Grand Palace, o Grande Palácio de Bangkok

O Grand Palace é sem dúvida um dos lugares mais importantes e visitados de Bangkok. E quando eu digo que é muito visitado, pode acreditar que vai ter gente pipocando lá dentro.

Pra quem não sabe, o Grand Palace já foi a residência da família real da Tailândia por cerca de 150 anos. Construído no século XVIII, a pedido do rei Rama I, o Grand Palace está localizado dentro de um grande complexo murado, ao lado do Chao Phraya – o rio que passa por Bangkok.

Grand Palace - Bangkok
Grand Palace – Bangkok

A localização ao lado do rio não é por acaso, assim como o grande muro que o cerca – tudo foi pensado para a proteção da família real. Desde 1925 o Grand Palace não é mais a residência oficial do rei, embora ainda seja utilizado para cerimônias oficiais e religiosas.

Eu separei a manhã do meu segundo dia na cidade para visitar o Grand Palace. Nesse dia o meu fuso horário ainda estava meio confuso e acabei acordando perto das cinco da manhã – o que não adiantou muita coisa, já que o Grand Palace só abre as 08h30.

Ahhh, foi bom eu tocar nesse assunto… Eu já tinha lido em outros blogs sobre os famosos golpes que motoristas de taxi e tuk-tuk costumam aplicar em Bangkok. Como eu vi que o Grand Palace não fica muito longe da Rambuttri, a rua que fiquei hospedado em Bangkok e que é colada com a Khao San, eu decidi ir até lá caminhando.

No caminho um cara veio puxar papo comigo – oferecer ajuda, saber onde eu estava indo, de onde eu era e essas coisas que eles costumam perguntar. Eu caí na besteira de falar do Grand Palace e na mesma hora o cara começou a tentar me convencer, a todo custo, de que o Grand Palace estava fechado aquela hora e só abriria à tarde.

Sério, isso é muito manjado em Bangkok… Não caia nessa!! Eles tentam te falar isso para te levar para outro lugar, para eles ganharem uma comissão. Como eu já tava ligado nessa história, segui meu caminho de boa e não dei chance para ele.

Eu cheguei no Grand Palace umas 8h40 e o lugar estava abarrotado de gente (e aberto, claro!) – juro pra você, eram caravanas, ônibus, excursões e sabe lá Deus de onde mais estava saindo tanta gente.

Chegando no Grand Palace
Chegando no Grand Palace

A primeira coisa que fiz ao chegar no Grand Palace foi pegar uma calça emprestada. Sim, pois ali o uso de calça é obrigatório para homens e ombros cobertos para as mulheres. Eu achava que teria que alugar a calça, mas na verdade você só deixa uma quantia em dinheiro lá e depois que devolver a calça pode pegar sua grana. Então já deixo aqui uma boa dica: vá de bermuda e pegue uma calça por lá. Eu vi algumas pessoas de calça jeans e imagino como elas sofreram com o calor!

Ahhh, e por favor, não tente dar um de esperto por lá! Logo que eu cheguei para pegar minha calça tinha um brasileiro com uma “tanga” enrolada na cintura reclamando que as pernas dele estavam cobertas. Ahhh, por favor né!!? Não tem necessidade disso…. claro que obrigaram ele pegar uma calça… e gente, é de graça!! Não tem motivos para fazer drama.

Na verdade você pode fazer drama com a fila para comprar o ticket! Estava muito calor e a fila era enorme. Eu acho que fiquei uns 30 minutos esperando – mas que com o calor pareceram 5 horas.

Enfim, depois de ter o ticket em mãos eu segui para outra fila, a da entrada. Mas essa eu não tenho do que reclamar pois andou bem rápido. A questão é que lá dentro estava tudo tão cheio quando lá fora – era gente para todos os lados!! Preciso confessar que isso me irrita um pouco – Buda que me perdoe.

Grand Palace - Bangkok

Mas tá, isso não tira a beleza do lugar. Tudo por lá é muito lindo! O lugar é enorme e tem bastante coisa para ver.

Eu não peguei nenhum mapa e isso me deixou um pouco perdido lá dentro, já que o lugar é enorme. Mas foi legal… eu fui explorando os lugares por pura intuição – ou seguindo o fluxo do povo mesmo. É interessante destacar que o Grand Palace em si não é a primeira coisa que você vê quando entra no complexo. Você passar por alguns templos, pátios e jardins antes de chegar lá.

Desconto Seguro Viagem

Grand Palace - Bangkok

Grand Palace - Bangkok

Grand Palace - Bangkok

O calor realmente dificulta a vida e até tirar fotos foi complicado. É muito difícil explicar o nível de calor – não sei se é porque eu sou de uma cidade mais fria, mas gente, eu estava torrando!

Ah, lembrando que para entrar nos templos você precisa tirar seu calçado. Como eu estava de havaianas, eu só colocava elas na minha mochila e fazia a visita. Mas você pode deixar seu calçado na entrada dos templos e pegar depois, sem problemas.

Vale um destaque para os pequenos detalhes da arquitetura desse lugar. Você vai ver paredes inteiras forradas com pequenos pedaços de vidro e espelhos. Chega a ser surreal o efeito – é de ficar de boa aberta.

Grand Palace - Bangkok

Grand Palace - Bangkok

Grand Palace - Bangkok

Lá também fica o Wat Phra Kaew, que é o Templo do Buda de Esmeralda ao lado do Grand Palace. Esse é considerado o templo mais sagrado da Tailândia… E como em vários outros templos, as fotos no interior são proibidas. Como é um lugar de oração e fé, eu acho que temos que respeitar isso. Em toda a viagem eu visitei muitos templos e só tirei foto do que realmente era permitido.

Wat Phra Kaew

Grand Palace - Bangkok

Depois  de passar por vários pátios, jardins e tempos, é que eu cheguei em frente ao Grand Palace. Ele é muito bonito e tem um jardim super caprichado. O complexo inteiro é bem maior do que eu tinha em mente, então se prepare bem para esse passeio: leve água e passe protetor solar!! Muito importante! Nessa hora não tem muita sombra para se proteger do sol, eu estava quase querendo pedir um cantinho no guarda-chuva de uns turistas, mas fiquei torrando no sol mesmo. Se você tiver empenho de carregar, um guarda-chuva ou sombrinha pode ser uma boa opção para você não fritar por lá.

Grand Palace - Bangkok

Terminando de ver tudo por ali eu segui para a próxima parada do dia, o  What Pho, outro templo bem famoso de Bangkok… mas essa parte do dia eu conto para você em outro post, esse aqui já está bem grande

Ps.: Desculpa a quantidade grande de fotos, mas não consegui postar menos…

Informações sobre o Grand Palace

O Grand Palace abre diariamente das 08h30 às 15h30 – com excessão dos dias com alguma cerimônia oficial.

O valor para entrar é 500 bahts, cerca de 45 reais.

Se você está hospedado na região da Khao San, pode ir até o Grand Palace caminhando. As distâncias são meio confusas em Bangkok, as vezes você pensa que um lugar é perto e na verdade é do outro lado da cidade, e as vezes ele é mais perto do que você imagina. Veja nesse mapa o caminho que eu fiz para chegar da Khao San Road ao Grand Palace.

Caso você esteja em alguma área mais afastada da cidade, minha sugestão é pegar um taxi. Lembre-se de pedir para o motorista usar o taxímetro! Não é fácil conseguir, mas vou comentar sobre isso em outro post. Tuk-tuk pode ser uma boa opção caso você não consiga um taxi com taxímetro.

Se você está buscando uma boa opção de hospedagem em Bangkok, consulte aqui as melhores opções e faça sua reserva com segurança. Não se esqueça que leitores aqui do blog tem 15% de desconto na contratação do Seguro Viagem, você pode pegar seu cupom no post da Europa ou da América do Sulambos são iguais e valem para qualquer viagem internacional.

Dúvidas, dicas ou qualquer coisa, é só usar e abusar da caixa de comentários aqui do blog. Sawasdee Krap!

Booking! Faça sua reserva!
Melhor Seguro Viagem InternacionalBooking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

25 Comentários

    1. Robson Franzói

      Valeuuuuu Carol!!!! Fico super feliz em saber que estou conseguindo passar, através das fotos, a beleza dos lugares

      Reply
  1. Alexandre

    JAMAIS peça desculpas por essas fotos incríveis, rs. Na verdade, quanto mais melhor; a gente agradece.
    Cara, os posts estão ótimos! Só espero um dia ter coragem de fazer essa viagem.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Fabricio, cara… não posso te iludir, o calor por lá é muito punk… Na verdade abril, o mês que eu fui, é considerado o mês mais quente… Mas vale o esforço, a cidade é incrível

      Reply
    1. Robson Franzói

      Opa… hahaha, que bom André! Fico feliz em saber… Obrigado pela mensagem e fica de olho aqui no blog que tem muito conteúdo e fotos pra chegar… Abraço!!!

      Reply
  2. Eliane kracik

    Como estou indo para Bangkok em set. gostaria de saber se posso comprar o Ticket para o Grand Palace por internet e se no final de set.faz muito calor. Sou de Curitiba e fiquei feliz em encontrar este Blog que tem me ajudado e orientado muito e achei vc. através da Dourada, pois sou cliente dele.Quantos dias vc. Ficou em Bangkok?Obrigada por todas as informações .

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Eliane, tudo bom? Que legal que chegou aqui através da Dourada, gosto muito do serviço deles! Então, você vai ter que comprar o ticket por lá mesmo.. Não tem online.

      Sobre o clima, olha… vai ser quente, eu imagino, mas não como abril – que é o mês mais quente do ano por lá. Talvez você pegue um chuvinha ou uns dias um pouco mais nublados, já que é período das monções. Eu falei sobre elas nesse post: https://www.umviajante.com.br/guia-viajante/2613-quando-viajar-para-o-sudeste-asiatico-entenda-moncoes

      Qualquer dúvida é só dar um grito

      Reply
  3. Yumi

    Ola Robson!
    Você sugeriu pegar um táxi até o Grand Palace se estiver hospedado longe, mas é só por causa dos golpes de Tuk Tuks? Ainda não decidi onde vou me hospedar, mas provavelmente não vai ser na região da Khao San. Fiquei meio preocupada em não conseguir chegar lá! Os taxistas não tentam nos enganar?
    Aproveito para elogiar o blog, estou recolhendo muitas informações úteis para minha viagem!
    Um abraço!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Yumi, tudo bom?? Legal que está pegando as dicas aqui no blog, fico feliz!!

      Então, se você estiver perto da Khao San, pode ir caminhando mesmo… não é longe… Caso queira até pode ir de taxi ou tuk tuk, a diferença é que os taxis são bem mais baratos…

      Sobre golpes, olha, vou te contar… taxista é igual em qualquer lugar do mundo… sempre tem os honestos e também os trapaceiros, não tem jeito. Tem que tentar ficar esperta, mas infelizmente em qualquer lugar do mundo você vai estar sujeita a ser enrolada por um taxista… Os tuk tuk normalmente não aplicam golpes, pois eles não tem taxímetro… ou seja, o valor é sempre fechado antes de você ir para o destino… Então, quanto mais barato você conseguir negociar, mais rápido ele vai querer chegar no destino….

      Bom, espero ter ajudado… qualquer dúvida é só dar um grito

      Reply
      1. Yumi Ito

        Haha, meio complicado, parece até cansativo se locomover por lá. U_U
        Então não corro o risco de o motorista de Tuk Tuk me levar para outro lugar contra a minha vontade né?
        Eles vão tentar me convencer que o Grand Palace está fechado, mas é só bater o pé que dá certo?
        Eu vou me hospedar na região de Sathorn, meio longe dos pontos de interesse.
        Obrigada pela ajuda!

        Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Yumi… ahhh eu acho que não tem esse risco não…. Se ele falar que está fechado, insista que quer ir… não de chance… e ele vai acabar te levando para o lugar certo sim…

          Qualquer outra dúvida é só dar um grito!!

          Reply
  4. tuli alencar

    Oi Robson, tdo bem??
    adorei suas dicas..
    estou indo pra bangkok em janeiro e gostaria de saber sua opnião, já que vc já foi: é melhor eu fechar um tour por esses tempos aqui no brasil, através de agencia, ou dá pra fechar através do hotel que vou ficar?? A agência me passou esse tour que você informou acima por $250,00 dólares o casal!

    desde já, obrigada.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Tuli, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… Estou desde julho sem conseguir dar uma atenção aos comentários do blog… No meu último post eu comentei um pouco sobre isso…

      E aí, como estão os planos da viagem? Já está com o roteiro definido e decidiu sobre a agência? Eu não fechei por aqui não, acho que pode fazer isso lá mesmo…

      Se ainda precisar de alguma dica é só me dar um grito aqui, beleza? Abraço!!

      Reply
  5. Zé Pedro

    Tudo bem Robson? Vou para a tailândia em junho, fico em bangkok no inicio e no final da viagem, o que não posso perder em bangkok? Tenho o tempo contado, e não dando para ver tudo, quero ver o melhor.
    Já agora, vou para koh samui, as phi phi sofrem das monções na altura em junho e como vou em lua de mel, preferimos não arriscar a passar o tempo fechados no hotel. Obrigado, e bom post.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Zé, tudo bom? Então, eu tenho um post bem bacana sobre Bangkok. Tem uma geral sobre o que eu vi por lá… acho que pode te ajudar. Tudo vai depender muito do que vocês querem visitar…

      Sobre as monções, vale lembrar que elas afetam o Sudeste Asiático nessa época… mesmo Koh Samui… mas vamos torcer pra você dar sorte, já que a Tailândia não sofre tanto o feito delas

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  6. Zé Pedro

    Não digas isso que até me assustas, li no teu guia de monções, que as monções entre koh samui e koh tao vão de setembro a dezembro, de qualquer das maneiras, já está tudo marcado, é só rezar, também vou ao camboja visitar o templo de angkor wat, vou num dia e venho no seguinte, o objectivo é conseguir ver lá o nascer do sol se o tempo permitir, tens alguma sugestão de onde ficar no camboja? como comprar o tour pequeno pelos templos? contratar guia? para o camboja apenas tenho os voos. Abraço de um português que segue o teu trabalho.

    Reply
  7. Renata

    OI Robson, estamos organizando para ir para Bangkok em Fevereiro e suas informações foram muito úteis para nós. Gostaria de saber se tem uma estimativa de quanto tempo precisa para conhecer o Grand palácio. O mínimo talvez, porque pelo que percebi poderia ficar ate fechar.
    Muito Obrigada
    renata

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rê, tudo bom? Que show que vai fazer essa viagem!! Tenho certeza que vai se apaixonar pela Tailândia!!

      Então… em uma manhã você consegue fazer a visita… talvez em 2 horas… 3… tudo vai depender do seu ritmo e o quanto via ficar admirando o lugar (e disputando espaço com os milhares de viajantes) heheh

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  8. BRUNO Guimarães

    Eles não estão emprestando mais. Agora precisa comprar uma calça ou camisa, se os seus trajes estiverem fora do padrão, para entrar no Grã Palace. Vc pagará algo entorno de 30 a 40 Reais por cada peça. Fica a dica.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Bruno!! Que bom saber essa informação…. sempre bom para atualizar o conteúdo. Eu estou querendo voltar pra Ásia ainda esse ano e revisitar vários pontos, incluindo Bangkok

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *