CityPASS NY: vale a pena? Informações, valor, quando e como usar o passe de atrações em Nova York

O New York CityPASS é um dos passes mais procurados por viajantes que planejam um roteiro em Nova York. Veja aqui quando vale a pena adquirir esse passe, o valor e dicas para utilizar nas atrações da sua viagem.

Como já comentei aqui no blog, a cidade de Nova York dispõe de algumas opções de passes para os viajantes explorarem suas principais atrações com um ótimo diferencial: gastando menos!

Dentre as opções de passes disponíveis, um dos mais interessantes e procurados pelos viajantes é o New York CityPASSque já tive a oportunidade de testar e agora vou contar como foi a minha experiência.

Como funciona o CityPASS NY

O CityPASS é, sem dúvidas, um dos passes de atrações de Nova York mais simples de utilizar – e que oferece as melhores configurações para quem irá realizar a viagem pela primeira vez.

CityPASS NY: vale a pena?

Eu digo “especialmente” para quem vai pela primeira vez porque ele inclui as principais atrações de Nova York. Talvez, para quem já esteve na cidade outras vezes, um passe com atrações diversificadas seja mais interessante.

Mas, antes de comentar sobre as atrações e como você pode aproveitar o passe da melhor maneira, é importante você saber que existem dois tipos de CityPASS disponíveis para a sua escolha: o New York CityPASS e o New York C3.

Diferença entre New York CityPASS e New York C3

Existe pouca diferença entre os dois passes, sendo a principal delas apenas a quantidade de atrações que você terá disponível para visitar.

No New York CityPASS você terá acesso a 6 atrações durante um período de 9 dias consecutivos.

Já no New York C3 você terá acesso a apenas 3 atraçõestambém dentro de um período de 9 dias.

Outra diferença entre eles é referente ao Empire State Building, que no CityPASS dará dois acessos para o mesmo dia: assim você pode ir de manhã e também à noite, caso tenha interesse.

CityPASS NY: vale a pena?

Já no passe C3 você tem apenas uma entrada permitida no Empire State – terá que decidir apenas por um dos horários para fazer sua visita.

Dentro do CityPASS você também conta com quatro opções de cruzeiros para escolher, sendo que no C3 são apenas 2 opçõessobre essas opções, vou explicar agora.

Escolhendo as atrações do New York CityPASS e New York C3

Bom, como você viu, esse passe tem duas configurações: uma com 6 atrações e outra com 3 atrações. O que é legal nesse passe é a possiblidade de optar entre mais de uma atração – em alguns casos.

Veja aqui as atrações inclusas no CityPASS:

  • Empire State Building
  • Museu de História Natural
  • Metropolitan Museum of Art – Met
  • Top of the Rock ou Museu Guggenheim
  • Estátua da Liberdade e Ilha Ellis OU Cruzeiros da Circle Line
  • Museu do 11 de setembro OU Museu Intrépido do Mar, Ar & Espaço

Como você pode ver, dentre as seis atrações inclusas no passe, em três delas você conta com uma opção alternativa. Então, por exemplo, você pode escolher se prefere visitar o Top of the Rock OU Museu Guggenheim.

Essa escolha não precisa ser feita antes ou na hora da aquisição do passe. A funcionalidade é muito mais prática e adaptável ao seu roteiro. Assim que você usar o passe em uma dessas atrações de escolha, como o Top of the Rock, automaticamente a outra opção se torna indisponível no passe – que, nesse caso, seria o Museu Guggenheim.

É importante ressaltar que você não pode fazer trocas diferentessua escolha deve sempre ficar entre as duas opções apresentadas.

Veja aqui as atrações inclusas no New York C3:

Diferente do passe com 6 atrações, no C3 você tem uma escolha livre entre as 10 opções disponíveis:

  • Empire State Building
  • Top of the Rock
  • Estátua da Liberdade e Ilha Ellis
  • Museu do 11 de setembro
  • Museu de História Natural
  • The Metropolitan Museum of Art – Met
  • Cruzeiros da Circle Line
  • Museu Intrépido do Mar, Ar & Espaço
  • Museu Guggenheim
  • Cruzeiros de Turismo Hornblower

Assim que você utilizar o passe 3 vezes, ele deixa de funcionar – lembrando que, como na outra opção, você também tem 9 dias para utilizar o passe, contados a partir do dia em que for utilizado pela primeira vez.

Quais as vantagens do CityPASS NY?

A principal vantagem do CityPASS é, obviamente, economizar um bom dinheiro na entrada das atrações. Isso vai depender, principalmente, de utilizar tudo que está adquirindo.

CityPASS NY: vale a pena?

Eu sempre reforço que um passe pode ajudar a economizar bastante, mas é importante que você realmente use o que está incluso – comprar um passe e não aproveitá-lo ao máximo é jogar dinheiro fora.

Como estamos falando de um passe que já tem poucas atrações, é ainda mais importante que você se programe para visitar todas! Assim você vai conseguir economizar, com o passe de seis atrações, 43% do valor dos ingressosou seja, é quase a metade do preço!

Além da economia com os ingressos e a vantagem de não pegar fila das bilheterias, o CityPASS oferece ainda outras vantagens:

  1.  A possibilidade de entrar duas vezes no Empire State Building;
  2.  O acesso por uma fila separada ao Museu do 11 de Setembro;
  3.  O acesso por três dias consecutivos no Metropolitan Museum of Art*
    * nesse caso contando ainda com o áudio-guia incluso!

New York CityPASS vale a pena? Qual deles escolher?

Como eu falei, se você for visitar essas atrações, SIM… o passe vale muito a pena! Tudo vai depender do seu roteiro e planejamento.

Acho, sinceramente, que o passe de 6 atrações é o mais vantajosoespecialmente por ambos terem a duração de 9 dias. A não ser que a sua viagem seja super curta e você realmente não ache que vai visitar mais de 3 atrações, aí sim eu recomendo o passe C3.

Se o seu roteiro tiver mais de 3 dias e você estiver disposto a aproveitar, com certeza o CityPASS é a melhor opção – mesmo que você use apenas cinco das seis atrações, ele ainda é vantajoso.

Valor: quanto custa e como comprar o CityPASS

O CityPASS com 6 atrações custa U$132 dólares para adultos e U$108 dólares para crianças e jovens entre 6 e 17 anos. Já o NewYork C3 custa U$84 dólares para adultos e jovens acima dos 13 anos e U$64 dólares para crianças entre 4 e 12 anos.


Comprar o passe em dólares

Para você ganhar tempo, sugiro que você compre seu passe antes da viagem. Ele vai chegar no seu e-mail e você poderá utilizá-lo diretamente pelo celular – hoje você não precisa mais do passe impresso ou do carnê, a versão digital funciona em todos os lugares.

No site oficial você compra o passe em dólares e paga à vista:

Comprar o passe em dólares

Comprar o passe em reais

Caso você prefira comprar o passe pagando em reais, recomendo o site da WePlann que, além de ser um site de venda oficial, é super seguro e você ainda ajuda o blog – sem gastar nada a mais com isso.

Vale ressaltar que nessa opção, você compra e pode parcelar o valor em até 6x sem juros válido apenas para o passe de seis atrações / o C3 é vendido apenas em dólares.

Compre o CityPASS pagando em reais e com opção de parcelamento.

Conclusão: CityPASS aprovado!

Eu usei o CityPASS durante a minha viagem e posso garantir que é uma ótima forma de economizar e super fácil de usar.

Recebi o passe diretamente no meu e-mail e não precisei imprimir ou ativar nada. Simplesmente apresentei ele no meu celular, assim que chegava nas atrações, e sempre entrei sem o menor problema.

Compre o CityPass e pague em dólares
Compre o CityPass e pague em reais

Quer mais dicas de Nova York?

Aqui no blog você já encontra um conteúdo muito legal para ajudar no planejamento da sua viagem para Nova York. Aproveite para navegar e tirar todas as suas dúvidas.

Acesse aqui o Guia Especial Nova York

Se você tiver dúvidas ou se já utilizou o CityPASS e quiser compartilhar a sua experiência, fique à vontade para deixar uma mensagem aqui nos comentários. See you!!

Roteiro de 7 dias completos em Nova YorkReserve seu hotel em Nova York

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

3 Comentários

  1. Ale

    Robson, fiquei com uma dúvida! Se eu comprar o CityPASS eu preciso agendar o dia/horário que vou visitar as atrações? Ou é só chegar lá e encarar a fila? hehe
    Obrigada, seu blog é demais, adoro suas dicas!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ale!! Tudo bem? Então, não precisa agendar nada não… e o melhor é que tem lugares, como o Museu do 11 de setembro, que você entra direto – sem ter que passar pela bilheteria. É muito bom esse passe!!! Se tiver qualquer dúvida me dá um grito aqui!! Ahhh… e se for comprar, lembra de fazer pelos links do blog… é uma super ajuda!!! Valeuuuu

      Reply
      1. Ale

        Obrigada!!! Vou comprar pelo seu link e parcelar, bem melhor hehehe
        Vou em agosto e tô fazendo a programação, seus posts tão ajudando muito! Valeuu

        Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *