Vietnã: Cruzeiro em Halong Bay com a Indochina Junk

Halong Bay é, sem dúvidas, o destino mais procurado no Vietnã. O cruzeiro oferecido pela Indochina Junk, a bordo de um clássico barco de madeira, com grandes velas e clima nostálgico, nos leva em um cenário diferente de qualquer outro lugar do mundo.

Quem me conhece sabe que eu não sou o viajante mais festeiro desse mundo. Sou muito mais o cara que gosta de algo tranquilo, de curtir o visual em um lugar bonito, de provar comidas boas (muita comida, de preferência)… enfim, ter tempo para fotografar, filmar, ler um livro ou simplesmente relaxar e ver o tempo passar.

Halong Bay, Vietnam - Um Viajante

Com esse perfil eu me bati um pouco para decidir qual empresa contratar para fazer o cruzeiro em Halong Bay, no Vietnã.

Apesar de ter muitas opções, os barcos focados em galera mais jovem são para festas e muita bebedeira – definitivamente não era o que eu estava buscando.

Os barcos mais tranquilos já são focados em casais, o que me deixou com a pulga atrás da orelha – como seria fazer um cruzeiro romântico… sozinho!?!

Eu fiquei tão encucado com isso que mandei e-mail para algumas empresas explicando a minha situação e o que eles me aconselhavam. Foi numa troca de e-mail dessas que eu tive a melhor surpresa da viagem: a Indochina Junk não só me respondeu da forma mais atenciosa possível, como também se interessou pelo blog e me ofereceu uma experiência de passar 3 dias e 2 noites no Dragon Pearl Junk!

A ideia deles era mostrar o serviço da empresa e ver que mesmo sozinho a viagem poderia ser incrível – e já adianto que foi!

Confesso que eu já deveria ter relatado essa experiência aqui no blog a bastante tempo, mas como diria minha avó: antes tarde do que nunca! Então vou contar aqui com detalhes como foi essa experiência…

Sobre a Indochina Junk

Bom, antes de relatar como foram os meus dias em Halong Bay, eu quero ressaltar o trabalho e qualidade da Indochina Junk. Desde o meu primeiro contato por e-mail até os meus dias durante o cruzeiro, foi tudo absolutamente perfeito – e eu não estou falando isso por ter recebido um convite da empresa, mas sim por reconhecer algo que realmente tem qualidade.

Indochina Junk, Halong Bay

A empresa já foi eleita uma das 5 melhores de Halong Bay e tem, desde 2012, o Certificado de Excelência do TripAdvisor.

Enfim, posso falar por mim e pelo que vi dos outros passageiros do cruzeiro: todos super satisfeitos com o serviço oferecido!

Agora vamos aos pontos mais legais da viagem:

O Barco: Dragon Pearl Junk

A Indochina Junk tem 5 modelos diferentes de barcos, cada um com o seu diferencial.

O barco que eu fiz a viagem foi o Dragon Pearl Junk, um barco mais compacto, nostálgico, com apenas 11 cabines e todo construído em madeira.

Indochina Junk - Dragon Pearl

As grandes velas de pano, o piso e paredes de madeira e toda a decoração, fizeram com que o passeio tivesse um ar de viagem no tempo – claro que o cenário ao redor era o grande destaque da viagem.

Meu quarto no cruzeiro

O quarto não é muito grande, mas se encaixa com a proposta do barco. É todo de madeira, com cores quentes e uma decoração legal. As janelas tem um bom tamanho e era uma delícia ficar deitado curtindo a paisagem

Indochina Junk - Dragon Pearl

O quarto tem banheiro privativo, com chuveiro e uma janela menor – acabei não fotografando, mas era super limpo e com bom tamanho. 

A alimentação no cruzeiro

Se você me pedisse para dizer o que eu mais gostei na viagem eu não teria dúvidas: a comida! Nesses três dias eu provei diversos pratos típicos da culinária vietnamita.

Alimentação no cruzeiro - Halong Bay

A comida era excelente e a apresentação era um diferencial. Em cada refeição o cheff apresentava os pratos e contava um pouco da história dele no país.

Além do sabor, que é muito importante, são detalhes assim que fazem diferença. Eles de certa forma conseguiram me mostrar mais do Vietnã através dos sabores e das histórias que contavam – todos falavam bem inglês, o que é um ponto positivo também.

As atividades no Cruzeiro

Talvez você até pense que 3 dias é tempo demais, mas a programação é super completa para que possamos desfrutar e aproveitar ao máximo o que Halong Bay tem para oferecer.

Caiaque em Halong Bay, Vietnã

Mas, antes de falar um pouco das atividades durante o cruzeiro, não posso deixar de mencionar um stop que fizemos no caminho de Hanói para Halong Bay:

Mercado de artesanato e produtos vietnamitas

A pausa não é muito demorada, mas é suficiente para deixar todos de boca aberta com o trabalho que é vendido ali. Pinturas, cerâmicas e obras de artes impressionantes.

Artesanado no Vietnã - Halong Bay

Muitos desses quadros que você vê nã foto não são pinturas, mas sim telas costuradas…. realmente lindo! Infelizmente não é algo fácil de adquirir ou de carregar em um viagem, mesmo assim ver alguns artistas trabalhando no local é bem interessante.

Caiaque em Halong Bay

Não achei que ia gostar tanto dessa atividade, mas sem dúvidas essa foi a uma das experiência mais legais do cruzeiro. A cor d’água em Halong Bay é quase indescritível – um verde esmeralda tão denso que parecia uma pintura.

Halong Bay, Vietnam - Um Viajante

Fazer caiaque por ali foi surreal! Visitamos lagoas escondias em meio as ilhas, lugares onde não se ouvia nada senão o cantar dos pássaros e o ruído do vento – foi emocionante!

Visita às vilas flutuantes dos pescadores

Outro passeio incrível em Halong Bay foi a visita em um das vilas flutuantes de pescadores. Nesse passeio nós chegamos mais perto do que é a vida de quem realmente vive em Halong Bay.

Vila Flutuante de Pescadores, Halong Bay - Vietnã

Vila Flutuante de Pescadores, Halong Bay - Vietnã

Pudemos ver de perto as pequenas casas flutuantes, o trabalho dos pescadores, as escolas… um pouco apenas para ter uma ideia de como é a vida deles em um lugar tão diferente do que estamos acostumados.

Fazenda de ostras e produtos com pérolas

Também visitamos uma fazenda de ostras – também flutuante com a vila dos pescadores.

Fazenda de Ostras, Halong Bay

Eles nos explicaram como era o processo da produção das ostras e os produtos artesanais que eles fazem com as pérolas.

Pesca Noturna em Halong Bay

Depois do jantar, na primeira noite, a equipe do barco nos convidou para uma pesca noturna. Eu tentei a sorte, mas não peguei nem resfriado – pescar tem que ter muuuita paciência haha.

Pesca noturna em Halong Bay, Vietnã

Mas o que eu realmente gostei foi ver os barcos pesqueiros trabalhando à noite. Com luzes intensas para atrair os peixes, esses barcos transformavam a paisagem na escuridão em meio as ilhas.

Pôr do sol na praia

Para o pôr do sol do segundo dia a equipe nos levou para um praia em uma das ilhas. Demos sorte, pois foi um lindo pôr do sol! Com um pouco de nuvens, típico em Halong Bay, o céu ficou dourado e a paisagem se transformou….

Pôr do sol em Halong Bay, Vietnã

Eu até tentei encarar um mergulho na praia, que tinha várias peixinhos, mas a água estava congelante.

Depois do pôr do sol todos voltamos para o barco para nos preparamos para o grande momento do dia…

Jantar romântico na caverna

O jantar na segunda noite era para fechar o cruzeiro com chave de ouro. A equipe preparou um verdadeiro banquete dentro de uma caverna…

Caverna em Halong Bay, Vietnã

Quando nosso barco foi se aproximando da ilha e eu vi as velas marcando o caminho até a caverna… sério, foi de arrepiar!

Dentro da caverna o clima era realmente especial – penso que se eu estivesse acompanhado, teria sido o jantar mais romântico DA VI-DA.

Caverna em Halong Bay, Vietnã

Mas, antes que você ache que eu era um castiçal em meio a tantos casais, eu não estava totalmente de vela. Tinha mais uma menina que estava fazendo a viagem sozinha, então nós dois nos divertíamos muito com a situação – deu pra deixar tudo mais engraçado.

O jantar foi incrível e tenho certeza que foi marcante para todos que estavam ali – casais em lua de mel, casais comemorando bodas e também viajantes sozinhos

Considerações gerais sobre o cruzeiro

No fim das contas só posso dizer que amei a experiência. Aquela preocupação que eu tive no começo, sobre ir sozinho, foi a coisa mais boba da viagem.

Não sei se foi sorte ou coisa do tipo, mas eu me dei bem com todos no barco – principalmente os casais mais velhos. Eles viram que eu estava sozinho e aí super se interessavam sobre a minha viagem, sobre a aventura de viajar sozinho pela Ásia e também tinham muita curiosidade sobre o Brasil.

No fim eu percebi que eu, por estar sozinho, era muito mais aberto a trocar ideias do que os demais casais.

Enfim… super recomendo a experiência! Com certeza ainda quero voltar para o Vietnã e super faria outro cruzeiro por lá – talvez uma versão romântica para valer rsrsrs

Cruzeiro com a Indochina Junk: valores

O Dragon Pier Junk não é um dos barcos mais caros de Halong Bay – nem se encaixa no nível luxo! Podemos considerar ele um cruzeiro intermediário… nem é o mais barato e também não é o mais caro. Eu considero ele um dos melhores em custo/benefício.

Dragon Pearl - Indochina Junk

Eu vou deixar o link aqui com o site oficial onde você pode consultar  os valores atualizados, mas a média é de 180 dólares por pessoa para o cruzeiro de 2 dias e 1 noite.

 Acesse aqui o site oficial da Indochina Junk

Bom, espero que esse relato ajude na escolha do seu cruzeiro em Halong Bay. Caso você queira ver outras opções de empresas em Halong Bay eu preparei um post bem legal:

 Cruzeiros em Halong Bay, as melhores opções

Se estiver com dúvidas para planejar sua viagem pelo Vietnã, dá uma olhada no post que eu escrevi com as principais dicas do que você precisa saber para uma primeira viagem pelo país:

Vietnã: tudo que você precisa saber na primeira viagem

Se você tiver dicas para compartilhar ou quiser tirar alguma dúvida, fique a vontade para deixar um comentário por aqui. Grande abraço!! A gente se fala, a gente se vê, até mais.. tchauuu!!

Melhor Seguro Viagem InternacionalAluguel de Carros: Reserve agora!Booking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *