Uma aventura gelada

Dia de ir pra Innsbruck, visitar a estação de esqui Stubair Gletcher. Acabei me enrolando um pouco para sair da cama e ainda tomei o café da manhã no hostel. Meu planos iniciais eram outros: madrugar e tomar café no trem. Mas o bom de viajar sozinho é que eu posso tomar as decisões que quiser, na hora que quiser e ir pra onde quiser. Tá que essa enrolada de manhã me complicou o dia…

Bom, depois do café eu fui para a estação de trem. Só atravessar a rua, muito bom. Cheguei lá e perguntei qual trem iria pra Innsbruck, pois não tinha a informação em nenhum dos painéis. O guardinha me levou até a maquina e imprimiu pra mim uma table com os trens que eu deveria pegar. Naquele dia não tinha nenhum trem direto para Innsbruck… Pelo menos foi o que ele me falou. O trem que eu iria pegar estava com delay de 20 minutos. Na hora pareceu bom pois se estivesse regular ele já teria passado. O problema é que ele foi atrasando cada vez mais e fiquei mais de 1 hora esperando esse trem (semelhanças com o Brasil? Não, pois mesmo 1 hora depois eu peguei o trem e fui sentado).

Cheguei na primara estação onde deveria fazer conexão. Com todo o atraso do primeiro trem, toda a tabela que o guarda me deu já não servia. Mas as plataformas eram as mesmas.  Fiquei uns 30 minutos esperando esse segundo trem. Mais um viagem e de novo mais uma conexão. Quando eu desembarquei eu logo vi a plataforma que deveria pegar o próximo trem e vi que tinha um trem parado lá. Fui andando… Apressadamente. Nessa hora reparei que tinha um garoto do meu lado. E ele andava no mesmo ritmo que eu… Eu comecei a apressar o passo e ele também. Na reta final eu comecei a correr pois não queria perder o trem. Ele correu junto. Quando entramos no trem, pela mesma porta, eu perguntei se era esse trem mesmo que ia pra Innsbruck. Ele deu risada e disse que esperava que sim. Foi uma situação engraçada, os dois correndo para pegar um trem sem ter certeza que era o trem certo!!!

Innsbruck, Áustria

Sentamos perto e fomos conversando. Era mais uma pequena viagem até o destino final. Ele era Italiano e estudava na Alemanha. Muito gente boa, mas não trocamos contato, então provavelmente essa é mais uma pessoa que eu conheci na trip e que provavelmente eu nunca mais vou ver na vida, ou talvez veja, quem vai saber.

Cheguei em Innbruck e procurei o ponto de venda dos tickets para a estação de esqui. Foi bem fácil de achar. O ticket inclui o translado até a estação, mas achar o ponto do ônibus é que foi difícil. Me mostraram em qual direção ficava, mas lá tinha muitos ônibus. Eu fui perguntando para as pessoas. Me mandavam pra um lado, depois pro outro, depois pro outro de novo. Demorei um certo tempo pra achar, mas enfim achei.

O ônibus leva quase uma hora para chegar na base da estação, mas o caminho até ela é de ficar babando na janela. Um lugar mais lindo que o outro. A neve começa a aparecer aos poucos… Na lateral das ruas, ao lado das casas.. Cada vez em mais volume. Começo a conversar com o motorista do ônibus, falo que sou do Brasil e que era a primeira vez que eu via neve na vida. Ele achou super legal!! Perguntou sobre o Brasil, sobre as mulheres do Brasil e como era o carnaval. Mais uma vez falei das belezas e também dos perigos do Brasil. Ahhhh.. Falei das coisas ruins sim!!! São verdades e se ele for pro Brasil um dia, tem que ter cuidado, as coisas são muito diferentes em relação a Europa. Dei dicas de segurança, falei pra não dar bobeira em ônibus, metrô e nas ruas. Na vai sair andando com a câmera no pescoço e conferir mapas em iPad, isso não da certo no Brasil.

Innsbruck, Áustria
Innsbruck, Áustria

Bom, voltando ao relato… Cheguei na estação já era 14hs. Impossível esquiar essa hora. Foi só subir e visitar a estação. E vou dizer que não foi fácil achar o lugar para trocar o meu Ticket pelo ingresso. Mais uma vez me mandaram pra vários lugares e não tinham muita paciência para explicar. Mas me virei e comecei a subir. Cara… O teleférico é muito altooo… Mas o visual compensa muuuuito!!! Fui sozinho na subida. Que lugar incrível!!! É difícil descrever o que vi por lá, só indo pra saber. Bom… Troquei de teleférico duas vezes para chegar no topo do tyrol, o ponto mais alto da montanha. Isso que peguei um teleférico errado e tive que descer e pagar outro (falta de informação na estação).

Stubaier Gletscher - Innsbruck, Áustria
Stubaier Gletscher - Innsbruck, Áustria
Stubaier Gletscher - Innsbruck, Áustria
Stubaier Gletscher - Innsbruck, Áustria

Quando eu desci do último teleférico eu imaginei que já era ali o ponto mais alto, mas não. Eu tive que sair da base e subir uma escada sinistra, cercada por gelo, ao ar livre e sozinho!!!! Não tinha mais ninguém lá. Fui subindo e sentindo cada vez mais frio. Quando cheguei no topo, cara, eu não via nada. Hauhauhauhauha.. Tinha uma master nuvem bem no topo da montanha. Mas estar a 3100m foi uma aventura incrível… Fiz um vídeo lá em cima e tirei algumas fotos. Nessa hora eu estava sem luva e encostei na minha orelha… Caraaaaaaaaaa… Geleiiiii… Jurooooo… Minha orelha estava uma pedra!!!!!!! Ela congelou!!!!!! Tipo, não é que estava gelada ou fez gelo nela.. Não… Ela estava dura!!! Igual pedra… As duas… Quase chorei!!! Me mandei daquele lugar e tentei esquentar a orelha com as luvas, com cuidado… Vai saber né? Bom, mas elas voltaram ao normal.

Stubaier Gletscher - Innsbruck, Áustria
Stubaier Gletscher - Innsbruck, Áustria
Stubaier Gletscher - Innsbruck, Áustria

Bom, eu tinha que estar na base da estação as 17h, pois era o horário do último ônibus. Só que as 16h30 eu ainda estava no meio da estação, em uma fila gigantescaaaaa para pegar o outro teleférico. Tinha um trozilhão de pessoas com equipamentos de esqui para descer. Nessa hora começou a nevar e eu tive que apelar para o jeitinho brasileiro de ser. Furei fila. Mas mesmo assim o tempo passava e eu não chegava nunca no teleférico. A minha sorte foi que nesse horário eu só tinha que pegar um teleférico que me levaria até a base, não precisava mais trocar.

Cheguei na base e o ultimo ônibus estava chegando. Uns três muitos depois ele saiu… Foi muita sorte conseguir pegar o ônibus!!!! Eu estava muitooooo cansado e com fome. Estava só com o café da manhã.. Pois o resto do dia foi só correria. Quando cheguei na estação de trem eu pensei…Será que como alguma coisa aqui ou deixo para comer em Munique? Hummmm… A viagem até Munique era longa… Resolvi comer uma pizza. Depois de comer fui no posto de informações perguntar qual o próximo trem para Munique. O cara falou, corra… Plataforma 6.. O trem sai em 3 minutos. Cara, juro que eu corri… Mas fui na direção errada e quando achei a plataforma 6 só vi o trem partindo. Voltei pro posto de informação com uma cara de desolado e disse que não tinha conseguido. Ok, o próximo trem era em duas horas. Ohhhh god. Bom, não tinha o que fazer… Era esperar. Aproveite que a estação tinha wifi para falar com o pessoal no Brasil e comer mais alguma coisa. O tempo até que passou rápido.

No trem eu conheci um garoto muito gente fina!!! Era um alemão bem típico… Loiro, olho claro e bem altooo.. Muuuuito alto na verdade!!!! Quando ele disse que tinha 17 anos eu fiquei muito de cara. Bom, fomos a viagem inteira conversando… Falamos de filmes, videogame… E ele ficou indignado quando eu disse que fui pra Amsterdam e não fumei maconha. Hahahahahah… Ele começou a falar como o cigarro normal era muito pior!!! Ele também não bebia nada alcoólico, falou que era algo muito perigoso. Ele ficou impressionado quando eu contei que no Brasil as pessoas bebem e depois dirigem e causam muitos acidentes. Ele também não gosta de facebook… Disse que perdia muito tempo da vida dele naquilo, prefere fazer coisas mais úteis. Muito esperto para a idade dele. Trocamos skype e agora posso falar come ele de vez em quando…

Cheguei em Munique morto da Silva…. Sem forças para fazer nada além de dormir. Foi uma experiência incrível conhecer o alpes da Áustria!!

Melhor Seguro Viagem InternacionalBooking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

18 Comentários

      1. Thais

        Oi Robson, so pra confirmar, toda essas fotos e neve são do mês de abril? rs Eu quero visitar innsbruck em abril de 2015 e estou com medo de não ver neve rs…obrigada

        Reply
        1. Robson

          Oi Thais, são do mês de abril sim…. a estação é um pouco afastada da cidade, mas vai ter neve lá sim!! Na cidade de Insbruck propriamente dita não…. mas você vai até a montanha, onde tem a estação de ski e vai encontrar neve sim!

          Reply
          1. Thais

            Oi Robson! Nossa que bom, me sinto aliviada rs…estava com muita dúvida se haveria neve la mesmo em abril!
            Obrigada!!

  1. Angel

    Oi Robson
    Estamos planejando viagem para Alemanha.
    Pensamos entre iniciar por Berlim ou Frankfurt.
    20 dias. Alguma dica? Tipo ficar em Frankfurt e pegar um carro ir em lugares tais como culturais históricos castelos etc
    Ou o mesmo só a de Berlim
    Temos de comprar passagens ida e volta ou de Berlim ou Frankfurt como você sabe
    Em fevereiro 2015. Dá para andar de carro essa época lá? Temos facilidade de trens para ir para outras cidades? Etc
    Vou explorar seus relatos agora mas aceito sugestões
    Abraço e obrigada

    Reply
  2. Debora Voloschen

    Oi Robson, estou adorando o seu site. Estou lendo cada dia um pouquinho pois me interessei muito. Foi um.dos mais completos sobre mochião que eu encontrei. Como pretendo viajar na metade de 2015, estou planejando desde já. Sou bem organizada com minhas viagens de longa distância. Já morei em Portugal 2009/2011 cursando o mestrado e conheci o país de ponta a ponta, bem dizer. Morei em Évora. Pude conhecer somente Paris e Roma, e Badajoz, na Espanha, nesse período de estudos. Amei o post sobre a Suíça, é o meu sonho de consumo de viajante (sonho de criança ainda). Fiquei extasiada com as fotografias das cachoeiras. Não sou profissional da área, mas amo fotografar. A tua planilha, sensacional. Nunca fiquei sem dinheiro no estrangeiro, tenho sempre tudo na cabeça, mas gostei da planilha. Muito completa. Sou de Curitiba, mas atualmente moro no interior do Estado. Em novas oportunidades se houverem gostaria de conversar mais ctgo. Abraço

    Reply
  3. Nereu

    Olá, Robson,
    Cara, antes de mais nada, Parabéns pelo blog cara, tá demais.
    Eu to indo pra Europa no inicio de Março e vou ficar 15 dias apenas lá, e seu blog está sendo de grande ajuda pra mim, inclusive o Seguro viagem estou até fazendo através do link no blog. Estou reservando 4 dias em Munique, e assim como você, gosto de me planejar bem. E tenho uma Dúvida, nesses bate-volta de Munique até Salzburgo e depois o bate volta até Innsbruck, o passe de trem que você comprava era na própria estação, assim como em um metrô, comprou eles individualmente ou era através do Select Pass? Também quero fazer esses 2 bate-volta. Alguma dica?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Nereu, tudo bom? Que legal que o blog está te ajudando…. e muito obrigado por utilizar o link para adquirir o seu Seguro, é uma boa ajuda para o blog!

      Então, na verdade o passe de trem é esse Select Pass (existe outros, como o global pass). Você compra esse passe ainda no Brasil. Ou então você pode comprar um ticket comum na estação de trem. Março não é um mês muito movimentado, então não acho que você vai ter problemas em comprar o ticket por lá.

      Caso tenha o passe, bastar marcar nele o dia da viagem ( se for um select pass) e embarcar no trem…. espero ter ajudado

      Reply
  4. Rita

    Oi Robson
    Parabens e obrigada pelo relato.
    Só uma dúvida..Como você chegou a Innsbruck? De onde?
    No meu roteiro, pretendo fazer, Salzburg – Hallstat – Innsbruck.
    É possível ir de Hallstat para Innsbruck?

    Beijos e obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rita, tudo bom? Eu cheguei em Innsbruck saindo de Munique…. mas no caminho eu passo por Salzburg..

      Eu imagino que você vai ter que sair de Hallstatt e passar por Salzburg, de lá seguir para Innsbruck… imagino que não tenha um trem que vá direto…. Mas acho que é um percurso tranquilo sim!!

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito!!!

      Reply
  5. Maria salathiel

    Robson, estou apaixonada por você cara, tu é muito engraçado!
    Estou me divertindo com seus relatos. Em 2017 irei passar 1 mês na Europa. Continue sendo esse cara simpatico e divertido pq da vida so levamos essas coisas boas amigo. Bjs

    Reply
    1. Robson Franzói

      Hahahha. Oi Mariaa!! Que bommmm… fico muito feliz em saber que gostou desse viajante aqui… Continue acompanhando o blog que ainda tenho muita coisa pra compartilhar aqui

      Beijoooo!!

      Reply
  6. Vivian

    Oii Robson, tudo bem?
    Estou planejando uma viagem para Munique mas terei poucos dias, então não conseguirei ir para Salzburg e para a estação de esqui, como gostaria. Qual dos dois você mais curtiu? Pelas fotos desse post, estou mais propensa a ir para Innsbruck, mas não sei se ficaria muito corrido (ainda mais se tiver essas confusões de trens tb! rs).
    Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Vivi… eu acho que você poderia ir pra Innsbruck e ficar por lá .. na cidade mesmo… sem ir pra estação de Esqui…. a Cidade é linda!!!! Eu tenho muita vontade de voltar lá só pra ficar na cidade..

      Salzburg também é um encanto, principalmente pra quem assistiu a Noviça Rebelde… é uma viagem no tempo!!! Difícil escolher

      Reply
  7. priscila vieira

    oi Robson! então acho incríveis seus relatos de viagem, comprei o guia também, e estou muito animada com a minha 1° viagem pra Europa, vou em Setembro e todos os dias tento montar meu roteiro e sempre vem uma duvida, um ponto, uma interrogação! innsbruck foi um ponto hahaha. pq quero ver neve também. minha outra interrogação foi londres…
    to animada e te agradecendo pelos posts que vc fez..

    Reply
    1. Robson Franzói

      Opaa.. que bom que está curtindo Pri!! Muito obrigado por sua mensagem, me deixou muito feliz!! De verdade

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *