrai e acabai pisando em algum deles. Além dos espinhos enfiados no pé, o ouriço tem veneno e alguns pessoas passam muito mal.

Em casos como esses é super importante procurar um médio, por isso não dá pra viajar pra lá sem um Seguro Viagem. Em breve vou fazer um post bem detalhado sobre o seguro viagem na Tailândia, mas se você já estiver com viagem marcada e quiser contratar seu seguro com um desconto maneiro, dá uma olhada nesse post.

Enfim, chegando em Maya Bay

Depois da pausa para mergulho, voltamos para o barco e fomos direto para Maya Bay.

Maya Bay, Tailândia

Sério, é difícil descrever o lugar quando se chega lá pela primeira vez. A praia é realmente muito linda!

Quando chegamos, os últimos barcos já estavam deixando a praia. Não demorou muito para sermos os únicos na ilha – experiência surreal!

Maya Bay, Tailândia

Por conta do filme, eu achava que a ilha fosse maior. Mas na verdade é bem pequena, inclusive a trilha que leva até o outro lado é super rápida.

Alguns pessoas até mergulharam no outro extremo da ilha – tem algumas cordas para você descer até uma área com pedras que aparece de acordo com a maré.

Maya Bay, Tailândia

Eu fiquei mais de boa, passeando e explorando a ilha – nem acreditava que estava lá :D

Hora do jantar

O jantar faz parte do passeio e depois de mergulhar e explorar a ilha, você pode imaginar a fome que bate né!?!

A comida era simples: um arroz, um molho tailandês e alguns legumes. Ahhh, quando perguntamos se o molho era apimentado a nossa guia (uma baixinha super engraçada) respondeu arranhando no português:

– brrasilerro não gosta de pimeeenta, mas na Tailândiaa a comida teeem pimeeenta, então vaaai comerr com pimeeeenta! 

Eu dei muuuuita risada quando ela falou isso! Depois ainda descobri que ela falava várias coisas em português, só não vou dizer mencionar aqui – mas pode imaginar as besteiras que ensinaram ela a falar né!?!?

Ahhh,  e sobre o molho… era um pouco apimentado, mas o arroz ajudava a enganar a boca

Jantar em Maya Bay

Também rolou um churrasquinho de frango, com a diferença de que eles passam um molho super doce no frango – e eu tava sonhando em morder aquela coxinha e sentir o gostinho brasileiro, sonho meu.

A noite caiu e o grupo todo ficou reunido enquanto três malucos tocavam violão e cantavam com um sotaque bem engraçado – não descobri se eram da Australia ou de algum lugar no interior dos Estados Unidos.

Noite em Maya Bay, Tailândia

Depois do acústico rolou um jogo onde o único objetivo era beber. Eu confesso que não entendi as regras da brincadeira… mas sei que tudo era motivo para beber – a brincadeira rendeu boas risadas, não dá pra negar.

Na programação oficial nós deveríamos voltar par o barco para dormir, mas pelo que eu percebi isso nunca acontece. Sempre rola algum motivo para que o grupo passe a noite na ilha, o que teoricamente é proibido.

Dormir em Maya Bay

Não existe qualquer estrutura para o grupo dormir na ilha. Recebemos apenas uma esteira (aquelas de praia mesmo) e uma almofadinha. E é isso… você abre a esteira na areia e fica admirando as estrelas até dormir.

Noite em Maya Bay, Tailândia

Mas, antes de cair no sono, entrar na água de Maya Bay à noite é obrigatório! Você não pode perder a oportunidade de ver os planktons luminosos que existem ali… é muuuuuito legal!

Plankton Luminoso, Maya Bay
Para ver os pontinhos brilhantes você precisa movimentar a água…

Enfim o cansaço bateu e eu me rendi a esteirinha. Uma parte do grupo se reuniu novamente e ficaram cantando até de madrugada.

Maya Bay, Noite - Tailândia
Escuridão na noite em Maya Bay…

Eu dormi ouvindo o marulho do mar e a música deles ao fundo. Quase não acredita que estava realmente ali… uma experiência pra nunca mais esquecer.

Acordando na praia mais famosa da Tailândia

Acordei quando o sol já estava nascendo. Não vão dizer que a noite foi maravilhosa, afinal, dormir na “esteirinha” direto na areia é pra acabar com qualquer coluna – acho que to ficando velho rsrsrs

Maya Bay, Tailândia

Maya Bay ainda era totalmente nossa… Caminhei com os pés na água, senti aquela areia fininha passando pelos dedos…

Logo os guias nos chamaram para o café da manhã!! Comemos algumas frutas e um omelete, bem gostoso! Ainda tivemos mais um tempo para tirar algumas fotos e entrar na água.

Guia Maya Bay
Nossa guia divertida, ela também sabe músicas em português rsrs

Não demorou muito para outros barcos começarem a chegar na ilha. Sinal de que nosso passeio estava terminando e era hora de voltar.

Barcos em Maya Bay, Tailândia

* * * * *

Esse passeio foi algo que eu realmente não esperava. Não achei que seria tão intenso, divertido e inesquecível da forma que foi.

Estar lá, de certa forma isolados do mundo, onde conseguimos esquecer qualquer problema… onde nosso único objetivo é ser feliz – acho que é essa verdadeira essência de Maya Bay, A Praia.

Maya Bay Sleep Aboard: Tudo que você precisa saber

Como eu sei que muita gente tem dúvidas sobre esse passeio, eu comentei detalhadamente sobre ele em outro post: veja aqui tudo que você precisa saber sobre o passeio Sleep Aboard Maya Bay.

* * * * *

Espero que você tenha curtido acompanhar o relato desse dia. Foi uma experiência incrível e foi muito bom relembrar e compartilhar aqui com você.

Se tiver dúvidas ou se já passou uma noite em Maya Bay, deixe um comentário aqui no post e me conta o que achou. Lembre também da importância de fazer o Seguro Viagem para um viagem como essa, é algo que realmente faz a diferença quando você precisa. Veja aqui como fazer o seguro com desconto de um dos parceiros do blog!

Agora eu fico por aqui, até o próximo post… Swaadeee kraaaaa!!!

Melhor Seguro Viagem InternacionalAluguel de Carros: Reserve agora!Booking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

31 Comments

    1. Robson Franzói

      Grande Tiago, tranquilo!?! Sim, coloque mesmo.. foi uma das viagens mais incríveis que já fiz e recomendo muuuuito

      Reply
  1. Flavio Mendes

    E ai Robson

    Fiz esse mesmo passeio ano passado e é diferente de tudo mesmo.

    To morando pela Tailândia e em praticamente toda pra é possível ver os fitoplânctons, mas uma dúvida

    Também sou apaixonado por fotografia e até hoje não consegui tirar nenhuma foto deles. Qual configuração você utilizou para eles sairem tão nítidos? Usou tripé dentro da água?

    Abraços

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Flavio, tudo tranquilo!?! Que show que mora aí, deve estar passando um baita calor

      Sobre os fitoplânctons, eu acho que vai da sorte também… ver em maior quantidade.. e também o ISO da câmera. Hoje algumas tem um potencial muito alto nesse sentido. E depois tem a finalização da imagem, que precisa de bons ajustes para realmente realçar os pontinhos.

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui! Grande abraço

      Reply
  2. Henrique

    Robson, pra quem vai ficar três noites em Phi Phi você acha que vale a pena esse passeio? E como é esse barco para dormir? É mais confortável? Pq pra quem já tem problema na coluna como eu fica muito difícil essa esteirinha hehehe
    Também fiquei curioso pela foto do plankton!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Henrique, tudo bom? Cara, o barco não é mais confortável não… realmente é um passeio mais roots. No barco você acaba dormindo naqueles colchonetes de academia – ou seja, praticamente no chão. E ainda tem o balanço do barco, que pode dar enjôo. Se você já tem problema na coluna, acho que o mais indicado pode ser ficar em Phi Phi mesmo e visitar Maya Bay com um long tail privativo.

      Dá uma olhada no meu último post, acho que vai gostar das dicas: https://www.umviajante.com.br/tailandia/5300-o-que-fazer-em-koh-phi-phi

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  3. Carla

    Oi! Acabei de fazer esse passeio. Mas agora não pode mais dormir na praia, apenas no barco. Então a gente faz o mesmo roteiro que o acima, mas depois do jantar, bebidas e churrasco, voltamos para o barco para dormir. E no dia seguinte cedo voltamos para a praia novamente. Realmente tem que tá muito afim! No meu caso não achei que valeu a pena. Quando saímos do barco no dia seguinte de manhã já tinham vários barcos em Maya Bay.. ou seja, não tivemos a praia só para nós (apenas na noite anterior, mas aí é outra coisa). Acharia melhor contratar um long tail boat e chegar bem cedo em maya bay. Pelo menos você consegue dormir alguma coisa na noite anterior! Rs

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Carla… puxa, realmente algumas pessoas estão me dizendo que está menos comum dormir na praia. E ainda me lembraram que tem o balanço do barco, o que pode ser ruim durante a noite. É realmente um passeio mais roots… Eu fiz também o de long tail e fora do horário de pico é uma ótima opção.

      Muuuito obrigado por compartilhar sua experiência aqui com a gente. Grande abraço!!!

      Reply
  4. Karina Granucci

    Oi Robson!
    Adorei as dicas e le-las me deixou mais ansiosa para essa viagem! =D

    Uma duvida, eu entrei no site dessa agencia e vi que esta incluso a mascara e o snorkel…mas não fala nada sobre colete… vc lembra se tinha?

    Eu não sei nadar, então um colete faria toda a diferença…

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Kah, tudo bom!?! Ahhh eu sei bem como é essa ansiedade antes da viagem…. mas é tão bom né!?!? Louco pra programar a próxima aqui

      Então, tem colote sim!! E em todos os passeios que eu fiz também tinha…. nem sempre eram coletem muito novos ou bonitos, hahahah, mas cumpriam o papel deles: boiavam! hahaha

      Se precisar de qualquer dica ou ajuda é só me dar um grito aqui! Bjoo

      Reply
  5. MIRIANE

    Oi Robson, tudo bem?
    Adoooorei ler suas experiências de viagens.
    Gostaria de saber quanto mais ou menos você gastou nessa viagem?
    Com qual cia você voo.

    Beijinhos

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mi, tudo bom? Então, anda não consegui colocar isso no papel. Estou escrevendo agora sobre o Camboja… logo depois escrevo sobre o Vietnã e aí sim, vou calcular tudo e fazer um post bem completo!

      Que bom que gostou de ler minhas aventuras por aqui… fico super feliz em saber!! Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Keila, tudo bom? Então, as praias da costa leste da Tailândia, como Koh Tao ou Koh Samui, são bem indicadas pra essa época

      Naquela região a época das monções é diferente!

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  6. Carolina melo

    Olá Robson, tudo bem?
    Estou planejando uma viagem com o meu marido pra novembro agora. Gostaria de saber na sua opinião qual o melhor país para adicionar a essa viagem , Vietnam, cambodja ou Laos? Temos 15 dias (descontando o trajeto de avião), mas não queria fazer um roteiro tão corrido.
    Obrigada pelas dicas todas do blog estou adorando.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Carol, tudo bem e você? Então, os três são bem diferentes… tudo vai depender muito do que você procura. Eu amei muito o Camboja e acho que os templos de Angkor são fenomenais! Um sonho!! O Vietnam tem o cruzeiro em Halong Bay, que também é lindo.

      São opções bem diferentes.. vai depender muito do que vocês gostariam de ver na viagem…

      Desculpa pela demora em responder… acabei acumulando alguns comentários por conta das últimas viagens, mas agora estou correndo com todos…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  7. DEMILSON

    Querido Robson , não conhecia seu site cara Mais pesquisando sobre a Tailândia encontrei suas dicas e sua pagina, juro cara foi amor a primeira lida . Parabéns e Gratidão por dividir com os apaixonados por viagem como eu suas experiências.

    A Tailândia e o sonho de viagem desse cara assalariado aqui que vos fala , e tenho a pretensão de antes de 2025 conhecer esse pais incrível ( já comecei as encomias diárias e poucos ) mais chego lá … chego com toda certeza enquanto isso fico aqui me encantando com as historias e fotos de quem já teve a oportunidade de conhecer.
    esse passeio já está incluso no meu roteiro.
    PARABÉNS MAIS UM VEZ E MUITO OBRIGADO POR DIVIDIR TUDO ISSO COM NÓS !
    @demilsonglima

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Demilson!!! Eu que agradeço pelo seu comentário! Muito bom saber que o blog está ajudando outros viajantes!!

      Comentários como o seu me enchem de energia para continuar trabalhando cada vez mais.

      Tenho certeza que você vai realizar todo os seus sonhos e vai conhecer lugares incríveis!!!

      Muito obrigado mesmo!!! De coração!

      Reply
  8. Lello Belletti

    Fala Robson, beleza? Teu conterrâneo na área pra te agradecer desde já por esse post incrível. Acabo de reservar o passeio noturno a Maya… Maya é sonho de criança e nunca poderia imaginar ser possível ter essa exclusividade. Assisti ao filme A Praia ontem, mais uma vez, e agora contando os dias para o Natal e Reveillon por lá!!! abc e show pelo blog. Quantos países já na mala? Esse ano fecho 30!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grannnde Lello!!! Tudo beleza e aí?? Que bom que chegou aqui no blog, fico super feliz em saber que está curtindo o conteúdo!

      Mais feliz ainda por saber que vai realizar esse sonho!! Tenho certeza que será uma experiência incrível!!

      Cara, e se eu te falar que já to perdido nas contas…. agora que você falou até me bateu uma curiosidade.. vou calcular aqui haaha

      Ahhh e quando puder, como você é de Curitiba, dá uma passada lá no Café do Viajante. Não é sempre que estou lá, mas qualquer coisa me dá um grito.

      Grande abraço!!!

      Reply
  9. Laura Vieira

    Olá, Robson! Amo viajar também e a Tailândia sempre foi minha viagem dos sonhos (Camboja incluso). Vou para lá em dezembro, ficarei 20 dias e voltarei em janeiro. Seu relato sobre Maya Bay foi muito útil. Não só isso. Você tem uma leveza e uma simpatia no que escreve que já conquista a gente nas primeiras linhas. Gratidão pelo compartilhamento. Seus posts estão ajudando – e muito – na montagem de meu roteiro.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Laura!! Tudo bom? Que delícia ler sua mensagem.. fico muito feliz que o meu conteúdo aqui esteja inspirando outros viajantes como você. Tenho certeza que você vai gostar muito da Tailândia, é um lugar incrível!!

      Depois volta aqui pra me contar como foi a viagem Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  10. Juliana

    Oi Robson, muito obrigada pelos posts. Li ambos sobre a noite na praia, mas não consegui achar uma informação: por acaso há alguma ducha de água doce? No barco ou na praia…..é que por mais que eu não seja fresca, só de pensar em dormir com sal no corpo, já comecei a me coçar, hahahah. Muito obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Hahahha oii Juu!! Super entendo seu sofrimento… então, olha, de cabeça assim… lembrando… eu acho que tem… mas não garanto que seja de água doce. No barco eu acho que não tem não, mas talvez tenha na praia.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  11. Júlia

    Oi Robson! Tudo bem? Adoramos muito o teu blog e ele está nos ajudando muito para o nosso roteiro da Tailândia.
    Nossa dúvida é sobre o roteiro e gostaria de ver se tu tens alguma outra sugestão para nos dar. Vamos ficar 16 dias inteiros na Tailândia, do dia 20 de novembro até dia 06/12 desse ano. Começaremos em Chiang Mai, Bangkok, e, a nossa ideia era ir para Koh Tao e, por último Ko Phi Phi. Mas vimos que em novembro ainda é um mês de muitas chuvas em Ko Tao / Ko Samui, e estamos com receio de ir para lá nessa época. Tens alguma outra sugestão ou experiência para compartilhar nesse sentido?
    Agradecemos muito e parabéns pelo blog tão completo e cheio de emoções e experiências!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oii Juu!! Tudo bem? Então, eu acho que nessa época já está quase saindo da época de chuvas… então você pode dar sorte. O que você pode ver é em visitar o outro lado da costa, onde não será época das monções… o que você já tem definido aí?

      Se tiver qualquer dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  12. Diogo

    Robson, comecei a ler seu blog enquanto estou na Tailândia, agora escrevo de chiang mai. E olha que coincidência lendo esse post descubro que o passeio de speedboat que eu fiz em koh Phi Phi alguns dias atrás foi com a mesma guia (três anos depois do seu artigo) ela se chama Jackie e ainda mandou um “Jackie tequila” hahaha ficou chamando a gente “vambora brasileiros” gente finíssima demos uma gorjeta legal pra ela no final

    Continua o trabalho! Excelente seu jeito de escrever

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *