Voo de helicóptero em Nova York: NÃO FAÇA antes de ler este post!

Voar de helicóptero pode ser uma experiência incrível, ainda mais quando você sobrevoa uma das cidades mais fantásticas do mundo: Nova York. Foi lá que fiz meu primeiro voo de helicóptero e com um adicional: o voo de porta aberta! Mas preciso adiantar, nem tudo saiu como o esperado…

Na minha viagem mais recente para Nova York, decidi que faria meu primeiro voo de helicóptero. Coloquei isso na cabeça e nada me fez mudar de ideia, mesmo sabendo que o preço não era muito acessível.

Para adicionar um bônus na experiência, encasquetei que queria o voo de porta abertaaquele que você coloca as pernas para fora e seus pés ficam voando por cima da cidade. E, já que era para ser um voo épico, contratei a opção para o pôr do sol que, nos meus sonhos, seria o ponto mais incrível da viagem.

Voo de helicóptero em Nova York: NÃO FAÇA antes de ler este post!

Antes que você pense que fiz esse passeio a convite ou como parceria, já quero adiantar que não foi um passeio totalmente por minha conta. O que consegui foi um desconto especial que qualquer viajante pode conseguir – no final do post vou dar mais dicas sobre isso.

Pois bem, planejei essa viagem nos mínimos detalhes e juntei o dinheiro necessário para realizar esse tão esperado voo de helicóptero. E eu realmente realizei, porém, infelizmente não foi o que eu esperava.

Como foi meu voo de helicóptero em NY

Vamos lá, fiz a contratação do passeio diretamente no site da FlyNYONque é a principal empresa que realiza esse tipo de voo em Nova York. Como a compra foi feita com uma boa antecedência, preferi optar pela opção de “comprar agora e agendar depois” – assim, poderia ficar de olho na previsão do tempo e escolher o melhor dia para voar.

Já adianto que foi uma ótima opção, pois eu realmente consegui agendar para o dia que teve o pôr do sol mais lindo da viagem. O pessoal da empresa recomenda que a reserva seja feita com, pelo menos, uma semana de antecedência fiz o agendamento faltando uns cinco dias e deu tudo certo.

A estrutura da empresa, de onde parte o voo, fica em New Jerseypor isso é importante sair cedo para não ter risco de se atrasar. Eles pedem que você chegue com, pelo menos, uma hora ou uma hora e meia antes do horário marcado – vá com tempo de folga para não ter erro.

FlyNYON: voo de helicóptero em Nova York

Chegando lá, você fará uma espécie de check-in e deve preencher um formulário de responsabilidade. Na sequência é chamado para assistir a um vídeo de segurançatudo o mais profissional e seguro possível.

Depois disso, você segue para colocar os equipamentos de segurança e participar de um exercício para abrir o cinto em caso de emergência – tudo bem tranquilo.

FlyNYON: voo de helicóptero em Nova York

Feito isso, todo o grupo se reúne para aguardar o momento de seguir para a van que vai levar até a área de decolagem. E foi nesse caminho que recebemos as últimas instruções e, também, algumas informações adicionaise foi aí que comecei a me preocupar.

Nesse momento nos informaram que cada helicóptero levaria 6 PASSAGEIROS e que os lugares NÃO poderiam ser escolhidos, já que eles foram determinados de acordo com o peso para o melhor “equilíbrio da aeronave”.

Eu posso não ser um gênio em matemática, mas ao ouvir 6 passageirosnão foi difícil fazer as contas:

1 lugar para o piloto na frente + 1 lugar ao lado dele; atrás temos 2 portas que ficam 2 pessoas, uma de frente para a outra: 4 lugares nas portas de trás + 1 lugar na porta da frente = 5 passageiros. Ou seja, alguém do grupo teria que se sentar no meio só assim a conta fecharia.

Eu acho que nem preciso fazer suspense para dizer quem foi o sortudo que ficou no meio – será que você adivinha?

A foto antes de decolar...
Única foto que fiz, antes de decolar…

Olha, não sei se você vai conseguir imaginar como foi a sensação que tive ao ver o passeio, que era um dos mais esperados da viagem, simplesmente desmoronar. E eu juro, não é frescura! É uma expectativa de dias… de meses… somada à um investimento bem alto… para chegar lá e ficar esmagado no meio assistindo a todos os outros se divertirem na janela, fazendo fotos e colocando os pés para fora.

O voo que tinha tudo para ser uma das experiências mais lindas e inesquecíveis dessa viagem, se tornou a pior experiência que eu sequer poderia ter imaginado. Foi péssimo, frustrante e uma decepção imensa.

Vôo de Helicóptero: expectativa
Expectativa…

Vôo de Helicóptero: realidade
Realidade…

Não consegui aproveitar absolutamente nada do voo pois fiquei, com o perdão da palavra, PUTO da cara e extremamente decepcionado. Tudo que eu queria, de verdade, era pousar aquele helicóptero e berrar para alguém da empresa que aquilo não se faz! Eles não deveriam vender um sonho, criando uma expectativa, para fazer o que fizeram – apenas por dinheiro.

Sim, essa é a minha opinião, já que eles poderiam, SIM, realizar o voo com 5 passageirose não 6! Mas, obviamente, o dinheiro fala mais alto.

O que aconteceu na sequência…

Eu fiquei tão irritado, mas tão irritado… que não sei como consegui falar um inglês que fizesse sentido. Mas desci do helicóptero decidido de que não sairia de lá sem dizer tudo o que estava pensando.

Solicitei ao piloto que chamasse um responsável e falei absolutamente tudo. Tudo que eu escrevi aqui no post, falei para eles. Que eles estavam trabalhando com o sonho das pessoas, criando expectativas e, pelo menos no meu caso, essa experiência havia sido frustrante.

Inclusive mostrei uma foto do que eles mostram, onde os pés ficam no ar, e a minha realidade.. com os pés encolhidos entre as pessoas que curtiam o passeio na porta do helicóptero.

FlyNYON: voo de helicóptero em Nova York
O que se espera nesse passeio…

A equipe foi super atenciosa e isso eu não posso negar. Eles justificaram que, como eu falei, é uma questão de peso e equilíbrio da aeronave – o que preciso discordar em partes, já que o lugar do meio poderia, sim, ir vazio… ou que, no mínimo, tivesse um valor diferenciado e o viajante já chegasse lá sabendo que viveria a experiência dessa maneira.

Eles também falaram que existem voos privativos e até especiais para produtores de conteúdo, como seria o meu caso. Mas, novamente, reforcei que não estava lá como um blogueiro reclamandomas sim, como um viajante como qualquer outro.

Foi então que eles oferecem um novo voo em que estava garantido que eu tivesse a experiência de sentar na porta do helicóptero. Por sorte, sim, digo que foi sorte, eu tinha mais dias disponíveis para fazer um novo voo – ainda que isso tenha quebrado um pouco o meu planejamento.

Outro ponto, foi que não havia mais vagas em voos de pôr do sol, que era o que eu havia contratado. Tive então que fazer um voo no período da manhã…

E sobre esse segundo voo eu também preciso relatar a minha experiência…

Meu segundo voo de helicóptero em Nova York

Quem me acompanha aqui no blog sabe que eu sempre reforço que o que mais valorizo no meu trabalho é a total transparência com os leitores. Se gosto de algo, ótimo… se não gosto, vou dizer exatamente a minha opinião.

Fiquei feliz de ter a oportunidade de realizar um novo voo, claro! 

Antes de embarcar para o segundo voo..
Antes de embarcar para o segundo voo..

Mas e se eu não tivesse mais dias em Nova York? Se aquele fosse o meu último dia… ou se fosse o seu último dia? Eu realmente não tinha como deixar de relevar esse ponto.

Bom, dois dias depois do meu primeiro voo, voltei até a FlyNYON para realizar o segundo. Chegando lá, fiz todo o procedimento de segurança novamente – e, para uma não tão surpresa, com um grupo de 6 pessoas.

Junto comigo havia uma menina de Las Vegas e dois casais de americanos. Umas das meninas, que estava com seu namorado, estava extremamente animada com o voo – seria a primeira vez que ela voaria em um helicóptero.

Enquanto estávamos esperando pela van, ouvi essa menina puxar papo com a garota de Las Vegas – perguntando se essa também seria a primeira vez dela. A garota respondeu que não, que ela já tinha feito esse voo no dia anterior, mas que tinha um problema: adivinha? Ela disse que sentou no meio, odiou a experiência e foi reclamar, já que ela era uma ‘instagramer’.

Confesso que achei o tom dela bem arrogante, já que isso não fazia dela alguém melhor do que qualquer coisa que seja. Enfim, apesar do meu leve ranço sobre a maneira que ela respondeu, vi no olhar da outra menina a mesma preocupação que tive.

Nesse ponto eu sabia que eu e a garota de Las Vegas tínhamos portas garantidas ou seja, um dos outros quatro ficaria no meio. E, obviamente, como o destino não falha, a menina que estava mega animada foi a condenada ao meio.

Ela até chegou a argumentar com o piloto, quando ele indicou que era lá que ela deveria sentar, mas ele foi claro e disse que seria ali ou que, caso ela quisesse, ela não realizaria o voo.

A expressão dessa menina mudou completamente e eu juro para você: do momento em que levantamos voo até o pouso, ela chorou e não foi um choro de alegria.

Voo de helicóptero em Nova York: NÃO FAÇA antes de ler este post!

Apesar de eu estar na porta, como era a minha vontade, fiquei extremante desconfortável por ver e entender exatamente o que ela estava sentindo. O namorado dela, que ficou na porta, também não estava com uma expressão muito boa – por motivos óbvios. Ele não conseguiu aproveitar o passeio já que a namorada dele estava se sentindo péssimae eu, sentado ali e entendendo tudo perfeitamente, também estava me sentindo mal em demostrar alguma alegria.

Para tentar deixar o clima mais ameno, até me ofereci para tirar algumas fotos dos dois… mas era visível que, apesar do sorriso forçado para a foto, eles estavam muito decepcionados ela em especial. Foi, mais uma vez, uma situação que eu não estava esperando – e que não teria como deixar de lado.

Voo de helicóptero em Nova York: NÃO FAÇA antes de ler este post!

Infelizmente não sei se ela reclamou, se também ganhou outro voo ou se, talvez, não tivesse outro dia para refazer o passeio. Juro que a minha vontade mesmo era de dar um abraço nela e falar que eu compreendia o que ela estava sentindo.

Enfim…. me sinto até mais leve de desabafar sobre essa experiência.

Voo de helicóptero em Nova York com a porta aberta: vale a pena?

Pois bem, depois de tudo isso que contei, preciso deixar muito claro alguns pontos:

  1. Toda equipa da FlyNYON foi mega atenciosa e super solícita;
  2. A questão de segurança da empresa é levada muito a sério;
  3. Sobrevoar Nova York de helicóptero com a porta aberta é surreal de incrível;

A proposta do voo sobre a cidade é maravilhosa!! Você vai sobrevoar o Central Park, vai contornar o Empire State, a Ponte do Brooklyn, o One World Trade Center e também chegar bem perto da Estátua da Liberdade.

Voo de helicóptero em Nova York: NÃO FAÇA antes de ler este post!

O voo do pôr do sol foi infinitamente mais bonito que o da manhã. As cores do sol iluminando a cidade, as luzes se acendendo… juro, é maravilho!! É um investimento que vale a pena, sim não posso negar!

Maaaaaaassss….

Não posso deixar de reforçar que a experiência de quem senta no meio é drasticamente inferior as demaisespecialmente se você chegar lá com a expectativa de realizar o voo e colocar seu pés para fora.

Se não tiver essa vontade e, por você, tudo bem sentar no meio – aí se joga mesmo!! Vai com tudo que vai ser incrível!

Agora, se sua expectativa for de sentar na porta e viver a verdadeira emoção que esse voo proporcionaesteja ciente que NÃO é algo garantido. Eu digo que a sensação é a mesma de você pagar o ingresso no lugar mais caro de um espetáculo da Broadway, chegar lá e ter uma coluna exatamente na sua frente – não dá para aceitar, né!?!?!

Exatamente por isso eu me sinto dividido ao indicar esse passeio… já que eu sei que ele vai criar uma grande expectativa para a maior parte dos viajantes.

Dicas para realizar o voo de helicóptero em Nova York

Bom, se você está determinado a fazer esse voo – o que eu acho ótimo, pois é uma baita experiência – vou dar algumas dicas que, talvez, possam ajudar:

  1. Aceite que você pode se sentar no meio: não é a opção que eu recomendo, mas pode ser que seja ok para você.
  2. Faça o voo nos primeiros dias da sua viagem: caaaaso você seja o premiado de sentar no meio, você pode, talvez, conseguir um segundo voo – não que seja garantido isso.
  3. Antecipe essa questão assim que chegar lá: vá até a empresa e já diga que se for para sentar no meio, você não vai… que está lá pra viver essa experiência e só aceita se for assim.

Sendo muito transparente, não posso garantir que eles vão mudar o seu lugar e você vai escapar do meio – mas me sinto muito mais tranquilo em avisar e deixar aqui, de uma forma super clara, a real experiência desse passeio.

Sobre as fotos e curtir o passeio…

Aproveitando, quero reforçar outro ponto: você terá cerca de 30 minutos de voo, sendo que em apenas alguns momentos poderá colocar os pés para fora.

Eu preciso reforçar que não é fácil fazer fotos, vídeos, stories e o que mais você quiser nesse sentido, já que tudo acontece muito rápido. Todos os equipamentos são presos por cabos, incluindo seu celular e câmera, sendo que você também fica bem amarrado no helicóptero – sua mobilidade é super reduzida.

É importante saber disso para entender que no fim das contas, você tem que dividir o tempo entre registar a experiência e curtir o passeio para valer. Sentar no meio prejudica sim, independente do seu propósito… mas, tentar não focar tanto nas fotos e vídeos pode ajudar a curtir mais a experiência.

Quanto custa o voo de helicóptero em Nova York

Falando agora de valores, veja quanto custa para voar de helicóptero com a porta aberta:

Bom, os valores mudam de acordo com o horário que você pretende realizar o seu voo e também o tempo de duração. Eu optei pelo NYC CLASSIC, que tem entre 30 e 33 minutos de vooe que é o que eu recomendo.

Nessa opção, voando bem no meio da tarde, que a luz não é tão boa, ou bem mais tarde, no último horário do dia, você paga na faixa de $499 dólares por pessoa.

Os demais horários, com exceção do pôr do sol, o voo fica na faixa de $524 dólares por pessoa.

Agora, o voo do pôr do sol, que foi o que escolhi, custa cerca de $718 dólares por pessoaum preço bem salgado para você sentar no meio, certo!?

Voo de helicóptero em Nova York: NÃO FAÇA antes de ler este post!

Existem também voos especiais em algumas datas festivas e feriados – nesse caso você precisa acompanhar o site deles para ficar por dentro.

Desconto FlyNYON: dá para pagar menos no voo?!?

Dá, sim!! Apesar dos valores altos, é bem fácil conseguir algum cupom de desconto oferecido por eles mesmos. As promoções variam, normalmente, entre 30% e 45% de desconto. Eu consegui fechar a minha com 50% de desconto!! Foi o máximo que já vi oferecerem, mas pode ser que surja alguma oportunidade melhor para você – vai que tem sorte.

O melhor é que você pode, assim como eu, usar a opção “Buy Now Schedule Later” – aproveitando o desconto e agendando o voo mais perto da data.

Para conseguir esses descontos, recomendo que você fique de olho no Instagram deles: instagram.com/flynyon

O site também costuma apresentar os descontos… hoje mesmo eu vi um banner fixo de 40% e durante a navegação no site apareceu um pop-up com um cupom de 45%tem que ficar na busca para conseguir.


Enfim, espero que este post esclareça para você como é a realidade do voo de helicóptero em Nova York com a porta aberta. Se é algo que você deseja, não deixe de fazer o passeio – é realmente incrível! Só vá sabendo de tudo isso que contei para você não ser surpreendido como eu fui.

Dicas e hospedagem em Nova York

Quero reforçar que aqui no blog você já encontra vários posts com dicas bem legais para sua viagem a Nova Yorkvale a pena conferir! E também quero recomendar, caso esteja procurando hotéis em NY, o Booking.com que é parceiro do blog e oferece as melhores opções e ofertas de hotéis.

Reservando no Booking você garante sua estadia com segurança e ainda me ajuda – sem gastar nada a mais com isso!! Eu super agradeço a força!!!

Pesquise e reserve seu hotel em Nova York nesse link!

Veja aqui todos os posts de Nova York

Se você tiver alguma dúvida ou quiser compartilhar como foi a sua experiência no voo de helicóptero em Nova York, fique à vontade para deixar um comentário aqui no post!!! See you!!!

Roteiro de 7 dias completos em Nova YorkReserve seu hotel em Nova York

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

4 Comentários

  1. Paulo

    Muito bom saber desse tipo de passeio, que nem sabia que tinha. Queria saber como vai no helicóptero, se vai com algo lhe amarrando ou algo desse tipo.
    E também qual foi o nome do lugar que vc ficou, pois no stories realmente achei bem legal.
    Parabéns.

    Reply
  2. Paulo

    Robson,

    Eu e minha namorada fizemos um voo com essa empresa em Setembro-2018. Também tivemos um pequeno probleminha: reagendamos a data inicial do nosso voo e ao chegar na nova data, não estavam esperando pela gente. Ficou uma situação bem chata, pois nós tínhamos o email confirmando que a data havia sido reagendada. Ficamos super decepcionados, pois ir para Kearny significa perder o dia e nós tínhamos tudo planejado para o tão aguardado voo. Porém, a empresa é realmente muito séria e atenciosa, após verem nossa insatisfação, fizeram o impossível para consertar o ocorrido. Nós havíamos comprado o voo mais barato possível nessa promoção de 50% de desconto. Eram 15 minutos de porta fechada por $50. Porém, como compensação eles ofereceram 30min de portas abertas por $100 cada. Foi incrível! Fomos nós dois, mais um casal e o piloto. Todos ficaram na janela e ficaram maravilhados. Foi uma experiência inesquecível! Nunca imaginei que eles pudessem estar lotando os helicópteros dessa forma, que pena.

    Reply
  3. Fernanda Maciel

    Nossa, Robson… imagino tua frustração! Acho que eu choraria, igual a menina… Super interessante você compartilhar isso com a gente, é legal ver também experiências que não foram tão agradáveis, né… e ainda mais para um passeio tão esperado como esse. Fica a dica para quem for visitar NY e quer tanto voar de helicóptero. Eu até tenho vontade, mas tenho medinho. hahaha Ah! E você tem ideia de quanto custa um voo privativo como esse que a empresa indicou?
    Bjs.;)

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Fer!!! Nossa, eu fiquei #%$# da cara!! Você não tem ideia!!

      Então, eu não cheguei a ver os valores desse voo privativo… mas imagino que seja bem salgado

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *