The Traveller Book – Um caderno para compatilhar histórias e conectar pessoas

Quem aí lembra do meu caderno viajante – ou melhor: dos meus cadernos viajantes?

Pra quem não sabe do que eu estou falando, vou relembrar a ideia inicial…

O Primeiro Traveller Book

Tudo começou logo que eu voltei do meu primeiro mochilão na Europa… Eu pensei em um caderno viajante… que seguisse pelo mundo sem nenhum rumo, sem nenhum destino.

O caderno seria uma base para viajantes deixarem os seus recados, seus sonhos, suas reflexões ou qualquer coisa que os inspirasse. Mensagens que ficariam para sempre gravadas nesse caderno.

Eu batizei este caderno de The Traveller Book e ele seguiu o seu caminho com viajantes que eu conheci no Travellers House, um hostel de Lisboa.

Traveller Book

Eu entreguei ele nas mãos de um casal de viajantes que se comprometeram a entregar o caderno, na próxima cidade que eles fossem parar, para um viajante tão comprometido quanto eles. A escolha de cada viajante sempre foi muito importante para que essa ideia funcionasse.

Esse primeiro caderno começou a sua viagem em 2013… mas, infelizmente, nunca mais tive notícias dele.

O Segundo Traveller Book

Ainda apostando que essa era uma boa ideia, e com a imensa vontade de acompanhar os rumos de um caderno viajante, eu fiz um novo caderno. Este começou sua viagem aqui no Brasil, em 2014, seguindo nas mãos de uma amiga direto para Paris…

Infelizmente o espírito aventureiro desse caderno é muito travesso e também não tive mais notícias dele.

* * * * *

 

Existe uma hashtag nesse caderno, onde os escolhidos poderiam postar fotos no Instagram e todos nós poderíamos saber onde o caderno estava… pelo menos essa era a ideia principal.

Eu não vou dizer que perdi a esperança de encontrar esses dois cadernos… quem sabe um dia, em algum lugar, alguém me faça um surpresa e eu possa mergulhar em um mundo de histórias e segredos guardados em suas páginas….

O Terceiro Traveller Book

A história desses cadernos já rodou o mundo e até hoje eu recebo mensagens de pessoas me perguntando sobre o paradeiro dos cadernos… Infelizmente eu sei tanto quanto vocês: nadica de nada!

Por fim, este ano, 2015, eu decidi fazer um terceiro caderno… Um caderno muito especial… que começou sua aventura no Deserto do Atacama.

Eu fui pra lá com a mesma ideia na cabeça… na esperança de enfim conseguir acompanhar o caderno viajante.

Mas, como em tudo na vida, mudanças acontecem… e dessa vez a história desse caderno vai ser diferente.

Uma nova jornada para o Traveller Book

Lá em San Pedro de Atacama eu conheci um cara que está com um projeto incrível!!! O nome dele é Sergio Plumari, um grande aventureiro que está começando um trip fantástica: ele vai percorrer 50 países de MOTO!!! Simmm!! Pode acreditar.

O Sergio criou o projeto 50 Mundos, onde você pode acompanhar os caminhos dele.

Sério, eu não tive dúvidas de que ele seria o cara para receber esse caderno.

Nos reunimos em um jantar de despedida, um dia antes dele seguir viagem, e lá eu contei a história do caderno para ele…

O cara se encantou com ideia e topou o desafio… maaaass.. papo vai e papo vem.. Eis que mudamos a “logística” da ideia…

Momento em que passeio o caderno...

Esse novo caderno vai seguir viagem junto com o Sergio… percorrendo com ele os 50 paísesos 50 mundos!!! Ele se propôs a levar o caderno com ele e coletar mensagens das pessoas mais incríveis que ele conhecer pelo caminho.

Traveller Book, Um Viajante

O caderno vai viajar com ele… na moto dele… e no ano que vem, finalmente, vai voltar para as minhas mãos…. recheado de histórias que mal posso esperar para ler.

Quem sabe você não esbarra com o Sergio em algum canto desse mundão e deixa um recado pra mim no caderno??? Seria incrível…

Um nova jornada começa para o Traveller Book…

Aqui vocês vão poder acompanhar os caminhos do caderno através das fotos… E quem quiser acompanhar a viagem completa do Sergio, basta seguir ele no Instagram e no Facebook!

Desejo para eles um viagem incrível!!! E bora todo mundo acompanhar essa jornada

[alpine-phototile-for-instagram id=508 user=”blogumviajante” src=”global_tag” tag=”travellerbookbr” imgl=”instagram” style=”wall” row=”6″ size=”L” num=”30″ align=”center” max=”100″]

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

38 Comments

  1. Tamara

    Muuuuito, mas muuuuito legal a idéia!
    O mundo visto por outros olhos, é bem mais bacana!
    Espero que dê certo! E nos mantenha informados!

    Reply
  2. Paula

    Puxa, que ideia divertida! Infelizmente eu (ainda) não sou tão viajante assim pra fazer vários e vários cadernos, mas com certeza farei na próxima!

    Reply
  3. Roberta Martins

    Muito legal! Pode demorar, mas certo que um dia ele volta para ti.

    Mochilando pela Austrália conheci um suíço que colecionava mensagens dos viajantes que encontrava no seu caderno de recordações. Cada pessoa tinha que escrever no seu próprio idioma (traduzindo pra inglês se quisesse). Mas ficava sempre com ele. Na época achei o máximo e fiquei com a ideia de fazer algo relacionado. Tem tudo haver com o teu projeto : )

    Reply
  4. Paula

    Puxa, que divertido!! Nem sei quando vai ser, mas com certeza farei isso na minha próxima viagem! Tomara que dê certo! Imagino que lindo centenas de caderninhos rodando o mundo? =D

    Reply
  5. Simone

    Super interessante!!! Já fiquei curiosa para no futuro ver o resultado! Vou acompanhar o site, tomara que dê certo e cada um vá postando alguma coisa. Parabéns pela idéia Róbson!

    Reply
  6. Robson

    Galera, fiquei tão feliz com os comentários de vocês… Acho que não tem coisa melhor para um blogueiro que chegar no hostel, depois de uma volta noturna incrível pelas ruas de Lisboa, e encontrar sua caixa de e-mail cheia de comentários para aprovar.. Hahah, muito bom!! Ainda mais com tantos elogios, fiquei muito feliz.

    Realmente espero que o caderno volte pra mim um dia e eu possa ver tudo que foi escrito nele… A minha própria mensagem acabou sendo bem diferente do que eu tinha planejado… Pq a vida as vezes prega umas peças na gente… Bom, quem pegar o caderno vai entender isso.

    Ahh.. Já arrumei o link do site que estava errado!! Valeuu a dica!!

    Roberta, legal a idéia dele né! A única coisa eh que o caderno dependia de onde ele fosse… Nesse caso, o caderno pode ir para qualquer lugar do mundo… Estou super curioso para quando as fotos começarem a aparecer…

    Reply
  7. Maria Cláudia

    Adorei a sua idéia. Quem sabe um dia esse caderno não venha parar em minhas mãos…hehehe… Bjinhos…:)

    Reply
  8. Juliana Fernandes

    Nossa, que ideia genial! Apaixonada por viagens como sou, adoraria que esse caderno chegasse até mim um dia. Parabéns pela iniciativa!

    Reply
  9. Vivi Bettencourt

    AMEI!!! Tomara que um dia alguém me entregue este caderno!!! O difícil vai ser desapegar depois e passar adiante…mas prometo que o farei…rsrs

    Reply
  10. Paty

    Por razões do destino, não pude fazer essa viagem com vc…Mas ainda tenho o sonho de conhecer Portugal e Espanha e claro q suas dicas e organização impecável me serão bem úteis
    Adorei essa idéia do caderno… sempre sonhei em um dia encontrar uma garrafa com uma mensagem na praia e por algum motivo sua idéia me remeteu a esse meu pensamento infantil que eu tinha…
    Quem sabe um dia, esse caderno chegue em minhas mãos para que eu possa deixar meu depoimento por lá tb !!
    Espero que esse seu segundo mochilão seja tão boa quanto a primeira, que vc tenha mtas histórias engraçadas (qdo eu lembro do ronco sinfônico, fico rindo sozinha!) rsrs, que tire fotos lindas e que encontre pessoas que transforme seu mochilão em uma divertida aventura (CAPAZZZZZ!!!)
    P.S: estou acompanhando o blog, o caderno e o facebook rsrsrs
    bju piá rsrs

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Analice, o caderno passou por você também? Queria tanto saber notícias dele… onde está, em qual cidade.. país….

      Reply
  11. Marcelo Santana

    Cara, parabéns pelo blog!
    Sou meio suspeito de falar em “viagens”, pois viajei durante 4 anos e meio para visitar minha namorada que morada a 740km de distancia da minha casa, hoje somos casados a 1 ano e meio…após fazer um cruzeiro neste fim de ano passado, a unica coisa que conseguimos planejar são VIAGENS!
    estou curtindo tudo do seu blog…as dicas, fotos, roteiros…nota 1000!
    essa ideia do travellerbook é fantástica!

    tenho uma frase que uso com inspiração em minha vida, e acho q tem tudo a ver com viagem…

    ” A única coisa que não se rouba neste mundo é o conhecimento! ”

    parabéns pelo blog!
    virei frequentador assíduo!

    att

    Marcelo Santana

    Reply
  12. tahis

    Adorei a ideia, não estou conseguindo abrir o site!
    Eu sou super fã, e estou me programando para um mochilão chile e bolivia.. e tudo esta mais facil com a sua ajuda ..

    Abraços ;*

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oiii… A ideia parece foi bem legal, mas não ainda não consegui localizar o caderno. Deve estar em algum lugar pelo mundo

      Reply
  13. Nino Diogenes

    Olá Robson tudo bom? Cara gostaria de saber o que você achou sobre o fato de viajar sozinho, penso em fazer o roteiro bem parecido com o seu mas ainda estou receoso quanto ao fato de ir só, penso na Europa… Poderia me dar algumas dicas quanto a isso de viajar só? Obrigado!!

    Enviado do meu iPhone

    Reply
      1. Nino

        Poxa cara muito obrigado pela pronta resposta! Dando uma lida aqui no post e já tou praticamente de malas prontas sem dúvida nenhuma tem tudo pra ser excelente! Obrigado mais uma vez.

        Reply
    1. Robson Franzói

      Pois é.. a ideia é bem legal, mas até agora não tive retorno sobre o caderno.. na verdade já tentei duas vezes e os cadernos se perderam… estou pensando em fazer uma terceira e última tentativa…

      Então, aquele link não funciona mais… ele redirecionava para essa página mesmo… Enfim…. queria muito que tivesse dado certo, quem sabe um dia ainda acho um desses cadernos

      Reply
  14. Martha

    Robson,

    Que emocionante esta sua idéia. Adorei!!!! Parece até coisa de filme. Talvez desse um bom roteiro….um filme com várias histórias entrelaçadas por um amor em comum, o de por o pé na estrada e desbravar este mundão….Parabéns!!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Pois é Martha, a ideia é bem bacana.. pena que não tive respostas sobre o livre.. acho que realmente daria um belo roteiro de cinema, juro que pensei nisso… Pelo menos no cinema iria funcionar.. quem sabe um dia não vejo isso nas telonas Obrigado pela mensagem!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Triste né Alexsandro…. tinha muita esperança de ver esse caderno novamente… um deles pelo menos, já que tem dois em algum lugar do mundo

      Reply
  15. Valdete Magrini da Silva

    Gostaria de saber de alguém que ja tenha viajado de Fortaleza a Jericoacara de carro, dizem que tem um trecho nas dunas e só passa carro 4×4, e que na ultima cidade antes de Jeri, os carros ficam em um estacionamento e os viajantes vão de “pau-de-arara? Como é isso? Qual cidade é essa? Qual a distância dessa cidade até Jeri? Se alguém puder me dar umas dicas eu agradeço muito! viajo dia 10 de setembro. Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Sá….. os primeiros cadernos nunca apareceram… mas agora tem um novo caderno em uma nova viagem…. Atualizei o post, dá uma olhada

      Reply
  16. matheus

    Que ideia incrivel, parabens seu blog eh excelente. Boa sorte aih espero acompanhar essas historias depois por aqui haha.

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *