Juma Amazon Lodge: como é a estadia em um hotel de selva na Amazônia

Se você está planejando uma viagem para a Floresta Amazônica, recomendo muito considerar a experiência de se hospedar em um hotel de selva. Veja neste post como foi minha estadia no incrível hotel Juma Amazon Lodge.

Viajar para a Floresta Amazônica é, pelos comentários que já recebi, um sonho que parece distante para muitos viajantes. Eu mesmo, sempre tive uma percepção de que esse é um destino para poucos, mas, felizmente, fiz essa viagem e pude formar uma opinião diferente.

Juma Amazon Lodge - Hotel de selva na Amazônia

Hoje não considero que a viagem para a Amazônia seja cara, mas que muitas vezes valorizamos o que existe fora do Brasil e não damos valor para o que temos aqui.

Quando se trata da Floresta Amazônia então, isso tem que ser levado ainda mais em conta – principalmente ao falarmos de um hotel de selva onde existe uma logística muito mais complexa.

Aqui no blog já fiz um panorama de como foi meu roteiro de viagem pela Amazônia vale a pena dar uma olhada:

Veja aqui o panorama geral do meu roteiro pela Amazônia

Agora quero comentar com você sobre como foi minha primeira experiência em um hotel de selva na Amazônia.

Minha primeira vez em um Hotel de Selva

Se você está planejando uma viagem para a Amazônia, a primeira dica que posso dar é: se permita ter a oportunidade de ficar em um hotel de selva.

Hotel Juma Amazon Lodge - Hotel de selva na Amazônia

Sendo absolutamente transparente com você, posso garantir que sem essa experiência minha viagem não teria chego nem perto do que foi.

Passar alguns dias totalmente desconectado, em contato total com a natureza e com a floresta, foi, sem dúvidas, uma das vivências mais incríveis da minha vida como viajante.

Durante os 10 dias da viagem, tive a oportunidade de conhecer 2 hotéis de selva diferentes, cada um com características próprias. Nesse post vou contar todos os detalhes de como foi minha estadia no Juma Amazon Lodge, um incrível hotel de selva na Amazônia.

Juma Amazon Lodge: hotel de selva na Amazônia

Só para você entender como foi meu roteiro, eu saí de Curitiba e voei até Manaus, fazendo uma escala em São Paulo. Como a viagem é longa, já que tive que cruzar o país, não cheguei em Manaus a tempo de ir direto para o Juma.

Para você ter uma ideia, o Juma Amazon Lodge fica a mais ou menos 3 horas de distância da cidade de Manaus um trajeto que inclui um percurso de van, um de barco, um de ônibus e, para terminar, outro de barco.

No caminho até o hotel Juma, Amazônia

Realmente não é perto, mas esse é o grande diferencial desse hotel – na minha opinião. Não é só um hotel de selva, mas é um hotel de selva realmente embrenhado na Floresta Amazônica. Essa distância e o isolamento me fizeram sentir realmente abraçado pela floresta e tornaram a experiência complemente única.

De Manaus até o Juma Amazon Lodge

Antes que você pense que esse descolamento possa ser um problema, pode ficar tranquilo pois o hotel oferece o serviço de transfer, desde o aeroporto de Manaus ou do hotel que você estiver na cidade , de forma totalmente gratuita.

Eu, como falei acima, dormi a primeira noite da viagem em Manaus e só no meu segundo dia segui viagem até o Juma. Uma van me buscou no hotel bem cedo e seguimos até o Porto do Ceasa, em Manaus, para pegar o primeiro barco rápido da viagem. Nesse percurso, passamos por uma das principais atrações de Manaus: o encontro das águas do Rio Negro e do Rio Solimões, que formam o Rio Amazonas.

Encontro das Águas - Amazonas

O primeiro trajeto de barco não é muito longo, pois apenas cruzamos o rio. No outro lado, chagamos na Vila do Careiro, onde um ônibus do hotel já estava a nossa espera. Dali seguimos viagem, nos afastando cada vez mais de Manaus – o trajeto de ônibus leva aproximadamente 1 hora.

O ônibus segue primeiro por uma estradinha de asfalto e depois por mais um trajeto de terra – ao nosso redor a paisagem já estava se transformando. O ônibus nos deixa em outro ponto, perto do rio, onde pegamos outro barco para fazer o restante da viagem.

No caminho até o hotel Juma, Amazônia

Dali para frente era só floresta se erguendo ao nosso redor. Percorremos as águas escuras do Rio Juma, enquanto avistávamos aves cruzando o céu e os sons da natureza ao nosso redor.

Em meio as árvores, era possível ver algumas casinhas, que mais tarde fiquei sabendo que eram as casas dos caboclos povo que vive naquela região e que eu visitaria nesse roteiro.

Casa de Caboclo - Amazônia

Quando o piloto do barco apontou para a estrutura do hotel, quase não consegui acreditar. Estava chegando, pela primeira vez, em um hotel de selva.

Conheça o Juma Amazon Lodge, na Amazônia

O hotel Juma Amazon Lodge está localizado no coração da Floresta Amazônica, em uma região completamente isolada e preservada.

Juma Amazon Lodge - Hotel de selva na Amazônia

A proposta do hotel é que o viajante se sinta realmente conectado com a natureza e integrado com a floresta, fazendo parte dela sem agredir ou modificar o ambiente.

Minha viagem foi no mês do julho, época da cheia do rio, quando é possível navegar na altura da copa das árvores. Por conta disso, toda estrutura do hotel foi construída sobre palafitas com mais de 15 metros de altura.

Como o rio estava bem alto, era difícil ter uma ideia da profundidade e toda sustentação criada pelo hotel. Mas, sério, é incrível de ver como ele se mescla com o visual da floresta de uma forma totalmente natural.

Como foi minha estadia no Juma Amazon Lodge

Logo que cheguei no Juma, fui recepcionado pelos guias do hotel. Ali já recebi as primeiras informações sobre minha estadia e também um presentinho lindo que veio com a chave do quarto.

Chegando no Juma Amazon Lodge - Hotel de selva na Amazônia

No Juma não existe conexão e nem sinal de celular. A proposta é para você realmente se desconectar do mundo além da floresta. Mas, antes que você entre em desespero, existe um telefone via satélite para alguma emergência – eu usei apenas para avisar a família que sumiria por alguns dias.

Depois disso, ficar esse tempo desconectado foi a melhor coisa que podia ter acontecido e que eu nem fazia ideia de que estava precisando tanto.

Caminho para o redário - para você relaxar no Hotel Juma
Caminho para o redário do hotel Juma…

Hoje sei como é difícil se desconectar por opção, por isso gostei ainda mais desse hotel – ali você tem que desconectar… você não vai se preocupar com e-mails, com ligações ou com o que a vizinha está postando no Instagram.

Esse hotel vai proporcionar uma experiência incrível para você, seja sozinho, em família ou com amigos. Realmente recomendo essa experiência de ficar em um hotel de selva para qualquer pessoa – fui sozinho e amei!!!

Os bangalôs do Juma Amazon Lodge

Falando agora da estrutura do hotel, vou comentar sobre os quartos do Juma. Na verdade, são bangalôs construídos sobre palafitas enormes.

Bangalôs do Hotel Juma Amazon Lodge - Amazônia

Bangalôs do Hotel Juma Amazon Lodge - Amazônia

Todos os bangalôs são feitos de madeira e são super confortáveis. Alguns têm vista para a floresta e outros, como o meu, para o Rio Juma  é um tipo de hospedagem realmente confortável e muito integrada com a natureza.

Se por fora eles já são lindos, você precisa ver como é o interior. Além de espaçosos, os bangalôs tem uma decoração com artesanatos regionais e um clima que permite você se sentir realmente numa casa de árvore na floresta.

Interior do meu bangalô no Hotel Juma - Hotel de selva na Amazônia

Interior do meu bangalô no Hotel Juma - Hotel de selva na Amazônia

Sei que é difícil descrever, mas ver o cair da noite da varanda do meu bangalô foi uma das cenas que não consigo esquecer. Os sons da floresta e o céu mudando de cor… Não foi só uma questão de beleza, mas também de proteção.

Varanda do meu bangalô no Hotel Juma

Quem fizer a viagem na época da baixa do rio, vai encontrar um cenário completamente diferente do que eu encontrei. O rio chega a baixar uns 15 metros e os quartos tem uma vista completamente diferente.

Os bangalôs, assim com as principais áreas do hotel, são interligados por plataformas – tudo projeto para que o hotel se adapte aos níveis do rio.

Passarelas do hotel Juma Lodge - Hotel de selva na Amazônia

É incrível como estar em um lugar assim, no meio da floresta, a centenas de quilômetros das grandes cidades, fez com que eu me sentisse protegido. Aquele medo que temos na cidade, de sair de casa, de assaltos ou de alguém nos fazer mal… lá, isso simplesmente desaparece.

Atividades durante a minha estadia no Juma

Não pense você que viajar para um hotel de selva é só chegar lá e ficar olhando os macaquinhos pulando de galho em galho na floresta. Dentro da sua estadia você vai ter uma série de atividades oferecidas pelo hotel.

Para esse post não ficar muito grande, vou comentar rapidamente sobre as principais atividades e depois faço um post detalhando cada uma delas e as que mais gostei.

Encontro das Águas

Como já comentei, o Encontro das Águas é uma das principais atrações de Manaus. No transfer da cidade até o hotel Juma você vai passar pelo encontro dos rios.

Passeio de Canoa

O passeio de canoa foi o primeiro que fiz nessa viagem, logo que cheguei no Juma.

Passeio de canoa na Amazônia

Saímos apenas eu e o guia, em uma canoinha de madeira, percorrendo igarapés e igapós ao longo do Rio Juma. Conseguimos avistar várias aves durante o passeio, além de voltar com um lindo entardecer.

Caminhada na floresta

Apesar de ser a época de cheia do rio, existem lugares onde podemos fazer caminhadas.

Floresta Amazônica

Fui com o guia e mais uma família, que tinha seu pequeno viajante. Preciso confessar que fiquei até com ciúmes do pequeno aventureiro, que o guia apelidou de Indiana Jones. O guia explicava tudo para ele, nos mínimos detalhes e com toda atenção possível – imagino como foi incrível para ele ter aquela experiência.

Focagem de Jacarés

Outro passeio que eu estava mega curioso para fazer foi a Focagem de Jacarés. Saímos do hotel no meio da noite e o guia, apenas com uma lanterna, fazia a busca pelos animais na floresta. A focagem, na verdade, vai muito além de apenas encontrar jacarés nosso guia encontrou cobras, corujas e outros animas, além de, é claro, jacarés.

É um passeio que depende da experiência e sorte do guia, já que é totalmente imprevisível. Mas preciso reforçar outro ponto: as estrelas! Como é lindo o céu da floresta! Não deixe de reparar!

Nascer do sol na Amazônia

Outro passeio que não pode ficar de fora da sua programação é o nascer do sol na Amazônia. No dia em que saí para esse passeio, as nuvens me deixaram apreensivo, mas aguardamos e o espetáculo foi sensacional – um dos mais lindos que já vi na vida!

Nascer do sol na Amazônia - Juma Amazon Lodge

Além desses passeios, fiz ainda um com almoço na floresta, assisti a uma palestra sobre a região e também visitei a casa de um caboclo, onde vi como era sua vida e seu trabalho.

O Juma Amazon Lodge oferece também caminhadas noturnas na floresta, escalada em árvores, plantio de árvore, pesca de piranha e até pernoite dentro da florestae não é no bangalô.

Ou seja, uma viagem com muitas experiências que você jamais conseguiria ter em outro destino – por isso eu amei tanto a Amazônia.

O que está incluso na sua estadia do Juma

A experiência de ficar no Juma Lodge é super completa, já que tudo é feito no hotel – tanto os passeios quanto as alimentações. Antes de falar dos valores em si, é legal reforçar tudo que vai fazer parte da sua estadia:

• Hospedagem em Bangalô
• Passeios para o seu roteiro
• Translado do aeroporto de Manaus
• Café da manhã, almoço e jantar

Tudo isso faz parte da sua estadia. Os passeios podem variar um pouco dependendo da quantidade de tempo que você vai ficar no hotel.

Quantos dias ficar no hotel de selva

Eu recomendo o mínimo de 4 dias/3 noites. Acho que é um tempo super legal para você aproveitar os passeios, o hotel e toda a natureza ao seu redor.

Pôr do sol na Floresta Amazônica - Amazonas
Pôr do sol na área da piscina do Juma Lodge…

Além dessas atividades saindo do hotel, no Juma existe uma piscina construída dentro do rio. É uma delícia e totalmente segura – uma tranquilidade principalmente para quem tem medo de nadar em rios.

Melhor época para ir

Como falei, existem épocas bem distintas na Amazônia: a época da cheia do rio e a época da baixa. Eu fui na época da cheia e acho, particularmente, que é uma das mais bonitas.

Hotel Juma na época da cheia dos rios da Amazônia

Mas a Floresta Amazônica pode ser visitada o ano inteiro, então não é preciso se preocupar.

Só para você saber, de abril a julho é o período de pouca chuva e cheia dos rios, já de agosto a novembro é o período de seca. De dezembro a março é o período de maior incidência de chuvas.

Os valores do Juma Lodge: quanto custa ficar no hotel de selva

Chegando agora no ponto que vai interessar para muita gente, já que sei que os valores de uma viagem pra Amazônia nem sempre são bem claros.

Bom, eu acho o valor do Juma Lodge super justo pelo que eles oferecem – desde a estrutura do hotel e todo serviço, sem falar na logística de manter um hotel nessa região.

Para um roteiro de 4 dias, sendo 3 noites no Juma, com tudo isso que comentei que está incluso, você vai gastar, em média:

Na baixa temporada, R$ 3.300,00 por pessoa – reservando um quarto de casal.
Na alta temporada, R$ 3.650,00 por pessoa – reservando um quarto de casal.

Caso você vá viajar com amigos, por exemplo, e feche um quarto para 3 pessoas, os valores ficam ainda mais acessíveis:

Na baixa temporada, R$ 2.830,00 por pessoa – para o bangalô triplo.
Na alta temporada, R$ 3.100,00 por pessoa – para o bangalô triplo.

Esses valores são apenas uma média, mas é apenas para você ter uma ideia de quanto custa viajar pra Amazônia e ficar em um hotel de selva.

Hotel Juma Amazon Lodge - Hotel de selva na Amazônia

Reserve sua estadia no Juma Amazon Lodge

Para reservar sua estadia e confirmar as informações atualizados para a data da sua viagem, eu recomendo uma agência que oferece ótimos valores e ainda boas condições de pagamento: a Ventura Viagens, que é parceira do blog e oferece vários pacotes nacionais e também internacionais.

A vantagem da Venturas, além do suporte completo para sua viagem, são as ótimas condições de pagamento. Vou deixar um formulário aqui para você entrar em contato diretamente com eles.

É só indicar o mês da sua viagem e quantas pessoas irão com você. Assim a agência vai passar todos os detalhes de valores atualizados e também as formas de pagamento.

Qual roteiro tem interesse (obrigatório):

Vídeo Amazônia: como foi a minha viagem

Para você ter um gostinho a mais de como foi minha experiência na Amazônia, vou deixar aqui o vídeo que produzi para o meu Canal no YouTube se curtir, não se esqueça de dar um like e se inscrever no canal!!

Clique aqui para se inscrever no Canal Um Viajante

Visite aqui o canal da Venturas Viagens

Espero que tenha curtido o post e que eu tenha conseguido retratar um pouco de como foi a minha estadia no incrível Juma Amazon Lodge. Se você já ficou por lá ou tem alguma dúvida, fique à vontade para comentar aqui no post! Valeu!!

Pacote de viagem para Amazônia

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *