Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Viagem para Nova York chegando? Veja aqui um post com dicas, atrações, o que fazer e como organizar um roteiro de 7 dias em NYC.

Planejar uma viagem para Nova York é, sem dúvidas, uma aventura: você tem milhares de atrações para pesquisar e organizar em um período de tempo que parece não ser o suficiente e, de sobra, ainda tem que ajustar tudo a um orçamento que, na maioria das vezes, é limitado.

É claro que essa realidade vai mudar de pessoa para pessoa, mas, pensando em ajudar a maioria dos viajantes, decidi compartilhar aqui – da maneira mais completa possível – uma sugestão de roteiro de viagem com base nas minhas experiências e viagens para Nova York.

Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

A ideia é tornar esse post uma base para sua viagem, mas que não só pode, como deve, ser alterado para o seu estilo como viajante. Pode ser que muitas coisas que vou recomendar, você realmente tenha interesse em visitar e outras, prefira deixar de fora da sua programação.

Sempre gosto de deixar isso claro para que você lembre de que não tem nada melhor e mais prazeroso do que planejar cada detalhe da sua própria viagem. Tudo aqui são apenas sugestõesentão use e abuse das dicas e informações para elaborar seu roteiro personalizado.

Quantos dias ficar em Nova York

Antes começar o detalhamento do roteiro em si, quero lembrar que aqui no blog já publiquei um post especial para quem não sabe quantos dias ficar em Nova York para aproveitar a cidade de verdade – se você ainda não fechou suas datas, recomendo ver o post!

Veja aqui quantos dias ficar em Nova York

Decidi começar os posts de roteiros com esse de 7 dias por ele ser o mais versátil, flexível e estar na média de tempo que a maior parte dos viajantes decide passar na cidade. Obviamente você pode ajustar ele para uma viagem mais enxuta, se não tiver todos esses dias, ou estender a sua programação, caso tenha mais tempo na cidade.

Viagem para Nova York: o que saber antes de viajar?

Assim como existem vários pontos que você precisa saber antes de ir para um destino, também existem pontos que são superimportantes que você saiba antes mesmo de elaborar o seu roteiro isso vai ajudar a não ficar tão perdido e sem rumo na hora de organizar sua viagem. Por isso, vou destacar alguns deles:

Localização do seu hotel em Nova York

A escolha certa da região em que você vai se hospedar pode fazer uma grande diferença na sua viagem para Nova York especialmente se você não tiver tanto tempo disponível.

Quantos dias ficar em Nova York? Dicas para a primeira viagem a NYC

Para uma viagem de 7 dias nesse destino, não acho que você precise ficar necessariamente no coração da cidade – onde os valores costumam ser bem altos. Mas também não recomendo que fique muuuuito distante, afinal, você não quer jogar seu tempo fora com longos deslocamentos.

Escolher um hotel dentro de Manhattan e, principalmente, perto de uma boa estação de metrô, é uma dica que vale ouro para sua viagem. Se tiver uma estação que seja coberta por mais de uma linha, melhor ainda!

Pesquise e reserve aqui o seu hotel em Nova York

Veja aqui os posts que publiquei sobre hospedagem em NYC

Locomoção dentro de Nova York

Outro ponto superimportante e que vai ajudar no roteiro da sua viagem é saber exatamente como será a sua locomoção dentro da cidade.

Falando especificamente de Nova York, você precisa saber que vai usar e abusar muito do metrô e também da sola do seu sapato. Caminhar e bater perna para todos os lados é uma das melhores formas de explorar a Big Apple, porém você não tem como deixar o metrô de lado.

Metrô em Nova York

As principais atrações de Nova York estão espalhadas pela ilha de Manhattan de norte a sul e de leste a oeste, ou seja, muitas ficam em regiões completamente opostas uma das outras.

Por isso, o melhor é separar as atrações que você pretende visitar em grupos e distribuir nos dias da sua viagem. Assim, evita de pegar muitas vezes o metrô e fazer muito vai e vem desnecessário.

Veja aqui como funciona o metrô de Nova York

Tempo em cada atração

E por fim, para conseguir organizar o seu roteiro de uma forma mais assertiva, é ideal ter uma boa ideia de quanto tempo vai gastar em médiaem cada atração. Dessa maneira, você evita de encher o seu roteiro com muita coisa e no fim, não conseguir fazer a metade do que era o desejado.

Nova York em 10 dias ou mais: é muito tempo?

Roteiro de 7 dias em Nova York | O dia a dia da viagem

Agora que você já tem uma ideia de pontos importantes que utilizei para elaborar o roteiro, vou detalhar todos os dias aqui – porém de uma forma resumida. Algumas atrações já têm posts completos no blog, dessa maneira você pode aprofundar a leitura e saber de todos os detalhes do que interessar mais.

 

Para você visualizar o roteiro de uma forma mais simples, preparei um mapa com os principais pontos da programação. Ele está distribuído em camadas que são os dias do roteiroeu confesso que adoro fazer mapas como esse e também mapas onde as camadas são divididas por tipos de atração: lojas, museus, restaurantes, etc.

Esses outros mapas, vou disponibilizar aqui no blog junto com os posts de listasassim eles se complementam, e você aproveita da melhor forma possível para sua viagem.

Mapa do roteiro de 7 dias em Nova York:

Eu recomendo abrir o mapa em uma janela separada, para você poder acompanhar o roteiro e visualizar de uma maneira mais simples. Clique aqui para abrir o mapa em uma nova janela.

Navegue pelo conteúdo do post

Para facilitar sua leitura, já que o post tem muita informação, vou deixar um menu para você navegar facilmente pelo roteiro e todo conteúdo do post:


Dia 1 | Primeiro dia em Nova York

Vou cogitar que você chegou bem cedo ou mesmo na noite anterior e ainda não conheceu nada na cidade. Por isso, vamos começar o primeiro dia com uma visita ao coração de Nova York e, claro, seu principal cartão postal: a Times Square.

Times Square - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Sei que esse é o sonho da maior parte das pessoas que vai a Nova York pela primeira vez, então, como fiz na minha primeira viagem, esse seria um bom porto de partida.

Depois de visitar e ficar vidrado com os telões mais famosos do mundo, vamos sair da muvuca e chegar ao Bryant Park, um parque superlegal onde fica a Biblioteca Pública de Nova York. Vale a visita!

Biblioteca Pública de Nova York - New York

Caso você não tenha tomado café, vou deixar duas sugestões na região: o Blue Bottle Coffee e também o Culture Espresso, ambos pertinho do Bryant Park.

Aproveitando que está na região, aproveite para visitar o incrível Grand Central Terminal a estação central de Nova York, que você já deve ter visto em muitos filmes e é um dos cenários mais clássicos da cidade.

Grand Central Terminal - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Saindo do Grand Central, você pode voltar em direção a Biblioteca Pública de Nova York e passear pela Quinta Avenida, subindo em direção ao Central Park.

Nessa caminhada, você irá passar em frente a várias lojas famosas e também ao Rockefeller Center. Recomendo muito que o Top of The Rock faça parte da sua programação, mas deixe para subir no final da tarde – assim você pega um pôr do sol lindo lá no alto.

Você pode aproveitar que está passando por ali para entrar e agendar o seu horário de subida para o final desse dia – assim já começa sua viagem com tudo!

Rockefeller Center - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Em frente ao Rockefeller você também pode visitar a St. Patrick’s Cathedral e seguir passeando pela região e outros pontos da Quinta Avenida.

Dependendo do seu ritmo, ou mesmo do clima, pode seguir para o MoMA – Museum of Modern Art, que tem uma coleção incrível! Em dias de chuva, escapar para um museu é sempre uma boa alternativa. Ah, vale verificar se o MoMA já estará aberto na data da sua viagem, pois fechou para reforma – a previsão de abertura é no final de outubro.

Fique de olho no relógio para não perder o horário do Top of The Rock, onde você vai curtir o pôr do sol – eu acabo perdendo a noção do tempo quando visito museus.

Top of the Rock - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Aproveite o entardecer no Top of The Rock – é lindo ver as luzes da cidade se acendendo lá do alto. 

Top of the Rock - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Quando descer, caminhe de volta até a Time Square para ter a visão da rua à noite – vale muito a pena!

Sugestão para a noite

Caso queira uma dica de lugar para comer, aproveitando que está na região da Times Square, uma boa pedida é o Five Napkin Burger

Considerado um dos melhores hambúrgueres da cidade. Ele não está entre os mais baratos, mas eu confesso que sempre faço um esforço para incluir na minha programação – é realmente uma delícia!

Dia 2 | Visitando o sul de Manhattan

O segundo dia do seu roteiro por Nova York vai começar pelo sul da ilha de Manhattan, com a Estação Oculos – World Trade Center Station. Projetada pelo espanhol Santiago Calatrava, a atração tem um visual diferente de tudo que você vai ver em Nova York.

A nova Estação Oculus

Dentro da estação você vai encontrar lojas, restaurantes, cafés e, claro, ligação com o metrô e também com linha do Path.

Saindo da estação você chegará ao Memorial e também o Museu do 11 de Setembroque merece fazer parte desse roteiro. Mas, antes da visita, recomendo que comece pelo Observatório do One World Trade Centerassim você evita o movimento mais tarde.

Você vai levar, pelo menos, umas 2 horas para fazer a visita no Observatório. Se o clima não estiver muito bom, é legal tentar ajustar a sua programação para subir em um dia melhor.

Depois da visita, aí sim, vamos ao Museu do 11 de Setembro. Ele vai pegar uma parte boa do seu roteiro – separe entre 3 e 4 horas para fazer a visita completa.

Parede Diafragma - Museu do 11 de Setembro em Nova York

Quando sair, provavelmente vai querer algo para comer e também aliviar um pouco a tensão. Recomendo uma caminhada até o Maman, da Tribeca, que é um café delicioso que você pode conhecer. Eu fiz essa caminha e é super tranquila.

Depois de comer, siga de volta para o sul da ilha. Agora, você vai passear pela principal área do Distrito Financeiro de Manhattanconfesso que, particularmente, não acho a região tão interessante, então acho que a visita pode ser rápida.

Vale se atentar para a Trinity Church, que é a igreja famosa da região que sobreviveu a queda das torres gêmeas do WTC. Ainda nesse passeio você vai passar pela Bolsa de Valores de Wall Street, uma das principais bolsas de valores do mundo, e também pelo Charging Bull, o famoso Touro de Wall Streetvocê pode se debater com os demais viajantes para passar a mão nas partes do touro ou seguir o passeio

Charging Bull - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Enfim, você chegará ao Battery Park, que conta com uma vista linda para o rio Hudson e também para a cidade de Jersey City, em New Jersey.

Battery Park - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Aproveite a vista para sentar, descansar as pernas e curtir a visual da região.

Dependendo do horário que terminar a sua programação desse dia, você pode visitar um rooftop para curtir o entardecer ou voltar mais cedo para o hotel para tomar banho, se trocar e sair para algum lugar legal na noite de Nova York.

Sugestão para comer na região

Caso queira comer nessa região, uma boa pedida é a unidade do Eataly Downtown, que fica dentro do shopping Westfield – bem ali no complexo onde está o memorial e estação Oculus. Caso você não conheça, o Eataly é um mercado com produtos italianos e espaços gastronômicos. Você pode comprar algumas coisas para comer fora ou fazer a sua refeição lá mesmo. Uma curiosidade é que eles não vendem vinho para levar, somente para consumir no espaço.

Eataly Downtown - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Eu gosto bastante das massas servidas no Eataly, então deixo como uma sugestão tanto para o seu almoço, um lanche pela tarde ou mesmo para o jantar.

Dia 3 | Greenwich, Chelsea e The Vessel

No terceiro dia em Nova York vamos conhecer outro lado da cidade. Se você, assim como eu, for apaixonado pelo seriado Friends, a boa pedida é começar seu roteiro com uma visita ao prédio do seriado – que marcou a vida de muitas pessoas. Infelizmente, a única coisa que podemos ver é faixada – mas ainda sim é emocionante ver ele de perto.

Prédio do seriado Friends - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Aproveite para tomar café no The Elk, uma cafeteria deliciosa do bairro, e depois, explorar um pouco a região enquanto segue em direção ao High Line Park, atração imperdível para o seu roteiro.

Aqui, uma boa pedida, antes de iniciar o passeio pelo High Line, é incluir uma visita ao Whitney Museum of American Artcaso você goste de museus. Ele não é o mais famoso da cidade, mas tem um acervo e estrutura bem legais – você vai gastar menos de 2 horas para visitar a instalação e ele está incluso em alguns passes da cidade.

Na região, você também precisa visitar o Chelsea Market, que é um espaço superlegal – com várias opções de restaurantes e lojas alternativas.

Chelsea Market - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Aproveite para dar um pulinho na Starbucks Reserve, bem pertinho do mercado – mesmo que não seja para tomar mais café, vale a vista!

Eu já tive o prazer de me hospedar no Chelsea e recomendo muito a região. De todos os hotéis que já conheci em Nova York, o Moxy Chelsea foi um dos que mais gostei.

Moxy Chelsea - Hotel Boutique em Nova York

Veja aqui como foi minha estadia no Chelsea.

Seguindo o passeio pelo High Line Park, você chegará ao Hudson Yards: um complexo luxuoso onde está o novo cartão postal de Nova York, o Vessel.

The Vessel: nova atração de Nova York - Vale a pena?

Vale lembrar que, para entrar no monumento é necessário agendar a visita, mas eu recomendo que tente pegar um horário no final da tarde – assim você pode curtir o pôr do sol lá no alto.

Veja aqui as informações sobre o novo cartão postal de NYC

Caso se interesse por tecnologia, bem pertinho dali fica a B&H a principal loja de equipamentos fotográficos de Nova York. Vale muito a visita!

Se animar nas compras, seguindo em frente você vai chegar à Macy’s, uma das principais lojas de departamento de Nova York – mas eu recomendo deixar as compras para um dia separado,  especialmente nessas lojas grandes que tomam muito tempo.

Uma boa alternativa agora é fazer o caminho de volta, por fora do High Line. Assim, você vai passear pela região do Chelsea até o Greenwich Village pelas ruas, e não pelo alto do parque.

Caminhada pelo Chelsea e Greenwich Village - Roteiro NYC

Se você marcou o Vessel para esse final de tarde, fique de olho no relógio para não perder a hora. Terminar o dia nessa região é uma delícia!

Você verá as luzes de Nova York se acendendo, terá a oportunidade de ver o Vessel iluminado e ainda vai ter outra experiência ao passear à noite pelo High Line Park.

The Vessel, visita à noite

Dia 4 | Museu de História Natural, Central Park e Hell’s Kitchen

Para o quarto dia de viagem, recomendo acordar cedo e ir direto para o Museu de História Natural de Nova York. Ele é sensacional e vale muito a pena incluir no roteiro, mesmo que você não seja grande fã de museus.

Museu de História Natural de Nova York

Como o museu é grande, separe uma manhã inteira para ele. Você vai passar entre 3 e 4 horas fazendo essa visita pode se preparar para gastar a sola de sapato.

Veja aqui um post completo sobre o Museu de História Natural de NY

Na saída, uma boa pedida é almoçar na região e já emendar em uma visita ao Central Park. Eu vou postar, em breve, um roteiro bem legal para você saber exatamente o que ver no principal parque da cidade.

Resumidamente, você pode sair do museu e seguir até a rua 72nd, aonde a entrada do Central Park vai levar ao Strawberry Fields, o monumento em homenagem a John Lennon.

Siga contornando o lago até chegar à Bow Bridge, uma das mais belas pontes do parque. Você pode atravessar a ponte, se quiser, mas precisa voltar e seguir em frente até chegar a Bethesda Terrace, um dos principais espaços construídos no Central Parkonde milhares de viajantes se reúnem ao redor de uma fonte.

Continuando em frente, como se você fosse sair pela rua 72nd no lado oposto ao que entrou, para a sua esquerda fica o Conservatory Water aquele famoso lago onde as crianças, e também adultos, se divertem com miniaturas de barquinhos. Ao passar por esse lago, você vai chegar ao monumento Alice in WonderlandAlice no País das Maravilhas – vale ir até lá para fazer uma foto.

Retorne então para o Bethesda Terrace e agora siga em direção ao sul do parque. Vale a pena passar pela estátua do Balto, o cachorrinho que ficou famoso em todo o mundo, e também pelo Carrossel do Central Park.

Balto, Central Park - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Dê a volta ao redor do lago The Pond, que tem um visual lindo, e termine essa visita em frente ao The Plaza, o hotel mais icônico de Nova York.

Aqui você tem duas opções: seguir pela Quinta Avenida, que você já visitou no primeiro dia, e entrar em algumas lojas do seu interesse; ou seguir pela 59th até chegar ao Columbus Circle – que merece uma visita.

Columbus Circle - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Esse é um bom dia para programar um musical na Broadway. Aqui no blog já relatei a minha experiência ao assistir O Rei Leão, Frozen, Aladdin e também O Fantasma da Ópera.

É superimportante você organizar isso com antecedência, já que não é fácil conseguir ingressos na hora. Recomendo, inclusive, a WePlannuma plataforma em que você compra os ingressos em reais e pode parcelar em até 6x sem juros.

Comprar ingresso para o Rei Leão

  Veja aqui um post sobre a WePlann

Sugestão para comer na região

Caso queira esticar um pouco mais, você estará perto de Hell’s Kitchen região com muitas opções de restaurantes, bares e que vale uma visita. Eu me apaixonei por um restaurante tailandês que fica na 9th Avenida:o Pure Thai Cookhouse!

  Veja como foi minha experiência nesse restaurante thai em NY.

Dia 5 | MET, SoHo, Compras e Cruzeiro

Quinto dia de viagem em Nova York e a minha sugestão é começar pela visita ao Met – Metropolitan Museum of Art. A entrada dele também faz parte de vários passes, por isso eu recomendo muito que você compre um para sua viagem – uma ótima forma de economizar.

Met - Metropolitan Museum of Art de Nova York
Salão das armaduras do MET – Uma área imperdível no museu..

Confesso que não consegui ver tudo o que tinha no MET em uma única visita, mas eu tinha bastante tempo e voltei no dia seguinte. Como esse aqui é um roteiro mais enxuto, recomendo ver o máximo possível nessa visita e não voltar depois – a não ser que seja algo muito interessante para você.

Caso você não gaste muito tempo no museu, pode aproveitar para passear na região. Mas se demorar mais, recomendo pegar o metrô assim que terminar a visita e seguir para a região do SoHO.

Café lindo e charmoso em Nova York: conheça o Maman Coffee Bakery

O SoHo é um dos meus lugares favoritos em Nova York. Não vou deixar nenhum roteiro pelo bairro aqui, mas logo vou fazer um post exclusivo sobre a região.

De qualquer forma, umas das melhores coisas no SoHO é passear sem roteiro mesmo – visitar as lojas e boutiques descoladas da região é uma delícia de passeio!

Se quiser uma sugestão de lugar para comer no SoHO, eu recomendo o Mamancaso você não tenha ido naquele da Tribeca que comentei anteriormente. Outra opção, caso não queria repetir, é um café minúsculo chamado Urban Backyardele quase vai passar despercebido se você estiver distraído. É muito pequeno, porém delicioso… recomendo!

Uma ótima pedida para fechar esse dia é fazer um cruzeiro pelo Rio Hudsonvárias opções estão inclusas nos passes de atrações. Mas vale um alerta: fique de olho no clima! Fazer esse cruzeiro com chuva ou tempo feio não vale a pena – digo por experiência própria. Como alguns passes têm boa flexibilidade, ajuste isso de acordo com o clima durante a sua viagem.

Noite no cruzeiro pelo Rio Hudson - Roteiro NYC

É importante você verificar de onde parte o cruzeiro do seu passe. Eu fiz o cruzeiro com a Circle Line e o passeio partiu do Pier 16, que não fica longe dessa área onde você está.

Para a noite, também se o clima ajudar, uma ótima pedida é voltar para o coração de Nova York e subir ao topo do Empire State Building – assim você fecha as visitas nos principais observatórios da cidade.

Vista para o Empire State | Foto no Top of the Rock
Vista para o Empire State | Foto no Top of the Rock

Eu recomendo que visite esse observatório à noite, já que durante o dia as filas são gigantescas! Aproveite que ele fecha tarde e estique as horas da sua programação.

A foto anterior foi no Top of the Rock que, pra mim, tem uma vista mais bonita – inclusive a melhor vista para o Empire State. Se tiver que escolher apenas um deles, fique com o Top of the Rock!

Dia 6 | Compras e Chinatown

Sua viagem por Nova York está entrando na reta final. Até esse dia você já deve ter visto e, se não comprou, ficou com vontade de comprar muitas coisas.

Compras em NY - Roteiro

Isso vai, sim, acontecer com você! Por isso, acho legal separar um tempo da sua programação para fazer umas comprinhas. Claro, mais uma vez a escolha é sua.

Aproveitei a minha viagem para comprar algumas roupas masculinas. Apesar da Macy’s ser lotada de brasileiros e ser uma das mais procuradas, confesso que prefiro a Century 21.

Century 21 Brooklyn - Nova York

Pelo menos falando em compra de roupas masculinas em Nova York, a Century 21 dá um show! Isso é pessoal e, obviamente, vai depender do estilo de cada um. Mas, só para você ter uma ideia, lá você encontra jaquetas da Calvin Klein por $35 dólares e camisetas da Adidas ou Tommy por cerca de $10. Eu acho que são valores super atrativos, por isso recomendo a visita.

Century 21 Brooklyn - Nova York
Century 21 | Se você chega cedo, a loja está super arrumada…

A grande questão é que a loja é enorme e encontrar coisas boas leva tempo. Ou seja: separe, no mínimo, metade desse dia. Assim você pode fazer suas compras e depois levá-las para o hotel, antes de seguir a programação.

Se a sua ideia não for comprar roupas, mas sim, lembrancinhas, a dica é visita o City Hall Park, pertinho da Brooklyn Bridge. Lá você encontrará boas opções por preços baixos. Caso o foco seja eletrônicos, não deixe de passar em uma das lojas da Best Buyvocê encontra várias espalhadas por Manhattan.

Onde comprar eletrônicos em Nova York: BEST BUY!

  Veja aqui os preços e o que vale a pena comprar de eletrônicos em Nova York.

Depois das horas de compras, vamos seguir para um lado de Manhattan que você ainda não visitou: Chinatown. Minha dica é passear pelo máximo de ruas possíveis pela região, sem um roteiro muito definido.

Chinatown - Roteiro viagem Nova York

O legal ali é passear sem rumo mesmo e descobrir as lojas curiosas e exóticas da região. Não deixe de reparar na arquitetura dos prédios e, principalmente, nos letreiros das lojas. Passear por essa região é como se transportar para uma cidade fora de Nova Yorkveja que até as placas de rua são escritas em outro alfabeto.

Chinatown - Roteiro viagem Nova York

Outra dica que não posso deixar de dar é para você incluir o Museum at Eldridge Street no seu roteiro. Esse museu, que já foi uma sinagoga, fica escondido em Chinatown e é um dos lugares mais lindos que já visitei em Nova York.

Eldridge Street Museum em Nova York

Atenção: veja exatamente os horários do museu para encaixar com o dia da semana da sua programação. Como ele não abre todos os dias, é importante ficar atento nesse ponto.

Outro lugar que merece uma visita é a Little Italy, que parece um universo completamente perdido junto com Chinatown. Vale passar por lá!

Little Italy - Roteiro viagem Nova York

Onde comer em Chinatown

Se você quer se aventurar em um restaurante de Chinatown, eu tenho uma dica imbatível: Shanghai 21! Além de não ser caro, a comida é maravilhosa! Se você gosta de dumplings no vapor, você precisa ir nesse restaurante! Eu comi até não aguentar mais… juro, é muito bom!

Vale reforçar que ele costuma fazer fila na entrada, mas normalmente a espera não é tão longa. Eles também não aceitam todos as bandeiras de cartão – eu estava apenas com Mastercard e precisei sair para sacar dinheiro. Para evitar imprevistos, tenha sempre uma quantia em espécie com você.

Dia 7 | Último dia em Nova York

Enfim chegamos ao final desse roteiro de 7 dias em Nova York. Apesar de me esforçar para colocar os pontos mais importantes na programação, é só você mesmo que pode rechear o roteiro com a sua personalidade. Para esse último dia, vou deixar algumas opções mais abertas, assim você consegue filtrar o que é mais interessante.

Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Como você deve ter percebido, eu não incluí a visita à Estátua da Liberdade e Ilha Ellis na programação. Deixei isso para esse último dia, assim você decide se acha realmente necessária ou se prefere visitar algum outro lugar, museu ou parque na cidade.

Se você fez o cruzeiro pelo Rio Hudson, já passou bem pertinho da Estátua – então depende muito de você querer ou não gastar tempo com a visita. Caso decida ir, já faça isso logo cedo!

Depois da visita, pegue o metrô e siga para o Madison Square Park outra região super legal de Nova York e que você ainda não passou. Vale a pena explorar esse pedaço da cidade.

Flatiron Building - Roteiro NYC

Bem em frente ao parque fica o famoso Flatiron Building, outro prédio emblemático de Nova York. Se a fome apertar, aproveite para conhecer o Eataly Flatiron que fica bem pertinho – já viu que eu só fã desse lugar, né!?!

Se você estiver animado para caminhar e aproveitar suas últimas horas em Nova York, recomendo seguir pela Broadway até o Union Square Park, aproveitando para ver as lojas da região – que são bem interessantes.

Fishs Eddy - Comprar canecas em Nova York

Uma loja que vale a visita é a Fishs Eddy, onde você encontra muitas canecas e copos divertidos alguns sarcásticos, muitos zombando o presidente Trump e também alguns, que amei, com temas de animais de estimação. A loja é linda, com várias coisas pra casa, e fica próxima ao Flatiron Building.

Caso você tenha optado por deixar a visita a Estátua da Liberdade de lado, essa caminhada por ser feita com calma – caso contrário, pode ser necessário acelerar um pouco o passo para fechar a programação.

A ideia aqui é pegar o metrô e ir até o City Hall Park, onde você vai iniciar a caminhada para cruzar a ponte do Brooklyn se deixou as lembrancinhas para depois, essa é a última chance!

Ponte do Brooklyn - Roteiro NYC

É legal começar essa parte do passeio um pouco antes do final da tarde, assim você consegue cruzar a ponte e ver o pôr do sol no lado do Brooklyn caso não queira andar muito, pode pegar o metrô e chegar direto no Brooklyn.

Aqui você não pode deixar de visitar a Dumbo, rua onde todo mundo quer tirar uma foto super clássica com a Manhattan Bridge de fundo – é complicado com a luz e os carros, mas vale a visita!

Dumbo, Brooklyn - Manhattan Bridge - Roteiro NYC

Depois siga até Pebble Beach, um dos lugares mais lindos para você curtir seu último pôr do sol em Nova York. Aproveite o entardecer por ali e não deixe de visitar a Empire Store, que tem um deck com um visual absurdo da Ponte do Brooklyn e do skyline de Manhattan.

Pôr do sol em Nova York - Ponte do Brooklyn - Empire Store - Roteiro NYC

Vale ressaltar que nesse espaço fica também o Time Out Market, recém inaugurado na cidade – mais um que vale a visita para fechar a viagem!

E assim chegamos ao fim do roteiro de 7 dias em Nova York uffa, não é fácil organizar essa tudo isso! Espero que aproveite as dicas para planejar a sua viagem.

Resumo do roteiro de 7 dias em Nova York

Caso você queira uma resumo simples do roteiro, veja como ficou a organização básica de cada dia da viagem:

DIA 1

Times Square
Bryant Park
Biblioteca Público de Nova York
Grand Central Terminal
Quinta Avenida
Rockefeller Center
St. Patrick’s Cathedral
The Museum of Modern Art
Top of The Rock

DIA 2

Estação Oculos
Memorial do 11 de Setembro
One World Observatory
Museu do 11 de setembro
Trinity Church
Bolsa de Valores da Wall Street
Charging Bull
Battery Park

DIA 3

Prédio do seriado Friends
Whitney Museum of American Art
Chealse Market
High Line Park
Hudson Yards
The Vessel

DIA 4

Museu Americano de História Natural
Strawberry Fields
Bow Bridge
Bethesda Terrace
Conservatory Water
Alice in Wonderland
Balto Statue
Central Park Carousel
The Pond

DIA 5

Metropolitan Museum of Art
SoHo
Cruzeiro Rio Hudson
Empire State

DIA 6

Compras
Chinatown
Museum at Eldridge Street
Little Italy

DIA 7

Estatua da Liberdade (opcional)
Madison Square Park
Flatiron Building
Eataly Flatiron
Union Square Park
City Hall Park
Ponte do Brooklyn
Dumbo
Pebble Beach
Empire Stores
Time Out Market

Como economizar nesse roteiro de 7 dias?

Como comentei ao longo do post, vários atrativos desse roteiro aceitam passes que te ajudam a economizar com os ingressos. Os passes de atrações de Nova York são, de verdade, uma ótima alternativa para conhecer mais atrativos na cidade e gastar menos.

Para você ter uma ideia, vou listar aqui todas as atrações que incluí nesse roteiro junto aos valores originais do ingresso. Na sequência, veremos quais passes seriam interessantes para você economizar nessa viagem. Vamos lá:

Atrações do roteiro e valor do ingresso

The Museum of Modern Art | US$ 25
Top of The Rock | US$ 41
One World Observatory | US$ 38
Museu do 11 de Setembro | US$ 26
Whitney Museum of American Art | US$ 25
Museu Americano de História Natural | US$ 23
Metropolitan Museum of Art |S$ 25
Cruzeiro Rio Hudson | US$ 35
Empire State Building Observatory | US$ 42
Museum at Eldridge Street | US$ 14
Estátua da Liberdade | US$ 18

Valor total dos ingressos: US$ 312 dólares

Qual passe escolher esses 7 dias em Nova York

Aqui vamos precisar colocar tudo na ponta do lápis e ser realistas com o que você vai, realmente, visitar. No total listei 11 atrações, mas existem passes que oferecem a flexibilidade de visitar mais atrativoscaso tenha um ritmo mais rápido, pode ser uma boa.

Primeira opção: New York SightSeeing Pass

O New York SightSeeing Pass é um dos meus passes favoritos para visitar as atrações da cidade. Dentre essas atrações que listei, apenas o observatório do Empire State não está incluso. Sendo assim, você poderia comprar o passe para 10 atrações + o ingresso do Empire State.

SightSeeing Pass NYC: vale a pena?
SightSeeing FLEX Pass

Você teria 10 atrações inclusas por US$ 229 e pagaria US$ 42 no Empire State, ficando um total de US$ 271 dólares. Uma economia de US$ 41, quase R$ 170 reais com o dólar cotado hoje (agosto/2019). Isso para um casal, que utilizaria 2 passes, seria uma economia de R$ 340 reais! Vale muito a pena!

Se você achar que pode visitar mais atrações, além dessas listadas, sua opção seria a versão DAY PASS, em que poderia comprar o passe de 7 dias consecutivos por US$ 284 dólares.

Nesse caso você vai gastar US$ 284 do passe + US$ 42 do Empire State: um total de US$ 326. A vantagem dessa opção é que você tem mais de 100 atrações disponíveis para visitar. Outra opção parecida com essa é o próximo passe que vou indicar…

DESCONTO EXCLUSIVO: 30%Off Sightseeing Pass

Como o Sightseeing Pass é o passe de atrações que eu mais recomendo em Nova York, fiz um contato com a empresa oficial e consegui um desconto exclusivo para os leitores do blog. Com esse desconto, o valor do passe se torna ainda mais vantajoso - vale realmente a aproveitar!


CUPOM DE 30% DE DESCONTO VIAJANTE30COMPRAR NO SITE OFICIAL  

Ao entrar na página de compra do passe, você vai ter as opções de Day Pass e também de Flex Pass. Deslizando a tela, você vai ver as opções disponíveis para o tipo de passe selecionado e na sequência o campo para você aplicar o desconto. Aproveite pois esse cupom só vale até o dia 2 de dezembro!

Segunda opção: The New York Pass

O The New York Pass foi o passe que utilizei na primeira viagem que fiz a Nova York. Ele está disponível em opções de dias consecutivos: ou seja, você escolhe quantos dias quer usar o passe e pode visitar quantas atrações conseguir – dentre as mais de 100 disponíveis.

The New York Pass

Para esse roteiro, você teria que comprar o passe de 7 dias, que custa US$ 279 dólaresem um valor promocional. Porém, ele não inclui o One World Observatory uma atração que eu realmente acho que merece estar no roteiro.

Nesse caso você gastaria: US$ 279 com o passe + US$ 38 com o observatório. Valor total nessa opção: US$ 317 dólares.

Vale a pena comprar o The New York Pass para esse roteiro?

Para esse roteiro e apenas as atrações listadas, esse passe não vale a pena! Ele só vale a pena se você conseguir visitar mais atraçõescomo comentei na opção anterior.

Terceira Opção: New York CityPASS

Agora sim, um dos passes mais procurados pelos viajantes, o New York CityPASS! Ele tem apenas duas configurações disponíveis: uma com 6 atrações e outra somente com 3.

CityPASS NY: vale a pena?
CityPASS NY: vale a pena?

Nesse caso, ele deixaria de fora boa parte dos atrativos do roteiro, mas não se engane… ele pode ser a opção mais econômica para o seu roteiro. Vou mostrar como ficaria seu orçamento:

Atrações do roteiro inclusas no passe:

Empire State Building
Museu de História Natural
Metropolitan Museum of Art – Met
Top of the Rock
Museu do 11 de Setembro
Estátua da Liberdade e Ilha Ellis OU Cruzeiros da Circle Line

Ainda é importante destacar que você teria que escolher entre visitar a Estátua da Liberdade OU fazer os cruzeiros da Circle Linenão tem como fazer os dois com o passe. Para usar da forma mais inteligente, vamos incluir o mais caro no passe, assim você paga o mais barato por foraque, nesse caso, é a Estátua da Liberdade.

Você teria que gastar com as seguintes atrações:

One World Observatory | US$ 38
Whitney Museum of American Art | US$ 25
Cruzeiro Rio Hudson | US$ 35 
Museum at Eldridge Street | US$ 14
Estátua da Liberdade | US$ 18

Valor extra que você irá gastar: US$ 130

Valor do passe: US$ 132
Valor total que você vai gastar com o passe + atrações: US$ 262

Seria uma economia de US$ 50 dólares em relação à compra de ingressos separados, ou seja, cerca de R$ 200 de economia por pessoa. Um casal vai economizar R$ 400 reais com essa opção – se for uma família maior, é uma economia gigante!

Como economizar em Nova York

Vale a pena comprar o New York CityPASS?

Para esse roteiro e essas atrações, ele foi a opção que ofereceu a maior economia para o seu orçamento. Apesar disso, eu ainda levantaria alguns pontos antes de decidir por ele:

Comprar o SightSeeing Pass ou o New York CityPASS?

As duas opções mais atrativas para esse roteiro foram o SightSeeing Pass com 10 atrações e o New York CityPASS com 6 atrações:

SightSeeing Pass 10 atrações
Aqui você gastaria US$ 229 no passe + US$ 42 no Empire State
Valor total: US$ 271 dólares

New York CityPASS 6 atrações
Aqui você gastaria US$ 132 no passe + US$ 130 em 5 atrações extras.
Valor total: US$ 262 dólares

A diferença entre eles ficou em US$ 9 dólares! Se for avaliar bem, é uma diferença muito pequena no valor final e boas vantagens na primeira opção.

Os prós e os contras para você decidir

O primeiro ponto que merece destaque é que com o SightSeeing Pass você tem acesso a quatro atrações a mais do que com o CityPASS – só isso, pra mim, já basta para optar por ele.

Outra grande vantagem do SightSeeing Pass é que ele é o passe que já inclui a maior parte das atrações e também oferece maior flexibilidade – ele permite que você decida quais atrações vai visitar durante a viagem – dentre as mais de 100 disponíveis – sem ficar engessado em um lista pequena.

Você pode, por exemplo, trocar um museu pelo passeio no ônibus turístico – ele é até mais caro que a entrada dos museus. Só nessa mudança você conseguiria economizar mais e fazer esse passe ser o mais barato das opções.

Já com o CityPASS, você não tem uma flexibilidade para trocar as atrações. Ele tem uma lista definida e você não tem uma grande liberdade para mudar as opções. 

Pôr do sol na Pebble Beach

Qual passe eu escolheria para o roteiro?

Se você quiser a minha opinião, eu ficaria com o SightSeeing Pass de 10 atrações. Ele é o mais flexível e me permitiria mudar de ideia durante a viagem, principalmente de acordo com o clima.

Se chover ou o tempo estiver muito ruim, eu poderia visitar mais museus e deixar de fora passeios como o cruzeiro – por exemplo. Essa flexibilidade faz o SightSeeing Pass ser a minha escolha e recomendação para você.

Onde comprar os passes de atrações

Todas essas opções de passes você pode comprar no site oficial de cada um deles, pagando em dólares com seu cartão de crédito, ou no site da WePlanncom a possibilidade de pagar em reais e com parcelamento de até 6x sem juros.

Vou colocar os links aqui e você escolhe a opção que ficar melhor para o seu orçamento. Lembrando que ao fazer a compra de qualquer opção utilizando esses links do blog, você vai me dar uma boa ajuda – sem gastar nada a mais com isso.

Compre aqui o SightSeeing Pass para sua viagem:

Compre o SighSeeing Pass e pague em dólares
Compre o SighSeeing Pass e pague em Reais
Compre o SighSeeing Pass FLEX e pague em Reais

Compre o New York CityPASS para sua viagem:

Compre o CityPass e pague em dólares
Compre o CityPass e pague em reais

Compre o The New York Pass para sua viagem:

THE NEW YORK PASS


Dicas e hospedagem em Nova York

Se estiver procurando por mais dicas de Nova York, quero lembrar que aqui no blog você encontra um guia totalmente personalizado. Aproveite que está cheio de novidades para incluir no seu roteiro!

Também gostaria de pedir que, sempre que possível, faça suas reservas pelo Booking.com utilizando os links do blog. Você pode escolher um hotel da sua preferência e, sem gastar nada a mais com isso, dar uma grande força para o blog – eu agradeço muito!

Pesquise e reserve aqui o seu hotel em Nova York Veja aqui o Guia Especial de Nova York

Espero que tenha curtido esse mega roteiro de 7 dias em NYC! Ao longo dos próximos posts vou detalhar ainda mais os itens do roteiro, então, se tiver qualquer dúvida ou quiser compartilhar suas experiências em Nova York, fique à vontade para deixar um comentário por aqui. See you!!

Roteiro de 7 dias completos em Nova YorkReserve seu hotel em Nova York

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

14 Comentários

    1. Robson Franzói

      Fala Peterson, tudo bem? Essa foi na Empire Store, no deck que eles tem com vista para a Brooklyn Bridge… demais né!?! E não paga nada pra entrar lá

      Eu coloquei essa foto no final do sétimo dia do roteiro…

      Qualquer coisa grita aqui! Abraços

      Reply
  1. Flavio

    Cara, que post maravilhoso!! Vou pra Nova York em novembro e amei esse roteiro. Muito obrigado por dividir isso com a gente!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Valeuu Flavio!! Fico feliz que curtiu o post e vai aproveitar o roteiro na sua viagem.

      Se precisar de alguma coisa é só me dar um grito aqui!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Matheus! Que bom que curtiu o post, fico feliz! Então, as fotos são com a Sony a6500… recomendo muito!! Um ótimo equipamento.

      Abraços!

      Reply
  2. Juliana

    Robson, só posso agradecer pelo seu trabalho no blog. Esse roteiro está maravilhoso e vai ajudar muito na minha viagem. obrigado pela dedicação Beijo querido

    Reply
  3. Raquel Queiroz

    Estou apaixonada pelo seu conteúdo de Nova York. Quantos detalhes, fotos e informações de qualidade. Parabéns pelo trabalho Robson!

    Reply
  4. Leandro

    Robson, estou impressionado com seu trabalho. Esse roteiro ficou demais, quero usar na minha viagem de 2020 para Nova York!! Obrigado viajante

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *