Roteiro de 5 dias em Nova York: mapa, atrações e o que fazer

Planejar um roteiro de 5 dias em Nova York pode não ser tão fácil: a cidade tem muitas atrações e definir o que fazer em cada dia é essencial para otimizar seu tempo. Veja aqui dicas, atrações, o que fazer e como organizar um roteiro de 5 dias em NYC.

Nova York se tornou uma das minhas cidades favoritas no mundo: um destino vibrante, onde tudo acontece e onde podemos mergulhar em arte, cultura e sabores de todas as partes do mundo.

Caminhar pelas ruas de Nova York é como se aventurar em um cenário de cinema – por todos os lados surgem referências e pontos que, certamente, já vimos em algum filme ou seriado. Visitar NYC pela primeira vez deve ser, pelo menos para a maior parte dos viajantes e assim como foi para mim, a realização de um sonho.

Planejar uma viagem para Nova York não é algo simples, ainda mais quando não temos muito tempo disponível. Um roteiro de 5 dias em NYC pode parecer suficiente, mas já adianto que é o tempo necessário apenas para deixar você com vontade de voltar e conhecer a cidade ainda mais a fundo.

Roteiro de 5 dias em Nova York

Aqui no blog já compartilhei um post super completo com uma sugestão de roteiro para quem tem 7 dias em Nova Yorkrecomendo a leitura! Mas, como sei que nem todos têm esse tempo disponível, decidi organizar um roteiro mais enxuto: focado para quem tem 5 dias na cidade!

Veja aqui o roteiro de 7 dias em Nova York

Como você bem sabe, atrações e opções de coisas para fazer em Nova York não faltam. A ideia desse post é criar uma base para sua viagem, mas que não só pode, como deve, ser alterada para o seu estilo de viagem.

Cada viajante tem um gosto pessoal específico e, também, um orçamento determinado. Por isso, é importante que você ajuste tudo para caber no seu bolso e para que você faça apenas o que for realmente do seu interesse – não dá para perder tempo na cidade fazendo o que não gosta.

Sempre reforço isso para que você se lembre de que não tem nada melhor e mais prazeroso do que planejar cada detalhe da sua própria viagem. O que eu passo aqui são apenas sugestões… então, use e abuse das dicas e informações para elaborar seu roteiro personalizado.

Quantos dias ficar em Nova York

Antes começar o roteiro em si, quero lembrar que aqui no blog já publiquei um post para quem não sabe quantos dias ficar em Nova York para aproveitar a cidade de verdade – se você ainda não fechou suas datas, recomendo muito a leitura!

Veja aqui quantos dias ficar em Nova York

Dicas Nova York: o que saber antes de viajar?

Para planejar um bom roteiro de viagem, especialmente quando não temos muito tempo disponível, é muito importante ressaltar alguns pontos que podem fazer diferença na sua experiência de viagem. Vou destacar os mais importantes antes de seguir com o roteiro:

Localização do seu hotel em Nova York

Como estamos falando de um roteiro de 5 dias em Nova York, a escolha de um hotel bem localizado pode fazer muita diferença na sua viagem. Para quem tem mais tempo, até recomendo hotéis afastados por uma questão de orçamento, mas, para essa quantidade de dias que temos disponíveis, o ideal é escolher um hotel bem central.

Roteiro de 5 dias em Nova York

Escolher um hotel dentro de Manhattan e, principalmente, perto de uma boa estação de metrô, é uma dica que vale ouro para sua viagem. Se tiver uma estação que seja coberta por mais de uma linha, melhor ainda!

Logo vou fazer um post com as principais opções de hotéis em Nova York de acordo com o orçamento e tempo disponível. Gastar um pouco mais pode ser necessário quando não temos tanto tempo.

Pesquise e reserve aqui o seu hotel em Nova York

Veja aqui os posts que publiquei sobre hospedagem em NYC

Como se locomover dentro de Nova York

Outro ponto que vai ajudar nesse roteiro de viagem é saber exatamente como será a sua locomoção dentro da cidade. Apesar de escolher um hotel central, que vai permitir que você faça muitos passeios caminhando, para vários outros pontos você vai precisar, sem dúvidas, do transporte público da cidade.

Metrô em Nova York

As principais atrações de Nova York estão espalhadas pela ilha de Manhattan de norte a sul e de leste a oeste, ou seja, muitas estão em regiões completamente opostas uma das outras.

A melhor dica que posso dar, nesse caso, é para separar as atrações que você pretende visitar em grupos e distribuir nos dias da sua viagem. Assim, você vai para um determinado lado e faz tudo o que precisa por lá, para só depois ir para outro lado – assim evita de pegar muitas vezes o metrô e fazer um vai e vem desnecessário.

Veja aqui como funciona o metrô de Nova York

Tempo em cada atração de NYC

E para fechar essas dicas de pré-planejamento, você precisa, mesmo que por alto, imaginar quanto tempo vai gastar em cada atração. Sei que isso pode parecer difícil no início, afinal, você não sabe o quanto vai se entreter e curtir cada atração. Minha dica é para você fazer uma média e deixar sempre um tempinho extra de segurança: assim, se gastar menos tempo em algum lugar, vai ter tempo de sobra para outras atrações.

Foto na Times Square - Nova York - NYC

O que você precisa cuidar é para não incluir muitas coisas no seu roteiro e quando chegar na viagem ficar perdido e ter que cortar – isso só vai te frustrar, então vamos fazer um planejamento de roteiro mais equilibrado.

Roteiro de 5 dias em Nova York | O dia a dia da viagem

Como comentei com você, a ideia desse post é ser uma base para o seu roteiro de 5 dias em Nova York. Tudo aqui pode, e deve, ser ajustado para o seu gosto. Eu vou descrever esse roteiro de uma forma resumida, já que várias atrações têm posts completos e detalhados aqui no blog.

Para você visualizar o roteiro da forma mais simples possível, preparei um mapa com os principais pontos da nossa programação. O mapa está distribuído em camadas que são os dias do roteiro – confesso que adoro fazer mapas como esse e, também, mapas onde as camadas são divididas por tipos de atração: lojas, museus, restaurantes, etc.

Inclusive essa é uma ótima dica para sua viagem: faça listas! Logo vou compartilhar minhas listas favoritas e distribuídas por segmentos – é uma forma super otimizada de organizar o que você pode e quer visitar em cada dia da viagem.

Mapa do roteiro de 5 dias em Nova York:

Recomendo abrir o mapa em uma janela separada do seu navegador, assim você pode acompanhar o roteiro e visualizá-lo de maneira mais simples. Clique aqui para abrir o mapa em uma nova janela.

Navegue pelo conteúdo do post

Para facilitar ainda mais a sua leitura, já que o post tem muita informação, vou deixar um menu para você navegar facilmente pelo roteiro e todo conteúdo do post:


Dia 1: Primeiro dia em Nova York

Vamos começar o roteiro de Nova York bem cedo, supondo que você chegou nos primeiros voos do dia ou mesmo na noite anterior. Nosso ponto de partida para explorar NYC será a Times Square, um dos principais cartões postais da cidade.

Times Square Nova York - Roteiro de 5 dias

A Times Square é o coração de Nova York e, para muitos viajantes, como eu, visitar esse lugar é a melhor forma de cair a ficha que realmente estamos em NYC.

Depois da visita e ficar babando com os telões mais famosos do mundo, vamos sair da muvuca da Times e ir ao Bryant Park, um parque muito legal onde fica a Biblioteca Pública de Nova York.

Biblioteca Pública de Nova York - New York

O acesso à Biblioteca Pública é totalmente gratuito e você não gasta muito tempo para visitar os principais salões – eu recomendo a visita! Se ainda não tomou café, pertinho dali você tem duas boas opções: o Blue Bottle Coffee e o Culture Espresso, ambos muito bons e recomendados para quem gosta de café.

Aproveitando que está nessa região, vale apurar o passo para visitar a Grand Central Terminala estação central de Nova York, que você já deve ter visto em muitos filmes e é um dos cartões postais da cidade.

Grand Central Terminal - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Depois da visita à Grand Central, você pode voltar em direção a Biblioteca Pública de Nova York e subir a Quinta Avenida, agora em direção ao Central Park.

Nesse trajeto, você irá passar em frente a várias lojas famosas e, também, ao Rockefeller Center. Recomendo muito que o Top of The Rock faça parte da sua programação, mas deixe para subir no fim da tarde – você pode aproveitar que está em frente para já agendar sua subida para o final desse mesmo dia.

Rockefeller Center - Roteiro 5 dias Nova York

Em frente ao Rockefeller, você verá a St. Patrick’s Cathedral, que merece uma visita rápida, e depois pode seguir passeando pela região e outros pontos da Quinta Avenida.

Dependendo do seu ritmo, ou mesmo do clima, uma boa pedida é a visita ao MoMA – Museum of Modern Art, que tem uma coleção incrível! Em dias de chuva, escapar para um museu é sempre uma boa alternativa – eu mesmo fiz isso na minha viagem mais recente a NYC.

Fique de olho no relógio para não perder o horário do Top of The Rock, onde você vai curtir um pôr do sol maravilhoso. Aproveite o entardecer – é lindo ver as luzes da cidade se acendendo lá do alto.

Top of the Rock - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Top of the Rock - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Depois do pôr do sol, uma ótima pedida é caminhar de volta até a Time Square para ter a visão da rua à noite – vale muito a pena!

Sugestão para a noite

Caso queira uma dica de lugar para comer, aproveitando que está na região da Times Square, uma boa pedida é o Five Napkin Burgercaso queira provar um dos melhores hambúrgueres da cidade. Se preferir uma refeição mais completa, tem um restaurante italiano nessa região que é bem gostoso e não muito caro: o Patzeria Family & Friends.

Gastamos aproximadamente $25 dólares por pessoa nesse restaurante. 

Dia 2: Visitando o sul de Manhattan

O segundo dia do roteiro por Nova York vai começar bem cedo pelo sul da ilha de Manhattan, direto na Estação OculosWorld Trade Center Station. A estação, projetada pelo espanhol Santiago Calatrava, tem um visual diferente de tudo o que você vai ver em Nova York e hoje é mais um símbolo da cidade.

A nova Estação Oculus

Dentro da estação você vai encontrar lojas, restaurantes, cafés e, claro, ligação com o metrô e com linha do Path.

Saindo da estação, você chegará ao Memorial e também o Museu do 11 de Setembro que recomendo que faça parte do seu roteiro. Mas, antes da visita ao museu, sugiro que comece pelo Observatório do One World Trade Center assim você evita o movimento mais tarde.

O Observatório do One World Trade Center é todo fechado com vidros, diferente do Top of the Rock, por exemplo. Nesse caso, indico que você visite o observatório no começo do dia e deixe os observatórios ao ar livre para o pôr do sol.

Veja aqui como é a visita no observatório mais alto de Nova York.

Você vai levar, pelo menos, 2 horas para fazer a visita no Observatório. Se o clima não estiver muito bom, é legal tentar ajustar a sua programação para subir em um dia melhor.

Depois da visita, aí sim, vamos ao Museu do 11 de Setembro. Ele vai pegar uma parte boa do seu roteiro – separe entre 3 e 4 horas para fazer a visita completa.

Última Coluna - Museu do 11 de Setembro em Nova York
Última Coluna – Museu do 11 de Setembro em Nova York

Veja aqui um post especial sobre o Museu do 11 de Setembro

Quando sair do museu, provavelmente vai querer algo para comer e aliviar um pouco a tensão. O museu tem um clima pesado, por isso é bom dar uma relaxada nesse momento.

Estação Oculus - Museu e Memorial 11 de setembro - Roteiro Nova York

Recomendo uma caminhada até o Maman, da Tribeca, que é um café delicioso que você pode conhecer. Eu fiz essa caminhada e é super tranquila!

Conheça o Maman, uma café lindo e charmoso em NYC.

Vale se atentar para a Trinity Church, que é a igreja famosa da região que sobreviveu a queda das torres gêmeas do WTC.

Depois de comer, uma boa pedida é passear pela principal área do Distrito Financeiro de Manhattanconfesso que, particularmente, não acho a região tão interessante, então acho que a visita pode ser rápida ou opcional, dependendo do seu interesse.

Nesse passeio você pode avistar a Bolsa de Valores de Wall Street, uma das principais bolsas de valores do mundo, e também conhecer o Charging Bull, o famoso Touro de Wall Streetvocê pode se debater com os demais viajantes para passar a mão nas partes íntimas do touro ou seguir o passeio.

Charging Bull - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Enfim, você chegará ao Battery Park, que conta com uma vista linda para o Rio Hudson e para a Jersey City, em New Jersey.

Battery Park - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Aproveite a vista para sentar, descansar as pernas e curtir a visual da região.

Uma boa pedida para essa noite é assistir a um musical da Broadway. Os espetáculos são incríveis e têm para todos os gostos – eu sempre tento encaixar ao menos um na minha programação.

Musical do Rei Leão, na Broadway - Nova York

Na minha última viagem para Nova York, assisti ao O Rei Leão, Frozen, Aladdin e O Fantasma da Óperapara não estourar o orçamento, acabei comprando os ingressos parcelados direto na WePlann – é uma ótima pedida!

Comprar ingresso para o Rei Leão

Compre aqui seus ingressos em reais e com opção de parcelamento

Veja aqui um post sobre a WePlann

Sugestão para comer na região

Se a sua ideia for comer no sul da ilha de Manhattan, minha indicação é a unidade do Eataly Downtown, que fica dentro do shopping Westfield – exatamente no complexo onde está o memorial e estação Oculus.

Eataly Downtown - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

O Eataly é um mercado com produtos italianos e espaços gastronômicos. É possível comprar algumas coisas para comer fora ou fazer a sua refeição lá mesmo. Como essa unidade estava sempre no meu caminho, eu aproveitava para comprar algumas coisas para comer no hotel.

Uma curiosidade é que no Eataly não são vendidos vinhos para levar, somente para consumir no espaço! Eu gosto bastante das opções servidas no Eataly, então deixo como uma sugestão tanto para o seu almoço, um lanche pela tarde ou mesmo para o jantar.

Dia 3: Greenwich, Chelsea, The Vessel e Central Park

Por conta do tempo um pouco mais curto, o terceiro dia de viagem será mais acelerado – veja se esse é o ritmo que você consegue seguir.

Se você, assim como eu, for apaixonado pelo seriado Friends, vamos começar esse dia do roteiro com uma visita ao prédio do seriadoque, certamente, marcou a sua vida como também marcou a minha. Infelizmente, a única coisa que podemos ver é fachada – mas ainda assim, é emocionante ver ele de perto.

Prédio do seriado Friends - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Uma boa pedida é visita a The Elk, uma cafeteria deliciosa que não fica muito distante, e depois, explorar um pouco a região enquanto segue em direção ao High Line Park, mais uma atração imperdível para o seu roteiro.

Logo na chegada ao High Line você tem o Whitney Museum of American Artque é uma boa pedida caso curta museus. Se estiver com um passe de atrações que inclua esse museu, acho que vale a visita – mesmo que seja rápida!

Whitney Museum Nova York - Roteiro 5 dias

Se a sua onda não for muito dos museus, um ponto que indico nessa região é o Chelsea Marketque conta com várias opções de restaurantes e lojas alternativas. A visita por lá também não é demorada – a não ser que você queira ficar para fazer alguma refeição.

Chelsea Market - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Caso você seja mais da vibe dos cafés especiais, a dica é visitar a incrível loja da Starbucks Reserve, bem pertinho do mercado! Apesar de recomendar aos viajantes que fujam da Starbucks, já que existem cafeterias menores e muito melhores, a Starbucks Reserve é um caso à parte – essa sim, vale a visita.

Conheça aqui a Starbucks Reserve de Nova York

Preciso confessar que sou apaixonado pelo Chelsea e amo explorar essa região da cidade. Já tive até o prazer de me hospedar nesse bairro e recomendo muito! Minha estadia foi no Moxy Chelsea e ele é, até hoje, uma das minhas opções favoritas de hospedagem em Nova York.

Moxy Chelsea - Hotel Boutique em Nova York

Veja aqui como foi minha estadia no Moxy Chelsea.

Seguindo o passeio pelo High Line Park, você enfim chegará ao Hudson Yards: o complexo luxuoso onde está o mais novo cartão postal de Nova York: The Vessel.

The Vessel: nova atração de Nova York - Vale a pena?

É importante ressaltar que você só consegue visitar o The Vessel se agendar a visita. Como o seu roteiro é mais curto, recomendo fazer a reserva para o horário perto do almoço – pois é mais ou menos a hora em que você vai passar por ele nesse passeio.

Caso consiga encaixar em outro momento, uma boa pedida é subir no The Vessel no final da tardeassim você curte o pôr do sol lá do alto.

Veja aqui as informações sobre o The Vessel em NYC

Caso curta tecnologia e, em especial, equipamentos fotográficos, bem pertinho do Hudson Yards fica a B&Ha principal loja de equipamentos fotográficos de Nova York. Vale muito a visita!

Para quem está a fim de compras, seguindo em frente você vai chegar à Macy’s, uma das principais lojas de departamento da cidade – vale reforçar que é preciso dedicar tempo para comprar nessas lojas grandes, então essa visita pode comprometer o roteiro.

Entre a B&H e a Macy’s, você tem a estação de metrô 34 Street Penn Station. Nela, você pode pegar a linha A ou C e descer direto na nossa próxima parada: Columbus Circle, bem em frente ao Central Park.

Columbus Circle - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

A ideia agora é passear e curtir a tarde no Central Park, o principal parque de Nova York. Recomendo que você ande, de início, pela 59th Street e siga por ela até ter uma boa vista do The Plaza, hotel icônico da cidade.

Hotel Plaza - Nova York - Central Park - Roteiro 5 dias

Nesse ponto, você pode adentrar ao parque e começar sua visita rodeando o lago The Pond, que tem um visual lindo! Pode seguir sua caminhada sentido ao norte do parque, onde vai passar pelo Carrossel do Central Park e, também, pela estátua do Balto, o cachorrinho que ficou famoso em todo o mundo.

Balto, Central Park - Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Seguindo em frente, você vai chegar ao Bethesda Terraceum dos principais espaços construídos no Central Park – onde milhares de viajantes se reúnem ao redor de uma fonte. Nesse ponto, recomendo que você siga para sua esquerda, passando pelo Cherry Hill e chegando ao Strawberry Fields, o monumento em homenagem a John Lennon – esse é um ponto muito importante do parque e vale sentar em um dos banquinhos ao redor para observar o movimentos dos fãs que passam por ali.

Retornando em direção ao Bethesda Terrace, agora você pode passar pela Bow Bridge uma das pontes mais lindas e famosas do Central Park. Seu objetivo é chegar ao Conservatory Wateraquele famoso lago onde as crianças, e também adultos, se divertem com miniaturas de barquinhos

Você pode chegar a esse lado passando novamente pelo Bethesda Terrace ou contornando o lado por cima. Pertinho dali fica o nosso último ponto de visita dentro do Central Park: o monumento Alice in Wonderland Alice no País das Maravilhas – vale ir até lá para fazer uma foto.

Dependendo do horário, uma boa pedida é caminhar em direção ao MET – Metropolitan Museum of Art não sei se você terá disposição de visitar o museu no final desse longo dia, mas ele tem um rooftop que vale a vista para o pôr do sol.

Vale destacar que os principais passes de atrações permitem a entrada mais de uma vez nesse museu, por isso é interessante a visita nesse dia – mesmo que seja rápida!

Sugestão para comer na região

Caso tenha dúvidas de onde comer nesse dia, deixo como sugestão a região de Hell’s Kitchen com muitas opções de restaurantes, bares e que vale uma visita. Eu me apaixonei por um restaurante tailandês que fica na 9th Avenida: o Pure Thai Cookhouse!

  Veja como foi minha experiência nesse restaurante thai em NY.

Dia 4: Museus, SoHo, Chinatown e Little Italy

Caso você não tenha feito a visita completa ao MET – Metropolitan Museum of Art no dia anterior, uma boa pedida é começar seu quarto dia em Nova York com esse museu.

Met - Metropolitan Museum of Art de Nova York
Salão das armaduras do MET – Uma área imperdível no museu..

Confesso que não consegui ver tudo o que tinha no MET em uma única visita, mas como tinha bastante tempo, voltei no dia seguinte.

De lá, pegue um metrô e siga para o SoHo região que não pode ficar de fora do seu roteiro. O SoHo é um dos meus lugares favoritos em Nova York. Não vou deixar nenhum roteiro pelo bairro aqui, mas logo vou fazer um post exclusivo sobre a região.

Café lindo e charmoso em Nova York: conheça o Maman Coffee Bakery

De qualquer forma, umas das melhores coisas no SoHO é passear sem roteirovisitar as lojas e boutiques descoladas da região é uma delícia!

Uma boa sugestão de lugar para comer no SoHO é outra unidade do Mamancaso você não tenha ido naquele da Tribeca que comentei anteriormente. Outra opção, caso não queira repetir, é um café minúsculo chamado Urban Backyardele quase vai passar despercebido se você estiver distraído. É muito pequeno, porém delicioso e rende fotos lindas… recomendo!

Depois de passear pelo SoHo, agora você pode seguir para Chinatown – outra região que recomendo passear pelo máximo de ruas possíveis, sem um roteiro muito definido. Explorar a região de Chinatown é uma delícia e vai mostrar um outro lado de Nova York.

Chinatown - Roteiro viagem Nova York

Chinatown - Roteiro viagem Nova York

Não deixe de reparar na arquitetura dos prédios e, principalmente, nos letreiros das lojas. Passear por essa região é como se transportar para uma cidade fora de Nova York – veja que até as placas de rua são escritas em outro alfabeto.

Aproveitando que está nessa região, outra dica que não posso deixar de dar é para você incluir o Museum at Eldridge Street no seu roteiro. Esse museu, que já foi uma sinagoga, fica escondido em Chinatown e é um dos lugares mais lindos que já visitei em Nova Yorka visita é rápida e fácil de incluir no roteiro!

Eldridge Street Museum em Nova York

Atenção: veja exatamente os horários do museu para encaixar com o dia da semana da sua programação. Como ele não abre todos os dias, é importante ficar atento a esse ponto.

Ainda na região de Chinatown, outro lugar que merece uma visita é a Little Italy, que parece um universo completamente perdido na cidade – vale a visita rápida!

Little Italy - Roteiro viagem Nova York

Uma ótima pedida para fechar esse dia é fazer um cruzeiro pelo Rio Hudson várias opções estão inclusas nos passes de atrações. Mas vale um alerta: fique de olho no clima! Fazer esse cruzeiro com chuva ou tempo feio não vale a pena – digo por experiência própria. Como alguns passes têm boa flexibilidade, ajuste isso de acordo com o clima durante a sua viagem.

É importante também que você verifique de onde parte o cruzeiro do seu passe. Eu fiz o cruzeiro com a Circle Line e o passeio partiu do Pier 16, que não fica longe dessa área – use e abuse do Google Maps.

Noite no cruzeiro pelo Rio Hudson - Roteiro NYC

Para a noite, também se o clima ajudar, uma ótima pedida é voltar para o coração de Nova York e subir ao topo do Empire State Building assim você fecha as visitas nos principais observatórios da cidade.

Eu recomendo que visite o observatório do Empire State Building à noite, já que durante o dia as filas são gigantescas! Aproveite que ele fecha tarde e estique as horas da sua programação.

Vista para o Empire State | Foto no Top of the Rock

Onde comer em Chinatown

Se a sua ideia for esticar o passeio em Chinatown e você quer comer por ali, tenho uma dica imbatível: Shanghai 21! Além de não ser caro, a comida é maravilhosa!

Se você gosta de dumplings no vapor, você precisa ir nesse restaurante! Eu comi até não aguentar mais… juro, é muito bom! Vale reforçar que ele costuma fazer fila na entrada, mas normalmente a espera não é tão longa. Eles também não aceitam todos as bandeiras de cartão – eu estava apenas com Mastercard e precisei sair para sacar dinheiro. Para evitar imprevistos, tenha sempre uma quantia em espécie com você.

Dia 5: Último dia em Nova York

Enfim chegamos ao final desse roteiro de 5 dias em Nova York. Apesar de tentar colocar os pontos mais importantes na programação, é só você que pode rechear o roteiro com a sua personalidade.

Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer em uma semana em NYC

Para esse último dia, assim como fiz no roteiro de 7 dias, vou deixar algumas opções mais abertas, assim você consegue filtrar o que é mais interessante.

Como você deve ter percebido, não incluí a visita à Estátua da Liberdade e Ilha Ellis na programação. Deixei isso para esse último dia, assim você decide se acha realmente necessária ou se prefere visitar algum outro lugar, museu ou parque na cidade.

Se você fez o cruzeiro pelo Rio Hudson, que recomendei ali atrás, já passou bem pertinho da Estátua – então depende muito de querer ou não gastar tempo com a visita. Caso decida ir, já faça isso logo cedo!

A minha sugestão particular, apesar de você já ter visitado outros museus em outros dias, é acordar cedo e ir direto para o Museu de História Natural de Nova York. Ele é sensacional e vale muito a pena incluir no roteiro, mesmo que você não seja grande fã de museus.

Museu de História Natural de Nova York

Agora, se a sua ideia for tirar um dia de compras, essa é a hora! O mais indicado é visitar as lojas de departamento logo que abrirem – assim você tem a chance de encontrar mais peças e, também, lojas mais organizadas. Para roupas masculinas eu recomendo muito a Century21.

Century 21 Brooklyn - Nova York

Caso queira aproveitar o último dia para visitar outros pontos da cidade, vamos começar o dia com uma visita ao Madison Square Park outra região super legal de Nova York e que você ainda não passou. Vale a pena começar o dia no Museu de História Natural e depois explorar esse pedaço da cidade.

Bem em frente ao parque fica o famoso Flatiron Building, outro prédio emblemático de Nova York. Se a fome apertar, aproveite para conhecer o Eataly Flatiron que fica bem pertinho – já viu que eu sou fã desse lugar, né!?!

Flatiron Building - Roteiro NYC

Se estiver animado para caminhar e aproveitar suas últimas horas em Nova York, recomendo seguir pela Broadway até o Union Square Park, aproveitando para ver as lojas da região – que são bem interessantes.

Uma loja que vale a visita é a Fishs Eddy, onde você encontra muitas canecas e copos divertidos – alguns sarcásticos, muitos zombando o presidente Trump e alguns, que amei, com temas de animais de estimação. A loja é linda, com várias coisas para casa, e fica próxima ao Flatiron Building.

Fishs Eddy - Comprar canecas em Nova York

Se você deixou o Museu de História Natural ou visita à Estátua da Liberdade de lado, essa caminhada pode ser feita com calma – caso contrário, pode ser necessário acelerar um pouco o passo para fechar a programação no tempo certo.

A sugestão aqui é pegar o metrô e ir até o City Hall Park, onde você vai iniciar a caminhada para cruzar a Ponte do Brooklynse deixou as lembrancinhas para depois, essa é a última chance!

Ponte do Brooklyn - Roteiro NYC

Para não se perder no horário, é legal começar essa parte do passeio um pouco antes do final da tarde, assim você consegue cruzar a ponte e ver o pôr do sol no lado do Brooklyncaso não queira andar muito, pode pegar o metrô e chegar direto no Brooklyn.

Um ponto famoso e que super bomba nas fotos de Nova York é a Dumbo, rua onde todo mundo quer tirar uma foto super clássica com a Manhattan Bridge de fundo – é complicado com a luz e os carros, mas vale a visita e a tentativa do melhor click.

Dumbo, Brooklyn - Manhattan Bridge - Roteiro NYC

Depois das fotos, siga até Pebble Beach, um dos lugares mais lindos para você curtir seu último pôr do sol em Nova York. Aproveite o entardecer por ali e não deixe de visitar a Empire Store, que tem um deck com um visual absurdo da Brooklyn Bridge e do skyline de Manhattan.

Pôr do sol em Nova York - Ponte do Brooklyn - Empire Store - Roteiro NYC

Vale ressaltar que nesse espaço fica também o Time Out Market, recém-inaugurado na cidade – mais um que vale a visita para fechar a viagem!

E assim chegamos ao fim do roteiro de 5 dias em Nova Yorkuffa, não é fácil organizar tudo isso! Espero que aproveite as dicas para planejar a sua viagem.

Resumo do roteiro de 5 dias em Nova York

Veja como ficou a organização básica de cada dia da viagem nesse resumo do roteiro:

DIA 1

Times Square
Bryant Park
Biblioteca Pública de Nova York
Grand Central Terminal
Quinta Avenida
Rockefeller Center
St. Patrick’s Cathedral
The Museum of Modern Art
Top of The Rock

DIA 2

Estação Oculos
Memorial do 11 de Setembro
One World Observatory
Museu do 11 de Setembro
Trinity Church
Bolsa de Valores da Wall Street
Charging Bull
Battery Park

DIA 3

Prédio do seriado Friends
Chelsea Market
High Line Park
Hudson Yards
The Vessel
The Pond
Strawberry Fields
Bow Bridge
Bethesda Terrace
Conservatory Water
Alice in Wonderland
Balto Statue
Central Park Carousel
The Pond

DIA 4

Metropolitan Museum of Art
SoHo
Cruzeiro Rio Hudson
Empire State
Chinatown
Museum at Eldridge Street
Little Italy

DIA 5

Estátua da Liberdade (opcional)
Museu Americano de História Natural
Madison Square Park
Flatiron Building
Eataly Flatiron
Union Square Park
City Hall Park
Ponte do Brooklyn
Dumbo
Pebble Beach
Empire Stores
Time Out Market

Como economizar no roteiro de 5 dias em NYC?

Como comentei ao longo do post, vários atrativos desse roteiro aceitam passes que ajudam a economizar com os ingressos. Os passes de atrações de Nova York são, de verdade, uma ótima alternativa para conhecer mais atrativos na cidade e gastar menos.

Para ter uma ideia, vou listar aqui todas as atrações que incluí nesse roteiro junto aos valores originais do ingresso. Na sequência, veremos quais passes seriam interessantes para você economizar nessa viagem. Vamos lá:

Atrações do roteiro e valor do ingresso

The Museum of Modern Art | US$ 25
Top of The Rock | US$ 41
One World Observatory | US$ 38
Museu do 11 de Setembro | US$ 26
Whitney Museum of American Art | US$ 25
Museu Americano de História Natural | US$ 23
Metropolitan Museum of Art |S$ 25
Cruzeiro Rio Hudson | US$ 35
Empire State Building Observatory | US$ 42
Museum at Eldridge Street | US$ 14
Estátua da Liberdade | US$ 18

Valor total dos ingressos: US$ 312 dólares

Qual passe escolher para 5 dias em Nova York?

Para chegar ao melhor passe para sua viagem, vamos precisar colocar tudo na ponta do lápis e ser realistas com o que você vai, realmente, visitar. Nessa programação temos 11 atrações, mas existem passes que oferecem a flexibilidade de visitar mais atrativos – caso tenha um ritmo mais rápido, pode ser uma boa opção.

Primeira opção: New York SightSeeing Pass

O New York SightSeeing Pass é o meu passe favorito para visitar as atrações de Nova York. Dentre essas opções que listei, apenas o Observatório do Empire State não está incluso. Sendo assim, você poderia comprar o passe para 10 atrações + o ingresso do Empire State.

SightSeeing Pass NYC: vale a pena?
SightSeeing FLEX Pass

Você teria 10 atrações inclusas por US$ 229 e pagaria US$ 42 no Empire State, ficando um total de US$ 271 dólares. Uma economia de US$ 41, quase R$ 170 reais – com o dólar cotado hoje (dezembro/2019). Isso para um casal, que utilizaria 2 passes, seria uma economia de R$ 340 reais! Vale muito a pena!

Se você achar que pode visitar mais atrações, além dessas listadas, sua opção seria a versão DAY PASS, em que poderia comprar o passe de 5 dias consecutivos, por cerca de US$ 329 dólares, ou até o passe de 4 dias, que sai por $299 dólares, se ajustar o seu roteiro para 1 dia de atrações gratuitas e 4 dias com o passe.

A boa notícia é que leitores do blog têm desconto especial no New York SightSeeing Pass direto no site oficial – pagando em dólares. É uma boa economia e que faz diferença no valor final! Só para você ter uma ideia, o passe de 5 dias com desconto exclusivo sai por cerca de US$ 263 dólares e o de 4 dias por $239 dólares. Já o passe de 10 atrações com desconto exclusivo sai por US$ 183 dólares. Vamos aos valores atualizados:

Passe de 10 atrações + ingresso do Empire State: US$ 183 com o passe + US$ 42.
Valor total nessa opção: US$ 225 dólares.

Se optar pelo passe de 5 dias, você gastaria: US$ 263 com o passe + US$ 42.
Valor total nessa opção: US$ 305 dólares.

Se optar pelo passe de 4 dias, você gastaria: US$ 239 com o passe + US$ 42.
Valor total nessa opção: US$ 281 dólares.

DESCONTO EXCLUSIVO: 20%Off Sightseeing Pass

Como o Sightseeing Pass é o passe de atrações que eu mais recomendo em Nova York, fiz um contato com a empresa oficial e consegui um desconto exclusivo para os leitores do blog. Com esse desconto, o valor do passe se torna ainda mais vantajoso - vale realmente a aproveitar!


CUPOM DE 20% DE DESCONTO UMVIAJANTECOMPRAR NO SITE OFICIAL  

Ao entrar na página de compra do passe, você vai ter as opções de Day Pass e também de Flex Pass. Deslizando a tela, você vai ver as opções disponíveis para o tipo de passe selecionado e na sequência o campo para você aplicar o desconto. Aproveite pois esse cupom é limitado!

Segunda opção: The New York Pass

O The New York Pass foi o passe que utilizei na minha primeira viagem a Nova York. Ele está disponível em opções de dias consecutivos: ou seja, você escolhe quantos dias quer usar o passe e pode visitar quantas atrações conseguir – dentre as mais de 100 disponíveis

.

The New York Pass

Para esse roteiro, você teria que comprar o passe de 5 dias, que custa US$ 249 dólares, ou, assim como na opção anterior, o passe de 4 dias, que custa US$ 229 dólares – com um desconto já ativo no site. Porém, ele não inclui o One World Observatoryuma atração que realmente acho que merece estar no roteiro.

Nesse caso, com o passe de 5 dias, você gastaria: US$ 249 do passe + US$ 38 com o One World Observatory.
Valor total nessa opção: US$ 287 dólares.

Se optar pelo passe de 4 dias, você gastaria: US$ 229 com o passe + US$ 38 com o One World Observatory.
Valor total nessa opção: US$ 267 dólares.

Terceira opção: New York CityPASS

E para fechar a lista, um dos passes mais procurados pelos viajantes, o New York CityPASS! Ele tem apenas duas configurações disponíveis: uma com 6 atrações e outra somente com 3.

CityPASS NY: vale a pena?
CityPASS NY: vale a pena?

Nesse caso, ele deixaria de fora boa parte dos atrativos do roteiro, mas não se engane… ele pode ser a opção mais econômica para o seu roteiro. Vou mostrar como ficaria seu orçamento:

Atrações do roteiro inclusas no passe:

Empire State Building
Museu de História Natural
Metropolitan Museum of Art – Met
Top of the Rock
Museu do 11 de Setembro
Estátua da Liberdade e Ilha Ellis OU Cruzeiros da Circle Line

É importante reforçar que você teria que escolher entre visitar a Estátua da Liberdade OU fazer os cruzeiros da Circle Line – não tem como fazer os dois com o passe. Para usar da forma mais inteligente, vamos incluir o mais caro no passe, assim você paga o mais barato por fora – que, nesse caso, é a Estátua da Liberdade.

Você teria que gastar com as seguintes atrações:

One World Observatory | US$ 38
Whitney Museum of American Art | US$ 25
Cruzeiro Rio Hudson | US$ 35 
Museum at Eldridge Street | US$ 14
Estátua da Liberdade | US$ 18

Valor extra que você irá gastar: US$ 130

Valor do passe: US$ 132
Valor total que você vai gastar com o passe + atrações: US$ 262

Seria uma economia de US$ 50 dólares em relação à compra de ingressos separados, ou seja, mais de R$ 200 de economia por pessoa. Um casal vai economizar mais de R$ 400 reais com essa opção – se for uma família maior, é uma economia gigante!

Qual passe eu escolheria para o roteiro?

Para esse roteiro de 5 dias e essas atrações, o passe que ofereceu a maior economia foi o SightSeeing Pass de 10 atrações. Nessa opção nós temos o  passe (US$ 183) + ingresso para o Empire State (US$42) saindo pelo valor final de US$ 225 dólares! Você economiza 87 dólares em relação ao valor dos ingressos originais – são quase R$ 400 reais de economia por pessoa!

Para um roteiro de 5 dias, eu acho que o passe de 10 atrações da SightSeeing Pass é, sem dúvidas, a melhor opção. Se você achar que pode visitar mais atrações e prefere optar por passes diários, onde as atrações são ilimitadas, aí o The New York Pass oferece opções mais em conta nesse caso.

Se você quiser a minha opinião, eu ficaria com o SightSeeing Pass de 10 atrações. Se você tivesse mais tempo na cidade, talvez um passe diário fosse mais vantajoso, mas para 5 dias eu acredito que esse é o ideal.

Onde comprar os passes de atrações

Todas as opções de passes você pode comprar no site oficial de cada um deles, pagando direto em dólares com seu cartão de crédito, ou no site da WePlanncom a possibilidade de pagar em reais e com parcelamento de até 6x sem juros.

Vou colocar os links aqui e você escolhe a opção que ficar melhor para o seu orçamento. Lembrando que, ao fazer a compra de qualquer opção utilizando esses links do blog, você vai me dar uma boa ajuda – sem gastar nada a mais com isso.

Compre aqui o SightSeeing Pass para sua viagem:

Compre o SighSeeing Pass e pague em dólares
Compre o SighSeeing Pass e pague em Reais
Compre o SighSeeing Pass FLEX e pague em Reais

Compre o New York CityPASS para sua viagem:

Compre o CityPass e pague em dólares
Compre o CityPass e pague em reais

Compre o The New York Pass para sua viagem:

THE NEW YORK PASS


Dicas e hospedagem em Nova York

Para finalizar, se estiver procurando por mais dicas de Nova York, quero lembrar que aqui no blog você encontra um guia totalmente personalizado. Aproveite que está cheio de novidades para incluir no seu roteiro e navegue bastante por aqui.

Também gostaria de pedir que, sempre que possível, faça suas reservas pelo Booking.com utilizando os links do blog. Você pode escolher um hotel da sua preferência e, sem gastar nada a mais com isso, dar uma grande força para o blog – eu agradeço muito!

Pesquise e reserve aqui o seu hotel em Nova York Veja aqui o Guia Especial de Nova York

Espero que tenha curtido esse super roteiro de 5 dias em Nova York! Ao longo dos próximos posts vou detalhar ainda mais os itens do roteiro, então, se tiver qualquer dúvida ou quiser compartilhar suas experiências em NYC, fique à vontade para deixar um comentário por aqui. See you!!

Roteiro de 7 dias completos em Nova YorkReserve seu hotel em Nova York

Sobre o autor

Robson Franzói é um jovem de Curitiba que tenta inspirar outros viajantes a explorarem diferentes lugares do mundo. Decidiu correr atrás dos seus sonhos e hoje vive desse blog, seu projeto mais especial. Apaixonado por fotografia e vídeos, o garoto vive para compartilhar suas experiências e dicas dos lugares que conhece. Suas fotos já estão ficando conhecidas e seus vídeos inspiram muitos viajantes. Aproveite e acompanhe o Instagram e também o Canal Um Viajante.

Posts relacionados

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *