fbpx

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina

Uma trilha de 7 km, saindo de Lençóis, te leva a Cachoeira do Sossego, a maior do Rio Ribeirão, na Chapada Diamantina.

A primeira coisa que fiquei sabendo antes de incluir essa cachoeira no meu roteiro pela Chapada Diamantina, é que de sossego ela não tem nada!

O trekking até ela seria o mais difícil que eu teria nessa viagem. O desafio pareceu grande, mas a recompensa valeria a pena e assim, decidi encarar a aventura!

A trilha para chegar na Cachoeira do Sossego

Nosso dia começou cedo na cidade de Lençóis. Um café da manhã reforçado foi indispensável para dar energia para encarar a trilha.

Quem me acompanhou nessa aventura foi o guia Thiago, da Venturas. De início já adianto que ele foi O CARA nesse dia! Fez a diferença no passeio e me ajudou a não desistir nas etapas mais difíceis.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Fiquei sabendo que algumas pessoas até tentam encarar a trilha por conta própria, o que eu não recomendo de forma alguma. Em alguns trechos é realmente complicado identificar o caminho e até um pouco perigoso… então, ir acompanhado de algum guia local é algo que eu considero fundamental.

A primeira etapa do trekking

Preciso destacar novamente o quanto o guia Thiago fez a diferença no passeio. Logo de início ele explicou como seria nossa caminhada de 7 km e dividiu o percurso em três etapas, cada uma com um grau de dificuldade.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

A primeira etapa foi a mais tranquila. Ali passamos por vários pontos do garimpo e conhecemos um pouco mais da história da região. Foi realmente legal, pois ele conhecia de perto tudo o que aconteceu por ali e nos mostrou várias curiosidades pelo caminho.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia
‘Casa’ onde os garimpeiros viviam…

Em alguns trechos pudemos ver até mesmo as “casas” de pedra onde os garimpeiros passavam as noites e viveram na busca pelos diamantes.

A segunda etapa do trekking

A segunda etapa já começa a ser mais difícil. Nesse trecho, seguimos subindo por dentre a mata, ao lado do Rio Ribeirão.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Não chega a ser muito complicado, mas é preciso estar atento ao caminho para evitar acidentes. Como as pernas já vão cansando depois de alguns quilômetros, a subida fica um pouco mais puxada.

A terceira etapa do trekking

A terceira etapa do trekking é realmente a mais complicada e, ao meu ver, perigosa. Nesse momento chegamos novamente na altura do Rio Ribeirão e aqui seguimos caminho por entre as pedras do rio.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Além da confiança de saltar de uma pedra para outra, o caminho também se torna bastante confuso. Em alguns trechos seguimos pela margem esquerda, outros pela margem direita, por vezes adentramos na mata novamente e depois voltamos para o rio.

Não existe nenhuma sinalização ou indicação do melhor caminho para seguir – por isso digo que a presença do guia é indispensável.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Sendo bem transparente, nessa etapa eu senti bastante dificuldade. Primeiro, por não ter uma confiança no meu equilíbrio sobre as pedras. Segundo por estar com uma mochila com câmera, lentes, drone e tudo mais – o que era algo que me deixava com o equilíbrio ainda mais deficiente.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia
Nesse caso o caminho era por baixo da pedra…

Escorregar e cair entre as pedras ou mesmo no rio, poderia gerar um problema bem sério. Então, vou deixar aqui esse alerta: esteja ciente de que existe essa dificuldade no percurso e se você não gosta desse tipo de aventura, o passeio não será tão agradável.

Chegando na Cachoeira do Sossego

Depois de completar as três etapas, os 7 km, em cerca de duas horas e meia, mais ou menos, enfim chegamos na Cachoeira do Sossego!

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Somente ali para o nome dela fazer sentido, pois o caminho até lá é só Jesus na causa.

A cachoeira é realmente muito bonita, e mergulhar nas águas geladas é como se estivesse lavando a alma.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Ficamos um tempo curtindo o lugar e aproveitamos para fazer um lanchinho – sempre bom antes de encarar a trilha de volta.

O retorno da Cachoeira do Sossego

Eu preciso confessar que achei a volta mais difícil que a ida. Não sei exatamente o motivo… mas talvez por já saber o que teria pela frente, uma vez que voltamos pelos mesmos 7 km, ou talvez por criar uma “falsa” confiança de já ter encarado aquele caminho no sentido contrário.

Acabamos fazendo o percurso de volta bem mais rápido do que a ida, mas também foi onde eu passei os maiores apertos do dia. Escorreguei duas vezes, me desequilibrei em um paredão de pedras e fiquei por um fio de cair e me machucar feio – por muita sorte nada aconteceu e terminei a trilha bem!

Acho que as pernas, naquele momento bem cansadas, também não estavam respondendo da mesma forma que na ida e, por isso, os escorregões.

Trekking para a Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Enfim, acho que você precisa ter na cabeça que a volta tende a ser mais difícil que a ida, e que precisa da atenção redobrada.

Piscinas Naturais do Ribeirão do Meio: a melhor parte do dia!

Depois de concluir as três etapas de volta, nosso guia desviou o caminho final e nos levou para um trecho do Rio Ribeirão onde existem piscinas naturaisfoi simplesmente a parte mais relaxante e gostosa do dia.

Ribeirão do Meio, na Chapada Diamantina - Bahia

Esse é o local preferido dos moradores de Lençóis. Relaxar, curtir o rio e as piscinas que fazem massagens naturais, sem ter que pensar em mais trilhas. Sério. Foi tudo que eu pedi a Deus!

Ribeirão do Meio, na Chapada Diamantina - Bahia

Ali, curtimos bem mais e aproveitamos o sol que chegou para fechar o dia com chave de ouro.

Eu super sugiro a visita nessas piscinas do Ribeirão do Meio já que elas não estão necessariamente ligadas ao passeio da Cachoeira do Sossego.

Ribeirão do Meio, na Chapada Diamantina - Bahia

Conheci pessoas por lá que estavam apenas passando o dia ali… relaxando e curtindo a natureza. Recomendo muito!! É uma delícia de lugar.

Resumindo: vale a pena visitar a Cachoeira do Sossego?

Bom, depois de ler como foi o meu passeio por completo, talvez você esteja se perguntando se realmente deve incluir a Cachoeira do Sossego no seu roteiro.

Cachoeira do Sossego, na Chapada Diamantina - Bahia

Eu preciso ser bem transparente em relação a isso: é um passeio que vale a pena se você curte muito fazer trekking!

Ir até lá pensando apenas na cachoeira pode não ser a melhor ideia. Não que a cachoeira não seja bonita, mas o esforço para chegar até ela não é tão equilibrado.

Se você não se divertir na parte da trilha e realmente ficar muito inseguro na terceira etapa, seu dia pode não ser tão legal.

Eu indico esse passeio para quem quer ver a cachoeira, mas também está a fim de curtir a trilha, pular nas pedras e tudo mais, beleza?!

Recomendações para a Cachoeira do Sossego

Caso você decida encarar a trilha e visitar a Cachoeira do Sossego, vou deixar aqui algumas dicas para seu passeio ser o melhor possível:

Qual roupa usar

Procure usar roupas leves e de secagem rápida, dê preferência a tecidos do tipo suplex, tactel ou dryfit, e roupa de banho, que pode ser usada por baixo.

Use um calçado fechado e com solado antiderrapante. Se tiver algum mais voltado para trilha, melhor! Eu fiz com um Nike Air Force 1 e foi numa boa, apesar de ficar um pouco inseguro na parte das pedras – não é o tênis feito para isso, mas já me acompanhou em muitas trilhas e aventuras.

O que levar

O mais indispensável é repelente, protetor solar, óculos de sol, boné/chapéu e água.

Também é recomendável levar alguns snacks para viagem (caso não esteja incluso no seu passeio), uma toalha pequena para se secar após o banho de cachoeira e bastante disposição!

Câmera, lanterna e acessórios relacionados, ficam ao seu critério, mas lembre: quanto menos peso nas costas, melhor!

Informações gerais sobre o trekking

Distância de caminhada total: 14 km

Tempo de ida: cerca de 2h30

Tempo de volta: cerca de 2h30

Tempo na cachoeira: cerca de 40 minutos a 1 hora.

Tempo nas piscinas naturais: até fechar o dia.

Hospedagem em Lençóis

Se você estiver procurando por hospedagem em Lençóis, minha dica é para consultar o Booking.com. Esse é um dos sistemas de reservas mais confiáveis do mundo.

Hotel Canto das Águas, Lençóis - Chapada Diamantina

O Booking é meu parceiro e fazendo suas reservas nos links do blog, você me ajuda e não gasta nada a mais com isso:

Veja aqui as melhores opções de hospedagem em Lençóis

Tudo sobre a Chapada Diamantina

No próximo link você pode conferir todos os posts sobre a Chapada Diamantina que já publiquei no blog:

Veja aqui tudo sobre a Chapada Diamantina

Se você tiver qualquer dúvida sobre o trekking para a Cachoeira do Sossego ou se quiser compartilhar como foi sua aventura por lá, fique à vontade para deixar um comentário por aqui. Valeuuu!!

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *