Como se locomover em Bangkok: vai de taxi ou tuk-tuk?

Bangkok é uma cidade enorme e é certo que você vai precisar de algum meio de transporte para se locomover por lá, então fica esperto nesse post pra não dar bobeira nessa cidade louca.

O que não falta em Bangkok é opção de transporte para você ir de um lugar ao outro: tuk-tuk, taxi, ônibus, metrô, moto e até barco. A questão é saber escolher a melhor opção para você não perder tempo e nem dinheiro.

Para facilitar sua vida eu vou falar um pouco sobre cada transporte e como foi minha experiência nos dias que fiquei na cidade, uma visão de quem passou por lá viajando e não de quem vive na cidade.

Tuk-tuk em Bangkok

Você não pode passar por Bangkok, ou melhor, pelo Sudeste Asiático, sem dar uma volta em tuk-tuk – já vou te dizer que essa brincadeira vicia!!!

Tuk Tuk Bangkok

Minha primeira corrida de tuk-tuk foi da Khao San Road até o MBK Centerum percurso de mais ou menos 6 km. O motorista passou o valor antes de iniciar a corrida: 200 bahts, pouco menos de 20 reais.

Foram cerca de 15 minutos até o shopping. O trânsito é bem maluco e você leva um tempo para se acostumar.

Depois de rodar no shopping, decidimos voltar para a Khao San também de tuk-tuke foi aí que descobri a primeira vantagem e desvantagem de chorar um desconto com o motorista.

Na hora que paramos o tuk-tuk e perguntamos quanto era a corrida até a Khao San, o motorista nos passou 300 baths100 a mais do que o valor da ida.

– Ahhhh meu amigo, está muito caro!! Pagamos bem menos para vir até aqui…  Começamos a chorar dessa maneira para ele melhorar o preço.

Ele então baixou para 250 bahts… Respondemos que pagaríamos 200 e se não fosse baixar a gente iria atrás de outro.

O motorista então se deu por vencido e topou nos levar por 200 – show né!?!? Então, maaaaais oooou meeenos…

O que aconteceu foi que ele quis fazer os 200 baths valerem a pena (pra ele, claro!) e correu como se fosse tirar o pai da forca!! Eu, a Laiza e o Breno agarrados no tuk-tuk com toda nossa força, pedindo pra Buda nos proteger e não permitir que aquele tuk-tuk tombasse.

Tuk-Tuk Bangkok

O cara dirigia como se nada pudesse pará-lo – e acho que não podia mesmo, nem os semáforos vermelhos. Ele passava entre os carros muito rápido e muuuuito perto – quase tirando lascas da pintura. Sem falar nas curvas em alta velocidade – eu jurava que aquele tuk-tuk ia virar.

Foi sem dúvidas  a prova de que pedir muito desconto pode não deixar o motorista tão feliz assim – felizmente chegamos sãos e salvos.

Taxi em Bangkok

Certamente é uma das opções de transporte mais baratas e práticas que você vai utilizar em Bangkok. O que você precisa ficar esperto é sobre o uso do taxímetro, e aqui vai a minha visão da situação…

Taxis em Bangkok

Bom, praticamente todas as pessoas em todos os blogs dizem que você tem que “pedir para o motorista usar o taxímetro”e sim, isso está certo. Com o taxímetro a sua corrida vai ficar mais barata (pelo menos na teoria).

Quando você chama um taxi na rua, antes mesmo de entrar, a primeira coisa que você tem que fazer é tentar dizer pra onde vai e perguntar se o motorista usa o taxímetro. Você vai descobrir que a maioria deles não utilizamesmo que tenha um letreiro enorme no teto do carro indicando TAXI-METER.

Você pode insistir para ele utilizar ou então procurar outro taxi. De qualquer forma, além de torcer para achar um motorista que tope usar o taxímetro, você precisa encontrar um que não queira te passar a perna mesmo com o taxímetro ligado.

Vou te contar o que rolou comigo no meu último dia em Bangkok….

Eu precisa ir novamente da Khao San Road até o MBK Centero mesmo caminho que fiz de tuk-tuk por 200 bahts. Como eu já tinha abusado um pouco nos gastos, decidi ir de taxi… e claro: me empenhei pra conseguir um com taxímetro.

A maioria dos taxistas estavam propondo fazer as corrida por 150/160 bathsuns cinco reais mais barato que o tuk-tuk. Eu recusei todos e continuei na busca pelo taxi com taxímetro.

Transporte em Bangkok

Demorou mas eu finalmente encontrei um que topou a corrida. A questão é que no caminho ele mudou o percurso!!! SAFADO!!!

Eu já sabia o caminho pois já tinha indo duas vezes de tuk-tuk para o MBK. Na hora eu até tentei falar pra ele que o caminho estava errado – mas aí é claro que ele já não entendia nada que eu estava falando em inglês.

No fim a minha corrida levou bem mais tempo do que deveria e saiu por cerca de 110 bahts. Sim, ainda foi mais barata do que com tuk-tuk, mas poderia ter sido muito mais barata e muito mais rápida – se não fosse o espertinho do motorista desviar o caminho.

A conclusão que eu cheguei é: se você estiver com pressa de chegar, talvez o taxi com taxímetro não seja a melhor escolha pra você. Esse motorista não vai ter pressa em chegar – pra ele quando mais ele andar, mais ele vai ganhar.

Já um taxista com valor fechado no começo da corrida vai ter pressa, pois quanto mais rápido ele te deixar, melhor pra ele.

Moto Taxi

Eu nunca pensei em utilizar um mototaxiainda mais em Bangkok. Porém esse é um serviço muito comum na cidade e se você quer um pouco de adrenalina, se joga!!

Eu caí nessa sem querer…. Logo ao chegar de Ayutthaya, na estação de trem de Bangkok, estava procurando um preço bom de tuk-tuk ou um taxi com taxímetro para me levar para o hotel. A procura não estava fácil….

Eis que do nada chega um cara e fala um valor super baixo baixo pra mim:  cerca de 100 bahts (menos de 10 reais).

Eu podia jurar que ele tinha dito tuk-tuk, então topei na hora!!

Ele pediu pra eu seguir ele e eu fui – com a maior certeza que ia chegar no tuk-tuk, só que não!!!!

Cheguei em uma MOTO!! Simmm, uma mototáxi.
Olhei pra ele e falei: ah, é moto é? Ele deu uma risada e disse que era tranquilo.

sim

Bom, já que eu tava lá…. subi na garupa e saí com ele cortando o transito da cidade.

Caaaaraa!!!! Sério… o maluco ia cortando os carros pelo corredor, furava semaforo vermelho, jogava a moto pra lá e jogava pra cá…. e eu o que fazia? Ao invés de rezar e me segurar firme…. peguei meu celular para tentar filmar e tirar fotos!!! 

Mototaxi

Sim!!! Já que eu ia fazer aquilo, tinha que registrar né!?!?!

No fim tudo terminou bem e valeu pela experiência. Agora você já sabe que tem mais essa opção para economizar e chegar rápido em algum lugar

Barco – Taxiboat de Bangkok

Bangkok é cortada pelo Rio Chao Phraya e um passeio por ele é algo muito comum de se colocar no roteiro. Existem vários barcos que fazem passeios pelo rio e também um barcão coletivo que faz o transporte do povão.

Rio Chao Phraya
Rio Chao Phraya, Bangkok

A vantagem desse barcão é que existe um passe, válido por 1 dia, por apenas 150 bahts. Com esse passe você pode pegar quantos barcos quiser durante o dia.

Uma boa opção é você se programar para ir de uma atração para outra usando o barco – assim já não gasta com outros transportes e já aproveita para passear pelo rio.

O percurso que eu fiz foi saindo do Flower Market e indo para Chinatown.

Existem paradas de barco também nas região da Khao San, do Grand Palace, Wat Pho e também do Wat Arun (que eu não visitei pois estava fechado para reforma).

Metrô – BTS de Bangkok

Outra opção de transporte em Bangkok é o metrô, ou como eles chamam: BTSque é o skytrain. Por ser uma metrô que cruza a cidade pelo alto, ele chega a ser uma atração turística para muitas pessoas. Eu tentei várias vezes encaixar o uso do metrô no meu roteiro, mas não teve jeito, acabei não utilizando.

Skytrain de Bangkok - BTS
Skytrain de Bangkok – BTS

Minha ideia era pegar o BTS na parada final do barco e seguir até o Siam, na estação do MBKmas acabou que os barcos atrasaram naquele dia e aí o BTS caiu pra escanteio. Quem sabe eu dou uma voltinha na minha próxima viagem.

O que eu posso te dizer é que a única vez que eu vi o BTS foi em frente ao MBK, mas de lá ele não tinha pra onde me levar…. enfim, não é muito útil para quem está hospedado na região da Khao San e vai passar uns 5 dias na cidade.

Ônibus

Taí outra opção de transporte que eu não utilizei em Bangkok. Não é nada comum para viajantes utilizarem esse tipo de transporte por lá – pensa na dificuldade que deve ser para se comunicar lá dentro. Eu mal conseguia falar com os motoristas de taxi, que teoricamente estariam mais acostumados com viajantes, imagina só com os motoristas de ônibus – sem chance.

Ônibus em Bangkok

Pelo que eu ouvi dizer os ônibus coletivos são super baratos – mas não espere por ar condicionado dentro deles. Caso você decida pegar um ônibus, é legal já ter sua rota bem anotada pra não ir parar sabe lá deus onde.

Ônibus Transfer dos Aeroportos – Free

Por fim quero comentar com você sobre esse transfer que existe entre os dois aeroportos da cidade, o BKK e o DMK.

O Aeroporto BKK é o maior e onde chegam os principais vôos na cidade – foi nele que cheguei saindo de Dubai. Já o DMK é para vôos domésticos e de onde saem os vôos das companhias low-costs.

Dependendo então do seu roteiro, pode ser que você chegue em um aeroporto e precise pegar seu próximo vôo no outro. Isso aconteceu comigo duas vezes na viagem.

Para ir de um ao outro basta pegar um transfer que é oferecido gratuitamente. Procure no aeroporto pela indicação “Shuttle Bus” e você vai chegar no ponto do ônibus onde tem um balcão de informações. Eles vão solicitar a sua passagem para comprovar que você tem um vôo no outro aeroporto – basta apresentar e pronto, bem simples.

Nos horários de maior movimento chegam as passar de 2 a 3 ônibus por hora. O percurso entre os dois aeroportos leva cerca de 45 minutos e sem dúvidas é a melhor maneira para você ir de um ao outro. Ahhh, e esse ônibus tem ar condicionado

* * * * *

Então é isso, minha visão geral sobre o transporte em Bangkok e como você, como viajante, pode utilizá-lo. No fim eu não achei tão barato me locomover sozinho por lá. Diferente de outras grandes cidades, onde eu pude andar de metrô para todos os lugares… em Bangkok eu fiquei um pouco refém dos taxis e tuk-tuks… isso deixou meu orçamento um pouco mais apertado.

Se você tiver alguma dúvida ou sugestão de como se locomover em Bangkok, fique a vontade para comentar aqui no post! Sawasdee Kraaaaab!

Booking! Faça sua reserva!
Melhor Seguro Viagem InternacionalBooking.com

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

28 Comentários

    1. Robson Franzói

      Fala Richard, tudo bom? Então.. eu fui de taxi mesmo… E para economizar eu fiz o seguinte: Fiquei de olho em algumas pessoas que estavam no mesmo vôo que eu e aí eu vi um casal que pegou mochilões na esteira de bagagem… Mochilão + Bangkok, era certeza que eles iam lá para os lados da Khao San. Eu fui lá e perguntei se eles já tinha reservado hotel e em que região iam ficar – claro, acertei na mosca. Aí eu perguntei se eles topavam dividir um taxi comigo…. Eles toparam e depois ainda depois saímos para passear juntos pela cidade – ganhei dois amigos!!!

      Reply
      1. Richard

        Nós já vamos viajar em 5 pessoas! O Problema é que teremos que dividir 2 taxis ou achar um “taxi van”, mas mesmo assim é barato, né!?

        Reply
        1. Robson Franzói

          Fala Richard, tudo certo?? Cara, é barato sim!! Muitooo… dividindo então é ainda melhor…

          Qualquer dúvida é só dar um grito aqui

          Reply
  1. Cinthia

    Ola tudo bem…

    Estou indo pra Bangkok dia 28 de Outubro… Na verdade vou fazer duas grandes escalas pela Emirates, tanto na ida quanto na volta…
    Logo vou ter que conhecer o máximo de coisas na cidade em um curtíssimo espaço de tempo… Meu hotel (Banyan Tree Bangkok) fica perto de Silom (onde vc disse que se hospedou) Tenho duvida sobre quanto em minutos fica, dessa região para o Aeroporto, e se no aeroporto é demorado com os lances de imigração/antecedência de chegada para o voo. Ja que estarei com meu e-ticket emitido pois será uma conexão e não terei bagagens para despachar.
    Lá na cidade estou pensando em me locomover de MotoTaxi e Tuk-Tuk mesmo, pra não perder muito tempo… Pois ouvi dizer que o transito é insuportável… O que vc me sugere??? Mantenho essa ideia de Moto/Tuk ou fatalmente vou morrer com essa decisão. Pq no seu post vc disse que eles dirigem feito doidos… hahahahahah E bem, eu preciso chegar inteira no Brasil.

    Obrigada

    Cinthia Borges

    Reply
  2. Bruna

    Ooi Robson,

    estou fazendo meu roteiro pela Tailandia e achei seu blog que, alias, é muito bom. Parabens! Está me ajudando super.

    Queria saber sua opinião sobre alugar scooter em Bangkok e se lá eu consigo alugar.

    Obrigada,
    Beijos

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bruna… olha, eu não fiz isso não… acho que deve ser meio complicado… o trânsito é meio caótico…. Não faria isso em Bangkok. Vai de taxi, tuk-tuk ou, se quiser mais aventura, moto taxi….

      Se tiver qualquer dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  3. Jenifer

    Oi Robson!
    Pra mim a melhor opção de transporte foi o transporte público. Atualmente com o google maps fica muito fácil, achei o trecho e qual ônibus pegar bem de boa. É muito tranquilo…o valor da passagem é fixa, tipo no Brasil e tem cobrador no ônibus, então é só pagar o valor e pronto.
    Eu fui da região de Khao San até o Central Word. De táxi queriam me cobrar 150, de bus paguei 6 baths na ida (ônibus sem ar condicionado) e só 13 baths na volta (ônibus com ar condicionado).
    O melhor é que você não precisa barganhar e vai de boa, sem nenhum estresse.

    Reply
  4. Edi

    Olá Robson,

    Primeiramente parabéns pelo blog, tudo muito bem explicado. Pessoas como você fazem a gente conseguir se planejar em uma viagem para um lugar tão diferente como a Tailândia.
    Estou começando meu planejamento para viajar daqui a alguns meses, e gostaria de saber quanto orçar com gastos com transporte em Bangkok com taxi por dia. Vou ficar na Khao San Road e a ideia é incluir deslocamento aos principais Templos, shoppings mais aeroporto/hotel/aeroporto.
    Planejo ficar uns 5 dias.
    Obrigado.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Edi…. primeiro muuuuito obrigado por sua mensagem! É muito bom saber que estou ajudando outro viajantes a realizarem seus sonhos e viagens….

      Bom, assim… vou ficar te devendo uma resposta bem detalhada pra já, pois não é tão simples de passar esses valores. Estou organizando um post bem completo sobre isso.

      Mas assim, mais baratos são os taxis… ou mais ainda as moto-taxis. De qualquer forma o tuk-tuk é muito útil – além de super divertido. O esquema é sempre tentar negociar com eles. Se eles falarem: 300… você joga 200 (ou menos). Eles podem fazer cara feia ou até rir… mas não se irrite, se ver que ele não topa, procure outro… Se ninguém topar, então é pq o valor não pode ser tão baixo mesmo.

      Pelo que eu vi os cara calculam meio que de cabeça os valores…. tipo.. você fala que quer ir para tal lugar… ai eles pensam um pouco e te dizem.. Aí vem a hora de você negociar e barganhar.

      Espero ter ajudado… mas fica de olho post no post bem completinho eu vou te passar todas as dicas.

      Precisando de qualquer outra coisa é só dar um grito aqui

      Reply
  5. Orlando Junior

    Oi Robson estou planejando uma viagem à Tailândia e gostaria de saber sobre as comidas dá pra comer bem lá sem gastar muito? Tem restaurante self service ? Quanto se gasta em média por uma refeição? Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Orlando, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então, comer na Tailândia é muuuuuuuuito barato! Acho que é a coisa mais barata que você vai fazer por lá… comer!!

      Claro que existem diversas opções… para todos os bolsos. Mas tem as comidas de rua… como o pad thai, que você chegar a pagar 1 o equivalente a 1 dólar em um prato bem farto.

      Em um restaurante o valor é um pouco maior… mas eu lembro que num restaurante bom, em Chiang Mai, eu comi frutos do mar por cerca de 30 reais (equivalente)…

      O que você vai precisar se adaptar é com comida apimentada e agridoce…. no resto é bem tranquilo

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  6. Natasha

    Olá! Estou amando seu blog! Viajo para a Tailandia em fevereiro, estou pesquisando a alguns meses e depois que encontrei seu blog morri de felicidade.
    Minha dúvida é a seguinte, algumas pessoas comentaram comigo o uso do uber lá. Você consegue alguém que já tenha usado? É tranquilo?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Nat, tudo bom?? Que bom que chegou aqui no blog e curtiu o conteúdo, fico super feliz em saber! Pow, sua viagem está aí já né!?!? Imagino como está a ansiedade!!!

      Então, quando eu fiz a viagem eu ainda não utilizava o Uber… então pra falar a verdade eu não sei te dizer como é por lá. Não sei se existe e tal…. mas acho que vale a pena dar uma olhada no app e ver se tem carros e tal… eu tentaria em uma próxima viagem.

      Desculpa a demora para te responder, estava de férias no final de ano… dando uma descansada..

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  7. Glícia

    Maravilhoso seu blog.
    Estou lendo todos os posts sobre a Tailândia, que será meu destino em Abril de 2017.

    Muito bom mesmo, uma leitura super agradável e divertida.
    Parabens!

    Mas enfim, não falo inglês, os brasileiros tem muitas dificuldades com idiomas por lá?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Glícia, tudo bom? Então, na verdade o inglês básico já te ajuda… não adianta ser super fluente, pois eles também não falam muito bem o inglês. Português eles nem conhecem também… mas dá pra se virar com o básico sim… as vezes a gente se bate um pouco, tem que fazer uma mímica…. mas dá pra se virar! hehe

      Desculpa a demora para te responder, estava de férias no final de ano… dando uma descansada..

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  8. mariana

    Olá! Vou para a Tailândia esse ano e comecei a acompanhar o blog agora, ele é sensacional, parabéns! Uma dúvida, vi que você falou sobre o transito la ser caótico, já era meio de se imaginar pelas fotos hahaha. Eu estava querendo alugar um carro, mas talvez não seja uma boa opção né?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mari, tudo bom? Que bom que chegou aqui e está curtindo o blog, fico muito feliz em saber!!

      Então, meninaaaa.. não aluga carro lá não!! É loucura… o trânsito é O Inferno na terra. Tuk tuk é o mais prático, pois são rápidos.. mas é meio caro… O BTS, que é o metrô que vai por cima lá, é barato e muito útil em alguns casos. Nessa viagem que estou fazendo eu utilizei algumas vezes.

      Assim que voltar para o Brasil eu vou dar uma atualizada nesse post com algumas dicas novas

      Você pode usar Uber por lá e também um outro aplicativo tipo Uber que é ainda mais barato. Taxi eu não curto muito pegar lá não

      Bom, se precisar de qualquer coisa é só me dar um grito aqui. Desculpa a demora para te responder, eu estou na Ásia e só agora conseguindo colocar os comentários em dia. Abraçooo!!

      Reply
  9. Camila

    Na época que vc foi, ainda não tinha Uber? Estou lendo pelos blogs que Uber sai mais barato que táxi, são motoristas confiáveis, que não desviam de rota por conta do Waze, e vc ainda paga no app (como em qualquer outra cidade).

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cami, tudo bom? Nessa minha última viagem eu utilizei Uber (inclusive vou atualizar o post com as novas informações). Assim, é mais barato que taxi, mas o trânsito de Bangkok é muito caótico, então tem que pensar bem. As vezes, dependendo do lugar que você precisa ir, compensa pegar um uber até uma estação do BTS e seguir com ele…. pra tentar fugir do trânsito.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  10. Patricia

    Oi! Adorei as dicas do Blog! Irei para Thai no próximo mês e estou correndo com o planejamento. Eu sou aventureira, irei sozinha! Ficarei poucos dias em Bangkok e depois sigo para Chiang Mai e então Singapore. Gostei muito das dicas sobre o transporte, isso realmente tem me preocupado um pouco.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Pati!!! Tudo bom? Que bom que chegou aqui no blog, fico super feliz em saber que está curtindo o conteúdo!

      Tenho certeza que você vai curtir muito essa viagem… vai ser uma experiência incrível!!!

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  11. Beatriz

    To apaixonada com seu site! Viajo pra Tailândia em Janeiro, e praticamente tudo que eu preciso saber to descobrindo por aqui! Virei fã, parabéns pelo trabalho! Brigadinha

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bia!!! Que bom que chegou aqui e curtiu o conteúdo!! Fico muito feliz em saber, de verdade!!
      Tenho certeza que vai ser uma viagem incrível… aproveite muito a Tailândia!!

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *