Viagem para o Chile: quais os documentos necessários?

Vai viajar para o Chile? Veja aqui os documentos necessários para entrar no país. Visto, passaporte, vacinas… Conhecer Santiago, o Deserto do Atacama, a Patagônia ou as vinícolas chilenas é muito mais fácil do que você imagina.

Não é segredo pra ninguém que sou apaixonado pelas belezas naturais do Chile, só para o Atacama já fui cinco vezes desde que conheci o deserto mais árido do mundo, em 2014. E foi pensando nisso que resolvi fazer esse post. Vai que você se anima com a facilidade que é entrar no Chile e começa a planejar sua próxima viagem? Então vamos lá!

Preciso de passaporte para entrar no Chile?

Aqui já começa a primeira boa notícia: não é necessário passaporte! O Chile, assim como alguns países da América do Sul, tem acordo diplomático com o Brasil. O que permite a você entrar no país usando apenas seu documento de identidade, o RG.

Chile: visto, passaporte, taxas e vacinas

Vale ressaltar que ele precisa estar em bom estado de conservação, com foto recente e data de emissão inferior a dez anos  nada de querer apresentar aquele RG antigo, com foto de quando você era criança e todo desgastado.

Outro detalhe importante é que não precisa de visto, desde que a sua permanência seja de até 90 dias!

E a minha carteira nacional de habilitação? Tem alguma utilidade?

Olha, se você quiser usar ela no lugar do RG na hora de entrar no país, sinto informar que a CNH não é aceita na imigração. Mas a segunda boa notícia é que, de acordo com a Lei Chilena Nº 20.046, é permitido ao turista dirigir no Chile com habilitação do Brasil! Aí sim um ponto positivo!

Alguma vacina é exigida para entrar no Chile?

Essa é mais uma facilidade para você, viajante. O Chile não exige nenhum tipo de vacina – o que também inclui a vacina contra febre amarela, obrigatória em muitos países.

Aqui fica uma dica importante:

Se você está pensando em visitar a Bolívia, antes ou depois, de conhecer o Chile, saiba que a vacina contra febre amarela passou a ser exigida por lá! Então, se você vai casar esses dois países no seu roteiro, fique esperto: tome sua vacina com 10 dias de antecedência da data de embarque da sua viagem e procure um posto da Anvisa para emitir o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP).

Certificado Internacional de Vacinação

Vai por mim, faça logo esse certificado e tenha ele sempre com você em qualquer viagem internacional – você vai precisar dele em vários destinos mundo afora.

E as taxas para visitar o Chile?

Pode ficar tranquilo: Não existe taxa para entrar ou sair do Chile! O que existe é o IVA (Imposto de Valor Agregado). Um imposto que você paga em tudo o que compra no país: comida, bebida, passeios, hospedagem. Mas olha a boa notícia de novo: você, turista, pode ficar isento do IVA de 19% sobre o valor total da sua hospedagem. É só pagar em dólar ou cartão de crédito internacional – mas para garantir, consulte as condições do seu hotel antes de fazer a reserva, ok?

Google 720

Imigração no Chile: o que preciso saber?

Para ingressar no Chile, seja por via terrestre ou por qualquer um dos aeroportos internacionais, você vai passar basicamente por três controles: a PDI, que é a Polícia de Investigacion, a Aduana e também o SAG, que é o Servicio Agrícola Ganadero.

Basicamente a PDI se encarrega de controlar a documentação de cada um dos viajantes que entram no Chile. A Aduana, como você deve saber, controla objetos e produtos que entram no país. Por fim, o SAG controla a entrada de produtos orgânicos, de origem animal e vegetal, como frutas, verduras e coisas do gênero.

O Chile é bem chatinho em relação a entrada de algumas coisas no país, por isso, para evitar problemas na imigração e até multas, que podem ser bem gordas, fique atento a regras!

Quais produtos você não pode levar para o Chile?

Produtos de Apicultura

Frutas e vegetais

Flores e plantas

Insetos, bactérias e microorganismos

Animais sem documentação

Carnes de qualquer espécie animal

Produtos lácteos

Produtos químicos para uso agrícola

Existem também produtos que podem entrar no Chile, mas que devem ser declarados, tais como:

Vegetais, frutas e legumes desde que estejam: congelados, cozidos, em conserva ou secos.

Chás, sucos de polpa, marmeladas, óleos vegetais, farinha, açúcar, cereais, bebidas alcoólicas, carnes processadas, entre outros, também podem entrar desde que sejam declarados.

Veja nesse link a lista completa de produtos proibidos ou que podem entrar com declaração.

Formulário da Aduana do Chile 

Sabendo já o que você pode ou não levar para o Chile, resta saber como é feita a declaração do que você está levando. Todos os brasileiros que viajam para o Chile precisam preencher o Formulário da Aduna! Mesmo que você não tenha nada a declarar, é obrigatório apresentar o formulário preenchido na imigração.

Formulário Aduana Chile

Você vai receber esse formulário ainda no vôo do Brasil para o Chile. É um formulário bem simples, mas, para evitar atrasos na chegada, eu recomendo já preencher ele durante o vôo. Caso queira visualizar o formulário completo, acesse o link:

Formulário da Aduana do Chile.

Então é isso, não preciso me preocupar com mais nada?

Tem só mais um detalhe essencial que merece atenção: ao entrar no Chile, você irá receber um papel na imigração da PDI. Nem pense em perder ele na mochila ou bolsa, porque você terá que apresentá-lo na hora de sair do país, ok? Por isso, guarde bem!

Se perder esse papel, você terá que passar no escritório da PDI para pegar emitir outra guia e isso pode demorar, principalmente se tiver fila, e aí já viu: com o tempo curto, você pode até perder seu voo – é melhor não arrisca, né!?

Seguro Viagem para o Chile

E pra tranquilidade ficar completa, não saia do Brasil sem o seu seguro viagem. Afinal, o Chile tem destinos lindos, com muita natureza e algumas aventuras. Nem preciso lembrar que imprevistos podem acontecer, certo?

Chile: visto, passaporte, taxas e vacinas

Então dê uma olhada nesse post que fiz sobre Seguro Viagem na América do Sul e inclua esse item ao seu planejamento. Os leitores aqui do blog tem desconto para contratar com a Mondial e também no sistema dos SegurosPromo, fica a dica:

Veja aqui como contratar seu Seguro Viagem na América do Sul

Hospedagem no Chile

Agora, se você se animou com tudo o que leu aqui e já está pensando em planejar sua viagem, aqui vai uma última dica: é sempre importante fazer suas reservas de hospedagem com antecedência.

Minha sugestão é dar uma olhada no Booking.com, que é parceiro do blog e também um dos sistemas de reservas mais confiáveis do mundo! Sempre que puder, faça suas reservas pelos links aqui do blog, assim você garante sua hospedagem com os melhores preços e ainda me ajuda, sem gastar nada a mais com isso.

Veja aqui as melhores opções de hospedagem em Santiago.

Espero que este post tenha ajudado você! Mas se ficou alguma dúvida, pode me escrever também, é só deixar um comentário aqui! Um beijo, um abraço, até mais, valeuuu!

PARA SUA VIAGEM AO ATACAMA
Cadastre o seu e-mail e receba dicas personalizadas até a data da sua viagem.
RESERVE SEU HOTEL NO ATACAMA
Booking.com
Sempre que fizer sua reserva, você contribui com o blog Um Viajante e não gasta nada a mais com isso.

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

38 Comentários

  1. Cristiane

    Olá, Robson! Tudo bem?
    Estou indo pro Chile essa semana e minha dúvida é: dá pra viajar pro Chile somente com o passaporte, sem o RG?
    Tem alguma agência de turismo no Atacama que você indique?

    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cris!! Tudo bem e você? Simm, pode ir só com o passaporte sim! Com ele você não precisa do RG!!

      Sobre agência no Atacama, eu recomendo muito a Ayllu e a também a FlaviaBia. Vou deixar o link delas aqui… você pode inclusive falar que conheceu no blog Um Viajante, eles tem condições especiais para os leitores!!

      Site da Ayllu: http://www.aylluatacama.com.br/

      Site da FlaviaBia: http://www.flaviabiaexpediciones.com/

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  2. Priscila

    Olá Robson! Sabe me informar se é necessário que o passaporte seja válido por 3 meses após o retorno ao Brasil, ou a validade é apenas para o período que eu estiver no Chile? Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Pri, tudo bom? Olha, como a sua passagem de volta vai confirmar que você sairá do Chile antes do seu passaporte vencer, eu acho que não terá problemas. É ideal não deixar ficar muito perto a data… uma alternativa é ir com a identidade, que é aceita também (desde que tenha menos de 10 anos de expedição e esteja em bom estado).

      Se precisar de qualquer coisa é só me dar um grito aqui!! Bjooo

      Reply
  3. Clara

    Olá Robson, estou indo ao Chile em janeiro e tenho visto que esse imposto que é cobrado mediante apresentação do cartão do imigrante e passaporte, no caso de brasileiro que podem entrar com o RG, tem a mesma função? Poderemos solicitar a isenção do imposto assim mesmo?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Clara, tudo bom? Olha, eu acredito que sim… não acho que isso seja vinculado ao passaporte em si, então com o RG deve funcionar da mesma forma.

      Se precisar de qualquer coisa é só me dar um grito aqui!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lu!! Existe opções de ônibus sim, porém é muito distante. Você pode dar uma olhada no site https://www.recorrido.cl/

      Pelo que eu vi, você precisa pegar um ônibus de Santiago para Osorno.. Uma viagem que vai levar quase 12h. Depois pegar outro ônibus de Osorno para Punta Arenas, uma longa viagem de mais de 22 horas. Então mais um ônibus para Puerto Natales.

      Eu acho que fica muito cansativo e distante. A não ser que você faça uma roteiro planejado, com bastante tempo, e vá parando em cidades ao longo do caminho.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  4. Geovina

    Olá, bom dia!
    Gostaria de saber quanto em média, é necessário por dia, para uso da moeda local. Só para alimentação e passeios.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Geo!! Tudo bem? Então, tudo vai depender do estilo de viagem que você vai fazer.

      Digamos assim… por 5.000 pesos você paga um refeição em um restaurante barato. Perto dos 7.000 é mais fácil de encontrar. E de 10 a 15 mil nos restaurantes melhores e um pouco mais caros. Ou seja, você consegue comer com cerca de 50 reais. Tem que considerar então o almoço + jantar. E algum gasto que você pretenda ter durante o dia. Também dá pra gastar mais apenas em uma refeição e economizar fazendo um lanche na outra. Enfim, esse é um custo base… espero ter ajudado

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  5. matheus

    Salve meu querido Robson , Tudo certo ? cara queria saber se posso ir para o chile apenas com o RG e a passagem de ida e volta comprada ? no caso iria ficar 3 dias la

    Reply
    1. Robson Franzói

      Salva Matheus!! Tudo certo e aí?? Então, pode ir só com o RG sim! Mas o seu documento precisa ter menos de 10 anos de expedição e estar em bom estado. Caso seja mais antigo que isso, vale a pena correr atras disso – sai mas barato do que fazer o passaporte só pra essa viagem (mas vale a pena fazer para as próximas hahaha).

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  6. Bárbara de oliveira

    Olá Robson, estou pensando em fazer viagem em novembro de 2019, mas não falo espanhol, eu consigo me virar somente com o português? ou tradução via google?
    alimentação básica ao dia é possível gastar 100,00 reais ao dia sem luxos?

    (já vou com ensaio fotográfico agendado com uma BRASILEIRA =)…dicas de melhores lugares para fotografar nessa época do ano?)

    Adorei o Blog, é incrível as dicas…

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bárbara, tudo bom?? Que legal que está planejando a viagem… já decidiu os lugares que você vai visitar no Chile? Vai pro norte do país? Pro sul? Ou pretende ficar na região de Santiago mesmo?

      Sobre os custos, depende muito de onde você vai estar.. Mas assim, com 100 reais você vai ter uma média de 15.000 pesos… não é muito (nossa moeda não está muito valorizada). No Atacama você até encontra restaurantes com menu de entrada, prato principal e sobremesa por 5.000 pesos. Aií você conseguiria almoçar e jantar com esse valor… Em Santiago teria que procurar bem. Se puder, tente contar com pelo menos 150 reais ao dia…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oiii!!! Então, eles nunca me pediram nada sobre isso… acho muito difícil pedir. Já visitei uma par de vezes e nunca nem perguntaram sobre o dinheiro. Porém eles sempre perguntam sobre hospedagem e onde vou ficar… por isso é bem importante ter sua reserva em algum lugar, pelo menos para os primeiros dias.

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui!!

      Reply
  7. Luiz

    Que dicas bacanas! Objetivas e simplificadas, parabéns

    Uma dúvida: estou indo para o Chile em abril com minha namorada, fiz um planejamento (conservador) de gastos diários de R$ 300,00 o casal (fora a estadia e transporte). Acredita que é possível viajar com R$ 1.500,00 em espécie, considerando que serão 5 dias, ficando apenas em Santiago e Viña del Mar? Também iremos com cartão de crédito para emergências. Obrigado e parabéns mais uma vez!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Luiz!! Não consegui te responder a tempo…. espero que tenha curtido muito sua viagem!!

      Então, hoje nossa moeda não está muito forte… quando você viajou eu acho que estava um pouco melhor. Nessa média que você levou, você deve ter conseguido uns 50.000 pesos por dia. É possível viajar sim, porém de uma forma bem econômico… os preços, especialmente em Santiago, não são muito baixos.

      Depois, se puder, volta aqui pra me contar como foi a viagem e se o dinheiro deu….

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  8. Arthur Souza

    Boa noite. Adorei o seu blog, as dicas e os conselhos dados por você. Eu, Minha esposa e filha (2 aninhos) vamos para o Chile esse ano e queria saber mais sobre os melhores lugares para conhecer. Obrigado.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Arthur!! Tudo bem? Fico muito feliz que chegou aqui no blog e curtiu o conteúdo… super obrigado pela mensagem. Então, o Chile tem lugares bem distintos para serem visitados, desde o norte, onde fica o Deserto do Atacama, até o sul, na região da Patagônia Chilena.

      Você já tem uma ideia do que pretende conhecer?

      Reply
  9. Fagner Telles

    Amigo boa noite! Seu site e suas viagens sao otimas(fotos e musicas incríveis)

    Preciso de uma ajuda! Estou querendo levar minha esposa e meu filho(9) para conhecer o chile e desfrutar de algumas atividades simples como esquiar basico, vc pode me dizer se quais os custos médio para 5 dias ou indicar uma agencia com um pacote legal para familia?

    Obrigado

    Reply
    1. Robson Franzói

      oi Fagner, tudo bom? Que legal que chegou aqui no blog e está curtindo as dicas. Então, super legal sua ideia de viagem…. assim, existem várias opções que você pode organizar. Você pode, por exemplo, se hospedar em Santiago e visitar o Valle Nevado e Farellones em um dia. Outra opção é ficar hospedado lá em cima, até mesmo no Valle Nevado.

      O que eu vejo é que em Farellones você tem mais opções para se divertir com crianças… já no Valle Nevado a ideia é esquiar mesmo. Se o seu objetivo for esquiar, é melhor ficar mais de um dia… pois demora um pouco para pegar o jeito.

      Só definindo essa organização, que você vai conseguir ter uma ideia de custo para a viagem…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  10. Elaine

    Oi Robson, tudo bom? primeiramente gostaria de elogiar seu blog é minha primeira vez aqui e tudo que eu e precisava saber eu encontrei rsrs bom minha pergunta é quanto em média eu vou gastar lá ( vou ficar em Santiago) com refeição, passeios, lembrancinhas essas coisas irei ficar 7 dias já comprei a passagem e meu hotel está reservado vou em julho mas desde ja quero guarda uma grana.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Elaine!! Tudo bem? Eu acabei ficando um tempo fora e estou com um número grande de comentários acumulados, por isso demorei para te dar um retorno.

      Sua viagem está quase chegando hein!?! Então, olha só… tudo vai depender do que você pretende fazer durante a viagem e também do estilo de lugares que pretende ir. Por exemplo… para alimentação… um restaurante legal vai ter pratos na faixa de 10.000 a 13.000 pesos… e você ainda teria que somar as bebidas e tal. Claro que tem opções mais barata, onde você vai gastar entre 6.000 a 8.000 pesos. É só uma base de cálculo para você ter uma ideia.

      Os passeios vão depender muito do seu roteiro… então é legal cotar com alguns agências o que você pretende fazer.

      Depois me diz se com isso você já tem uma ideia melhor ou se ainda tem dúvidas que eu posso te ajudar. qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  11. De lima

    Oi Robson….estou confusa…vou p o chile 8 de junho não tenho passaporte ,se eu tiver que fazer escala …em outro país eu vou precisar de passaporte

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oiii!! Então, imagino que a sua escala será em alguma cidade da América do Sul, certo? Nesse caso você pode usar o seu RG – desde que tenha menos de 10 anos de expedição e esteja em bom estado.

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  12. Vanessa

    Olá Robson, vou viajar para o Chile mês que vem, e ainda é necessário levar o formulário Aduana preenchido? Obrigada, bjs.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Vane!! Tudo bem? Você recebe o formulário dentro do avião e precisa preencher sim. Apesar de algumas comissárias dizerem que 1 formulário já vale pra uma família, casal e tal… não é isso! O certo é um formulário por pessoa

      Espero que tenha curtido a viagem! Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui…

      Bjosss

      Reply
  13. PAULA

    oi robson, tudo bem?
    eu e meu irmão estamos indo ao chile em julho, vamos passar cerca de uma semana, queremos uma viagem legal, mais simples, sem muito luxo. consegue me estimar, quanto, mais ou menos, devemos ter em dinheiro para essa viagem? muito obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Paula, tudo bem e você? Tudo certo com a viagem… como anda o planejamento? eu acabei ficando um tempo fora e estou com um número grande de comentários acumulados, por isso demorei para te dar um retorno.

      Então, se você conseguir me passar mais detalhes do que vocês já decidiram… posso tentar ajudar e até estimar alguns valores

      Reply
  14. Eli

    Boa noite!
    Embarco amanhã pro chile e gostaria de saber se preciso mostrar na imigracao doctos como passagem de volta, seguro viagem e reserva de hotel.
    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Eli!! Tudo bom? Espero que tenha dado tudo certo com a sua viagem… não consegui te responder a tempo mas vou deixar aqui a informação para os demais viajantes.

      Então, eles não costumam pedir a passagem de volta e nem o seguro na imigração. O seguro não é obrigatório, mesmo assim eu só viajo pra fora com ele… é uma questão de segurança pessoal mesmo. Acho que não vale o risco de viajar sem o seguro.

      O que eles sempre me perguntam quando eu chego é onde vou ficar… e preciso dizer exatamente o hotel. Já tentei falar apenas a cidade e mesmo assim eles cobram o hotel.

      Depois, se puder, volta aqui pra me contar como foi a sua viagem… vou adorar saber um pouco da sua experiência por lá

      Reply
  15. Diego

    Olá Robson. Primeiro quero te parabenizar pelo site.
    Eu vou ao chile como estudante de intercambio no inicio do ano de 2020 e já estou planejando minha ida. Vou para Temuco mais ou sul de Santiago e vou ficar cerca de 6 meses lá.
    Queria saber se conhece essa cidade e como é o custo de vida lá?, também se tem alguma indicação para hospedagem por esse período. estou pensando em ir de carro (sou de Santa Catarina) que pode me facilitar a locomoção lá e conhecer os pontos turísticos (pq tb quero aproveitar pra fazer turismo), será q vale a pena ou melhor ir de avião mesmo? é tranquilo dirigir por lá com a carteira de habilitação brasileira?
    Desde já agradeço e um forte abraço.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Diego, tudo bem? Fico feliz que está curtindo o conteúdo aqui do blog. Muito show que vai realizar essa viagem e está se programando com antecedência.

      Então, eu não conheço Temuco ainda… mas o custo de vida no Chile, de uma forma geral, não é muito baixo. Como você vai passar um período longo, muitas coisas serão diferentes de uma viagem comum. Você vai comprar muito mais coisas em mercados e não vai depender tanto de restaurante… só isso já vai fazer uma diferença no seu orçamento.

      Sobre ir de carro, é possível sim…. tudo vai depender de você na verdade. Sobre a disposição de dirigir até lá e também a logística com o carro… se vai valer a pena manter ele lá por tanto tempo.. se vai usar bastante e tal. Tem que ver esses pontos.

      Vou deixar um post aqui com dicas para alugar carro no Chile, pode ser que te ajude em alguns pontos: https://www.umviajante.com.br/chile/alugar-carro-no-chile-cnh-dicas-e-documentos-necessarios

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *