Ilha de Páscoa, Chile: Moai, viagem, clima, dicas, valores e mais

Para você que sonha em viajar para a Ilha de Páscoa, vou reunir nesse post as principais dicas para realizar essa viagem! Veja aqui onde fica, como chegar, quantos dias ficar, valores e informações sobre como explorar e conhecer esse destino.

Considerado o local habitado mais isolado do mundo, a Ilha de Páscoa é um dos destinos mais fascinantes e enigmáticos que podemos visitar. Conhecida, principalmente, por conta dos mistérios que giram em torno do povo rapanui e das famosas estátuas de pedra, os grandes moai, a ilha tem tudo para ser um dos lugares mais marcantes que você pode visitar.

Quando ir para a Ilha de Páscoa: o clima e qual a melhor época

Eu realizei o sonho de viajar para a Ilha de Páscoa recentemente, e nos últimos posts compartilhei muitas informações detalhadas que podem, certamente, ajudar no planejamento da sua viagem.

O que posso adiantar, caso essa seja sua primeira vez por aqui, é que esse destino tem, realmente, algo especial. Eu não sei explicar ao certo se é a localização, tão distante de outros lugares, ou simplesmente por ser o berço de uma das civilizações mais fantásticas que já existiram e que quase teve sua história apagada por completo.

Moais Ilha de Páscoa - Chile

Pisar na Ilha de Páscoa e ver um moai pela primeira vez, na terra onde ele foi esculpido, é algo que arrepia e certamente nos deixa sem palavras. Olhar para o semblante das estátuas, tão enigmáticas, e pensar em toda trajetória que se passou até elas estarem ali, daquela forma… desperta dúvidas que, talvez, nunca tenham respostas concretas.

Quais os motivos? Qual o significado? Por que e por quem foram feitos? Como eram deslocados dentro da ilha? Há quanto tempo estão ali? Porque estão de costas para o mar? Por que tantos foram destruídos?

Quando comecei a explorar a Ilha de Páscoa, essas eram apenas algumas das perguntas que surgiam na minha cabeça e que só se multiplicavam – já que tudo nesse destino gera curiosidade e se mostra tão diferente do que podemos imaginar.

Quantos dias ficar na Ilha de Páscoa

Nesse post, quero reunir as principais informações para você que deseja viajar para Ilha de Páscoa e procurar, assim como eu, algumas respostas para tantos mistérios que envolvem esse destino.

RAPA NUI – A Ilha de Páscoa, no Chile

Antes de começar com as dicas práticas para sua viagem, é importante ressaltar que, para o povo nativo – os rapanui – a ilha é reconhecida com outro nome: para eles, ela é Rapa Nui – que significa Ilha Grande.

Com aproximadamente 162 km² de extensão, a ilha se originou por conta de erupções vulcânicas de três principais vulcões: Rano Kau, Rano Raraku e Maunga Terevaka, que podem ser visitados na sua viagem.

Moai Ilha de Páscoa - Rana Raraku

O nome “Ilha de Páscoa” surgiu apenas em 1722, quando o explorador holandês Jakob Roggeveen chegou à ilha, exatamente, em um domingo de Páscoa.

Rapa Nui é o nome da ilha, assim como rapanui é o nome do povo nativo e também o nome do idioma que eles falam. Os rapanui têm origem polinésia e são reconhecidos como grandes mestres da navegação.

Desconto Seguro Viagem

A história deles é fascinante, já que há milhares de anos e com uma tecnologia rudimentar, conseguiram percorrer grandes distâncias à mar aberto – com canoas à vela.

Outro ponto curioso que aprendi nessa viagem é sobre o nome das estátuas de pedras, Moai: apesar de encontrar vários registros desse nome no plural, “moais“, na ilha eles dizem que não existe essa variação e devemos sempre falar apenas “Moai“.

Moai Ilha de Páscoa - Quantos dias ficar

Para conhecer a Ilha de Páscoa e realmente entender um pouco mais da história Rapa Nui, minha principal dica é que você faça alguns passeios guiados: não tanto por dificuldade de percorrer a ilha, mas sim, por conta das informações.

Percorrer a ilha por conta própria, seja de carro, bicicleta ou quadriciclo, pode ser muito divertido, mas vai deixar um vazio de informações. Visitar um lugar como esse pede muito a presença de um guia para contar as histórias e, no caso, teorias que existem por trás de cada mistério que envolve esse destino.

Passo a passo para visitar a Ilha de Páscoa

Agora que você já está um pouco mais familiarizado com a Ilha de Páscoa, ou melhor, Rapa Nui, vou detalhar aqui as principais informações para realizar a sua viagem – lembrando que praticamente todos os tópicos já estão detalhados em posts publicados aqui no blog.

Para ficar mais fácil de encontrar a informação, vou deixar uma lista que você pode utilizar para navegar pelo post – assim pode ir direto ao assunto que interessa.

Guia de informações Ilha de Páscoa


Localização: onde fica e como chegar à Ilha de Páscoa

A Ilha de Páscoa está localizada no Sul do Oceano Pacífico, em uma região chamada Polinésia. Aproximadamente 3.700 km separam a Ilha de Páscoa da costa do Chile – o que faz dela a última fronteira da América do Sul.

Onde fica e como chegar à Ilha de Páscoa

Para chegar à Ilha de Páscoa você precisa pegar um voo de cerca de 5 horas saindo da cidade de Santiago, no Chile. Atualmente, a única companhia aérea que faz a rota é a Latam.

É possível também encaixar o destino em uma escala para o Tahiti, porém não é tão simples – já que os voos, nesse caso, não são diários.

A passagem aérea para a Ilha de Páscoa pode custar mais de R$ 5.000 – especialmente se não for programada com antecedência ou você não tiver como alterar as datas. Eu fechei a minha a passagem por R$ 1.800, ida e volta já com taxas, por ter uma flexibilidade maior de datas.

Dois sites bons para você pesquisar as passagens aéreas promocionais são o Expedia e também o Passagens Promo.

Veja aqui um post completo sobre a localização e como chegar à Ilha de Páscoa

Taxa para visitar a Ilha de Páscoa

Para visitar a maior parte das atrações na Ilha de Páscoa, o viajante precisa pagar uma taxa para adquirir o Ticket do Parque Nacional Rapa Nui.

Ticket de ingresso ao Parque Nacional Rapa Nui

O valor ticket para viajantes estrangeiros é de 54.000 pesos chilenoscerca de 317 reais – e para chilenos ou residentes, é de 20.000 pesos. Você pode adquirir o ticket no aeroporto, no centro da ilha ou também, em alguns casos, diretamente com seu hotel ou agência.

Esse ticket, que tem a validade de 10 diascontados a partir do primeiro uso, é solicitado em vários pontos da ilha, portanto é muito importante que mantenha ele sempre com você e guardado com segurança.

Aeroporto na Ilha de Páscoa

O aeroporto na Ilha de Páscoa é, de uma maneira geral, simples e pequeno – porém conta com uma pista de pouso grande e muito boa. Ele é, inclusive, uma alternativa para possíveis pousos de emergência de grandes aeronaves que cruzam o Pacífico.

O desembarque é feito na pista, já que o pequeno terminal do aeroporto não tem muita estrutura. Na área de embarque/desembarque você encontra um café simples e algumas lojas para comprar lembrancinhas – os preços até que não são muito diferentes das lojas do centro, então você pode comprar, sim, algo de última hora por ali.

Do aeroporto para o centro de Hanga Roa, a área principal da ilha, você leva menos de 10 minutos de carro – super perto e, obviamente, não existe muito trânsito no caminho.

Como já comentei no blog, no aeroporto existe um ponto de venda do Ticket do Parque Nacional Rapa Nui, porém, é comum se formar uma grande fila e você pode, tranquilamente, comprar o ticket no centro de Hanga Roa.

Quantos dias ficar na Ilha de Páscoa

Para conhecer os principais pontos da ilha e não fazer uma viagem corrida, recomendo que você tenha, no mínimo, 3 dias completos.

Roteiro Ilha de Páscoa: o que fazer em 2, 3, 4 ou 5 dias

Como existe a possibilidade de pegar algum dia de chuva e para evitar algum imprevisto, se for possível, se organize para passar ao menos 4 dias completos na ilhafoi o tempo da minha viagem e achei ótimo.

Veja aqui um post detalhado sobre quantos dias ficar na Ilha de Páscoa

Qual idioma se fala na Ilha de Páscoa?

O espanhol é a língua oficial na Ilha de Páscoa, porém o francês é muito comum entre os habitantes da ilha. O povo nativo ainda fala o rapanui, mas não é algo que você precise se preocupar, já que é usado apenas entre eles. No fim, você vai aprender algumas expressões, especialmente se fizer passeios guiados.

Moais Ilha de Páscoa- Aju Akivi

Os guias, assim como quem trabalha nos hotéis, costumam também falar inglêssempre perguntam qual o idioma é a preferência do grupo, no caso dos passeios guiados.

É super tranquilo para se comunicar e você não precisa ter muito receio por conta do idioma – eles estão acostumados e, normalmente, falam devagar.

Hanga Roa: o centro da Ilha de Páscoa

A região principal da Ilha de Páscoa se chama Hanga Roa e é nesse centrinho que você vai encontrar os principais restaurantes, hotéis e comércio da ilha.

Centro de Hanga Roa - Ilha de Páscoa - Rapa Nui

Para quem pretende fazer os passeios por conta, é importante saber que alguns atrativos ficam afastados do centro – por isso, você precisa alugar um carro ou algum meio de transporte. Ficar hospedado próximo ao centro pode ser uma boa alternativa nessa situação.

No centrinho o movimento é grande, pelo menos foi maior do que eu esperava. A rua principal é a Atamu Tekena, onde você vai ver muitos carros, caminhonetes grandes e também muitas motos. Existem mercadinhos, farmácias e também agências para fazer passeios e alugar veículos.

Câmbio: qual moeda levar para a Ilha de Páscoa

A moeda utilizada na Ilha de Páscoa é o peso chileno e é a que eu recomendo que você tenha em mãos. Se você programar alguns dias em Santiago antes de ir para ilha, sugiro que faça o câmbio por lá!

Moeda Ilha de Páscoa: Pesos Chilenos

Veja aqui onde fazer o câmbio em Santiago do Chile

Não é comum usar dólar na ilha, a não ser que seja para pagar algum hotel grande – o ideal é ter a moeda local em mãos ou um cartão de crédito.

Eu cheguei a usar o cartão em alguns lugares, inclusive para comprar lembrancinhas no aeroporto, alugar carro, abastecer e também para comer no centro. De qualquer forma, é sempre importante confirmar se o cartão é aceito, especialmente em restaurantes.

Clima na Ilha de Páscoa: qual a melhor época

A Ilha de Páscoa é um destino que pode ser visitado em qualquer época do ano e as estações seguem da mesma forma que no Brasil, já que estamos todos no Hemisfério Sul.

Quando ir para a Ilha de Páscoa: o clima e qual a melhor época

Os meses do verão têm as temperaturas mais elevadas e também é o período com menos chances de chuva. A temperatura nessa época gira em torno de 27ºC, com sensação térmica mais elevada.

Os meses do inverno contam com temperaturas mais agradáveis, com a média girando em torno de 20ºC. Apesar de ser uma época com mais chances de chuva, como comentei, não é algo que você precise se preocupar muito.

É importante que você saiba que o clima na ilha, por conta da sua localização, tende a mudar rapidamenteou seja, sempre esteja preparado para um possível pancada de chuva.

Veja aqui um post sobre o clima e a melhor época de viajar para Ilha de Páscoa.

Chip e internet na Ilha de Páscoa

Não espere por conexões muito rápidas na Ilha de Páscoa, mas existe sim internet na ilha. A operadora que funciona lá é a Entel e você pode comprar um chip diretamente no centro de Hanga Roa.

Centro de Hanga Roa - Ilha de Páscoa - Rapa Nui

Se a sua ideia for fazer uma viagem mais independente, recomendo muito que compre um chip – apesar de não ser muito rápida, a conexão pode ser bem útil.

O chip custa menos de 2.000 pesos, aproximadamente dez reais. Para utilizar é necessário fazer uma recarga com minutos e dados, mas é super barato. Com cerca de 5.000 pesos você consegue ter internet para sua viagem, tranquilamente.

Locomoção e estradas na Ilha de Páscoa

Explorar e percorrer a Ilha de Páscoa é algo relativamente simples. Existe uma estrada que permite dar a volta completa na ilha e, ao longo dela, estão os principais atrativos.

Alugar carro na Ilha de Páscoa
Nosso carro na ilha | Valor: em média R$ 300 por dia

A estrada na ilha é boa, tendo alguns pontos com buracos, mas nada que deixe a direção muito complicada. Eu dirigi tanto carro quanto quadriciclo, e achei uma experiência ótima!

Vi algumas pessoas percorrendo a ilha de bicicleta, porém é uma opção que exige certo preparo – avalie bem o seu estilo de viajante para não escolher errado.

O aluguel do carro não foi barato, gastei cerca de R$ 300 por diamas como dividi com mais duas pessoas, o valor ficou bem tranquilo. Esse preço é para o aluguel do Jimny, que, apesar de pequeno, é um 4×4 bem potente.

Atrações imperdíveis na Ilha de Páscoa

Como já falei por aqui, as principais atrações que você pode visitar estão espalhadas por vários pontos da Ilha de Páscoa. É interessante se programar bem e definir o que vai visitar em cada dia, já que algumas atrações são interessantes para ver o pôr do sol, outras para visitar durante o dia, e assim por diante.

Ilha de Páscoa - Um Viajante

As atrações que considero imperdíveis na Ilha de Páscoa são:

• Ahu Tahai – para você ver o pôr do sol
• Ahu Tongariki maior plataforma com moai na ilha
• Ahu Nau Naujunto à praia de Anakena
• Rano Raraku a fábrica dos Moai
• Rano Kau a cratera mais impressionante da Ilha de Páscoa
• Orongo onde você vai conhecer a competição do Homem-Pássaro

Existem outras atrações além dessas que listei, então vou deixar aqui um link para você acessar um post com os detalhes sobre as principais atrações na ilha:

Veja aqui meu TOP 10 de atrações imperdíveis na Ilha de Páscoa

Roteiro na Ilha de Páscoa para 2, 3, 4 ou 5 dias

Além de saber quais são os pontos principais do destino, é importante alinhar a sua programação para ver exatamente o que vai fazer em cada dia da viagem.

Se a sua programação for mais enxuta, com menos tempo, é ainda mais importante organizar o seu roteiro. Aqui no blog, fiz um post com muitas informações, tanto para quem tem pouco tempo quanto para quem têm mais dias disponíveis.

Veja aqui uma sugestão de roteiro para 2, 3, 4 ou 5 dias na Ilha de Páscoa

Mapa Ilha de Páscoa: principais atrativos

Como a produção desses posts foi bem longa, fiz um mapa com os principais pontos da ilha para me organizar e lembrar exatamente onde fica cada ponto. Vou deixar aqui o mapa que pode ser bem útil na sua programação:

Veja aqui o mapa em tamanho ampliado.

Comida e gastronomia na Ilha de Páscoa

Você não pode deixar de provar o atum da Ilha de Páscoa garanto que será um dos melhores que você vai experimentar na vida. Uma ótima pedida é o ceviche de atum, um prato maravilhoso!

A culinária na Ilha de Páscoa gira muito em torno de frutos do mar, mas é possível, sim, encontrar pratos com carne vermelha ou opções vegetarianas. Não vi muitas opções destacadas como veganas, mas acredito que existam em alguns lugares.

Eu fiz boa parte das minhas refeições no restaurante do Hotel Hangaroa e recomendo muito!! Os pratos são muito bem servidos e a comida é realmente uma delícia.

Nesse restaurante, caso você não seja hóspede ou não tenha refeições no seu pacote, o valor do prato gira em torno de R$ 80 a R$ 100 – isso falando de um restaurante de alto padrão.

No centro, comi uma empanada grande de atum por cerca de R$ 20 reais.

Preços e valores na Ilha de Páscoa

Caso você esteja procurando mais informações sobre quanto custa viajar para Ilha de Páscoa, vou separar aqui alguns valores para ter como base para o seu orçamento.

Recapitulando, o aluguel do carro saiu por R$ 300 reais a diária. O prato principal em um restaurante de nível alto, varia entre R$ 80 a R$ 100 – podendo ser mais, dependendo do prato.

Os passeios guiados na ilha custam entre R$ 100 a R$ 300, dependendo do passeio, formato e agência que você escolher.

O ticket para visitar a ilha, válido por 10 dias, custa R$ 317 para viajantes estrangeiroschilenos e residentes pagam menos.

A passagem aérea pode sair acima dos R$ 5.000, caso você não se programe com antecedência e não tenha flexibilidade de datas. A minha passagem custou R$ 1.800, ida e volta já com taxas, saindo de Santiago do Chile.

As lembrancinhas são bem variadas nas lojas do centro e do aeroporto. Cheguei a comprar alguns moai, porém optei pelos modelos mais simples. Você vai encontrar desde peças básicas, por cerca de R$ 10, a peças super valorizadas passando dos R$ 500.

A apresentação de dança típica, bem famosa na ilha, tem o custo de aproximadamente R$ 80 reais por pessoa. Não é algo que considero imperdível, mas se couber no seu orçamento, aí sim vale a pena.

Apesar da água da torneira ser potável, eu tomei apenas água mineral. Você pode comprar um garrafão grande por cerca de R$ 30 e abastecer a sua garrafinha menor.

A internet, apenas reforçando, funciona da ilha. Para usar, é necessário ter um chip da Entel. Você vai gastar menos de R$ 50 reais para comprar seu chip e fazer uma recarga com dados suficientes para sua viagem completa.

Pacote de Viagem para Ilha de Páscoa

Se quiser fechar sua viagem para Ilha de Páscoa com uma agência de confiança e que ofereça pacotes realmente diferenciados, focados na melhor experiência para o viajante, recomendo a Venturas Viagens. Eles deram a maior força nessa viagem e indico o trabalho de forma super transparente. Vou deixar aqui um formulário para você entrar em contato direto com a agência:

Lembrando que leitores que mencionarem o blog, vão ter uma surpresa com a Venturas ao fechar uma viagem. Falando do blog, você ajuda a mensurar o meu trabalho e ainda ganha uma vantagem especial.

Onde ficar na Ilha de Páscoa

Minha principal recomendação para sua estadia na Ilha de Páscoa é procurar por um hotel próximo ao centro de Hanga Roa. Eu fiquei hospedado no Hotel Hangaroa, que tem um padrão diferenciado e foi incrível.

Hotel Hangaroa, Ilha de Páscoa

Apesar de ser um hotel mais caro, ele tem um custo benefício muito bom – especialmente se você incluir as refeições. Além da comida maravilhosa, você tem as bebidas inclusas no pacote – contando com vinhos, espumantes e drinks. É realmente maravilhoso.

Por trabalhar com os mesmos valores do hotel, recomendo que você procure a Venturas para fechar a sua estadia no Hotel Hangaroa além do valor, você conta ainda com o suporte da agência no Brasil.

Outras opções de hotéis na Ilha de Páscoa

Caso queira ver outras opções de hotéis disponíveis na Ilha de Páscoa, minha sugestão é o Booking.com. Na ilha, você encontra hotéis mais acessíveis e também opções mais simples, caso esse seja o perfil da sua viagem e seja o melhor para o seu orçamento.

Veja aqui as opções de hotéis disponíveis na Ilha de Páscoa

Lembrando que sempre que você reservar um hotel através dos links do blog, você me ajuda com esse trabalho e não gasta nada a mais com isso. Eu agradeço muito, de verdade!

Vídeo Viagem Ilha de Páscoa

Para você ter um gostinho maior de como é a experiência na Ilha de Páscoa, publiquei um vídeo no canal onde mostro um pouco de como foi a viagem. Vou deixar o vídeo aqui para inspirar ainda mais sua aventura.

Aproveito para pedir, caso curta o conteúdo, que se inscreva no canal Um Viajante. Estou fazendo um trabalho diferente por lá e ter a sua inscrição vai me ajudar muito! Se ainda não acompanha minhas viagens no Instagram, vou deixar aqui também o link para você curtir em tempo real: instagram.com/blogumviajante

Seguro Viagem para Ilha de Páscoa

Não posso deixar de destacar aqui a importância de fazer o seguro viagem, especialmente para um destino como a Ilha de Páscoa. Ressalto muito que ter um seguro não é caro e pode fazer uma diferença muito grande caso você tenha uma emergência, ainda mais em um destino tão distante como esse.

Aqui no blog tenho um post com detalhes do seguro viagem para o Chile e, para melhorar, com descontos para você economizar na contratação:

Pegue aqui o cupom de desconto e não viaje sem o seu seguro!

Espero que esse super guia da Ilha de Páscoa ajude na organização da sua viagem. Caso queira ver todo conteúdo que já publiquei sobre essa viagem e também sobre outros destinos do Chile, vou deixar aqui dois links úteis para você:

Confira aqui todos os posts da Ilha de Páscoa

Veja aqui todos os posts do Chile

Se tiver qualquer dúvida sobre a Ilha de Páscoa, roteiro, passagem, como chegar, melhor época para viajar ou se apenas quiser compartilhar alguma sugestão, fique à vontade para comentar aqui no post! Valeuuuuu!

About The Author

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Related posts

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *