Salar de Tara, um dos melhores passeios no Atacama

Localizado a cerca de 140 quilômetros de San Pedro de Atacama e a uma altitude de 4.400 metros, hoje o Salar de Tara é um dos principais e mais buscados passeios no Deserto do Atacama.

Eu tive o prazer de visitar o Salar de Tara pela primeira vez em 2014, no meu primeiro mochilão pela América do Sul. Fiquei simplesmente deslumbrado com a paisagem que encontrei por lá – um cenário que jamais vi parecido em lugar algum do mundo.

Para algumas pessoas pode parecer desnecessário, ou chato, repetir um passeio… tipo repetir a figurinha, sabe? Mas quando falamos de viagem, por mais que o destino ou passeio seja igual, a experiência sempre será diferente.

Se você quiser ver como foi a minha primeira visita ao Salar de Tara e as fotos incríveis que eu tirei por lá, acesse o post:
Salar de Tara – Último dia no Deserto do Atacama

A caminho do Salar de Tara

Por ser um passeio de dia inteiro, saí bem cedinho do hotel. A Flávia, da agência FlaviaBia Expediciones, passou para me buscar às 8h da manhã. De lá seguimos por San Pedro buscando o restante do grupo – todo mundo ainda sonolento.

Caímos na estrada com o sol começando a aparecer e sentindo aquele friozinho clássico das manhãs no deserto.

Não muito longe já fizemos a primeira parada na estrada: era hora de fotografar o grande Licancabur.

Licancabur, Deserto do Atacama

O vulcão Licancabur está localizado na divisa entre o Chile e a Bolívia. Com incríveis 5.916 metros, a subida só é permitida com guias especializados. Ele não é um vulcão ativo e a sua cratera esconde uma lagoa – confesso que subir este vulcão já está na minha lista de desejos.

Um pouco mais adiante o motorista fez outra pausa, dessa vez para nos mostrar um fenômeno bem curioso: ele parou o carro em uma descida, desligou o motor e pediu a atenção de todos para o que aconteceria quando ele soltasse o freio… O carro começou a andar, claro! Mas não para baixo, e sim PRA CIMA!!! To falando sério, juro!!! Parada muito louca!!!

Deserto do Atacama, Chile

Qual o segredo disso? Vou deixar pra você descobrir quando fizer o passeio

Depois da experiência seguimos viagem. Nossa próxima parada foi em um ponto da estrada onde pudemos ver, ao longe, as enormes antenas do Projeto ALMAonde fica nada mais nada menos do que o telescópio mais caro do mundo!!! Claro que aproveitamos essa pausa na estrada para tirar mais fotos!!

Deserto do Atacama, Chile

O café da manhã mais incrível do Atacama

Nossa próxima parada foi para o café da manhã, em um dos lugares mais lindos que você pode imaginar: às margens de um lago cristalino, que exibia um lindo tom azul esverdeado, todo contornado por uma fina camada de gelo!!

Deserto do Atacama, uma paisagem surreal

Gelo, no Deserto do Atacama
E era gelo mesmo…

Os vulcões ao redor completaram o cenário…. simplesmente sensacional! Não vou poupar as fotos… só elas podem transmitir a beleza do lugar…

Paisagem incrível no Deserto do Atacama

E o café da manhã?? De morrer de tão bom!! O que tinha de especial? A paisagem, claro, e doce de leite argentino!! Pra mim apenas isso basta, o resto era complemento…

Café da manhã, a caminho do Salar de Tara

Deserto do Atacama... a caminho do Salar de Tara

Nem preciso dizer pra você que um café da manhã como esse não é oferecido por qualquer agência. Esse passeio eu fiz com a FlaviaBia Expediciones! Você pode ler mais sobre agências do Atacama no post: Como escolher sua agência no Atacama.

Reserva Nacional Los Flamencos

Seguimos viagem em direção a Reserva Nacional Los Flamencos, onde fica o Salar de Tara.

Reserva Nacional Los Flamencos
Garoto propaganda da reserva

Depois das fotos na entrada da reserva nós começamos a avistar as impressionantes formações rochosas da região.

Monje de la Pacana, Atacama
Monje de la Pacana, Atacama

Uma pausa obrigatória para fotos é ao lado dessa pedra grande aí, que se chama Monje de la Pacana, também conhecida como a Pedra do Indioo tamanho dela é absurdo!!

As Catedrais de Tara, Deserto do Atacama

Salar de Tara e suas pedras vulcânicas...

As Catedrais de Tara, Deserto do Atacama

O guia segue todo o caminho explicando sobre os lugares e suas curiosidades – fizemos até uma pausa para buscar por pedras vulcânicas!

Salar de Tara, no Deserto do Atacama

Enfim chegamos ao deslumbrante Salar de Tara! O cenário por ali é único e, claro, deixa todos de boca aberta. A magnitude do paredão de rochas que cerca o salar, conhecidas como As Catedrais de Tara, enchem de beleza nossos olhos – difícil não se emocionar por ali.

Salar de Tara, Deserto do Atacama

Salar de Tara, Deserto do Atacama

Entre o imenso paredão e o lago existem caminhos que você pode caminhar. Não é permitido andar pra fora da área marcada… mas também, quem precisa de mais do que isso?

Salar de Tara, Deserto do Atacama

Salar de Tara, Deserto do Atacama

Salar de Tara, Deserto do Atacama
Garoto propaganda do Salar de Tara.. rsrs

O Salar de Tara é um dos lugares que mais me transmitiu paz no deserto. A energia por ali é muito boa… vale a pena tirar alguns minutos para caminhar, respirar o ar puro e refletir sobre o presente que é você estar em um lugar como esse.

Almoço no Salar de Tara

Depois de caminhar e se deliciar com paisagem, chegou a hora de se deliciar com o almoço servido exatamente ali… no coração do Salar de Tara.

Vou ter que pedir desculpas pra você, mas vou ficar devendo as fotos do almoço – o cheiro da comida estava tão bom que eu ataquei antes de fotografar.

O que posso dizer é que estava delicioso e, sim, assim como nas Termas de Puritama, também recebemos um delicioso vinho branco para acompanhar!!

Os Flamingos do Salar de Tara

Para fechar nosso passeio com chave de ouro, claro, não poderiam faltar os Flamingos. Se você não teve a oportunidade de ver eles em outros passeios, é praticamente certo que vai encontrá-los no Salar de Tara.

Salar de Tara, Deserto do Atacama

E assim terminamos o nosso passeio…. Todos cansados… mas com o coração alegre pelo presente que foi esse dia.

A volta até San Pedro não tem pausa e a melhor dica que posso dar é: relaxe e tire um cochilo zzzzZZZZ

O que vestir para visitar o Salar de Tara

Como você viu, o passeio começa bem cedo – a hora que está bem friozinho no deserto. Durante o dia a temperatura sobe um pouco, então se vestir em camadas é o ideal, assim você pode ir tirando as blusas conforme a temperatura for subindo.

A temperatura média durante a primeira parada do passeio fica em torno de 0 e 10 graus. No fim do dia pode chegar a 25.

Como pode ventar bastante no salar eu indico que você use uma jaqueta corta vento e não se esqueça de levar:

• Luvas
• Touca
• Óculos de Sol
• Protetor solar

Obs.: Dependendo da época do ano que você for, o frio pode ser muito intenso. Vale a pena confirmar com a agência como vai estar a temperatura antes do passeio.

Informações gerais sobre o Salar de Tara

Quando eu fui: Em outubro de 2015
Horário: Saída às 8h e retorno às 16h
Altitude: 4.400
Agência que fiz o passeio: FlaviaBia Expediciones

Valor do passeio: 75.000 pesos chilenos – Lembrando que esse valor pode ter sofrido alteração, então entre em contato com a agência para confirmar.

Passeios com desconto no Atacama

Vou aproveitar para destacar que a FlaviaBia Expediciones, com quem eu fiz os meus passeios no Atacama nessa segunda viagem, está com preços especiais para os leitores do blog.

Ao entrar em contato com a Flávia, informe que você é leitor do blog Um Viajante e que você conhece o Robson… assim ela vai te oferecer um desconto especial!

Se tiver qualquer dúvida é só deixar um comentário por aqui! Vale lembrar que ter um Seguro Viagem para uma aventura como essa é indispensável! Aqui no blog você tem um cupom de 15% desconto para contratar seu seguro com a Mondial, uma das empresas mais confiáveis em seguros!! Um grande abraço e, como você já sabe, se precisar é só dar um grito!!!

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

42 Comments

  1. Gabriela Vinhal

    Oi, Robson! Acho o seu blog um dos melhores de viagem e sempre que viajo venho até ele pegar dicas Pois bem, eu tô indo pro Atacama em março, mas só vou ficar seis dias. 2 em Atacama e 4 na viagem até a Bolívia. Por isso, tenho duas dúvidas e gostaria de saber se você poderia me ajudar: Quais passeios eu devo escolher nesses dois dias? Digo, os que, para você, são imperdíveis. E a segunda é sobre a volta da viagem ao Uyuni. Que horas você voltou ao Atacama, no quarto dia? Li que você voltou e já foi pegar o vôo. Ele chega à tarde ou à noite?

    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gabi, tudo bom?? Então, olha… eu acho que Piedras Rojas + Lagunas Altiplânicas é um passeio sensacional… E o outro pode ser o Salar de Tara, que também é lindo!!

      Sobre a volta do Uyuni.. você vai chegar em San Pedro, se não tiver nenhum imprevisto, perto do meio dia…. Eu já sabia disso, então marquei meu vôo para o final da tarde, entre 18h e 19h. Assim eu tive um tempro tranquilo para chegar, pegar meu transfer para Calama e embarcar numa boa.

      Precisando de qualquer outra coisa é só dar um grito aqui

      Reply
  2. Isabela Lobo

    Olá!
    Estou adorando seu blog, muito completo, e me dá mais vontade ainda de conhecer o Atacama. Estou programando uma viagem com minhas amigas para setembro deste ano. À principio, estamos querendo ficar 1 semana, chegando em Santiago e indo para San Pedro do Atacama. Como Atacama tem muitos passeios legais, pensamos em ficar por lá 5 dias e voltar. Acha muito? Santiago vale a pena ficar algum dia? E gostaria de saber se os passeios são caros, rs. Vc ficou em hostel? Estou olhando no TripAdvisor alguns.
    Obrigada!

    obs: ótimas fotos!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Isa, tudo bom? Olha, programa essa viagem sim… você vai curtir muito!!!

      Cinco dias no Atacama é uma ótima opção, não é muito não… ainda vai faltar tempo para fazer mais passeios!

      Vale a pena você entrar em contato com as agências para receber os valores atualizados. Eu recomendo a FlabiaBia e a Ayllu Expediciones. Diga que é leitora do blog Um Viajante e eles fazem um preço especial pra você!

      Fiquei em hostel sim!! O Hostal Campo Base, dá uma olhada nele aqui no Booking… a nota é ótima: http://www.booking.com/hotel/cl/hostal-campo-base.pt-br.html?aid=375355

      Precisando de qualquer outra ajuda é só me dar um grito

      Reply
  3. Milene

    Bom dia!
    Robson entrei em contato com a Flavia da agencia Flavia Bia expediciones para fazer um orçamento há alguns meses atrás e agora estou tentando contato novamente para fechar o pacote com a agencia dela e os e-mails não são respondidos.
    Sabe se ocorreu algo?

    Reply
  4. Lily

    Mais outro passeio incrível belamente descrito por você! Estou apaixonada por suas fotos! Será que terei 10% da sua habilidade para fazer tão belos registros?
    Estou já viajando aqui com seus posts.
    parabéns!!!
    Tudo lindo!
    Beijos,
    Lily
    Apaixonados por Viagens

    Reply
    1. Robson Franzói

      Ahhhhh mais importante do que as fotos são as memórias que você vai guardar.. Tenho certeza que sua viagem será incrível!!

      Reply
  5. Rafael

    Sou novo no Blog, porém achei ele muito elucidativo. Parabéns. Estou com viagem marcada para agosto, será que esses passeios estarão disponíveis?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Rafael!! Tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Ahh que show que chegou aqui e curtiu o blog…. os passeios estão disponíveis o ano todo! Continue acompanhando o blog, estou voltando para o Atacama e logo vou trazer mais novidades!!

      Grande abraço!

      Reply
  6. Patrik

    Grande Robson!

    Ainda tenho dúvidas se o Atacama fica mesmo neste planeta kkkkkk! Sem dúvida será o destino das minhas próximas férias (pena q só será em abril do ano q vem kkkk) Mas enquanto isso as visitas aq no seu blog vai ser parte da minha rotina!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Hhahaha Grannnde Patrik! Difícil de acreditar que é aqui né?!?! Que bom que o blog te ajudar a viajar um pouco…. Mas tem que se programar pra ir lá, certeza que você ia curtir muito!!! Vão ser as suas melhores férias

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  7. Letícia Lucin

    Olá Robson! Pesquisamos muito aqui em seu blog sobre a viagem para o Atacama que fizemos no mês passado. Muito obrigada por todas as dicas, foram muito valiosas e não só para mim, viu!!! Meu marido e eu fizemos todos os passeios com a Ayllu e todas as outras pessoas com quem conversamos, também haviam lido seu blog! Legal né?! Continue assim que está fazendo um ótimo trabalho! Abraço.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lê!! Tudo bom? Muito obrigado por lembrar de mim e voltar aqui para compartilhar sua experiência. Fico muito feliz em saber que deu tudo certo com a sua viagem!

      Espero que continue aproveitando as dicas do blog para outras viagens

      Reply
  8. Gilberto

    Muito boas suas dicas, parabéns e obrigado!
    Estou pensando em ir em ir no início de junho, mas estou com medo do frio ser muito intenso, tem alguma idéia da temperatura nessa época?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gilberto, tudo certo?!

      Então, é uma das épocas mais frias… não posso negar. Tem que ir preparado!! Mas o esforço vale a pena… sem dúvidas!! O frio deixa a paisagem ainda mais linda!!

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  9. Talisse Rosa

    Oi Robson, adorei o seu blog, estou planejando uma viagem em janeiro e estou maravilhada com as fotos e os seus relatos. Pretendo ficar 4 dias no Atacama para encaixar os principais passeios. Porém tenho um dia livre que estou em dúvida se faço o passeio ao Salar de Tara ou a subida ao Vulcão Lascar?
    O que você indica como uma primeira visita ao Deserto?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Talisse, tudo bom?? Olha, assim… são duas opções bem diferentes…. Tara é um lugar lindo, uma paisagem que parece uma pintura. Agora subir um vulcão é um desafio… um conquista.. uma realização. É pra guardar na memória para sempre!!

      Desculpa a demora para te responder… Estou desde julho sem conseguir dar uma atenção aos comentários do blog… No meu último post eu comentei um pouco sobre isso…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  10. Flavia Nunes

    Robson seu blog está de parabéns, meu sonho é conhecer o Atacama, com suas fotos e informações só aumenta a vontade de pegar minha mochila e sair correndo para lá.
    Pode me dizer entre as duas empresas, que sempre menciona, qual delas valem mais a pena?
    Flaviabia ou Ayllu?

    Aguardo.

    att,

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Flavia, tudo bom?? Desculpa a demora para te responder… Estou desde julho sem conseguir dar uma atenção aos comentários do blog… No meu último post eu comentei um pouco sobre isso…

      Então, olha, posso indicar as duas empresas pra você. Ambas tem um qualidade excelente, ótimo atendimento e qualidade no que oferecem. A Ayllu já tem um estrutura formada, carros próprios e tudo mais… A Flávia é nova, mas está oferecendo um serviço de primeira!

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
      1. Flavia Rondon

        Entendo totalmente, sem problemas.
        Fui para o Atacama no mês passado, realmente é SENSACIONAL!!!!
        Ambas empresas tem uma excelente estrutura, porém são 3 vezes mais caras que muitas outras.
        Realmente depende do tipo de viagem que a pessoa está fazendo.
        E repasso a informação que um local me deu: em San pedro do Atacama são três coisas que mais temos, agências de turismo, brasileiros e cachorros na rua.
        Fiz o passeio pelo Salar de Tara e indico para todos irem é muito bonito. Aproveito para parabenizar pelas fotografias que conseguem transmitir quase na totalidade o Salar.

        Reply
  11. Maryze

    Oi tudo bem? Estou planejando ir ao Deserto de Atacama em final de Janeiro de 2017. Como estou gostando muito das suas informações, gostaria de saber quanto aos problemas de saúde que podem surgir nas pessoas. Meu marido tem 74 anos e tem rinite alérgica e sinusite. Eu tenho 69 anos e tenho pressão alta. Quais os cuidados que teremos que ter, poderemos fazer esses passeios?
    Aguardo suas informações para que possamos nos preparar.
    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Maryze, tudo bom? Então, assim… o mais indica é vocês fazerem uma consulta com o médico de vocês, antes da viagem… só para ele dar alguns conselhos mais adequados para vocês.

      Questões de altitude variam muito de pessoa para pessoa. Eu mesmo já fui três vezes para o Atacama e nas duas primeiras não senti nenhum efeito… já nessa terceira vez a altitude incomodou um pouco.

      São vários fatores que podem influenciar… Mas ter uma alimentação adequada, não comer nada muito pesado.. evitar carnes, bebida alcóolica… essas coisas, já ajuda bastante. Também evitar movimentos bruscos, agachar e levantar e tal… Mas tudo isso os guias vão explicar para vocês lá no Atacama.

      Enfim, tenho certeza que será uma viagem incrível para vocês!! Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  12. Marcio Audie

    Olá Robson, acabei de chegar do Atacama. Fiz uma estadia de 10 dias e segui todas suas dicas. Gostaria de te agradecer muito, segui a risca todas suas informações e posso te garantir que foram muito valiosas. Realmente tudo que vi foi diferente, nada se repete, quando vc acha que nada vai te surpreender aparece algo tão fascinante quanto o outro. Concordo com vc, o Salar de Tara é realmente um dos passeios imperdiveis. Grande abraço e parabéns pelo seu excelente trabalho.

    Reply
  13. Vinicius Magalhães

    Fala Robson, tudo joia? Cara estou planejando mina viagem para o atacama com a namorada e gostaria de uma voz com experiência para saber de algumas coisas.
    Qual época do ano você aconselha ir para lá?
    Esses pacotes que você fechou com a FlabiaBia e a Ayllu Expediciones foram fechados quando você chegou lá ou já havia contratado antes?
    PS: Excelentes fotos, irei me inspirar nelas quando for rs..

    Grande abraço!!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Vinicius, tudo beleza e ae? Cara, rola ir pro Atacama o ano inteiro… sempre tempo bom por lá. Janeiro e fevereiro são os únicos meses que podem chover, mas é bem incerto.

      Sobre os pacotes, eu recomendo você fechar antes sim. As duas agências são incríveis!! Elas não são as mais baratas do Atacama, nem é essa a ideia… mas elas tem um serviço diferenciado e que faz valer a pena.

      A FlaviaBia normalmente trabalha com pacotes fechados com antecedência, a Ayllu até tem a agência para você fechar lá. Eu já prefiro ir com tudo certo.

      Se entrar em contato com eles, diga que conhece o Robson, do blog Um Viajante… negocia com eles, eles fazem um valor especial para os leitores do blog

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  14. Larissa

    Oi Robson!! Ótimas dicas!!
    Vou fazer a dobradinha Atacama + Salar de Uyuni na próxima semana e sua descrição ajudou bastante!
    Vou passar 4 dias inteiros no Atacama mas ainda não decidi os passeios e, dando uma lida em alguns blogs, fiquei ainda mais em dúvida.
    Li em alguns blogs que turistas com pouco tempo no Chile e que vão para o Salar podem optar por alguns passeios onde a paisagem não seja “repetida”. Imagino que cada lugar tenha sua beleza e diferenças, mas como estarei com pouco tempo queria saber se você indica alguns passeios no Atacama que sejam mais diferentes das paisagens que vemos no caminho para o Salar. Por exemplo, vi que no tour para o Salar paramos no Gêiser Sol de Manana e estava pensando em cortar o Gêiser del Tatio do roteiro no Chile. O que você acha?
    Muito obrigada desde já!!
    Abs,
    Larissa

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lari, tudo bom!? Que show que vai fazer essa viagem… tenho certeza que vai ser uma experiência incrível!!
      Então, são poucos os passeios que você vai sentir que está repetindo algo… mas os Gêiseres podem ser um deles… Você realmente vai passar por Gêiseres no caminho do Salar, então pode deixar o El Tatio para outro oportunidade sim… já que o seu tempo é curto

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  15. Xênia

    Oi Robson, venho lendo vários blogs sobre o Atacama, quero viajar entre Dezembro e Janeiro, estou indo de carro sedan, pesei em fazer em um 4×4 mas desisti de trocar meu carro somente para uma viagem, mas gostaria de saber uma coisa, todos seus passeios foram feitos por agencias de turismo, gostaria de fazer todas por conta, e vi que existe a possibilidade conversando com algumas pessoas que foram de moto, você acha que um carro sedan chegaria tranquilamente em todos os passeios, ou há sempre a necessidade de um 4×4, porque vejo pelo google que as estradas são otimas aparentemente!
    Gostaria de sua opiniao!
    Xênia

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Xênia, tudo bom?? Eu tenho uma conhecida que já foi até lá com um Sedan sim, dá pra ir! Sobre os passeios, você vai conseguir fazer alguma coisa… não todos os passeios. Existem alguns mais distantes e que é mais complicado ir sem um 4×4 ou sem um guia, como Salar de Tara e Geysers, por exemplo.

      Meu tio já foi pra lá de moto algumas vezes…. é uma experiência incrível. Tem muita coisa pra fazer, mas ele não faz os passeios em si.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  16. Mayla

    Olá Robson, eu e meu namorado estavamos pensando em ir em Julho/2017 para o Atacama… porém de moto ! rs será que é muito perigoso? Estamos no Litoral de São Paulo, Santos.
    Vai estar muito frio também? Quanto em média seria melhor levar para fazer a maioria dos passeios (ou quase todos) rs.. Amei o seu blog, sempre estou de olho por aqui rs Parabéns !

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mayla, tudo bom? Então, meu tio e minha tia já foram até o Atacama de moto, saindo aqui de Curitiba. Eles me contam que a viagem é incrível!!! Só que por lá eles não fizeram os passeios do deserto… apenas visitaram San Pedro e os arredores.

      Alguns passeios vocês até conseguem fazer de moto, mas alguns eu acho que seria mais interessante fazer com uma agência de lá… para ter o guia e tudo mais.

      Em julho é bem frio, principalmente a noite e de madrugada… Durante o dia dá uma esquentada.

      Em alguns posts aqui eu coloquei os valores, nem todos estão atualizados. Pra confirmar os valores atuais eu recomendo que você entre em contato com as agências. Eu recomendo duas: Ayllu e a FlaviaBia.

      Essas não são as agências mais baratas do Atacama, mas são as que certamente vão proporcionar a melhor experiência e imersão no Atacama.

      As duas agências oferecem desconto para os leitores do blog, então troca uma ideia com eles… diga que conhece o Robson, do blog Um Viajante. Tenho certeza que essa seria uma viagem inesquecível para vocês.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
      1. Mayla

        Muito obrigada pelas dicas, Robson !
        Se tudo der certo e nós irmos mesmo volto aqui e conto a experiência rs

        Amo o seu blog, fico lendo, relendo… fico viajando literalmente.. rs

        Parabéns e até mais !!!

        Reply
  17. Felipe

    Robson,

    Show de bola! Ficarei 5 dias Santiago > Atacama, não dá pra ver tudo, mas pelo site, to escolhendo o melhor roteiro.

    Agora, qual camera tu usa pra fazer essas fotos incriveis?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Felipe, tudo beleza!?! Então eu utilizo uma Sony A77… lentes eu tenho algumas: tenho lente grande angular, lente zoom e lente fixa. Cada viagem eu lego um conjunto. Dá uma olhada nesse link, tem alguns posts que falo sobre fotografia: https://www.umviajante.com.br/fotoviagem/

      Se precisar de qualquer coisa pra sua viagem, ou dica de fotografia, é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  18. Marcia Picorallo

    Oi, Robson! Chego no Atacama em poucos dias e seus posts me ajudaram bastante, obrigada. As fotos estão incríveis, parabéns! Você se importaria se eu usasse uma ou duas no meu blog? Vou publicar meu roteiro mas como não fui não tenho imagens ainda, claro. Eu colocaria a fonte e o link pro seu blog, pode ser?
    abraços!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Márcia, tudo bom? Que legal que está indo pro Atacama. Eu estou na Ásia e só agora conseguindo colocar os comentários em dia. Pode ficar a vontade para usar as fotos sim

      Se precisar de qualquer coisa é só me dar um grito aqui. Abraçoo!!!!

      Reply
  19. Gabriela

    Oi Robson , tudo bem?

    preciso escolher entre Salar do Tara e Lagunas Escondidas de Baltinache.. E agora?? rsrs Qual é o mais imperdível?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gabi, tudo bem e você?

      Poxa, não sei se vou te responder a tempo…. mas assim, os dois lugares são lindos e bem diferentes. Eu escolheria, se estivesse no seu lugar, o Salar de Tara, que é incrível e impressionante.

      Imagino que você já tem no roteiro as Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas?? São imperdíveis também!!!

      Bom, se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  20. Renato

    Robson, parabéns pelas fotos cara, to impressionado, paisagens muito bonitas e fotos muito maneiras. Queria te perguntar uma coisa, pra você que viajou pro Atacama e também curte fotografia, pois tô na dúvida se pra essa viagem compro uma lente zoom (18-300 da nikon) ou uma grande angular (10-24). Só consigo comprar uma das duas! rs – pela sua experiência nesses locais, qual delas vc acha que vai render fotos melhores? OBS: tenho uma câmera cropada, é uma nikon D5100. Grande abraço e mais uma vez perabéns pelas fotos e pela matéria.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Renato, tudo beleza? Que bom que chegou aqui no blog, fico super feliz em saber que está curtindo o conteúdo!

      Cara, então… eu acho que nesse caso a grande angular vai melhor. Não que a zoom você não vá usar… pode usar para fotografar flamingos, lhamas e tal… mas acho que a outra vai render mais fotos pra você. Você vai ver muito mais paisagens do que animais… então acho que se tiver que escolher só uma, eu ficaria com a Grande Angular.

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *