Junho, julho e agosto no Atacama: clima, temperatura, fotos e dicas

Está com viagem marcada ou planejando visitar o Deserto do Atacama entre junho, julho e agosto? Veja nesse post como é o clima, a temperatura e o que você precisa saber para enfrentar os meses mais gelados do ano.

O Deserto do Atacama é um dos destinos mais extremos do mundo – tanto em beleza quanto em condições climáticas. Viajar para o Norte do Chile e explorar o deserto mais árido do planeta, é uma experiência que certamente vai marcar sua vida de viajante.

Deserto do Atacama em Julho - Clima, temperaturas e dicas

Já tive a oportunidade de visitar o Atacama em praticamente todas as épocas do ano, inclusive passando períodos mais extensos em algumas viagens. Fico muito feliz em ter esse destino tão presente na minha vida e sou realmente grato por esse privilégio.

Em cada uma dessas viagens pude aprender coisas novas, descobrir lugares diferentes e conhecer um pouco mais das particularidades do deserto. Vi de perto como ele se transforma ao longo do ano e como a força da natureza é implacável.

Pensando em todas as viagens que já realizei, decidi fazer alguns posts focados nos meses do ano no Atacama e assim ajudar, da melhor forma possível, quem está planejando uma viagem para lá.

Miragens Andinas com FlaviaBia Expediciones

Para começar, decidi iniciar a sequência de posts pelos meses mais gelados do ano: junho, julho e agosto. Espero que aproveite as dicas para sua viagem e claro, se tiver dúvidas, pode ficar à vontade para me enviar uma mensagem nos comentários.

Junho no Atacama: o início do inverno no deserto

Junho é um dos meus meses favoritos para visitar o Deserto do Atacama, por dois motivos: primeiro, porque gosto de frio; segundo, porque é o mês do meu aniversário – fica a dica

Mas falando sério, se você está planejando viajar para o Atacama em junho, deve se preparar para enfrentar baixas temperaturas inclusive negativas! Junho é o início do inverno no Hemisfério Sul, quando os dias são bem gelados e as noites ainda mais frias.

Amanhecer em Junho no Atacama - A chegada do inverno
Amanhecer em Junho no Atacama – A chegada do inverno

Quando falamos de passeios de altitude, como Lagunas Altiplânicas, Lagunas Andinas e, especialmente, Geysers El Tatio, você deve se preparar muito bem para um frio intenso.

Clima e temperatura em junho no Atacama

É bom ressaltar que, apesar de falar sobre o Atacama de uma maneira geral, temos uma média referente ao que podemos encontrar na região de San Pedro de Atacama e outra, bem diferente, nos passeios de altitude.

Em San Pedro, no mês de junho, as temperaturas variam entre 2ºC no início do dia e 21ºC nas horas mais quentes com o vento, a sensação térmica é mais baixa.

Já nos passeios de altitude, acima dos 4.000 metros, você pode pegar -15ºC no início do dia ou até mais frio, como é normal acontecer nos Geysers.

Passeios no Atacama no mês de junho

De uma maneira geral, você não precisa se preocupar com os passeios fechados nesse mês – apesar do frio, os principais costumam operar normalmente.

50% de Desconto no Seguro Viagem para todos os destinos da América do Sul

Junho no Atacama - Clima, temperatura e dicas
Pontos com neve em Junho no Atacama…

Obviamente os passeios com água, como as Lagunas Escondidas e Laguna Cejar, exigem um pouco mais de esforço do viajante – já encarei as águas geladas para um banho e digo: é uma vez na vida e nunca mais.

Sobre os vulcões, apesar de ser uma experiência que recomendo muito, nem sempre é garantido nessa época. Se a neve na Cordilheira dos Andes chegar muito intensa, esses passeios de ascensões podem ser cancelados – é bom ter isso na cabeça.

Julho no Atacama: um mês gelado e cheio no deserto

Julho é o mês de férias não só no Brasil, mas em muitos países. Por conta disso, o Atacama costuma receber um número elevado de turistas e o povoado de San Pedro de Atacama costuma ficar bombando.

Recomendo muito que você reserve sua estadia para esse mês com certa antecedência – assim você não corre o risco de ficar com as piores opções.

Reserve aqui a sua estadia no Atacama no Booking.com

O frio é mais intenso e os ventos começam a soprar com mais força. O lado bom é que o céu costuma ficar desenhado por mais nuvens e o pôr do sol se torna um espetáculo ainda mais lindo!

Pôr do sol em julho no Salar de Atacama
Pôr do sol em julho no Salar de Atacama

Clima e temperatura em julho no Atacama

O auge do inverno faz as temperaturas caírem ainda mais. Em San Pedro, a variação fica entre 1ºC e 21ºC, porém com mais vento e uma sensação mais gelada. Já em passeios como os Geysers, as temperaturas podem ficar abaixo de -20ºC antes do nascer do sol.

Passeios no Atacama no mês de julho

Assim como em junho, os passeios com água exigem mais esforço no mês de julho. Mas você não precisa desanimar, vale lembrar que as Termas de Puritama continuam quentinhas mesmo no inverno.

Termas de Puritama - Atacama

Uma boa sugestão de passeios para esse mês são as caminhadas, que ajudam a aquecer o corpo – para quem gosta de caminhar no friozinho, claro. Já os vulcões, seguem no mesmo alerta do mês anterior e podem fechar por conta da neve.

Falando em alerta, caso uma nevasca muito forte atinja a Cordilheira dos Andes, alguns passeios podem ser interditados por conta do acesso às estradas. Não é algo certo, mas não custa lembrar de que estamos falando de um destino extremo.

No começo de julho eu já visitei as Lagunas Altiplânicas e o caminho estava totalmente aberto e sem neve. Porém, em outra viagem, retornei lá no final de julho e já encontrei um cenário bem diferente – com parte da estrada interditada.

Lagunas Altiplânicas no início de julho - Sem neve

Estrada com neve no Atacama - Final de Julho
Estrada com neve no Atacama – Final de Julho

Esse tipo de situação é mais um bom motivo para você optar por uma boa agência, que vai procurar as melhores soluções para a sua viagem – logo mais vou falar sobre isso.

Agosto no Atacama: o frio segue no deserto

As condições climáticas no Atacama durante o mês de agosto seguem basicamente as mesmas características em julho, porém com mais chances de neve. O inverno segue forte e os ventos podem ser bem intensos – fazendo as temperaturas parecerem ainda mais geladas.

Junho - Junho - Agosto | Deserto do Atacama, Chile - Clima, temperaturas e dicas
Lagunas Altiplânicas em Agosto – Com neve

Já é um mês mais garantido de encontrar a Cordilheira nevada, porém os passeios podem seguir operando normalmente – ter um passeio interditado é totalmente imprevisível.

O lado bom é que o povoado de San Pedro, com o fim das férias de julho, fica bem mais tranquilo. As disponibilidades nos hotéis já estão melhores e os preços também. De qualquer forma, gosto de reforçar sempre: garanta sua reserva de estadia com antecedência!

Céu do Atacama desenhado no mês de agosto
Céu do Atacama desenhado no mês de agosto

Clima e temperatura em agosto no Atacama

Em San Pedro a variação fica entre 2ºC e 22ºC, com ventos que podem ser bem intensos. Já em passeios de altitude, as temperaturas podem ficar muito baixas – especialmente antes do nascer do sol, como comentei antes.

Passeios no Atacama no mês de agosto

Para os passeios no Atacama em agosto, deixo as mesmas sugestões dos meses anteriores. Quero só reforçar que o Tour Astronômico não deve ficar de fora do seu planejamento, pois o céu do Atacama é lindo demais – mas, obviamente, você precisa ir preparado para enfrentar o frio da noite do deserto.

O que não pode faltar na mala nesses meses?

Agora que você já tem uma ideia melhor de como é o clima e as temperaturas que vai encontrar entre os meses de junho, julho e agosto no Atacama, vou deixar aqui algumas dicas para ajudar você a enfrentar as baixas temperaturas do deserto. Vamos ao que não pode faltar na sua bagagem:

Segunda pele: item indispensável para a viagem nesse período. Ela vai ajudar seu corpo a se manter aquecido e isso faz uma diferença muuuito grande. Você nem precisa comprar uma muito cara, mas não dá para deixar de fora!

Touca/luva /cachecol: são acessórios que fazem uma diferença absurda! Não deixe de levar, especialmente nos passeios de altitude – depois você vai me agradecer!

Meias grossas: existem algumas específicas para temperaturas negativas – eu tenho e recomendo. Caso não queira gastar com isso, vale calçar uns três pares juntos e o efeito pode ser parecido

Jaqueta de plumas: não que precise ser exatamente esse modelo, mas eu gosto por ser bem quentinha e leve – mas você pode levar outro modelo parecido.

Jaqueta corta vento: eu também não deixaria esse item fora da mala. Sei que é um investimento, mas se estiver ventando forte, você vai ver como ajuda! Essa é a jaqueta que deve ser usada por cima de tudo!

Calçado confortável e fechado: você não precisa gastar com um calçado específico para neve ou para temperaturas negativas. Mas recomendo algo leve e, de preferência, bem fechadinho. Aquele tênis de academia, que são todos furadinhos para o pé respirar, vai deixar entrar vento e seus dedos vão ficar gelados ou congelados – não é uma boa!

Confira aqui um post completo sobre como fazer a mala para o Atacama.

As paisagens do inverno no Atacama

Por fim, depois de estar preparado para encarar o frio do inverno no Atacama, o que resta para você é aproveitar e curtir os cenários de tirar o fôlego que esse destino oferece. Eu, particularmente, acho que o inverno nos proporciona as imagens mais lindas do deserto. Vou deixar algumas fotos aqui para inspirar a sua viagem:

Amanhecer no Atacama- Rumo às Lagunas Altiplânicas
Deserto do Atacama em Junho
Pôr do sol no Valle de la Muerto - FlaviaBia Expediciones
Deserto do Atacama em Julho
Atacama no final de junho...
Atacama no final de junho…
Pôr do sol em julho no Atacama
Pôr do sol em julho no Atacama

Agência de passeios no Atacama

Ir com as roupas e acessórios corretos para enfrentar as baixas temperaturas é um ótimo passo, mas não posso negar que escolher uma boa agência faz toda a diferença. Recomendo muito o trabalho da FlaviaBia Expediciones, que sempre se preocupa em oferecer a melhor experiência para os viajantes – e também tem uma política super correta em situações imprevisíveis com o clima.

Como já comentei aqui no blog, uma viagem dessas é um sonho que vai se tornar realidade. E eu não poderia indicar qualquer coisa aqui para você realizar esse sonho… você está batalhando por isso, guardando dinheiro e se esforçando muito para viver essa viagem tão especial. Por isso, só recomendo algo que sei que vai fazer diferença na sua experiência.

Eu e minha mãe no Deserto do Atacama - FlaviaBia
Eu e minha mãe no Atacama com a agência da Flavia…

Eu confio e acredito, de verdade, que sua viagem para o Atacama com os serviços da Flávia será realmente especial. Você pode entrar em contato diretamente com a agência através do formulário abaixo e elas vão passar todas as informações detalhadas – e se falar que viu a dica no blog Um Viajante, além de dar uma força para o blog, você vai receber um desconto especial para os leitores.

Seguro Viagem Chile: é necessário fazer?

Aproveitando as dicas de viagem, vou deixar aqui o link para um post com um assunto super sério e que merece a sua atenção: o seguro viagem para o Chile. Confira e descubra como você pode contratar esse seguro com desconto!

Veja aqui tudo sobre o Seguro Viagem para o Chile!

Tudo sobre o Deserto do Atacama

Vale reforçar que aqui no blog você encontra um conteúdo super completo sobre o Deserto do Atacama. Vale a pena dar uma olhada para planejar todos os detalhes da sua viagem:

Veja aqui todos os posts do Atacama

Espero que tenha curtido esse post e que ele tenha ajudado a clarear suas dúvidas sobre o clima, as temperaturas e o frio durante os meses mais gelados no Atacama. Logo vou publicar outros posts como esse para os demais meses do ano. Se tiver alguma dúvida, pode ficar à vontade para comentar aqui no post. Valeuuu!!

PARA SUA VIAGEM AO ATACAMA
Cadastre o seu e-mail e receba dicas personalizadas até a data da sua viagem.
RESERVE SEU HOTEL NO ATACAMA
Booking.com
Sempre que fizer sua reserva, você contribui com o blog Um Viajante e não gasta nada a mais com isso.

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *