Roteiro de 1 dia no Parque Nacional Torres del Paine, na Patagônia Chilena

Considerada uma das reservas naturais mais importantes do mundo, o Parque Nacional Torres del Paine é um verdadeiro tesouro da Patagônia Chilena. Veja aqui como é passar um dia em meio a cenários de tirar o fôlego.

Depois de uma aventura incrível pelo trekking até a base de Torres de Paine, era difícil acreditar que o Parque Nacional mais importante da Patagônia Chilena ainda me reservaria lindas surpresas.

Base Torres del Paine - Patagônia Chilena

Se você chegou por aqui agora e quiser ver como foi o trekking e também tudo o que já foi publicado no blog sobre a viagem da Patagônia, dá uma olhada nesses links:

Como é o trekking até a base de Torres del Paine

Veja aqui todos os posts da viagem pela região da Patagônia

Bom, para recuperar as energias depois de caminhar mais de 20 km no dia anterior, nossa programação agora era aproveitar as belezas do Parque Nacional Torres del Paine em um dia mais relax.

Esse é um passeio para quem está de carro ou, como o meu caso, acompanhado de uma agência que organizou a logística da viagem. Quem me deu todo suporte para realizar essa viagem, inclusive os deslocamentos, foi a FlaviaBia Expedicionesa mesma agência que faz passeios maravilhosos lá no Deserto do Atacama.

Se você vai se aventurar por conta própria e precisa alugar um carro, recomendo que faça isso ainda no Brasil. O site que indico para você pesquisar os melhores preços e efetuar a reserva é o da RentCars não deixe para fazer isso na última hora, pode ser uma furada!

Visitando Torres del Paine saindo de Puerto Natales

O Parque Nacional Torres del Paine é a principal reserva da Patagônia Chilena e um dos atrativos mais famosos da América do Sul. Com uma área superior a 200 mil hectares, é um local onde montanhas rochosas, lagos coloridos e maciços de gelo criam paisagens de uma beleza exuberante.

Parque Nacional Torres del Paine, Patagônia Chilena

Dentro do parque, as opções e atrativos para os viajantes são variadas. Desde escaladas, que chegam aos níveis mais difíceis do planeta, aos trekkings que revelam vales, rios, cachoeiras e te levam aos pontos mais altos da região.

Entenda um pouco mais sobre Torres del Paine

Não é difícil ficar um pouco perdido quando se começa a pesquisar sobre a região de Torres del Paine e planejar uma viagem pelo local.

Bom, o que você precisa saber é que o parque está localizado a mais ou menos 110 km de Puerto Natales, a principal cidade base para quem vai visitar a região. Mas vale também ressaltar que é possível se hospedar dentro do parque ou na região ao redor dele, como fiz no final desse dia, ou mesmo montar acampamento em alguns lugares – inclusive dentro dos circuitos mais famosos da região, o circuito “W” e o circuito “O”.

Trekking rumo a base das Torres del Paine - Patagônia Chilena

SegurosPromo com desconto!

Para você entender rapidamente sobre essas opções, o parque gira em torno de um grande maciço, que é provavelmente o que vem na sua cabeça quando se fala em Torres del Paine. Para explorar a região de uma forma mais aventureira, existe o “W”, que leva você em uma aventura de quatro dias e atravessa os vales da região. Já o “O”, o percurso mais longo, vai dar uma volta completa ao redor das Torres – o percurso pode levar de 7 a 10 dias.

Um dia em Torres del Paine, na Patagônia Chilena

Como minha viagem pela Patagônia incluiu vários lugares no roteiro, inclusive uma parte da Patagônia Argentina, não foi viável pensar em incluir um circuito com o “W” ou o “O” – mas é com certeza algo que quero muito realizar em um futuro bem próximo.

Por conta disso, além realizar o trekking até a base das Torres, decidi incluir um passeio que podemos chamar de Torres del Paine Full Day, onde pude percorrer, de carro, algumas regiões do parque ao redor das torres.

Parque Nacional Torres del Paine, Patagônia Chilena

É um passeio muito mais tranquilo e que não precisa de nenhum preparo – foi o dia tranquilo da viagem, mas que nem por isso foi menos incrível.

Nossa programação era visitar vários pontos do Parque Nacional e terminar o dia no hotel onde passaríamos a noite, dessa vez bem próximo ao parque.

Torres del Paine Full Day, com a FlaviaBia Expediciones

Depois do café da manhã ainda em Puerto Natales, pegamos a estrada em direção ao Parque Nacional Torres del Paine. Por volta das 9h da manhã já estávamos dentro da reserva, onde facilmente pudemos ver que a vida selvagem estava muito mais próxima de nós.

Logo pela manhã já avistamos alguns grupos de vicunhas, animais que hoje são protegidos e tem a caça proibida.

Torres del Paine, Patagônia Chilena

Nossa primeira parada do dia foi uma propriedade onde montamos nossa estrutura para fazer um churrasco no almoço. O dia, mais uma vez, estava lindo!! As torres completavam o cenário ao fundo e um lago belíssimo ficava a poucos metros da nossa mesa.

Torres del Paine, Patagônia Chilena

Sabe aquele comercial de margarina, onde tudo parece perfeito demais para ser verdade?! Pois é, essa foi a nossa realidade nesse dia – que estava só começando.

Entre um lanchinho e outro, algumas pausas para fotos – obviamente. Nesse dia eu decidi usar o tão famoso macacão que começou a me acompanhar nas viagens. Se você não sabe essa história é porque não deve me acompanhar ainda nas redes sociais – aproveita o gancho e já me segue lá no Insta: @blogumviajante.

Depois do almoço, seguimos passeando ao redor do Parque Nacional e mais uma vez fomos presenteados com alguns grupos de vicunas que passavam pelo nosso caminho.

Vicunhas em Torres del Paine - Patagônia Chilena

Cascada del Rio Paine

Dentre os lindos cenários do dia, a Cascada del Rio Paine foi um dos destaques. Com água que vem do degelo e as torres compondo o visual ao fundo, é um lugar que surpreende.

Cascada del Rio Paine - Torres del Paine - Patagônia Chilena

Localizada entre os lagos Nordenskjöld e Pehoe, a Cascada del Rio Paine está próxima a uma das entradas do Parque de Torres del Paine – veja aqui a localização no mapa.

Lago Pehoe

Seguimos nosso passeio chegando então na região do Lago Pohoe. Aqui é um dos locais onde existe a ponte que leva até um hotel e que aparece em vários cartões postais da Patagônia.

Lago Pehoe - Torres del Paine

Lago Pehoe - Torres del Paine

Pertinho dali existe um mirante mais baixo e também o Mirador Cóndor, que proporciona uma vista panorâmica do local. Como a nossa ideia não era fazer caminhadas nesse dia, deixamos esse mirador de lado e fomos pra outro ponto que eu queria muito visitar.

Meu lugar favorito para observar Torres del Paine

Logo que confirmei essa viagem, lembrei de uma foto que tinha visto em algum Instagram internacional. Vasculhei as referências que tinha, até que finalmente encontrei a foto. Mandei na hora pra Flávia e disse: pre-ci-so ir nesse lugar! Descobre pra mim onde é e dá uns pulos pra colocar ele no roteiro!

Felizmente ela, como uma ninja, descobriu o lugar e eu pude realizar o sonho de ver com os próprios olhos o cenário que vi em uma foto – e que nem imaginava que um dia seria realmente possível chegar lá.

Torres del Paine, Patagônia Chilena

Esse é, sem dúvidas, o meu cantinho favorito para ver as Torres del Paine. Enquanto o mirador estava cheio de gente disputando espaço, nós estávamos ali… num cantinho só nosso.

Torres del Paine, Patagônia Chilena

Confesso que não sei explicar exatamente como chegamos lá, mas se você quiser procurar, ele está perto do Hotel Explora Lodgee fazendo o passeio com a Flávia, ela te leva lá!

Nosso hotel no Parque Torres del Paine

Depois das fotos, seguimos para o hotel onde passamos essa noite da viagem – dessa vez muito perto do Parque Nacional. Como comentei, existem algumas opções lá dentro e outras nos arredores. Nossa escolha foi o Hotel Pampa Lodge.

Hotel Pampa Lodge

No próximo post conto para você mais detalhes de como passar a noite em Torres del Paine e como foi ficar nesse hotel lindo!

Torres del Paine: mapa dos pontos visitados

No mapa a seguir você pode ver os pontos que visitamos nesse passeio de Full Day em Torres del Paine. Alguns lugares não achei exatamente a localização, mas acho que vai ajudar de qualquer forma. Lembrando que nesse dia saímos de Puerto Natales, entramos no Parque Nacional pela entrada da Laguna Amarga e terminamos o dia no Hotel Pampa Lodge.

Não esqueça que se for viajar para Patagônia, é muito importante reservar sua hospedagem com antecedência. Sempre que fizer suas reservas no Booking.com por meio dos links do blog, você me dá uma força e não gasta nada a mais com isso – faça a reserva nesse link.

E por fim, faça o Seguro Viagem!!! Eu tive um perrengue no começo dessa viagem e sem o seguro teria ficado a ver navios. Aqui no blog você tem desconto para contratar o seguro tanto com a Mondial quanto com a SegurosPromosério, é um valor super pequeno perto do valor da viagem e ir com tranquilidade faz toda diferença!

Veja aqui o post sobre Seguro Viagem na América do Sul e pegue o cupom de desconto!

Como falei, essas empresas são parceiras do blog e você me ajuda muito ao utilizar esses links! Super agradeço!

Espero que tenha curtido o post! Se precisar de auxílio ou tiver alguma dica sobre o Parque de Torres del Paine, fique à vontade para comentar aqui no post! Valeuu!

Expedição Patagônia

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

15 Comentários

  1. Mariana

    Caramba, Robson, esse lugar é real???? Que maravilhoso!!!!! Estou sem palavras… Que paisagens!!!
    É tranquilo ir sozinha pela agência de viagens??
    Obrigada!

    Reply
  2. Jonathas

    Depois dessa postagem e dessas imagens incríveis, não tem como não acrescentar o destino à lista de futuras viagens.

    Reply
  3. Thelma

    Fernando
    Fotos maravilhosas como sempre, mas quero fazer um comentário do seu macacão, inacreditável que ele é da cor da paisagem incrível como deu super certo e quase você não comprou ele.😀😀

    Reply
  4. Suzanne

    Perdi o fôlego com a beleza da patagônia argentina (El Calafate e redondezas…). Agora vem você e nos mostra esse espetáculo de lugar!!! Como Deus é maravilhoso (e você também!) ❤️

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *