Compras em Nova York: Black Friday

A Black Friday é o ponta pé inicial da temporada de compras de Natal e um dos eventos comerciais mais importantes dos Estados Unidos. Mas será que ainda hoje vale a pena fazer compras por lá? Com o dólar nas alturas ainda é uma boa opção?

Quem pensa em Black Friday, pensa em Nova Yorkfato! A cidade é famosa por suas incríveis promoções e descontos esmagadores. Mas até onde esses descontos valem a pena para um mero viajante que está de passagem pela cidade? É isso que vou te contar agora….

Black Friday em Nova York

A convite da CVC Viagens eu fui até Nova York fazer uma cobertura especial do evento. Meu objetivo? Mostrar um pouco de Nova York aqui no blog e contar como foi a experiência da Black Friday em uma das cidades mais importantes do mundo.

Um pouco sobre a Black Friday

Realizada sempre na última sexta-feira de novembro, a Black Friday já se espalhou pelo mundo inteiro. Nos Estados Unidos os descontos prometidos chegam a beirar os 90%, o que faz muita gente madrugar na porta das lojas.

Na quinta-feira que antecede a Black Friday é celebrado o Thanksgiving Day, o Dia de Ação de Graças.

Nesse dia o comércio na cidade fecha as portas e só abre a partir da meia noite. Para quem estiver por lá, o programa imperdível da quinta-feira é a tradicional parada da loja Macy´s.

Minha chegada na Black Friday

Meu vôo de São Paulo para Nova York foi exatamente no Dia de Ação de Graças, então só cheguei em Nova York na sexta-feira pela manhã – com a Black Friday já rolando.

A grande dúvida que muitos brasileiros tem hoje, com o dólar nas alturas, é se realmente vale a pena comprar nos Estados Unidose se a Black Friday seria a saída para economizar.

Pois bem… Já no transfer do aeroporto para o Roosevelt, o hotel que fiquei em Nova York, eu troquei uma ideia com o motorista – ele era brasileiro e já morava em Nova York há alguns anos.

Black Friday em Nova York

Segundo ele os descontos são realmente expressivos, mas talvez não sejam focados para quem está visitando a cidade, mas sim para quem vive em Nova York.

Pelo que ele me falou, os maiores descontos são em produtos como televisores, geladeiras, máquinas de lavar e eletrodomésticos… coisas que dificilmente algum viajante estaria disposto a comprar e despachar no avião.

O próprio motorista me contou que na edição passada da Black Friday ele comprou 3 TV’s de 50 polegadas: uma para ele, uma para o irmão e outra para o vizinho! Imagino que o desconto estava realmente bom!

O que eu vi na Black Friday

Depois de deixar minhas coisas no hotel, eu logo saí para bater perna na cidade. Ainda era bem cedo – antes das 8h pelo que eu me lembro! O pessoal que tinha madrugado nas lojas já tinha ido embora e as lojas estavam bem vazias. Nova York parecia sonolenta na manhã da Black Fridayum pouco diferente do que eu imaginava.

Mas não demorou muito para as pessoas começarem a aparecer encher a cidade de vida…. Enfim comecei a reconhecer a Nova York que eu sempre imaginei.

Black Friday em Nova York

Bom, para deixar esse post mais organizado, eu vou falar um pouco sobre as lojas que eu visitei separadamente… dizendo as impressões que eu tive durante minha estadia por lá – algumas lojas eu visitei na Black Friday e também nos dias seguintes.

Comprando eletrônicos e equipamentos fotográficos na Black Friday

Como esse é um assunto que eu gosto muito, e foi a primeira coisa que fui comprar em Nova York, eu já fiz um post bem completinho sobre a melhor loja para comprar eletrônicos e equipamentos fotográficos em Nova York: a B&H Photo e Video – veja o post com todos os detalhes!

Abercrombie na Black Friday

A Abercrombie é uma marca que gosto bastante. Além das roupas servirem bem pra mim, as peças originais* duram bastante – destaquei a questão do original pois no Brasil rola muito roupa falsificada dessa marca.

Abercrombie Black Friday

Infelizmente os preços da Abercrombie não estavam atrativos. A loja, que fica na Quinta Avenida, estava com os preços bem salgados e não entrou no clima da Black Friday.

Hollister na Black Friday

Essa é outra marca do grupo da Abercrombie, porém um pouco mais acessível. Uma das lojas da Hollister também fica na Quinta Avenida e estava bombando na Black Friday.

Os descontos eram modestos, comparados com a fila para o caixa dentro da loja. O esquema lá dentro era meio bagunçado: sabe aquelas araras com montes de roupas e que você tem que ficar puxando tudo até achar uma no seu número? Então, era bem assim! Provar alguma peça estava fora de cogitação.

O que eu comprei: Uma camiseta que estava de $19.95 dólares por $13.96, outra camiseta que estava de $17.95 por $9.95 e duas camisetas manga longa que estavam de $24.95 dólares por $17.95.

Hollister Black Friday
Modelos similares que encontrei no site oficial da Hollister.

Dica: visitei a loja da Hollister que fica na Broadway, perto do SoHo,  alguns dias depois da Black Friday e os preços ainda eram os mesmos – só que com menos movimento na loja.

Macy’s na Black Friday

Eu estava com um pouco de medo do tumulto que poderia estar na Macy’s. A loja é uma das mais famosas em descontos da Black Friday. Quando entrei até relaxei um pouco… não era o caos que eu imaginava.

A loja é simplesmente gigante e eu até me perdi para encontrar a seção masculina. É fato que as mulheres provavelmente entram em curto circuito com todas as opções: perfumes, bolsas, roupas, óculos, maquiagem, acessórios e muito mais.

Na loja você vai encontrar diversas grifes: Armani, Hugo Boss, Michael Kors, Calvin Klein, entre outras.

O que eu comprei: Uma jaqueta que estava de $195 dólares por $59.00 e um blazer que estava de estava de $148 dólares por $48, ambos da Calvin Klein!!! Sim, acho que foram as minhas maiores barbadas da viagem!

Macy's Black Friday

Assim como aconteceu na Hollister, os preços baixos da Macy’s também se estenderam por alguns dias – tanto que minhas compras na loja foram no meu último dia em Nova York.

Century 21 na Black Friday

Essa loja eu não conhecia e foi a minha maior alegria em Nova York! Assim como na Macy’s, na Century 21 você também vai encontrar diversas marcas: Calvin Klein, Tommy Hilfiger, Levis, etc…

Os descontos por aqui também estavam de cair o queixo!

As carteiras masculinas estavam em promoção: qualquer modelo por apenas $9.00 dólares – e tinham carteiras da Calvin Klein, Tommy Hilfiger, Timberland, entre outras.

Na seção de cuecas e meias eu fiz a festa! Pacotes com três cuecas da Calvin Klein por menos de 5 dólares!!! Cada cueca dessas no Brasil custa mais de 100 reais!!

Century 21 Black Friday

As meias da Tommy também estavam muito em conta: menos de 10 dólares no pacote com 6 pares!

Ps.: Metade da minha mala era apenas de meias e cuecas!

A Century 21 foi realmente a loja que mais me surpreendeu na Black Friday.

Century 21 Black Friday

Eu também encontrei jaquetas de $228.00 dólares por $89.00, camisas de $98.00 dólares por $34.00, entre outras coisas. Infelizmente não dava para aproveitar tudo

Lojas no SoHo de Nova York

Eu não cheguei a visitar o SoHo na sexta-feira, mas fui lá na terça e ainda encontrei boas ofertas. Na loja da Vans eu consegui um tênis de $50.00 dólares por $30.00no Brasil o mesmo modelo é vendido por mais de R$ 200,00.

Vans Black Friday

Na mesma loja havia uma boa promoção de camisetas: no estilo leve 5 e pague 3…. não resiste e comprei algumas!

Vale a pena perambular pelo SoHo e caçar boas ofertas – só não acabe levando gato por lebre… Chinatown está ali do lado!

Apple Store na Black Friday

Infelizmente a Apple não entra no clima da Black Friday. Apesar das lojas estarem abarrotadas de gente, os preços, pelo que eu vi, eram o padrão do site. Ainda sim, claro, chegam a custar menos da metade dos valores absurdos do Brasil.

Best Buy na Black Friday

A Best Buy é uma das lojas de eletrônicos mais populares dos Estados Unidos e que oferece boas ofertas na Black Friday. A minha visita na loja foi bem rápida, pois não estava disposto a gastar nada com eletrônicos – tirando o que já tinha gasto na B&H.

O que eu cheguei a ver por cima foram fones de ouvido em promoção: alguns modelos da Beats estavam de $299 dólares por $149. Produtos da Apple também com preços especiais – que variavam entre $50 e $100 de desconto. E também pen drives por preços bem baixos – menos de 15 dólares para opções acima de 64 GB.

Best Buy Black Friday

A Best Buy é uma das lojas que abre durante a madrugada da Black Friday. Não sei se vale a pena para um viajante de passagem madrugar na fila de uma loja… massss, caso você fique sabendo de alguma oferta e queira muito o produto, se joga!!

Considerações finais sobre a Black Friday

Eu curti muuuuito visitar Nova York nessa época, por diversos motivos. Não acho que a Black Friday por si só deva justificar a sua viagem, mas outros detalhes sim!

Você vai pegar o final do outono/começo do inverno, sendo que o outono é uma das estações mais lindas para visitar Nova York – já viu o post com as fotos que tirei no Central Park? É de se apaixonar!

Junto com a beleza do outono você também já vai entrar no clima do Natal! As vitrines já vão estar prontas, a cidade decorada, as pistas de patinação estarão funcionando. Ou seja, vai ter um pouco do outono e um pouco do inverno em uma tacada só.

Black Friday em Nova York

E sim, claro, ainda vai aproveitar algumas ofertas da Black Friday.

Como eu falei, eu não acho que vale a pela madrugar nas lojas ou enfrentar muitas filas na sexta-feita – quase todas as lojas que eu visitei mantiveram os preços nos dias seguintes!

O que pode acontecer é esgotar o produto que você deseja, é o único motivo que eu digo para você sair da cama antes do sol raiar.

Na loja da Vans, por exemplo, eu sofri um pouco para encontrar um tênis no meu número… mas no fim até encontrei uma opção legal.

Dicas para você economizar

Apesar dos sites de lojas americanas nem sempre exibirem os preços no Brasil, tente ao máximo pesquisar os valores antes da Black Friday.

Pesquise também por quanto o produto está sendo vendido aqui no Brasil!

A única forma segura de saber se o desconto realmente vale a pena é pesquisando com antecedência.

Segunda dica: Fuja da Quinta Avenida!!! Ali é só para passear :P

Enfim… essa foi a minha experiência na Black Friday em Nova York. Como era a minha primeira viagem para lá, é claro que eu não me limitei apenas nas compras.

Quem sabe esse ano a CVC Viagens não me manda pra lá de novo e eu trago ainda mais dicas aqui no blog!?!?!

Me ajudem na campanha: #CVCMandaUmViajantePraNYdeNovo

Espero que você tenha curtido os posts dessa primeira viagem. Eu me apaixonei por Nova York e pretendo voltar em breve. Agora, porém, estou embarcando para uma nova viagem, que você pode acompanhar no Instagram e também no snap: blogumviajante.

Ainda tenho mais algumas coisas de Nova York para compartilhar aqui, mas só quando voltar

Se você tiver dúvidas ou dicas para outros viajantes aproveitarem a cidade e também a Black Friday, fique a vontade para compartilhar aqui nos comentários. Até logo!! Abraço!!!

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

9 Comments

  1. Rodolfo

    Filhão, sugestão de um zé ninguém aqui que resolveu se meter no assunto. A Black Friday é sempre depois do dia de ação de graças por lá e não na última sexta-feira do mês. O dia de ação de graças é sempre na 4º quinta-feira de novembro. Em 2018 por exemplo, a black friday não será na última sexta-feira do mês. Quem pretende fazer compras, pode visitar as lojas de rua em Manhattan e focar nos OUTLETS!! Dei um search no seu post e não vi nenhuma referência. Dicas, Jersey Gardens e Woodbury Vale lembrar também que para eletrônicos, existe a cyber monday, que é o dia das ofertas de eletrônicos que acontece sempre na segunda-feira seguinte a black friday. Valeuu, abraços e perdão a intromissão

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Clari, tudo bom?? Puxa, eu não conheço esse outlet… Logo pretendo voltar para NY e trazer mais dicas de comprar por lá

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Sá, tudo bom? Normalmente é igual sim… mas tem lojas que abrem de madrugada e aí fecham de manhã (mas não são todas). As que a gente normalmente se interessa mais em visitar atende no horário normal

      Se precisar de qualquer coisa é só me dar um grito aqui. Abraçoo!!!!

      Reply
  2. Moabe Manzili

    Man, Parabéns pela matéria! Vou à NY em Novembro deste ano. Pretendo ir na semana Black Friday, mas, eu estava com algumas dúvidas. Após ler sua matéria, decidi: Irei pra semana Black Friday. Mais uma vez, parabéns pelo seu trabalho!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Opaa… que bom saber que o post te ajudou Moabe!! Aproveite NY por mim.. estou morrendo de saudades, louco para voltar!!

      Reply
  3. Gabriel

    Robson, muito obrigado por dividir seus experiências! Eu estava cheio de dúvidas relacionadas à black friday em NYC e seu post super detalhado e cheio de informações ajudou muuuito. Abraços.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gabriel!! Que bom que chegou aqui no blog, fico super feliz em saber que está curtindo o conteúdo!

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *