Viagem ao Salar de Uyuni – Segundo dia

O segundo dia na jornada ao Salar de Uyuni começou cedo. Assim que acordamos já organizamos nossas mochilas e tomamos um bom café da manhã. Até então a viagem estava bem tranquila. A noite foi fria, mas nada que me tirasse o sono. Como dormi no meu próprio saco de dormir, não tive do que reclamar.

Laguna Honda - Viagem ao Uyuni, segundo dia

Assim que acordamos já arrumamos as mochilas e fomos todos para a mesa tomar o café da manhã – muito bom por sinal. Eis que nosso guia vem nos avisar que uma das meninas do grupo – que estava no outro quarto – passou mal a noite e foi levada para o hospital de uma cidade próxima…

Não entendi muito a lógica deles, mas essa menina não estava no nosso carro, mas foi o nosso grupo que ficou sem carro. Então, por conta disso, os outros dois grupos seguiram viagem e nós ficamos esperando no alojamento. Claro que entendemos o motivo e encaramos numa boa. Aproveitamos o tempo para dar uma caminhada pelas redondezas, mas logo o carro chegou para nosso grupo seguir viagem. Carregamos as malas bem rápido e caímos na estrada.

Árbol de Piedra

Depois de cruzar mais uma parte do deserto chegamos em nossa primeira parada do dia: O Árbol de Piedra. Certamente você vai ver muitas fotos desse lugar ao pesquisar sobre a viagem o Uyuni.

Árbol de Piedra, Bolívia

Vou dizer que é meio complicado explicar sobre ela, vamos ver o que nos diz a wikipedia: “Árbol de Piedra é um monólito natural de formação geomorfológica por erosão causada pelo vento muito forte da região” – Então, é isso aí mesmo rsrs… um parada de pedra que você olha e pode jurar que foi esculpida por alguém, mas na verdade foi formada pela erosão causada pelo vendo.

Além dessa, que é a mais clássica, existem várias formações rochosas ao redor. Em algumas você até pode arriscar uma escalada, mas cuidado para não se estatelar lá do alto.

Árbol de Piedra
Árbol de Piedra - Bolívia
Árbol de Piedra - Bolívia
Mochilão Bolívia

Lagunas Altiplânicas da Bolívia

De volta ao 4×4, seguimos em frente por um caminho complicado. Passamos por trechos onde só um piloto experiênte poderia dirigir. Depois de chacoalhar bastantes chegamos em uma das partes mais bonitas da viagem: as lagunas altiplânicas da Bolívia. A primeira laguna que avistamos foi a Laguna Honda, de uma beleza exuberante!

Laguna Honda - Bolívia
Laguna Honda - Altiplânicas Bolívia
Laguna Honda - Um Viajante

Na sequência também passamos pela Laguna Charcota e Laguna Hedionda. Confesso ser quase impossível descrever as paisagens dessa viagem sem ser repetitivo – os lugares eram incrivelmente surreais, como se tivéssemos nos transportado para outro planeta.

Laguna Charcota, Bolívia
Lagunas Altiplânicas Bolívia

Nosso almoço foi servido nesse região, onde inclusive ví essa placa engraçada:

Wifi nas Lagunas Altiplânicas da Bolíbia - Será?

Difícil acreditar que em um lugar tão isolado do mundo exista wifi. Bom, se tinha mesmo não sei…. olhei rapidamente no celular e não encontrei nenhum sinal – mas também, com tanta beleza ao redor, quem precisa de wifi?

Seguimos em frente até chegar na última laguna: a Laguna Cañapas. Outra paisagem exuberante e, pela última vez, pudemos ver os majestosos flamingos. Nosso guia avisou de dali pra frente não os encontraríamos mais.

Laguna Cañapas, Bolívia
Mochilão Bolívia - Laguna Cañapas
Laguna Cañapas - Flamingos - Bolívia

Seguimos então até a última parada do dia: o Mirador de Volcán Ollagüe. Ali todos aproveitaram para relaxar, deitar no chão e curtir um momento bem legal com uma paisagem incrível ao redor.

Mirador de Volcán Ollagüe - Bolívia

Com o terreno todo irregular, explorar a região a pé se tornou parte da vantura. Eu aproveitei para tirar fotos de tudo que podia..

Mirador de Volcán Ollagüe
Mochilão Bolívia - Um Viajante

Nosso segundo dia de viagem estava chegando ao fim. Cruzamos o pequeno povoado de San Juan, de visual muito simples e humilde. Vimos algumas hospedagens espalhadas no caminho e depois de algumas voltas no carro enfim chegamos no Hotel de Sal.

Hotel de Sal na Bolívia

Uma das famosas atrações da viagem: o hotel de sal. Ali tudo era feito realmente de sal – desde o chão, coberto por um sal fino (que lembrava esse sal de cozinha), até as pares, camas e bancos – feitos de sal maciço. A única parte do hotel que não era de sal era o banheiro – excelente por sinal. Minha vontade de tomar banho era imensa e este era o primeiro – e único – lugar da viagem com água quente.

SegurosPromo com desconto!

Hotel de Sal Bolívia

Depois do banho tivemos um janta: sopa acompanhada de vinho boliviano. Nada que eu precise reclamar.

No jantar os guias nos perguntaram sobre os planos para o dia seguinte, tínhamos duas opções:  Acordar as 05h00 da manhã, ver o sol nascer no Salar de Uyuni e tomar o café da manhã mais tarde ou então dormir até mais tarde, tomar café e então seguir para o salar. Apenas duas pessoas do grupo votaram em dormir até mais tarde (why??), enfim, azar o delas, o grupo todo queria aproveitar ao máximo e ver o sol nascer no salar.

O efeito do vinho…

Resolvi então ir deitar cedo, o cansaço da viagem já estava apertando. Eis que acho que teria uma noite tranquila e calma quando sou acordado as 03h00 da madrugada pelo nosso guia que entrou no quarto aos berros – ACORDEM!!! ACORDEM!! 05H00 DA MANHÃ!!! ACORDEM!! Dou um pulo na cama sem entender nada…. olho no relógio e não era nem perto das 05h00. Tentamos entender o que tinha acontecido e perguntamos para o guia o que é que ele estava falando. O cara não respondia coisa com coisa e dois minutos depois saiu do quarto e foi dormir em um canto. Sim! Estava bêbado. O vinho fez efeito e para ajudar o cara era o motorista do nosso carro. Tentei não pensar naquilo e voltei a dormir.

Vídeo: O Segundo dia da viagem do Atacama ao Salar de Uyuni

Esse dia também tem vídeo!!! Dá uma olhada nos melhores momentos desse segundo dia:

Veja aqui o terceiro dia da viagem ao Salar de Uyuni. Agora deixe um comentário aqui no blog e faça um blogueiro feliz!!

Veja aqui como foi o primeiro dia da viagem ao Uyuni.

Saiba aqui tudo sobre a viagem e agência que nos levou de San Pedro de Atacama para o Uyuni.

Guia Salar de Uyuni - Um Viajante Mondial Assistence - Seguro Viagem Meu Primeiro Mochilão
Melhor Seguro Viagem InternacionalBooking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

34 Comentários

  1. Ingrid

    Finalmente esses posts chegaram!! Confesso que estou morrendo de medo dessa parte da viagem!! Principalmente porque vou em agosto..vai estar muuuuito frio e tenho medo das paisagens ficarem todas congeladas e monótonas pra 4 dias..mas enfim..vamos as perguntas!
    Você fez essa viagem retornando pra san pedro não foi? Queia saber se é mais vantagem colocar no meio ou no final dos dias em san pedro! Na volta vocês chegam mais ou menos que horas? Tenho medo de colocar no final da viagem e perder o vôo pra Santiago!
    Outra coisa que gostaria de saber era se tem algum limite do tamanho da mochila/mala..
    Tenho uma outra pergunta um pouco mais “pessoal”..qual câmera você usa!? Estou apaixonada por suas fotos!
    Fora isso..obrigada pelos relatos e detalhes..estão sendo muito úteis!!

    Reply
  2. Osvaldo Souza

    Eeeita ferro. Fotos fodásticas como sempre! Parabéns Robson.

    Como não fui pra Uyuni estou me amarrando nesta parte do seu relato.

    Agora diz aí, quais Lagunas Altiplânicas vc achou mais bonita? As do Atacama ou estas da bolívia?!

    Reply
  3. Amália

    Olá Robson!

    Quantos dias vc ficou entre San Pedro e Uyuni? E se não for tanto atrevimento, quanto vc gastou no total entre esses 2 destinos?

    Reply
  4. Talita

    Excelentes posts com temas relevantes! Adorei a trilha sonora dos vídeos – do filme into the wild! Parabéns!

    Reply
  5. Mari

    Tô viajando junto com você!
    É uma pena que não consiga ver os vídeos no meu trabalho… o bom é que chegando em casa vou ler tudo de novo (viajar mais um pouco) e assisto seus vídeos.

    Tô amando TUDO e fico sempre pensando “Cara, não é possível que não tenha filtros nessas fotos!” hahahahaha

    Vou pro salar em outubro partindo de La Paz e tô lendo tudo sobre tudo já que vou sozinha.

    Parabéns pelo site, pelas viagens e pelo seu jeito de escrever… parece que vc tá sentado aqui do meu lado contando da viagem e mostrando as fotos!
    Um grande beijo!!

    Reply
  6. Bravin

    Primeiramente parabéns pelo Blog, bem legal!

    Curto muito as fotos e gostaria de saber qual programa você utiliza para editá-las e também qual programa você usou para a edição dos vídeos.

    Continuarei acompanhando, um abraço.

    Reply
  7. Cira Kaufmann

    Parabéns pelo blog!
    Eu e meu marido vamos viajar para o Atacama em junho, e teu relato tem nos ajudado.
    Gostaria de saber, mais ou menos o horário do teu retorno da Bolivia para San Pedro, pois pretendo deixar este passeio para o final da viagem e retornar neste dia para Santiago. será que é possível?
    Um grande abraço!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cira, muito obrigado por sua mensagem!!! Então, é possível sim – foi isso que eu fiz. Eu estava de volta a San Pedro no horário de almoço. Por segurança marquei a van para me levar para Calama para o meio da tarde – cerca de 15h30. E meu vôo de Calama para Santiago por volta das 18h00. O tempo deu de sobra – mas claro que podem acontecer imprevistos… mas no geral acredito que você não vai ter problemas.

      Uma ótima viagem para vocês!! Depois volta aqui e me conta como foi Grande abraço!!

      Reply
  8. Marília

    Caramba, suas fotos são incríveis! Vou em Agosto e deu mais ansiedade ainda! Ai, meu coração! Inclusive acabei de ler num comentário acima que vai estar muito frio, não sabia…

    Reply
  9. Raika Martins

    Estou planejando meu mochilão Bolívia-Chile e ver seus post sobre o Salar só me dá mais vontade de ir. Parabéns!

    Reply
  10. Karine Sciammarella

    Oi Robson! Adoreiii seu blog! Muito bom!!! Me da umas dicas?
    Pretendo ir pro Salar em outubro agora mas queria um roteiro..tipo ir pra cuzco, visitar Machu pichu, lago tikaka e depois partir pro Salar…o que acha? Ou acha que vale mais a pena conhecer o Atacama dentro desse roteiro? Ah, e estou indo sozinha, acha perrengue? Bjaooooo!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Karine, tudo bom?? Então, essa outra parte eu vou ficar te devendo dicas.. ainda não conheço Machu pichu e Lago Tikaka… mas sobre ir sozinha, não vai ser perrengue não… vai ser aventura e tenho certeza que você vai curtir… Tenta organizar seu roteiro e tudo vai dar certo Qualquer dúvida estou por aqui.. bjoooooo

      Reply
  11. Pedro

    Olá Robson.
    Você sabe se existe algum passeio pro Salar de Uyuni partindo de San Pedro e que volte pra San Pedro totalizando 3 dias ? E na Bolívia é preciso mostrar o passaporte? E se eu não tiver?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Pedro, tudo bom? Então, eu não vi nenhuma opção de passeio de ida e volta em 3 dias. Não precisa de passaporte, pode ser o RG. Mas ele não pode ter mais de 10 anos e nem muito danificado.

      Qualquer dúvida é só dar um grito, grande abraço!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Opaaa… Muuuuito obrigado!!! Logo você vai tirar muitas fotos por lá hein!??! Volta aqui pra me contar como foi

      Reply
  12. Pedro

    Estava começando a planejar minha primeira viagem estilo “aventureira”, e confesso que estava com medo da quantidade de transportes, locais, passeios que teria que enfrentar e quase me rendi a uma “agência” de turismo. Mas preferi tentar montar o roteiro e seguir em frente! Foi quando achei o seu blog! Simplesmente fantástica a sensação de tranquilidade que você consegue transmitir através de tantos detalhes e indicações! Parabéns pelo Blog!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Graaaande Pedro!! Cara, muuuuito obrigado por seu comentário… você não sabe como é bom e gratificante receber uma mensagem assim. É o que mais me motiva para continuar com o blog!!

      Sempre que precisar de alguma dica lembra de mim e chega aqui no blog, é só dar um grito!!

      Abração!!!

      Reply
  13. Marcela Oliveira

    Estamos ansiosos por aqui e acho que eu já li uns 300 relatos do Salar (rs), mas sempre volto ao seu e releio novamente..são as fotos mais bonitas e as descrições que me deixam com mais vontade de embarcar nessa aventura maluca! Parabéns!

    Reply
    1. Marcela Oliveira

      Aproveitando..vi seu vídeo falando que a Cordillera Traveller não respondia os e mails. Eu tive sorte, eles receberam o meu, mas li sobre que fechar la na hora é mais barato do que fechar 50% aqui do Brasil. você tem alguma informação?

      Reply
      1. Robson Franzói

        Então… olha, isso varia bastante. Os passeios do Atacama, por exemplo…. com a minha parceria com a agência Ayllu, eu consigo um desconto super especial para os leitores… então rola de fechar antes.

        No caso da Cordillera, eu deixei pra fechar lá e não consegui nenhum desconto… eles foram até meio chatos, pra falar a verdade… Mas pode ser que você dê sorte também…

        Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

        Reply
    2. Robson Franzói

      Opaaa… que legal saber disso Marcela!!! Seja sempre bem-vinda ao blog. Pode ter certeza que a sua viagem vai ser incrível e acredite, as fotos não chegam perto da beleza que podemos ver pessoalmente…

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  14. Debora

    Muito legal!!! To lendo e anotando tudo hahahaha! Obrigado por compartilhar sua experiencia e estas fotos maravilhosas que vc tirou ao longo do passeio!!!! Tenho uma pergunta eu pretendo pegar o onibus a noite em La Paz e chegar cedinho em Uyuni…e possivel fechar o pacote logo cedo e ja comecar o passeio no mesmo dia? Que horas as excursoes saem de manha? Obrigado novamente!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Débora, tudo bom? Olha, eu não tenho certeza de que horas sai o passeio começando em Uyuni, já que eu fiz o passeio partindo de San Pedro. No caso de San Pedro ele sai bem cedo, então acho que você não conseguiria…. Teria que confirmar isso com a agência mesmo.. Pois pode ser que você não consiga ir no mesmo dia

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  15. Gabriela

    Oi Robson! Tô montando um roteiro pra visitar esses lugares e seu blog tá ajudando muuito!! Tô planejando ficar 7 dias em San Pedro fazendo os passeios e depois fazer esse passeio para a Bolívia e tenho uma pergunta: depois de tanto tempo no deserto não cansa de ficar vendo a “mesma” paisagem o tempo todo?
    Desde já obrigada!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gabi!!! Tudo bom? Então, não cansa não!!! Na verdade a paisagem muda bastante, isso que é incrível no Atacama. 7 dias por lá é um tempo bom, ainda mais pra primeira viagem. Eu já fui 3 vezes, só pra você ter uma ideia de como é incrível lá. Pode ir que você vai voltar pra cá louca pra ir de novo.. pode escrever!! haahaha

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  16. Clarissa de França

    Olá, Robson! Poxa, que dicas maravilhosas!!! Estou planejando o meu primeiro mochilão com meu namorado pra janeiro de 2018. E desde já estou lendo todas as info que puder. Suas dicas são valiosas, obrigadissima! Vamos primeiro para a Bolivia e depois pro Chile, parando no Atacama e depois finalizamos na Argentina. Me diz uma coisa, tiveste muita dificuldade pra respirar? Ja fico receosa, pois tenho cansaço. Respiro bem desde que nao seja escalando pedras, hehehe. Parabens e obrigada desde ja!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Clari, tudo bom?!? Então, sobre o efeito da altitude, isso é muito imprevisível. Cada pessoa reage de uma forma.. e cada viagem também é diferente. Eu já fui três vezes pra lá… nas duas primeiras não senti nada, foi de boa.. Agora nessa eu já senti um pouco. Então a alimentação pode interferir, o seu cansaço pode interferir… várias coisas… Mas fechando os passeios com uma agência boa, que tenha oxigênio nos carros, bons guias, te ofereça segurança e suporte… aí é tranquilo.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  17. Mariana

    Olá robson. Sou de Portugal e estou pensando em ir ao Salar de Uyuni edeserto de Atacama em janeiro. É boa altura? Não é frio demais?
    Estamos indo 15 dias. Há algum local por perto que deva também incluir?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mari, tudo bom? Amo muito Portugal!! Sua terra é linda!

      Então, em janeiro é verão… você não vai pegar muuuito frio. Mas também é a época que pode chover no Atacama…. então tem esse risco. Mas não é sempre que chove.

      Em 15 dias eu acho que vocês conseguir visitar o Atacama, Uyuini e também Santiago!

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  18. Mariana

    Obrigado Robson. Portugal é mesmo maravilhoso. Um país de paz!
    Se voce tivesse que escolher entre salar uyuni/atacama e america central (guatemala, nicaragua, costa rica), teria uma ideia concreta do que escolher?

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *