Ping Pong Show de Bangkok, revelando o polêmico e proibido show de Bangkok

Pesquisando um pouco sobre a vida noturna de Bangkok você facilmente vai ouvir falar do polêmico Ping Pong Show – que de Ping Pong não tem nada, quer dizer… mais ou menos…

Bom, as informações que encontrei na internet sobre esse tipo de show eram bem escassas e davam até um pouco de medo.

Medo? Como assim?

Sim, primeiro porque estamos falando de algo que é proibido na cidade, então pensa comigo: fazer algo proibido no seu país já é arriscado.. fazer fora dele então, pode ser uma grande roubada.

Segundo que você não sabe onde fica o lugar que está indo – não existe um endereço certo, existem vários shows desses na cidade e você vai com um cara estranho.

Bangkok Night

Ao andar à noite por ruas populares como a Khao San Road, muitos vendedores e motoristas de tuk-tuk vão te abordar e te oferecer uma “experiência” em um desses Ping Pong Shows.

A grande questão é que existem muitos golpes envolvidos nessas “experiências”. O cara chega pra você, fala que vai te levar no show, que a entrada é grátis e que você vai ter alguns benefícios… só que ao chegar lá o papo muda – é aí que mora o perigo.

Depois de ler um pouco sobre isso eu já tinha riscado essa ideia do meu “roteiro turístico”. Mas aí o destino fez eu conhecer um casal de Brasileiros (claro) e eles queriam muito ir no tal do Ping Pong Show e aí??? Pensei comigo, era minha única oportunidade… melhor ir com eles do que sozinho…

Eles tinham comprado o ticket para o Ping Pong Show em uma loja de turismo dentro do próprio hotel onde estavam hospedados.  O mesmo tipo de lojas que vende passeios para diversas atrações na cidade e região – como o floating market, por exemplo.

Isso me deixou um pouco mais confiante e acabei topando a aventura – mais uma para a série #LoucurasDeBangkok.

Mas e afinal, você deve estar se perguntando, o que tem nesse tal de Ping Pong Show??

Pois bem, vou lhe contar de forma bem ilustrativa…

O Ping Pong Show é uma atração voltada para o público adulto e é um tanto quanto bizarrapelo menos é essa a minha visão sobre o “show”. Vou te dizer exatamente como foi minha experiência nessa aventura….

Perto das dez da noite um homem foi nos buscar no hotel desses meus amigos e nos levou até seu carro – um carro muito bom por sinal, com bancos de couro, sistema multimídia e ar condicionado.

Bangkok Night

Levamos de 15 a 20 minutos para chegar ao lugar do show, que ficava em uma região bem moderna de Bangkok.

A entrada do lugar era nos fundos de um estacionamento de um prédio grande. O motorista nos mostrou a porta de entrada e disse que nos esperaria do lado de fora. Também avisou que nada seria cobrado e que nós teríamos um copo de cerveja grátis – o restante consumido era pago.

Ao entrar no lugar, me deparei com um cenário escuro, com um pequeno palco no centro, cadeiras ao redor, espelhos, uma fumaça de cigarro pairando pelo ambiente e uma música asiática nada animadora… sim, uma zoninha.. um inferninho.. ou sei lá como você quer chamar.

Não sentamos na primeira fileira – graças a deus! Sentamos na segunda, onde já tinhamos uma “ótima vista” do espetáculo.

Mas e aí, o que aconteceu por lá?

Nada de mais meu amigo, apenas coisas comuns como:

1. Mulheres apagando velas de aniversário…

1

Sem usar a boca…

2b

2. Mulheres estourando balões com dardos…

2

Sem usar as mãos…

1b

3. Mulheres fumando..

3

Mas nada de boca por aqui também…

3b

4. Mulheres bebendo água…

4

E depois cuspindo essa água… sem usar a boca – claro!

4b

5. Mulheres brincando com fitas…

5

Com fitas que não estavam guardadas no bolso delas…

5b

6. Mulheres arremessando objetos…

6

Sem as mãos e sem os pés…

6b

7. Mulheres desenhando…

7

Também sem as mãos e sem os pés, mas com caneta…

10b

8. Mulheres assoviando…

8

Claro, sem usar a boca…

8b

9. Mulheres tentando dançar como divas..

9

Mas sem muito sucesso…

9b

10. E claro, mulheres jogando ping pong…

10

Também sem as mãos… e sem os pés…

7b

Eu fiquei chocado com o que ví por lá…. sério, em alguns momentos eu ria, em outros queria tapar os olhos e me enfiar em um buraco pra sumir. Pra ajudar ainda levei um banho de cerveja de um turista que estava sentado na terceira fileira….

agua

Eu não vou dizer que você deve ir ou não… Te digo que não foi a “experiência” mais legal que já tive na vida… Não vou te dizer que é um lugar bonito e cheio de pessoas legais… É bem estranho e as mulheres que ficam por lá não parecem estar fazendo aquilo com prazer… Eu sai de lá bem impressionado e pensando em como eu poderia contar essa parte da viagem aqui no blog, mas acho que deu pra entender bem né…

11

Mas é isso… é mais uma das loucuras de Bangkok. Não vou te dar mais informações… preços, horários ou qualquer outra coisa você pode descobrir por lá… Existem muitas opções e diversos lugares que tem esses tipo de show.

Meu conselho é para você ficar esperto com o que te oferecem nas ruas… Se tiver que ir, dê preferencia para essas lojas de turismo que oferecem o “passeio” – parecem mais seguras.

Espero que você tenha gostado desse post!! Se tiver alguma dúvida, e ela estiver dentro das minhas possibilidades de respostas, basta usar a caixa de comentários. Sawasdee Kraaaaab!

Booking! Faça sua reserva!
Melhor Seguro Viagem InternacionalBooking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

50 Comentários

  1. Guilherme

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk muito bom o jeito que vc descreveu, brother…
    Parabéns pelo site, é muito legal!
    No aguardo dos posts das praias!

    Abraçoo

    Reply
    1. Robson Franzói

      Valeuuu Guilherme!! Hahaha, tentei contar a experiência da maneira mais descontraída possível… foi chocante, mas hoje dou muita risada ao lembrar…

      Logo logo vou chegar na parte das praias…. um sonho!!! Grande abraço!!

      Reply
      1. Suzy Lebrecht

        Eu passei por isso ai tb! Hahah! Boa garoto, eu nao saberia descrever essa bizarisse tão bem! Faz um mês que voltei pra Curitiba, quero sudeste asiático, de novo! E sem Ping Pong show desta vez, haha

        Reply
        1. Robson Franzói

          Hhahaha…. é, eu acho que essa foi a melhor forma de contar sobre o Ping Pong Show… Faz parte né!?! Estou louco pra voltar, pensando seriamente em dar um pulo lá no ano que vem…. quem sabe…… #sonhando

          Reply
  2. Elaine Castro

    KKkkk sensacional este post! Fiquei imaginando como eu descreveria esta experiência… e não consegui nem chegar perto de qualquer ideia. Ri bastante, mas também fiquei assustada. Adoraria afirmar que estou fora do ping-pong, mas aposto que não resistiria à curiosidade se também encontrasse um casal de brasileiros pra me acompanhar.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Hahahha… valeu o comentário Elaine… Eu estava certo que não iria, mas ai surgiu uma oportunidade.. agora tenho boas histórias pra contar… Loucuras de Bangkok!! haha

      Reply
  3. Junior

    sen-sa-cio-nal!!!!
    Melhor descrição ‘ever’!
    Confesso que pensei em passar por essa experiência em Bangkok, mas não tive coragem de ir sozinho e não achei nenhum casal de brasileiros dando sopa…
    Mas agora fiquei até feliz de não ter ido…

    Reply
    1. Robson Franzói

      Valeuu Junior!! É, sozinho eu não iria mesmo…. não ia ter coragem…. Com amigos eu já saí de lá chocado, mas agora tenho bons histórias pra contar

      Reply
    1. Robson Franzói

      Pois é Poli…. sem palavras, exatamente assim que eu fiquei ao sair de lá…. Amo GIFs!! Foi a melhor forma que achei pra representar o que vi por lá… Beijooss!!

      Reply
  4. Mariana Yusim

    Sensacional, Robson! Eu não incluí este “passeio” no meu roteiro, mas se tivesse passado pela mesma situação que você, acho que teria ido. Adorei a forma como você descreveu, parabéns pelo post! Bjs! :*

    Reply
    1. Robson Franzói

      Tem oportunidades que não podemos deixar passar né Mari.. hahaha.. esse passeio entrou pra história!! hahaa Que bom que gostou do post, obrigado pela mensagem Bjoos!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Bemm isso Patricia… é a melhor definição… hoje dou risada ao lembrar, mas foi muito bizarro!!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Pois é… coisas que vemos pelo mundo… Valeu pela visita Helder e obrigado pela mensagem!! Grande abraço!!!

      Reply
  5. Verinha

    hahahhaha ! Achei fera a maneira que você conseguiu descrever! Quando eu fui pra Bkk a primeira vez, conheci uns meninos no albergue que me convenceram de ir, estava fora do meu roteiro tb. Mas eles argumentaram que era uma experiência de Bangkok , hoje eu concordo. Por mais tosco que seja, acho que se vai até lá, tem que ir assistir… Sei lá! Viver a experiência!
    Enfim, ameeeei a descrição e os gifs. Ótimo! Ri sozinha relembrando aqui!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Tem oportunidades que não podemos deixar passar né Verinha!?!? Também achei super válida a experiência…. Melhor ainda é ter essas histórias para contar…. Muuuuito obrigado pela mensagem, que bom que curtiu o post Eu não paro de rir quando vejo os gifs hahah

      Reply
  6. Andre Machado

    Parabéns pelo post e pelo Blog.
    Não é o tipo de lugar que eu gostaria de visitar. E seu relato me confirma isso.
    Mas tudo nessa vida vale de experiência né…kkkk
    E adorei a forma como descreveu tudo.

    Parabéns novamente.
    =)

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Andre.. é, foi uma “experiência” bem diferente.. eu também não tinha vontade de ir não, mas aconteceu e foi mais uma história para contar…. coisas de viagens.. hahaha… Que bom que curtiu a forma que eu contei – adorei preparar esse post Obrigado pela mensagem, grande abraço!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Hahha que bom que gostou do formato do post… fiquei super feliz que todo mundo ta gostando – eu adorei fazer esse post. É um tema delicado de comentar e acho que ficou bem descontraído… Valeu pela visita Mari!!! Bjooss!!

      Reply
  7. ANDREA

    Olá, vou com meu marido para Tailandia no final de outubro. Penso que o Ping Pong Show deve ser realmente bizarro, mais se estamos em outro continente, temos que conhecer toda a cultura né kkkkk
    Queremos ir em ma casa de Ping Pong, mais estamos morrendo de medo, pois só li sobre extorções e tal.
    Qual o nome da casa que foi? Realmente pagou só o combinado? Me dê algumas dicas e nomes pleaseeee kkkk
    Vamos para Chiang Mai e Krabi tbm. Será que lá é mais seguro os shows?
    Obrigada
    Andréa

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Andrea, tudo bom? Olha, o que eu te aconselho a procurar uma agência que fica do lado da recepção do hotel Dang Derm. Eu já falei dele aqui:

      https://www.umviajante.com.br/tailandia/3225-onde-ficar-em-bangkok-khao-san-road-rambuttri

      Foi nessa agência que eu comprei o passeio e foi bem tranquilo, não tivemos problemas. Esse hotel é bem grande e fica na Khao San, bem fácil de achar.

      Eu não ouvi falar sobre esse tipo de show em Chiang Mai e Krabi, mais em Bangkok mesmo.

      Qualquer dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  8. Priscila Ribeiro do Vale

    Adorei a forma como descreveu, muito criativo, kkkk!
    Estou em Bangkok e quero ver esse show, acho que ficarei impressionada!
    Gostei da dica de procurar uma agência de turismo ou o hotel, pois fiquei com receio com as ofertas na rua… Depois conto como foi minha experiência.

    Reply
  9. Erika Fujimoto

    hahahaha…ADOREI a forma como descreveu o tal “ping pong”!! Estou indo pra lá em Novembro com meu namorado… acho que vou no show sim! Já que estaremos lá né? hahahahah bjs

    Reply
  10. Victor Belloti

    Cara parabens de verdade pelo Blog. Definitivamente o melhor que encontrei, fiz questão de ler cada post. Estou terminando de traçar meu roteiro pela Thai e você deu dicas muitissimo boas Robson.
    Vou agora no fim do mês ficar 20 dias por lá e volto aqui pra compartilhar depois! hahaha
    Grande Abraço!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Opa… muito obrigado pela mensagem Victor!! Fico muito feliz em saber que chegou aqui e curtiu o blog assim… de verdade mesmo! Muito obrigado.

      Uma pena que eu ainda não consegui terminar de postar sobre essa viagem.. ainda tenho muita coisa para contar.

      Assim que terminar de postar sobre Nova York eu vou voltar com essa viagem! Mas acho que você já terá terminado a sua trip… enfim… espero que continue acompanhando o blog!!

      Desejo uma viagem incrível para você… aproveite muuuito!!

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Andre… Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      E aí, como foi de viagem?? Já voltou ou está rodando pelo Sudeste Asiático ainda?

      Reply
  11. Mariana Gonzalez Camargo

    Seu blog é sensacional! Estou indo para bangkok dia 15/06 e, definitivamente, vou com meu namorado ao show bizarro de ping-pong. Vou tentar comprar o ingresso nessa agência do hotel que mencionaste para evitar golpes. Uma dúvida: qual valor você pagou, em média? O show foi ali mesmo na região da Khao San? Abraços

    Reply
  12. Luís

    AHAH adorei a descrição, como eu digo em modo de piada quando alguma coisa está dificil de realizar (ex: abrir a tampa de um frasco, etc etc) costumo dizer assim: existem umas senhoras na Tailandia que fazem isso….
    Ri muito com tanta desgraça alheia

    Reply
  13. Rafaela

    kkkkkk muito bom!
    adoro seus comentários e relatos.
    Meu dia está chegando: Tailandia, Camboja e Vietnã. Vou dia 11/11.
    e te tudo que pesquiso suas dicas são sempre as melhores.
    Beijos.

    Reply
  14. Maria

    Bastante útil o post, para sabermos que, se não queremos financiar a exploração de mulheres, o tráfico e o machismo idiota (além de tudo que deve estar envolvido como ped.ofilia e etc).

    Tudo bem que seu dinheiro deve ter ido para torturar algumas pessoas, mas pensa em quantas você ajudou fazendo nós não irmos!

    Triste que as pessoas querem ir ver, afinal, a gente pode pagar, pode pagar pela exploração.

    Só não dá pra reclamar se vem estrangeiro pegar criancinha aqui, porque afinal, fazemos a mesma coisa.

    Mas na boa, acho que alguém ter ido e contar foi muito bom, sim! E agradeço a você! Mas me irrita, principalmente mulheres, achando que financiar isso é engraçado. É nesse “uma vez na vida” que eles crescem…

    Reply
    1. Robson Franzói

      Pois é Maria… é um assunto super delicado. Acabei vendo de perto algo que não recomendo. Espero que esse post ‘mate’ a curiosidade de algumas pessoas e que faça elas não irem em um show como esse.

      Obrigado pela mensagem…. fico feliz que entendeu.

      Bjooo

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *