Roteiro Centro Histórico de Santiago em 1 dia: o que ver, mapa e dicas

Vai viajar para Santiago do Chile? Confira aqui um roteiro completo pelo Centro Histórico de Santiago, incluindo os principais atrativos, mapa e informações detalhadas para sua viagem.

Percorrer as ruas do Centro Histórico de Santiago é uma das melhores maneiras de iniciar um roteiro pela capital do Chile. Além de ser uma região que reúne vários atrativos importantes da cidade, é no Centro de Santiago que você pode fazer o câmbio, com uma das melhores cotações, e ainda sentir o ritmo da cidade como em nenhum outro lugar.

Plaza de Armas - Centro de Santiago do Chile

Se você é novo aqui no blog, é legal saber que já tive a oportunidade de visitar o Chile muitas vezes e a cidade de Santiago sempre fez parte dos meus roteiros. Já fiz muitas publicações sobre a cidade e também sobre outras regiões, como o Deserto do Atacama, no norte do país – minha região favorita, e também a Patagônia Chilena, no sul.

Veja aqui todos os posts publicados sobre Santiago

Confira aqui todos os posts e dicas do Chile

O que fazer no Centro de Santiago do Chile

Especialmente para você, que está visitando Santiago pela primeira vez, decidi preparar esse post com um roteiro de 1 dia pelo Centro Histórico de Santiago. Como sempre gosto de reforçar, o roteiro é apenas uma sugestão para sua viagem e não só pode, como deve ser alterado de acordo com o seu perfil de viajante.

Roteiro Centro Histórico de Santiago

Como já estive em Santiago algumas vezes, pude visitar o Centro Histórico de diversas maneiras – tanto com guias me acompanhando quanto de forma independente. Com base nessas experiências, decidi organizar um roteiro onde você vai conhecer os principais atrativos dessa região da cidade.

Obviamente, o seu ritmo e seus interesses particulares podem modificar o tempo necessário para explorar a região, mas acredito que 1 dia vai ser tempo suficiente para você conhecer os principais pontos do Centro de Santiago.

Roteiro pelo Centro de Santiago em 1 dia

Para deixar esse roteiro bem organizado, vou descrever o melhor percurso para o seu dia e depois, no final do post, passar um mapa personalizado e também informações sobre cada uma das atrações que incluí no roteiro. Dependendo do dia da semana em que você fizer o passeio, alguns lugares, como museus ou casas de câmbio, podem estar fechados – fique atento para não ter erro na viagem!

Minha sugestão, se for possível, é que você faça esse roteiro já no seu primeiro dia em Santiago. Agora, pegue seu bloco de anotações aí e vamos começar o nosso passeio.

Começando o passeio pelo Centro Histórico de Santiago

Nosso ponto de partida é a Plaza de Armas, onde você vai encontrar a Catedral Metropolitana de Santiago, o prédio dos Correios, o Museu Histórico Nacional e também o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana – reconhecido como um dos mais completos museus sobre a cultura pré-colombiana do mundo.

Catedral Metropolitana de Santiago - Plaza de Armas

A praça é bonita e bem movimentada, vale a pena dar uma volta completa pelo espaço para conhecer os monumentos e também entrar na Catedralmesmo que não seja religioso, o interior é muito bonito e vale a visita.

Desconto Seguro Viagem

Se desejar visitar os museus, acho interessante fazer isso agoraé possível que você não volte para essa região da cidade em outro dia da viagem. Confira no final deste post os horários dos museus!

Saindo da Plaza de Armas, siga pela Paseo Ahumadauma rua só para pedestres que cruza boa parte do Centro de Santiago. Se a sua visita for durante a semana, pode se preparar para encontrar muito movimento nessa região. Se fizer o roteiro no final de semana e começar cedinho, vai ter as ruas mais vazias.

Paseo Ahumada - Centro de Santiago do Chile

Você vai passar pela sede do Banco de Chile, que estará à sua esquerda, e então vai chegar à Calle Agustinasonde, virando à direita, estarão as principais casas de câmbio da cidade. Esse é o momento certo para fazer o câmbio com a melhor cotação de Santiago.

Banco de Chile - Paseo Ahumada - Centro de Santiago do Chile
Banco de Chile

Agustinas - Casas de Câmbio em Santiago
Calle Agustinas

Veja aqui um post sobre câmbio e qual moeda levar para Santiago

É importante reforçar que essas casas de câmbio não abrem aos domingos, que é um dos dias em que o Centro está mais tranquilo para passear, e também fecham mais cedo aos sábadosaí você precisa decidir o que é mais importante nesse caso.

Seguindo pela Agustinas, você irá chegar à Paseo Bandera, a famosa rua colorida de Santiago você não precisa percorrer ela até o fim agora, já que vamos passar por outro ponto dela mais adiante.

Siga pela Paseo Bandera por uma quadra, onde ela encontra a Calle Monedafoi nesse ponto que fiz uma das minhas fotos preferidas do Centro da Santiago:

Roteiro Centro Histórico de Santiago

Nessa foto você pode ver o prédio da Bolsa de Comércio de Santiago em destaque. Caso queira aproveitar o momento para comer um chocolate delicioso ou tomar um chocolate quente especial, na rua de pedestres ao lado do prédio da Bolsa de Comércio existe uma loja da La Fêteconsiderada uma das melhores marcas de chocolates do mundo.

Confesso que nunca resisto e sempre passo por lá, nem que seja pra olhar – recomendo provar algum dos chocolates ou, melhor ainda, pegar um chocolate quente para viagem.

Vale reforçar que a La Fête tem lojas em vários pontos da cidade, mas nem todos tem chocolate quente – fica a dica pra esse momento.

Seguindo pela Calle Moneda, uma quadra para frente, você vai chegar a Plaza de La Constitución, onde está localizado o Palácio de La Moneda, sede do governo do Chile e do poder executivo.

Palácio de La Moneda - Santiago
Palácio de La Moneda – Santiago

Nem todo mundo sabe, mas o palácio foi construído em 1784 para ser, na verdade, a sede da Casa Nacional da Moedapor isso o nome “La Moneda”. O lugar só passou a ser “palácio”e sede do governo em 1846. O Palácio de La Moneda foi também o cenário do violento golpe de 1973 ao comando do General Pinochet, que custou a vida de milhares de chilenos.

Palácio de La Moneda - Santiago

Ver as imagens desse momento e pensar que não é algo tão antigo chega a arrepiar.

E é na Plaza de La Constitución que acontece a famosa troca da guarda. Confesso que não sou muito fã de assistir a trocas de guarda, inclusive, em Santiago só vi uma única vez – por pura coincidência de estar passando ali na hora da troca.

Contornando o Palácio de La Moneda, seja pela Rua Morandé ou pela Teatinos, você vai ver o outro lado do palácio que, para mim, é o lado mais bonito.

Palácio de La Moneda - Santiago

Nesse ponto você irá chegar a uma grande avenida de Santiago, a Av. Libertador Bernardo O’Higginsonde está a Bandeira do Bicentenário. Como você vai poder observar, é comum ter carros blindados e de segurança nessa região – já que nessa rua é muito comum o início de protestos e manifestações.

Seguindo pela avenida, para a sua esquerda, você vai chegar ao ponto em que ela passa por cima da Paseo Bandera, outro ponto da rua colorida – apesar das cores e pinturas, acho ela superestimada… você vai ver que o cheiro por ali não é dos melhores. Se quiser umas fotos, essa é a hora!

Minha sugestão é que você siga pela avenida grande para conhecer o famoso Barrio Paris-Londres. Você vai passar pela Universidade Católica do Chile, uma das principais do país, e vai virar a direita na Calle Serranouma quadra para frente já está a Rua Paris, que leva para o encontro com a Rua Londres.

Barrio Paris Londres, Santiago
Barrio Paris Londres, Santiago

Essa região lembra muito a Europa e ficou famosa em Santiago por conta disso. Durante a primavera e o outono, ela fica muito bonita!

Voltando em direção a Av. Bernardo O’Higgins, você estará perto da Igreja de São Francisco. Nem todo mundo sabe, mas essa igreja é o monumento arquitetônico mais antigo de Santiago: ela foi erguida entre os anos de 1572 e 1618.

Igreja de São Francisco - Santiago do Chile

No altar da igreja fica a imagem da Virgen del Socorro, trazida por Pedro de Valdivia quando fundou a cidade de Santiago. Cruze a avenida e vamos seguir explorando o centro da cidade.

Seguindo pela Calle San Antonio, você vai passar ao lado do Teatro Municipal de Santiagoque oferece um tour guiado bem interessante para quem gosta desse tipo de visita. Caso não tenha muito interesse no teatro, você pode seguir direto para o próximo ponto do roteiro.

Teatro Municipal de Santiago
Teatro Municipal de Santiago

Duas quadras para frente, seguindo pela Av. Bernardo O’Higgins, está um dos principais atrativos e cartões postais da cidade de Santiago: o Cerro Santa Lucía. Você pode começar sua visita pela Fuente Neptuno, uma das partes mais bonitas do lugar.

Fuente Neptuno - Cerro Santa Lucía, Santiago

Caminhe pelo cerro, descanse um pouco na sombra, aprecie a vista da cidade, passe pelo Castillo Hidalgo, pelo Jardim Japonês e desça no lado oposto ao que entrou – você vai sair junto ao Monumento Javiera Carrera.

Seguindo para sua direita, você estará em Lastarriaum bairro supergostoso de passear durante o dia e também à noite. Pode ser uma boa pedida para comer alguma coisa ou tomar um café – bem pertinho de você está o Bloom Coffee, uma pequena cafeteria que serve um cafezão maravilhoso.

Veja aqui meu post com 5 cafés especiais em Santiago.

Se você seguir em frente, ao sair do Cerro Santa Lucía, vai chegar ao Museu Nacional de Bellas Artes e ao Parque Forestalvale a pena visitar o museu, mesmo que rápido… a visita é gratuita e tem obras interessante.. além de ter Wi-Fi e também tem banheiro, caso esteja apertado.

Museu Nacional de Bellas Artes - Santiago
Museu Nacional de Bellas Artes – Santiago

O Parque Forestal é um dos lugares mais gostosos para você caminhar sem pressa e curtir o ritmo da cidade de Santiago. Uma boa pedida é seguir caminhando pelo parque até chegar ao Mercado Central de Santiago, o último ponto para fechar a visita ao Centro Histórico de Santiago.

Parque Forestal - Santiago do Chile
Parque Forestal – Santiago do Chile

Do Parque Forestal você estará perto do bairro Bellavista que, assim como Lastarria, pode ser uma opção para continuar o seu passeio.

Dependendo do horário em que terminar o passeio pelo Centro, pode até conseguir encaixar nesse dia o Cerro San Cristóbal para curtir o pôr do sol.

Uma opção, que você pode ajustar na sua programação, é iniciar o roteiro pelo Mercado Central e depois seguir para a Plaza de Armasisso vai depender muito do horário em que você prefere visitar o mercado.

Mercado Central de Santiago do Chile
Mercado Central de Santiago do Chile

Como comentei, o seu ritmo e suas paradas é o que vai determinar o tempo que você vai levar para percorrer o centro de Santiago.

Mapa Roteiro Centro Histórico de Santiago do Chile

Para você visualizar esse roteiro de uma forma mais fácil, preparei um mapa com todos os pontos mencionados no roteiro e também uma camada onde você pode ver uma rota traçada entre os pontos principais.

 Clique aqui para abrir o mapa em uma nova aba.

Pontos principais do roteiro pelo Centro Histórico de Santiago

  • Plaza de Armas
  • Catedral Metropolitana de Santiago
  • Correos de Chile
  • Museo Chileno de Arte Precolombino
  • Museu Histórico Nacional
  • Banco de Chile
  • Casas de Câmbio – Agustinas
  • Paseo Bandera – Rua colorida de Santiago
  • Bolsa de Comércio de Santiago
  • Plaza de La Constitución
  • Palácio de La Moneda
  • Bandera del Bicentenario
  • Universidade do Chile
  • Barrio Paris-Londres
  • Igreja de São Francisco
  • Teatro Municipal de Santiago
  • Cerro Santa Lucía
  • Museu Nacional de Belas Artes
  • Parque Forestal
  • Mercado Central de Santiago

Informações para o seu roteiro

Para você se programar da melhor forma possível, vou colocar aqui algumas informações adicionais sobre pontos que estão no roteiro – assim você pode ajustar com base no que pretende visitar.

Museu Histórico Nacional

Um museu que têm exibições permanentes e também temporárias. Nele, você vai conhecer um pouco da história do Chile, desde a chegada dos espanhóis ao país. A visita não é demorada e você ainda tem uma vista bonita para a Plaza de Armas. Existe também a possibilidade de uma visita guiada sem custo!

Entrada: gratuita
Horário: aberto de terça a domingo, das 10h às 18h. Fechado na segunda-feira.


Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

Considerado um dos museus mais importantes de Santiago, o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana nos apresenta um pouco da história dos primeiros habitantes do Chile, assim como obras de arte e artefatos da era pré-colombiana da América do Sul e América Central.

Entrada Geral: $7.000
Estudantes: $3.500
Entrada Gratuita: todo primeiro domingo de cada mês.
Crianças menores de 10 anos não pagam para entrar.

Horário: aberto de terça a domingo, das 10h às 18h. Fechado na segunda-feira.
Fechado nos dias: 1 de jan /19 de abr /1 de mai /18 e 19 de set /25 de dez


Casas de Câmbio na Agustinas

Casas de Câmbio na Agustinas

As casas de câmbio da Rua Agustinas costumam oferecer a melhor cotação na cidade de Santiago, porém você deve ficar atento aos horários:

De segunda a sexta, as casas abrem das 9h às 19h.
Aos sábados, das 10h às 16h.
Domingo estão fechadas.


Troca da guarda em Santiago

Troca da guarda em Santiago

A troca da guarda em Santiago acontece em dias alternados: em alguns meses acontece em dias pares e em outros, em dias ímpares. Confira a programação para não perder, caso queira incluir no roteiro:

Dias pares: janeiro, abril, maio, agosto, novembro e dezembro.
Dias ímpares: fevereiro, março, junho, julho, setembro e outubro.

Nos dias da semana, a troca acontece à 10h da manhã e nos finais de semana às 11h – lembrando que a cerimônia dura apenas 40 minutos.


Teatro Municipal de Santiago

Existem duas formas de conhecer o Teatro Municipal de Santiago: assistindo a um espetáculo ou fazendo uma visita guiada. Caso deseje visitar os bastidores do teatro nessa visita guiada, é necessário adquirir o ticket no site oficial.

A visita guiada acontece de terça a sexta, às 11h e às 15h, e aos sábados, ao meio dia.

Valor da visita guiada: $7.000 pesos


Museu Nacional de Bellas Artes

Outro museu superimportante na cidade de Santiago e um dos primeiros museus de arte da América Latina. Foi fundado em 1880 e tem uma coleção importante que reúne desde obras de artistas chilenos, como também de outros países. A visita é super interessante e que vale a pena incluir no roteiro.

Entrada: gratuita
Horário: aberto de terça a domingo, das 10h às 18h45. Fechado na segunda-feira.


Mercado Central de Santiago

O Mercado Central de Santiago é o mais clássico da cidade e já ficou na lista dos melhores mercados do mundo. Apesar de não ter uma variedade grande de artesanatos, é o lugar para você ver comidas típicas, frutas, peixes e tudo que um bom mercadão pode oferecer.

Com uma variedade grande de restaurantes, pode ser uma opção para você provar algo diferente quando estiver passando por lá.

Horário: aberto todos os dias da semana, sendo de domingo a quinta das 6h às 17h, sexta das 6h às 20h, e sábado das 6h às 18h.


Onde ficar em Santiago

Se você ainda não decidiu sua hospedagem em Santiago, quero recomendar que faça sua reserva através do Booking.com um dos sistemas de reservas mais seguros e confiáveis do mundo. Além de garantir sua reserva com segurança, você ainda ajuda o blog sem gastar nada a mais com isso.

Mercure Santiago Centro

Sempre que puder, independente do hotel que escolher ou da viagem que fizer, lembre-se de utilizar os links aqui do blogpode ser os banners da lateral, inclusive. Pode parecer sem importância, mas isso ajuda muito o meu trabalho aqui no blog.

Pesquise e reserve aqui o seu hotel em Santiago no Booking.com

Caso prefira reservar seu hotel com opção de parcelamento, pode reservar no Hoteis.com. Assim como no Booking, você reserva por esse link e me ajuda da mesma forma.

Reserve o seu hotel em Santiago no Hoteis.com

Dicas de Santiago

Quer mais dicas de Santiago? Navegue pelo conteúdo que já publiquei aqui no blog e pegue o máximo de dicas e informações para sua viagem ao Chile:

Veja aqui o meu TOP10 de atrações imperdíveis em Santiago

O passeio saindo de Santiago para a Vinícola Matetic + Isla Negra

Confira aqui todos os posts do Chile

Parque Forestal - Santiago do Chile
Parque Forestal, Santiago…

Ahhh, dica final: não se esqueça de que o Seguro Viagem para o Chile é super importante! Aqui no blog tem cupons para você economizar na hora de fazer o seguro, aproveita e vá viajar tranquilo:

Veja aqui como contratar o seu seguro viagem para o Chile com desconto.

Espero que tenha curtido o roteiro pelo Centro Histórico de Santiago. Se tiver qualquer dúvida ou sugestão, fique à vontade para comentar aqui no post! Valeuuu!

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *