Salar de Uyuni: Tour Privado saindo do Atacama

A viagem do Deserto do Atacama, no Chile, ao Salar de Uyuni, na Bolívia, pode ser muito mais especial do que você imagina. Além de conforto e segurança, o tour privado te levar para lugares pouco conhecidos na travessia.

Como eu já relatei aqui no blog, minha primeira viagem ao Salar de Uyuni foi em 2014. Uma viagem de mochilão, com direito a muita aventura e vários perrengues – se quiser saber como foi a primeira viagem, confere no link abaixo:

Veja aqui como foi o meu mochilão do Atacama ao Salar de Uyuni.

Mas agora eu quero contar aqui como foi a minha segunda viagem do Atacama ao Salar de Uyunisim, eu tive o prazer de voltar e rever o maior deserto de sal do mundo.

Dessa vez sem perrengues, sem motoristas bêbados, com hotéis confortáveis e banho quentinho todas as noites!!!!

Tour Privado: do Atacama ao Salar de Uyuni

Nem todo mundo sabe, mas existem formas alternativas de fazer a viagem do Atacama ao Salar de Uyuni. No ano passado eu recebi um convite da Agência Ayllu, que fica em San Pedro de Atacama, para viver uma das mais incríveis experiências da minha vida: viajar para o Salar do Uyuni de uma maneira especial.

Salar de Uyuni, Bolívia - Um Viajante

A viagem que eles me ofereceram foi de 4 dias e 3 noites, saindo e retornando para o Atacama.

Eu confesso que fiquei muito feliz, afinal, não é sempre que podemos rever um dos lugares mais incríveis do mundo. O que eu não fazia ideia é que descobriria lugares que nunca sonhei que existissem no caminho até o deserto de sal.

Nesse primeiro post eu vou dar um panorama geral dessa viagem, comentando um pouco sobre o roteiro. Depois vou detalhar como foram os dias, os hotéis e tudo que eu vi e descobri nessa segunda aventura ao Salar de Uyuni, na Bolívia.

Salar de Uyuni Privativo: Roteiro saindo do Atacama

Bom, por ser um tour privativo, é possível ajustar alguns coisas no roteiro. A viagem, como eu comentei, foi de 4 dias e 3 noites. O nosso único porém foi o tempo da viagem – iríamos embora do Atacama no quarto dia, então tivemos que acelerar algumas coisas e cortar a visita a cidade de Uyuni para dar tempo.

Resumidamente o roteiro ficou assim:

Uyuni – Primeiro Dia | Saindo do Atacama rumo à Bolívia

O primeiro dia da viagem começou bem cedo, saindo de San Pedro de Atacama. O roteiro incluiu pausas nas principais lagunas presentes na Bolívia: Laguna Blanca, Laguna Verde, Laguna Salada, Laguna Colorada, Laguna Honda, Laguna Charcota e Laguna Hediondasim, um intensivo de lagunas altiplânicas da Bolívia.

Lagunas altiplânicas na Bolívia

Nesse dia também passamos pelo Deserto de Dali, pelas Termas de Polques, pelos Géisers Sol de Mañana e também pelo Árbol de Piedra, alguns lugares clássicos do caminho que leva ao Salar.

Lagunas altiplânicas na Bolívia

No meio da programação tivemos pausa para almoço e também para o jantar. O dia terminou já próximo ao nosso primeiro hotel: Los Flamencos Eco Hotel.

Veja aqui relato completo do primeiro dia da viagem

Uyuni – Segundo dia | Chegando no deserto de Sal

Nosso dia, mais uma vez, começou cedo. Nossa primeira pausa foi na Laguna Cañapas, onde normalmente é possível encontrar flamingos. De lá seguimos para o Mirador de Volcán Ollagüe, onde a vista é de tirar o fôlego.

Mirador de Volcán Ollagüe, Bolívia

A próxima parada do dia foi uma surpresa na viagem: visitamos necrópoles e vimos as primeiras múmias do salar!

Você sabia que existiam múmias no salar?? Pois é, nem eu!

Vistamos também um museu e depois paramos para almoçar, no pequeno povoado de San Juan.

De lá a viagem seguiu até o tão desejado Salar de Uyuni. Tivemos tempo livre para tirar fotos, muuuuitas, e depois seguimos para a principal Ilha de Cactos do salar.

Salar de Uyuni, Bolívia - Um Viajante

Seguimos então para nosso próximo hotel, o hotel de sal, Tambo Coquesa Ecolodge, instalado no lugar mais incrível que eu poderia imaginar: de frente para o Salar e aos pés do Vulcão Tunupa… surreal! Eu nem fazia ideia que existia um vulcão de frente para o Salar!!

Vulcão Salar de Uyuni, Bolívia

O dia ainda não tinha terminado… Depois de uma pausa para descanso, voltamos para o Salar para brindar o pôr do sol com uma das visitas mais lindas da viagem.

A noite conseguiu superar ainda mais as expectativas: depois de um delicioso jantar a luz de velas, em um restaurante inteiro de sal, fomos olhar as estrelas no meio do Salar de Uyuniuma das experiências mais incríveis que eu já vivi.

Veja aqui relato completo do segundo dia da viagem

Uyuni – Terceiro Dia | Descobrindo lugares incríveis no Salar

Nosso terceiro dia começou ainda mais cedo: fomos ver o sol nascer no meio do Salar de Uyuni! Daquelas experiências que marcam a vida!

Nascer do Sol, Salar de Uyuni - Bolívia

De lá visitamos o Museu Ecológico Chantani e o Palácio de Los Cántaros. Um lugar incrível, onde um senhorzinho reuni peças antigas e relíquias que ele encontrou no salar.

Visitamos também espelhos d’água, formados pela extração do sal da região, e também a Cueva Chiquini, uma caverna simplesmente incrível – outro lugar que não fazia ideia que existia por ali.

Cueva Chiquini, Uyuni - Bolívia

As surpresas não paravam: vimos outras múmias do salar e também um mirante com uma vista de tirar o fôlego. Tudo sempre muito bem explicado, com detalhes, pelo nosso guia.

O almoço foi ao lado de outra ilha de cactos, dessa vez uma ilha desertasim, existe mais de uma ilha de cactos no salar.

Ilha de Cactos, Salar de Uyuni - Bolívia

De lá passamos pelo monumento com as bandeiras, que marca o Rally Dakar que acontece no Salar. Ali tivemos a sorte de ver uma tempestade se aproximando, absurdamente incrível!

Monumento das Bandeiras, Salar de Uyuni - Bolívia

Visitamos também uma fábrica de sal e terminamos o dia em um outro hotel de sal, onde as equipes do Dakar se hospedagem: Hotel Palácio de Sal.

Veja aqui relato completo do terceiro e quarto dia da viagem

Uyuni – Quarto dia | O Cemitério de Trens e a volta para San Pedro

Como eu comentei, o meu roteiro teve que ser ajustado para que nesse dia eu conseguisse pegar meu vôo para Santiago, saindo de Calama.

Fizemos uma visita rápida ao Cemitério de Trens do Uyuni e seguimos viagem de volta para San Pedro – tivemos que cortar a visita na cidade de Uyuni.

Assim terminamos essa experiência incrível!

Considerações gerais sobre a viagem privativa ao Uyuni

Eu tentei resumir aqui como foi viajar para o Uyuni em um Tour Privativo. Como você pode ver, é difícil contar tudo em poucas palavras. Nos próximos posts eu vou detalhar a viagem e mostrar os registros que consegui fazer nessa aventura.

O que eu posso adiantar é que a experiência foi completamente diferente da primeira viagem. Não só pelo conforto dos hotéis, pela boa comida ou por ter banho quente todas as noites… Vários pontos fizeram grande diferença nessa viagem:

O Guia:

Não tenho nem como comparar o guia que me acompanhou nessa viagem com o da primeira. Extremamente educado, inteligente e muito parceiro. Era um boliviano, sim, que conhecia muito bem o seu país e tinha o prazer de mostrar as belezas e as histórias de forma muito contagiante.

O Tempo

Pra quem ama fotografia ou quer sentir o lugar de uma forma tranquila, esse é um ponto que faz diferença. Em todos os lugares e paradas pelo caminho, nós tivemos a liberdade demorar o tempo necessário para fatos, vídeos e tudo mais.

Lugares Diferentes

Acima de qualquer coisa, nós tivemos um contato muito mais intenso com o Salar de Uyuni do que eu poderia imaginar. Só depois de fazer essa viagem foi que eu vi o quanto ficou para trás na primeira viagem.

Ilha de Cactus, Salar de Uyuni - Bolívia

Para quem eu recomendo o tour privado?

Bom, tenho que ser muito claro e transparente com você. Um viagem privativa é muito mais cara do que uma viagem compartilhada – como foi a minha primeira vez no Uyuni.

Se você estiver sozinho, uma viagem como essa pode sair pesada no bolço. Talvez você também sentiria falta de companhia, então é legal pensar bem no seu objetivo.

Agora, casais que querem viver essa experiência sem perrengues, talvez por estilo próprio ou por uma data especial: super recomendo!

Também recomendo para grupos de amigos, já que vocês podem contratar a viagem em até 4 pessoas. O valor do pacote é fechado, então vocês poderiam dividir a viagem entre os 4 e aí ficaria bem mais acessível!

Veja um post sobre os hotéis da viagem

Como contratar a viagem?

Essa viagem é oferecida pela Agência Ayllu em parceria com a Senda Andina. A Senda Andina tem escritório em Uyuni, mas para fazer a viagem saindo do Atacama você precisa entrar em contato com a Ayllu.

Sand Andina, Agência Bolívia

Hoje a Ayllu tem uma relação muito boa com o blog. Sempre que dá eu consigo alguma promoção com eles ou pelo menos algum desconto especial – fica ligado nas redes que eu sempre tô divulgando novidades!

Se você quiser saber mais informações sobre os valores dessa viagem, se tem como adaptar ela para o seu tempo ou fazer uma reserva, entra em contato com eles por e-mail e dá uma chorada no preço – diga que conhece o Robson do Blog Um Viajante, que ficou afim de fazer a viagem e vai negociando!

E-mail da Ayllu: reservas@ayllu.cl Site Oficial da agência: aylluatacama.com.br

Viagens privativas, como essa, sempre precisam ser reservadas com antecedência… é normal. Como não é um passeio que tem saída todos os dias, eles precisam se programar – por isso eu recomendo que você entre em contato com eles e negocie ainda no Brasil.

Espero que você acompanhe os próximos posts, tenho muita coisa ainda para compartilhar sobre a viagem ao Salar de Uyuni. Se você já fez essa viagem ou tiver dúvidas sobre a experiência, pode comentar aqui no post. Até mais!!!

Quero ressaltar que essa viagem foi um convite, sim, mas tudo que eu estou compartilhando aqui é de acordo com as minhas experiências durante a viagem.

mondial-pos-2016

Meu Primeiro Mochilão

About The Author

Robson Franzói é um curitibano de 27 anos, formado em design e obcecado por descobrir coisas novas. Em 2012 decidiu correr atrás dos seus sonhos e no seu primeiro mochilão descobriu sua grande paixão: viajar! Amante também da fotografia, o garoto criou esse blog para compartilhar suas histórias, aventuras e clicks pelo mundo. Suas fotos já estão ficando conhecidas, aproveite e acompanhe o Instragram @blogumviajante

Related posts

8 Comments

  1. Emerson

    Boa Noite,
    Esse post veio em boa hora pra mim, estou indo para o Chile no próximo sábado e depois para o Atacam e Uyuni. Vou enviar e-mail para a agência, um tour privativo deve pesar no bolso, mas espero que tenham mais interessados na data que vou, para fechar um grupo…

    Robson, seus posts sobre o Chile/Bolívia me ajudaram muito, as fotos são incríveis, o estilo de escrever é legal, inclusive reservei meu hostel por um dos links (não sei se deu certo, pois o booking ficou todo louco) como uma pequena insignificante retribuição. Acabei de contratar o seguro viagem também por um link daqui.

    Obrigado e ótimas viagens para nós!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Emerson!! Que bom que chegou aqui no blog, fico super feliz em saber que está curtindo o conteúdo!

      Tenho certeza que você vai gostar muito da viagem. Depois me avisa se fechar o passeio com a agência, vou gostar de saber!!

      Depois volta aqui pra me contar como foi. E muito obrigado por me ajudar utilizando os links do blog… isso me ajuda muito!!!

      Comentários como o seu me enchem de energia para continuar trabalhando cada vez mais.

      Muito obrigado mesmo!!! De coração!

      Grande abraço!

      Reply
  2. Eduardo Medeiros

    Já fui duas vezes ao Atacama, mas sempre com uma curiosidade imensa de conhecer o salar de Uyuni. Agora que existem opções mais confortáveis para ir lá, da próxima vez reservarei um tempo para concretizar esse sonho.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Edu!! Essa opção é realmente pra que deseja fazer a viagem ao Uyuni de forma mais confortável e com boas estruturas no caminho. Tenho certeza que você ia gostar muito dessa opção.

      Depois que voltar pro Atacama e fizer a viagem, me conta aqui como foi

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  3. Hugo

    Que incrível essa opção de viagem Robson!! Amei seu relato e já estou aguardando os próximos posts.

    Sempre tive receio de fazer a viagem ao Uyuni, mas em uma tour privativo eu tenho certeza que será incrível. Já estou mostrando o post para minha esposa e quero programar a viagem para logo!

    Obrigado por compartilhar suas experiências, você é um garoto incrível. Parabéns pelo trabalho!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Hugo, que bom que chegou aqui no blog e descobriu esse passeio. Fico muito feliz que agora pense em visitar o Uyuni… é um lugar incrível!

      Muito obrigado por sua mensagem, fico muito feliz em saber que gosta do meu trabalho.

      Obrigado mesmo, de coração. Abraços!!

      Reply
  4. Mariana Gil

    Oi, Robson!
    Primeiramente, adoro seu blog e suas dicas.
    Em segundo lugar, estou fechando uma viagem com a Ayllu para o Atacama em maio/2018. Estou super empolgada e vendo todas as suas dicas. Estava pensando em ficar 4 dias em Santiago e 8 no Atacama, mas vendo seu post agora, acho que vou mudar Santiago por Uyuni hahahaha
    Sou louca para conhecer, mas achei que não fosse conseguir incluir tudo em uma viagem. Só estou com medo é dos preços pro Uyuni porque também não quero passar perrengue de jeito nenhum, ainda mais que estou indo sozinha, então prefiro ir com a mesma agência.
    Bem, continuarei lendo suas dicas porque ainda falta um tanto para a viagem. Abraço!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mari!! Tudo bom? Primeiro, muito obrigado pela mensagem!! Fico muito feliz que curta o blog!

      Então, o Salar de Uyuni é um lugar incrível!! Eu acabei de compartilhar o segundo dia da viagem…. acho que você vai se encantar ainda mais. Dá uma olhada e depois comentar o que achou heheh

      Muito obrigado de novo pela mensagem… espero que continue acompanhando o blog!

      Grande abraço!!

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *